decanter de vinho em bancada com garrafas e rolhas
Ultima atualização: 11 de maio de 2021

Como escolhemos

13Produtos analisados

29Horas investidas

6Estudos avaliados

89Comentários coletados

O vinho está entre as bebidas mais consumidas do mundo. Ele acompanha desde o almoço diário até as grandes comemorações. Mas nem todas as pessoas conhecem os segredos de apreciar um bom vinho e os utensílios ligados a essa prática. Um deles é o decanter.

Se você nunca tinha ouvido falar nele, fique tranquilo. Aqui neste artigo vamos contar tudo o que sabemos sobre esse item e como ele pode transformar o seu jeito de degustar um bom vinho. Preparado? Então, já vamos começar!




Primeiro, o mais importante

  • O decanter é um utensílio que ajuda a aprimorar os sabores e aromas do vinho para melhorar a degustação.
  • O decanter de boca larga é o mais indicado para aerar os vinhos jovens e torná-los mais suaves ao paladar.
  • O design de um decanter não garante apenas a sofisticação à mesa, mas também a efetividade da sua ação no preparo do vinho para o consumo.

Os melhores decanters: nossas recomendações

O decanter é essencial para apreciar todos os aromas de um vinho. Entre os variados modelos e formas, você poderá encontrar o seu nessa lista com os mais bem avaliados do mercado.

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre o melhor decanter

Se engana quem pensa que basta tirar a rolha para que o vinho esteja pronto para beber. Nesta seção, vamos explicar para que serve o decanter e tirar suas dúvidas sobre o uso correto deste utensílio. Siga com a gente.

Pessoa despejando vinho em um decanter

O decanter é um utensílio que ajuda a aprimorar os sabores e aromas do vinho para melhorar a degustação. (Fonte: Karel Joseph Noppe Brooks/ 123rf.com)

O que é um decanter e para que ele serve?

O decanter é uma espécie de jarro, geralmente em vidro, utilizado para fazer a decantação do vinho antes da degustação. Por conceito, decantar significa promover a sedimentação de impurezas que estejam em suspensão em um meio líquido.

Inicialmente, ele era utilizado para separar alguns resquícios da fruta que ainda ficavam no vinho. Com o passar do tempo e a evolução dos processos de filtragem ao longo da fabricação da bebida, ele passou a ser utilizado para aerar o vinho.

Por que é importante usar o decanter antes de provar o vinho?

Dentro da garrafa, na sua adega, a bebida tem praticamente zero contato com o ar. Isso porque a rolha permite uma troca mínima. No entanto, este contato com o ar é o responsável por abrir os aromas e sabores e dar mais vida ao vinho, sobretudo aos mais jovens.

Assim, o que basicamente o decanter faz é ajudar no processo de oxidação da bebida. Ao passar um curto período em contato com o ar do decanter, o vinha se torna mais saboroso, encorpado e com vida.

Existem vários tipos de decanter?

Sim, existem basicamente três tipos de decanter. Sua classificação se dá, de maneira geral, de acordo com a forma e a abertura da boca. Cada um deles é indicado para uma função específica, como podemos perceber a seguir:

Tipo de decanter Indicação
Decanter de boca fina Decantar vinhos
Decanter de boca média Aeração e decantação
Decanter de boca larga Aerar o vinho

O decanter é sempre feito em vidro?

Os dois materiais mais recorrentes na fabricação do decanter são o vidro e o cristal. Essa escolha não é à toa. A ideia é utilizar compostos que não alterem o sabor da bebida, o que não seria possível com outros materiais.

Os decanters em cristal são os mais luxuosos e refinados. Por essa razão são menos utilizados no dia a dia à mesa. Mais caros e delicados, eles costumam ser reservados para ocasiões especiais.

garçon despejando vinho em um decanter

O decanter de boca larga é o mais indicado para aerar os vinhos jovens e torná-los mais suaves ao paladar. (Fonte: gstockstudio/ 123rf.com)

Quais as vantagens de contar com decanter à mesa?

Usar um decanter é uma forma de aprofundar a sua experiência na degustação de vinhos. Esta prática pode trazer uma série de vantagens. E vamos elencar algumas delas na sequência:

  • Ajuda a separar eventuais sedimentos da fruta ou da rolha;
  • Desperta e realça o sabor do vinho;
  • Intensifica o aroma da bebida;
  • Pode ser usado como decoração;
  • Permite servir o vinho diretamente a partir dele.

O decanter pode ser utilizado para todos os tipos de vinho?

Sim, é possível utilizar o decanter em todos os tipos de vinho. No entanto, ele pode ter funções diferentes para cada tipo de bebida.

A maioria dos vinhos comercializados não acumula sedimentos.

Para os vinhos envelhecidos, o decanter é importante para eliminar eventuais sedimentos naturais da bebida. No caso dos mais jovens, ele serve para acelerar a maturidade do vinho, por reações físico-químicas que afloram o sabor, deixando-o com um paladar mais suave.

Como usar corretamente o decanter?

Se você vai usar o decanter pela primeira vez, é bom ficar atento ao tempo que deixa a bebida em oxigenação e sedimentação, o que varia de acordo com o tipo e as condições do vinho:

  • Vinhos de consumo imediato: precisam de apenas alguns minutos para que suas notas aromáticas se revelem. Não deixe a bebida no decanter por mais de meia hora, a menos que ele possa ser tampado;
  • Vinhos encorpados; o ideal é que fiquem até uma hora no decanter. Isso é imprescindível para que o processo de sedimentação ocorra por completo;
  • Vinhos envelhecidos, com alto teor alcoólico: a sedimentação começa ainda na rolha, que pode ficar até sete horas separando o líquido dos sedimentos. Depois disso é que a bebida deve ser colocada no decanter e, então, consumida imediatamente.

Critérios de compra: O que levar em conta ao escolher um decanter

Sofisticado e refinado, o decanter é um utensílio que vai chamar a atenção na sua mesa. Mas, antes disso, é crucial ficar atento a alguns critérios determinantes para uma boa compra. Veja o que destacamos.

Oxigenação

Como você viu, alguns tipos de vinho precisam de mais oxigenação que outros para despertar os aromas e sabores. E, cada tipo de decanter pode proporcionar maior ou menor contato da bebida com o ar.

Assim, antes de comprar, tenha em mente os vinhos que mais costuma consumir e que deverão passar por esse processo. Para uma bebida jovem, por exemplo, o ideal é o decanter de boca larga, que permite maior oxigenação.

Capacidade

A capacidade do decanter depende, em certa medida, de quanto vinho você pretende servir por vez. Em geral, o recomendado é que o utensílio tenha duas vezes a capacidade de uma garrafa.

Este ponto é importante especialmente para que haja espaço suficiente para movimentar o vinho e promover a oxigenação necessária. No mercado, os modelos mais comuns variam entre 1 litro e 1 litro e meio de capacidade.

decanters na mesa com taças de vinho ao lado

O design de um decanter não garante apenas a sofisticação à mesa, mas também sua ação no preparo do vinho para o consumo. (Fonte: Evgenii Vershinin/ 123rf.com)

Material

Dificilmente você irá encontrar um decanter em outro material que não seja vidro ou cristal. Isso porque o plástico, o metal ou a madeira seriam capazes de alterar, ainda que muito sutilmente, o sabor da bebida.

Desta forma, sua escolha ficará entre esses dois materiais. A definição depende do orçamento, da ocasião em que pretende usá-lo e da rotina de limpeza da casa (o cristal é muito frágil e pode se quebrar facilmente).

Acessórios

Muitos decanters vendidos atualmente acompanham acessórios que auxiliam a preparar o vinho para a melhor degustação. Comprá-los em kit costuma ser mais econômico do que adquirir cada item separadamente.

Entre os itens que podem ser úteis na hora de servir o seu vinho preferido estão o saca rolhas, a tampa para o decanter (essencial para interromper a oxigenação da bebida) e até mesmo conjuntos de taças.

Design

O design do seu decanter não tem função meramente estética. Como você viu na seção anterior, a abertura da boca do utensílio influencia na aeração e sedimentação do vinho. Mas é claro que a sofisticação e a elegância também importam.

Neste sentido, você pode optar por decanters com formas estilizadas e criativas. Os mais comuns e clássicos, no entanto, são os formatos bico de cisne e o tradicional, com corpo largo e gargalo longo.

Resumo

Precisamos confessar que preparar este artigo nos deixou ainda com mais interesse no mundo da enologia — essa ciência que leva a entender as combinações físicas e químicas e colocar ainda mais sabor em cada taça.

Neste artigo, mostramos como um decanter pode modificar a sua forma de apreciar um bom vinho, com dicas de como escolher o mais indicado e utilizá-lo corretamente.

Se você ficou interessado em um decanter, aproveite nossa seleção de produtos para adquirir o seu. E, depois, conte-nos como foi sua experiência com esse utensílio. Um abraço!

(Fonte da imagem destacada: Olga Yastremska/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas