Um homem na praia com um detector de metal.

Saudações para você que consulta agora o Guia de Compras ReviewBox Brasil, hoje é dia de falar sobre detector de metais. Se você deseja comprar este produto, não deixe de ler antes as informações deste texto.

Detectores de metais são produtos que possuem bastante tecnologia. Algumas versões apresentam alguns diferenciais que não têm em outros modelos. Mas, se você conhecer a diferença e as vantagens de cada modelo poderá fazer as melhores compras.

Quais são os principais tipos de detectores de metais? O que o mercado pode oferecer em inovações tecnológicas? A média de preço? Estas e outras respostas estão presentes abaixo. Tenha uma ótima leitura.



Primeiro, o mais importante

  • Detector de metais portátil serve para certos trabalhos diferentes. Alguns modelos são mais potentes em detectar armas. Já outras versões possuem características técnicas perfeitas para encontrar ouro ou diamantes.
  • Os detectores de metais fixos não servem apenas para locais de grande fluxo de pessoas. Existem detectores industriais ótimos para detectar pequenas partes metálicas que podem contaminar os alimentos, por exemplo.
  • Não adianta comprar os detectores mais caros e esperar os melhores resultados. Estes produtos também precisam ser calibrados para ter um grande poder de detecção.

Você também pode gostar:

Melhores detectores de metais: Nossos favoritos

Independentemente do motivo que você esteja procurando por um detector de metais, saiba que existe o modelo certo para suas necessidades. Eles possuem diferenças entre si e abaixo listamos os melhores modelos do mercado. Confira na lista abaixo:

1º – Detector de metais – Bosch

Este detector Bosch possui uma engenharia com tecnologia de ponta. No sistema existem mais de quatro modos diferentes para você evoluir na detecção. O produto tem sensores modernos que facilitam no trabalho de detectar metais. Até o display – mostrador digital – possui um tamanho grande para simplificar a leitura.

Esta versão apresenta um menu de opções que funciona de forma intuitiva. Deste modo você aprende a configurar o modelo na prática, simplesmente. Também acompanha 1 manual de instruções em português. O detector detecta coisas elétricas, metal e radiação.

2º – Detector de metais – Lee Tools

Esta é uma das ferramentas mais utilizadas em aeroportos para detectar metais nas pessoas ou nos pacotes. O produto é potente o suficiente para ser usado também em eventos, escolas e bancos financeiros.

A capacidade do detector é tamanha que pode identificar metais de diferentes tamanhos. Tem aviso sonoro ativado depois das detecções.

No menu de opções você pode trocar o aviso sonoro por sinais vibratórios ou luminosos. É a típica produção simples de usar e leve para manusear. Outro diferencial no modelo é que pode detectar a distância. Há 3 meses de garantia de fábrica.

3° – Detector de metais – Skil

Este detector de metais é um dos menores do mundo. A versão funciona com tecnologia digital e bastante potência para detectar. Esta produção também serve para encontrar fios elétricos. A calibração acontece com facilidade, automaticamente.

O produto possui tanta potência que pode detectar metal não-ferroso e metal ferroso. Pesa apenas 300 gramas, ou seja, a produção é fácil de ser levada para diferentes locais. A marca Skil oferece uma garantia de 1 ano contra os problemas de fábrica.

4º – Detector de metais – White’s

Este é um dos melhores detectores do mercado para encontrar ouro, cobre, diamantes e pedras preciosas. A estrutura é resistente ao contato com água. O sistema funciona de forma automática.

O produto possui inclusive um painel que mostra os traços do objeto detectado. Desta forma você pode decidir se quer escavar ou não. É uma produção que diminui as chances de ter trabalho à toa para encontrar parafusos ou outras coisas sem valor.

Uma das grandes vantagens deste famoso detector de metais é o cabo ajustável. Assim fica mais fácil usar de acordo com o seu tamanho e sentir conforto na sua busca por riquezas.

Guia de Compra

Usados para garantir a segurança e ambientes e eventos, o detector de metal é presente em todos os aeroportos, por exemplo. Além disso, existem modelos voltados para encontrar metais na areia da praia e até mesmo aquele que podem ser usados debaixo d’água.

Se você quer aprender mais sobre o detector de metais, siga lendo e saiba escolher o melhor para suas necessidades.

Um homem com um detector de metal na beira do mar.

No mercado há detectores de metais a prova de água e das temperaturas quentes (Fonte: Counselling / Pixabay)

O que é detector de metais e quais as suas vantagens?

Detectores de metais são instrumentos usados por segurança pública ou privada para encontrar objetos metálicos. Um detector moderno pode achar desde armas de fogo até uma pequena jóia escondida na carteira.

As versões mais populares servem também para encontrar ouro, diamante e outras riquezas em terrenos naturais ou minas.

Para realizar o trabalho da detecção estes produtos possuem sistemas que têm campos eletromagnéticos. Os equipamentos contêm até as opções para ajustar a sensibilidade na detecção.

Quando a sensibilidade da máquina está alta, aumenta a capacidade de detectar inclusive os metais minúsculos. Por outro lado, se o equipamento é menos sensível tem menores chances de conseguir identificar metais porosos – como ferro e aço -, metais não-porosos – como cobre -, fios, armas e pedras preciosas.

Algumas máquinas mais atuais apresentam opções para você escolher o tipo de metal que deve ser detectado. Há versões que possuem alguns ajustes para detectar pouco ou muito volume de metais.

Os principais usos dos detectores modernos acontecem em tubulações, minas, terrenos naturais, forças armadas, segurança pública e privada, bancos, joalherias, aeroportos, penitenciárias, entre outros.

Veja agora quais são as vantagens e desvantagens de usar detectores de metais:

Vantagens
  • Diversas variações de modelos
  • Mais segurança para empresas e organizações públicas
  • Modelos portáteis são simples de usar na busca de ouro
Desvantagens
  • As estruturas mais avançadas custam muito dinheiro
  • Necessidade de calibragem
  • A falta de manutenção pode gerar resultados irreais na detecção

Quais os principais tipos de detector de metais?

Os tipos de detector de metal se dividem de acordo com a forma de utilização, por exemplo: industrial, manual, entre outras escolhas.

Estas produções também são organizadas conforme a aplicação, como segurança em aeroportos, defesa para bancos e busca de ouro, por exemplo.

Veja agora como o mercado nomeia os principais detectores de metal:

Detector de metais portátil

Possui um tamanho menor e mais leveza para ser simples de usar em diferentes locais. É uma ferramenta para detectar de forma manual, após ser usada próximo ao corpo das pessoas ou aos terrenos. Algumas versões se conectam com celulares inteligentes via aplicativos.

Detectores de metais para submersão

Também é uma ferramenta portátil. Este produto serve para as buscas nas profundezas dos mares ou rios. Com esta versão os mergulhadores e arqueólogos encontram diversos achados históricos.

Detector de metais industrial

Este modelo é útil para diferentes setores da indústria. A máquina está presente nas fábricas de alimentos e serve para localizar metais pequenos que podem contaminar a alimentação.

Além das indústrias de alimentos também existem outros setores industriais que usam estes detectores, como empresas do setor primário, têxtil e farmacêutico. Estes detectores são estruturas grandes com alarmes, esteira e outros recursos que garantem um perfeito poder de detecção.

Detectores de metais pórticos

Esta é a maior e mais completa versão de detector. A estrutura faz parte dos locais que possuem grande fluxo de pessoas, como aeroportos. A versão possui 1 gabinete central e 2 antenas em 2 portas fixas. O sinal da detecção acontece de modo sonoro, vibratório ou visual.

Portas giratórias ou qualquer outro meio para controlar e bloquear o acesso às vezes estão presentes neste detector. Assim, se existir um sinal sonoro a pessoa detectada não pode seguir em frente ou para trás.

Homem passando pelo detector de metais em um aeroporto.

O detector de metais é uma das formas de segurança utilizada em aeroportos. (Fonte: Tatiana Badaeva / 123RF)

Como funciona um detector de metais?

O funcionamento dos detectores de metais é semelhante a outros aparelhos como alto falantes ou microfones:

  1. Um núcleo de ferro enrola uma bobina presente no detector de metal;
  2. Um campo magnético é gerado por uma corrente elétrica ao redor da bobina, que funciona como uma espécie de esfera condutora de eletricidade;
  3. A partir do momento que os detectores detectam algo metálico o fluxo magnético apresenta uma variação magnética;
  4. Esta variação magnética interfere na corrente elétrica da bobina. Todo este processo faz o detector disparar sinais sonoros, vibratórios e visuais para informar sobre a presença do metal.

Detector de metais portátil ou pórtico?

Existem diversos fatores para levar em conta antes de confirmar a compra. O primeiro sem dúvidas está no objeto metálico que você pretende detectar.

As estruturas que podem identificar diferentes objetos custam muito dinheiro e não possuem um funcionamento 100% garantido. Melhor mesmo é comprar o produto especialista em detectar certo tipo de metal.

Há algumas versões portáteis que são perfeitas aos cavadores de ouro. Estes produtos possuem um cabo que facilita a busca e a detecção. Também há edições para usar na água.

Há produções de detector de metais portáteis especialistas em detectar armas de metais e até mesmo produtos eletrônicos. Estas versões são utilizadas em concurso público para evitar o acesso de pessoas armadas ou com equipamentos para trapacear.

Imagem de uma pessoa passando detector de metais portátil em pessoa.

Escolha o tipo de detector de metais de acordo com o seu objetivo. (Fonte: lightfieldstudios /123RF)

O local em que acontece a detecção também é um fator importante. Por exemplo, existem detectores que funcionam melhor na terra do que nas areias da praia. Dá até para comprar um detector para diferentes locais que possui a opção para “ajustar terra” no menu.

Agora, se você deseja um detector de metais com tecnologia de ponta a melhor recomendação é o pórtico. Além de detectar moedas de metal, estas estruturas podem realizar a detecção de armas ou qualquer coisa metálica no corpo da pessoa.

Existem duas formas de detector de metal pórtico. As edições mais simples possuem apenas 2 portas, uma na frente da outra, com um espaço para o tráfego.

A outra forma, além das 2 portas, também possui portas giratórias, roletas ou qualquer obstáculo. Esta estrutura impede a locomoção das pessoas que são detectadas pelos detectores de metais.

Veja uma tabela que compara as principais vantagens dos detectores portáteis ou pórticos:

Detector de Metal Portátil Detector de Metal Pórtico
Destaque Fácil de locomover para diferentes locais Mais sensibilidade para detectar qualquer tipo de metal
Utilização Serve como sistema de segurança mais leve e móvel. Também útil para procurar tesouros Ideal como sistema de segurança avançado e fixo
Investimento Mais barato e acessível ao público em geral Sistema de defesa autenticado de acordo com os melhores padrões de segurança do mundo

Quanto custa?

O preço do detector de metal pode ir de R$ 100 a até R$ 100.000. Depende da marca, dos níveis de sensibilidade para detectar objetos metálicos, de sofisticação nas peças e da qualidade na tecnologia.

No caso dos detectores móveis que não pesam bastante a compra online parece ser a melhor escolha. Comprar este produto na web significa pagar 10% a menos, no mínimo!

Também é possível comprar um detector pórtico na internet. Nestes casos, o produto tem um preço superior. Então, você deve escolher as ofertas que possuem a garantia estendida para 12 meses ou mais.

Onde comprar?

Existem muitas opções de compra em lojas tradicionais do varejo. Compre o seu detector de metais no Walmart, nas Lojas Americanas ou nas Casas Bahia. Para você comprar detectores de metais pórticos é mais aconselhável realizar a compra direto do fabricante.

Na internet os tipos e preços de detectores são mais variados. Algumas lojas online seguras que vendem o produto são: Amazon e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de detector de metais

Basta perguntar sobre uma oferta ao vendedor para ouvir diversas informações que tentam convencer a gente de comprar rápido. Nestas horas nunca sabemos quando as palavras são verdadeiras ou apenas papo para vender mais.

Quer se defender contra as ciladas dos vendedores? Então sempre preste atenção nos seguintes fatores:

Para ficar mais simples, vamos explicar o significado de cada um dos pontos listados acima.

Tipo

Como você viu nesse Guia, existem alguns tipos de detector de metais. E essa é a primeira pergunta que você deve fazer.

Analise a finalidade do equipamento e assim você já eliminará algumas opções. Eles devem ser especialistas em buscar os objetos metálicos que você deseja detectar.

Tamanho e peso

Às vezes a gente apenas olha a foto do produto e se empolga ao ponto de fazer uma compra rápida. Mas, no final das contas, chega um modelo muito maior ou menor do que precisamos realmente.

Por isso, é extremamente importante ficar de olho nas medidas antes da compra. Até mesmo para poder guardar o equipamento é importante ter uma noção real do aparelho.

Assim como o peso. Um produto muito pesado pode ser bastante incomodo se você passar horas utilizando o seu detector de metais.

Funcionamento

Os detectores de metais funcionam com pilhas e baterias recarregáveis ou não. Veja sempre como é a forma de alimentação da energia do produto. Pergunte ao vendedor se o modelo já tem a bateria ou as pilhas no pacote.

Confira também onde comprar e quanto custa essas baterias, dessa forma você terá uma noção real do custo do equipamento. Além disso, confira também a durabilidade dessas pilhas ou baterias. Esse ponto é importante para que você não fique na mão em uma hora tão importante, e priorize aqueles que tenham maior durabilidade.

Sensibilidade

Produtos mais sensíveis possuem uma potência superior na detecção de metais. As versões portáteis são menos sensíveis do que os detectores de metais pórticos.

E se tratando da sensibilidade, uma regra é certa: quanto mais sensibilidade melhor é o detector de metais, e consequentemente maior será o seu preço.

Portanto, saber a finalidade de uso, como já mencionamos, auxilia também nesta etapa. Cada metal exige um grau de sensibilidade, assim você não pagará mais caro por uma sensibilidade que não usará e nem comprará um produto de sensibilidade insuficiente.

Garantia

O Código de Defesa do Consumidor exige a garantia mínima de 3 meses. Confira se o fabricante oferece pelo menos esse tempo.

Mas, como é um produto tecnológico de alto investimento, escolha as ofertas de detector de metais que garantem um prazo maior. Uma boa garantia é investir em um equipamento que ofereça 12 meses de garantia.

(Fonte da imagem destacada: MonikaP / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

César Ferreira Formado em Engenharia Industrial
César é apaixonado por carros. Talvez tenha sido essa paixão que o levou a, desde pequeno, querer entender como as coisas funcionam. Essa curiosidade, por sua vez, lhe fez cursar Engenharia Industrial. Hoje, ele presta consultoria para pequenas e médias empresas e, nas horas vagas, deixa seu carro - e o de seus amigos - cada vez mais tecnológicos e especiais.