Foto de três almofadas, sendo que duas são verdes e uma é branca com estampa de cactos. Junto delas, uma coberta bege levinha.
Ultima atualização: 12 de novembro de 2019

Como escolhemos

8Produtos analisados

14Horas investidas

2Estudos avaliados

32Comentários coletados

A sua presença é sempre uma boa notícia no ReviewBox Brasil! Hoje nós vamos falar do enchimento para almofada, artigo super importante para nosso conforto, mas nem sempre muito considerado.

Abaixo, você vai descobrir quais os melhores e mais indicados tipos de enchimentos para almofadas, além de descobrir sobre sua higienização e cuidados. Vamos lá?




Primeiro, o mais importante

  • O enchimento para almofada é responsável por nos proporcionar conforto e bem estar ao deitarmos em uma cama ou nos sentarmos em uma poltrona ou sofá.
  • Ele pode ser preenchido por diversos tipos de materiais, sejam eles sintéticos ou não.
  • Alguns materiais, como o viscoelástico, são muito comuns na composição de travesseiros, uma vez que possuem objetivo específico no combate à dores na região do pescoço e costas.
  • A higienização bem feita é imprescindível na manutenção do enchimento para almofada e colabora para o combate à ácaros

Você também pode gostar:

Os melhores enchimentos para almofada: Nosso favoritos

Escolher o enchimento ideal para a sua almofada parece uma missão bem simples, né? De fato, trata-se de uma tarefa não muito trabalhosa, mas que exige um certo cuidado. Caso você não seja um conhecedor do tema, aqui estão algumas interessantes opções de compras:

Guia de compra

A escolha do seu enchimento para almofada deve levar em conta conforto, praticidade e até mesmo a sua saúde. No guia abaixo, vamos te explicar porque você não deve deixar essa decisão em segundo plano.

Foto de uma mulher sorridente sentada no sofá com uma almofada no colo. Com um das mãos ela segura o celular e com a outra um xícara branca.

O seu enchimento para almofada determina o conforto que ela te proporcionará. (Fonte: Bruce Mars/ Pexels.com)

Quais os tipos de enchimentos para almofadas?

A primeira coisa que você deve decidir na hora de comprar o seu enchimento para almofada, é o material. Existe uma infinidade de possibilidades, que vão desde à pluma até a espuma. A seguir, vamos pontuar alguns dos mais tradicionais.

Enchimentos de origem animal

Estes são um pouco caros, mas também muito conhecidos pela maciez e conforto. Aqui, podemos destacar os enchimentos de plumas e penugens, conhecidos pela alta durabilidade e baixa possibilidade de deformação. O ideal é que você compre opções hipoalergenicas.

Enchimentos sintéticos

Os sintáticos são os mais populares e baratos, super fáceis de serem encontrados. Eles podem ser de poliéster, fibra siliconada ou até mesmo acrílico. São os mais fáceis de serem produzidos, mas também apresentam menor durabilidade, com grandes chances de deformação à longo prazo.

Enchimentos de espuma

Conhecido por ser mais firme, estes costumam ser considerados “anatômicos”, possuindo densidades diferentes. A espuma também é um material sintético, por isso sua durabilidade não é um forte.

Enchimento viscoelástico

Por fim, o viscoelástico, mais comum em travesseiros. Este é um enchimento polêmico, odiado por uns e amado por outros. Ele é bastante firme e pode ser considerado até um pouco duro, sendo indicado para pessoas que sofrem de dores no pescoço e nas costas. É anatômico e não absorve calor.

Origem animal Sintético Espuma Viscoelástico
Durabilidade Alta Média a baixa Média a baixa Média
Conforto Firme, porém muito macio Variável Firme e macio Bastante firme, levemente duro
Preço Alto Baixo Baixo Médio

Como higienizar seu enchimento para almofada?

Ao contrário do que muitos pensam, a higienização do enchimento para almofada é muito mais simples do que parece.

Recomenda-se que a lavagem seja feita na máquina de lavar mesmo, com água fria e preferencialmente sabão líquido, que é mais facilmente absorvido.

Na hora da lavagem, coloque a máquina no ciclo suave e se for do seu gosto, use também amaciante. Nunca use alvejante.

Evite torcer o seu enchimento para almofada e jamais o coloque na secadora

Ao fim da higienização, permita que a máquina centrifugue o enchimento e coloque-o para secar em lugar fresco, mas sem contato direto com o sol. Evite torcer o seu enchimento e jamais o coloque na secadora, pois as fibras podem ser destruídas pelo calor.

Por fim, tenha certeza que ele está 100% seco antes de utiliza-lo novamente, pois caso ainda esteja molhado, pode acabar mofando e disseminando fungos.

Foto de dois travesseiros branco e uma almofada vermelha, os três em cima de uma cama de casal com design moderno.

A higienização do enchimento para almofada é necessária e deve ser feita na máquina e lavar, preferencialmente. (Fonte: Jens Mahnke/ Pexels)

Como fazer seu próprio enchimento para almofada?

Se você é do time que gosta de colocar a mão na massa, não deverá se incomodar em fazer seu próprio enchimento para almofada, que apesar de dar um pouquinho de trabalho, não é nada complexo.

A seguir, vamos explicar como fazer o enchimento de manta acrílica, material sintético, de simples manuseio e fácil de encontrar para compra.

Você irá precisar de: manta acrílica, tesoura, alfinetes, agulha e linha.

  • O primeiro passo é cortar dois pedaços quadrados de manta no tamanho exato que você deseja, o mais perfeito possível.
  • Em seguida, corte mais dois quadrados de manta acrílica, mas dessa vez em proporções pouco menores, cerca de dois dedos a menos.
  • cortando em tamanhos proporcionalmente menores, até formar duas pirâmides de mais ou menos seis pedaços (o menor em cima, e o maior em baixo).
  • Agora, você deve pegar uma das pirâmides e colocar em cima da outra, mas de cabeça para baixo, de forma que as duas superfícies menores fiquem em contato.
  • Afofe bem, e coloque este sanduíche de manta acrílica dentro de mais duas camadas, um centímetro maior que as camadas base.
  • Feito isso alfinete as laterais, e costure manualmente.
  • Seu enchimento está prontinho para receber uma linda capa e ser usado como preferir!
foco

Você sabia que o enchimento da almofada pode causar alergia?

Isso pode acontecer principalmente em modelos que não sejam hipoalergênicos. Uma boa maneira de manter o seu enchimento livre dos ácaros é lava-los a cada três ou quatro meses e mantê-los em locais frescos, longe da umidade.

Também é interessante deixa-los pegar sol por uma horinha, ao menos uma vez por mês.

Quanto custa e onde comprar?

O custo do seu enchimento irá variar de acordo com o tipo de material escolhido. No caso dos sintéticos, deverá custa entre R$12 e R$60, no entanto, os de origem animal, por exemplo, podem ser bem caros, cerca de R$200 ou mais.

Lojas que vendem artigos para casa costumam ser o melhor local físico para este tipo de compra, porém, as lojas online, como Amazon, Mercado Livre e Buscapé, também são uma excelente opção.

Critérios de compra: como comparar os  enchimentos para almofadas

Como você já deve ter percebido, o enchimento para almofada é um produto que exige alguns cuidados, por isso, selecionamos alguns pontos que podem fazer toda a diferença na hora da sua escolha:

A seguir, vamos explicar um pouco melhor cada um deles.

Material do enchimento

Como já dissemos, escolher o material do seu enchimento é mais de meio caminho andado. Existem diversas possibilidades, e cada uma delas se encaixa melhor em uma situação.

Se você busca conforto tal e alta durabilidade, aposte em materiais de origem animal. Os de origem sintéticas, como as fibras, poliéster e acrílicos, são bem mais baratos, mas menos duráveis e podem possuir densidades diferentes.

Foto de um homem deitado em um sofá cinza, em meio a almofadas cinzas e estampadas de cactus, lendo um livro vermelho, que tampa o seu rosto.

O enchimento da sua almofada pode ser fabricado de diversos tipos de materiais. (Fonte: Lisa Fotios/ Pexels.com)

Conforto

A questão mais importante na hora de escolher o enchimento é o conforto, portanto, se possível, teste o modelo escolhido antes de bater o martelo, e tenha certeza que ele lhe agrada.

Caso sua almofada vá ficar em sua cama e irá te apoiar durante o sono, tenha certeza que ela não causa dores ou desconfortos principalmente na região do pescoço e costas.

Saúde

Como você já sabe, almofadas podem acumular poeira e gerar doenças respiratórias, como a alergia.

De forma a evitar que isso aconteça, prefira modelos hipoalergênicos, fabricados com fibras específicas para não disseminar ácaros. Apesar de mais caros, são os mais indicados para a manutenção de uma saúde impecável, e necessitam de menos cuidados.

Capa da almofada

Uma almofada não pode levar este nome se for composta apenas pelo enchimento. Para que seja completa, deve possuir uma capa.

Nesse caso, a escolha do design poderá variar de acordo com o seu gosto e com o ambiente em que ela ficará, podendo ser colorida, estampada, neutra ou como você preferir. Abuse da criatividade!

(Fonte da imagem destacada: Designecologist/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Juliana Perin Designer de Interiores
Aos quatro anos, Juliana já pedia para que sua mãe lhe deixasse decorar seu quarto de seu jeito, organizando as bonecas e os quadros pintados na escola. Essa paixão de infância virou a escolha da faculdade e, depois, profissão. Hoje, Juliana ajuda as pessoas a deixarem suas casas exatamente como elas sonham. Na internet, ajuda o público a escolher entre os melhores modelos de peças decorativas e iluminação, além de compartilhar seu conhecimento sobre sua outra paixão: a técnica DIY.