Ultima atualização: 7 de outubro de 2021

Como escolhemos

11Produtos analisados

78Horas investidas

28Estudos avaliados

126Comentários coletados

Bem-vindo ao nosso grande teste de mixer de DJ 2021. Aqui nós apresentamos todos os mixers de DJs que testamos em detalhes. Nós compilamos informações detalhadas e adicionamos um resumo das opiniões dos clientes na web.

Nós queremos facilitar sua decisão de compra e ajudá-lo a encontrar o melhor mixer de DJ para você.

Você também pode encontrar respostas para as perguntas mais freqüentes em nosso guia. Se disponível, nós também oferecemos interessantes vídeos de teste.

Além disso, você também encontrará algumas informações importantes nesta página que você definitivamente deve prestar atenção se você quiser comprar um mixer de DJ.




Os fatos mais importantes em resumo

  • Bons mixers de DJ têm saídas equilibradas para garantir a melhor qualidade sonora. Antes de comprar, você deve pensar sobre o número de canais.
  • As portas USB e uma placa de som USB integrada permitem a você conectar um laptop ao seu mixer e controlar seu programa de DJ com funções midi. Isto também pode eliminar a necessidade de uma placa de som externa.
  • O preço de um mixer de DJ pode variar de cerca de 100 euros a 3.000 euros. Os mixers profissionais de DJ, no entanto, começam a partir de 500 euros.

DJ Mixer: as melhores bem quentes

Guia: Perguntas que você deve fazer antes de comprar um DJ Mixer

Que tipo de DJ você é?

Um DJ de scratch dará muita ênfase a um mixer estreito e a um crossfader robusto. Enquanto um DJ de mixagem vai preferir múltiplos canais e efeitos. Seu estilo muitas vezes irá determinar qual misturador você escolher.

DJs scratch como DJ Craze ou DJ Shiftee são muito ativos no hiphop e normalmente fazem malabarismos com duas mesas giratórias. Todos já ouviram o som do scratch quando um DJ rapidamente move um disco para frente e para trás e pula entre uma música e outra.

Assim como existem diferentes tipos de pessoas, existem, é claro, diferentes tipos de DJs. De (relativamente) calmo e nivelado a hiper e hiper, está tudo lá. (Fonte da imagem: pexels.com / David Bartus)

Palavra-chave: "crossfader". Já que você vai usá-lo extensivamente para coçar, ele deve ser muito suave e robusto. A alta qualidade é exigida aqui.

Você também deve ser capaz de substituir facilmente o crossfader sem ter que desatarraxar o misturador inteiro.

Largura do misturador: Um misturador estreito com dois canais tornará mais fácil para você jogar com duas mesas giratórias ao mesmo tempo. Mas isso também depende do alcance de seus braços.

DJs de mixagem como Chris Liebling ou Richie Hawtin são mais adeptos do techno ou da música eletrônica. Estes DJs misturam suas músicas lentamente e colocam muita ênfase na combinação de músicas individuais em uma mistura completa.

Você dificilmente precisará de um crossfader aqui. O que você precisa aqui são bons efeitos, equalizadores e, possivelmente, até quatro canais. Você também deve ter certeza de que você pode conectar efeitos externos.

Você sabia que os DJs existem desde o início do século 20?

Em 1906, no Natal, um disco shellac foi usado em uma das primeiras transmissões de rádio. O primeiro DJ oficial é considerado o Elman B. Meyers, que foi DJ na cena nova-iorquina em 1911. O primeiro DJ famoso e bem-sucedido foi Martin Block, por volta de 1935.

Quantos canais você precisa?

Quantos canais você precisa depende de quantas fontes de áudio você quer misturar. Dois canais geralmente são suficientes. Os misturadores de batalha geralmente têm um terceiro canal para conectar um segundo misturador.

Na cena techno e EDM (Euro Dance Music), você frequentemente vê mixers com quatro canais.

Isto permite que você misture em outros tambores, como chutes e armadilhas, para duas músicas. Basicamente, com mais canais você tem mais possibilidades criativas.

Qual é melhor, mixer de DJ analógico ou digital?

Seja analógico ou digital, ambas as versões podem soar muito bem. O fator decisivo é a qualidade e o design do misturador. Um bom mixer digital pode soar muito melhor que um mixer analógico ruim e vice-versa.

Misturadores analógicos dão à música um certo "ponche" e energia. Eles também dão ao som uma coloração quente característica.

Os misturadores digitais, por outro lado, têm um pouco menos de ponche, mas soam mais claros e limpos nas alturas.

Se você decidir comprar um mixer digital, você deve prestar atenção especial à qualidade da placa de som digital. Para mais informações, veja os critérios de compra.

Tipo de misturador Misturador analógico Misturador digital
Sound mais "punch" e energia, característica, coloração quente menos "punch", mais claro e limpo nos agudos
Operação operação confiável, intuitiva qualidade de sinal constante, controle manual e via computador, configurações podem ser salvas
problemáticas grandes e pesadas cara, menos confiabilidade operacional, operação não intuitiva

Decisão: Que tipos de DJ mixers existem e qual é o mais adequado para você?

Basicamente, você pode distinguir entre três tipos de mixers de DJ

  • Mixer de DJ analógico
  • Mixer de DJ digital
  • Mixer DJ Híbrido

Um mixer de DJ é basicamente um console de mixagem que foi especialmente projetado para DJs e atende exatamente às suas necessidades.

Nós queremos ajudar você a encontrar o mixer de DJ certo. Para ajudá-lo a decidir, nós lhe apresentaremos os diferentes tipos na seção seguinte e lhe mostraremos as vantagens e desvantagens de cada tipo.

Como funciona um mixer de DJ analógico e quais são as suas vantagens e desvantagens?

Um mixer de DJ analógico tem vantagens como boa qualidade sonora e operação simples e intuitiva. Por estas razões, eles são muito populares entre os DJs. Se por alguma razão o som falhar, você pode simplesmente mudar para um canal não utilizado.

Desta forma você é capaz de consertar qualquer avaria rapidamente. Por esta razão, um misturador analógico é considerado extremamente confiável.

Vantagens
  • Alta segurança operacional
  • Boa qualidade de som
  • Operação intuitiva
Desvantagens
  • A reprodução de uma configuração é demorada
  • Grande
  • Pesada

Embora a operação dos misturadores Dj analógicos seja simples, é demorada se você quiser reproduzir exatamente uma configuração que você fez. Os 32 interruptores e botões têm que ser ajustados individualmente.

Os mixers analógicos de DJs também são frequentemente maiores e mais pesados que seus equivalentes digitais, o que é impraticável para muitos DJs.

Como funciona um mixer de DJ digital e quais são as suas vantagens e desvantagens?

Com os mixers digitais de DJ, a qualidade do sinal digital permanece constante e é gerenciada com a ajuda de vários elementos de controle. Além disso, você tem a opção de controlá-lo através do computador e salvar as configurações.

Você pode facilmente manter os misturadores digitais atualizados atualizando o software.

Vantagens
  • Qualidade constante do sinal
  • Pode ser controlada manualmente e via computador
  • Configurações podem ser salvas
  • Atualizações de software possíveis
Desvantagens
  • Caro
  • Baixa segurança operacional
  • Operação não intuitiva

As desvantagens da versão digital são o alto preço de compra e a baixa segurança operacional. Se o mixer digital do DJ falhar, normalmente não há como mudar para outro canal.

Neste caso, uma apresentação ao vivo teria que ser cancelada. Além disso, a operação nem sempre é fácil devido aos vários efeitos e opções adicionais.

Como funciona um misturador Dj híbrido e quais são as suas vantagens e desvantagens?

Os misturadores híbridos Dj combinam o melhor dos dois mundos. Você pode usar vantagens como a boa qualidade de som e a operação simples de um mixer analógico e ainda se beneficiar das vantagens do mundo digital.

Isto significa, por exemplo, que você pode salvar e reproduzir suas configurações.

Vantagens
  • Boa qualidade de som
  • As configurações podem ser salvas
  • O melhor dos dois mundos combinados
Desvantagens
  • Caro

Entretanto, os mixers híbridos de DJ não são apenas práticos, mas também caros.

Critérios de compra: Estes são os fatores que você pode usar para comparar e avaliar os mixers de DJ

A seguir, mostraremos a você quais critérios você pode usar para comparar e avaliar os mixers de DJ. Isto tornará mais fácil para você ter uma visão geral e decidir sobre um dispositivo adequado e eficaz.

Em resumo, estes são os seguintes critérios

  • Resultados equilibrados
  • Saída em cabine separada
  • Qualidade Fader
  • Medidores de nível de volume
  • Placa de som USB embutida e portas USB
  • Qualidade da placa de som
  • Capacidade Midi

A seguir, você pode ler sobre os respectivos critérios e descobrir porque faz sentido para você comprar ou não um dispositivo com esta função.

Saídas balanceadas

Saídas balanceadas eliminam o ruído que ocorre nos cabos entre seu misturador e os alto-falantes. Isto lhe dá um som melhor.

Misturadores profissionais de DJ geralmente têm saídas balanceadas de XLR e jack de 6,3 mm. Entretanto, para se beneficiar de saídas equilibradas, seus cabos e entradas de alto-falantes devem ser equilibrados.

Saída em cabine separada

Uma saída em cabine permite que você ouça sua mixagem diretamente nos alto-falantes atrás de sua cabine de DJ.

Sua mixagem soará diferente nos alto-falantes do que através de seus fones de ouvido. A razão disto tem a ver com a física das ondas sonoras. Portanto, se você ouvir sua música através de alto-falantes de monitor separados, você terá uma melhor noção do que sua audiência está ouvindo. Isto pode aumentar a qualidade do seu mix.

Qualidade Fader

Os faders ópticos, magnéticos ou elétricos sem contato são a melhor escolha. Você também deve ser capaz de substituí-los ou limpá-los com relativa facilidade sem ter que desmontar o misturador inteiro.

Existem faders de carbono que são muito baratos de produzir e são usados em muitos mixers e controladores de DJs hoje em dia.

No entanto, estes se desgastam relativamente rápido. É melhor usar faders ópticos, magnéticos ou elétricos sem contato. Estes são mais caros, mas duram mais tempo.

Medidores de volume

Medidores de nível dão a você um feedback visual sobre o volume de suas trilhas.

Um bom misturador tem um medidor de nível de volume separado para cada canal. Isso facilita o ajuste de seus rastros um ao outro. Isso também facilita muito o trabalho com vários DJs.

Placa de som USB embutida e portas USB

Permite que você conecte um laptop ou outra fonte de som USB ao seu mixer.

Múltiplas portas USB permitem que você conecte fontes de som USB adicionais ou controladores midi ao seu mixer. Mas tenha cuidado, nem todo misturador USB é compatível com Midi.

Você sabia que o menor misturador Dj pesa apenas 130 gramas?

Cabe em qualquer bolsa, é móvel e funciona sem fonte de alimentação ou bateria.

Qualidade da placa de som

Se você quiser ser DJ em grandes clubes, a placa deve funcionar com uma resolução mínima de teste de 24 bits e uma taxa de amostragem de 44 kHz.

A qualidade da placa de som determina a qualidade e a dinâmica de sua música. Misturadores digitais muito bons também podem trabalhar com taxas de amostragem mais altas de 48-96 kHz. Embora você mal perceba a diferença em casa, ela é claramente audível em sistemas de grandes clubes.

Capacidade Midi

Se você quiser usar seu mixer com um programa de DJ portátil, você deve verificar se ele tem conexões Midi ou se é compatível com Midi.

Um mixer midi permitirá que você controle seu programa de DJ de fora. Você também pode verificar quantos botões e botões são capazes de enviar sinais midi.

Os sinais Midi também podem ser enviados via conexão USB. USB tem a vantagem de que muitos mais sinais midi podem ser enviados ao mesmo tempo. Mas tenha cuidado, se o seu mixer não tiver uma porta USB, você precisa de uma placa de som externa com capacidade Midi para conectar seu laptop.

Fonte da imagem: pixabay.com / pexels

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas