Extensão.
Ultima atualização: 3 de março de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

13Horas investidas

2Estudos avaliados

59Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um acessório que é sempre útil em casa ou no escritório: a extensão.

Ideal para ligar vários aparelhos na energia elétrica, especialmente na ausência de tomadas próximas na parede, a extensão é um daqueles aparelhos que você precisa ter por perto.

Hoje existe uma grande variedade de extensões elétricas e, por isso, vamos mostrar neste artigo o que você deve verificar antes de comprar o melhor modelo. que irá atender as suas expectativas e necessidades.




Primeiro, o mais importante

  • A extensão desloca e multiplica o número de tomadas para que você possa ligar vários aparelhos ao mesmo tempo, onde você quiser.
  • Existem diversos modelos de extensão, mas é preciso ficar atento porque nem todos os equipamentos eletrônicos devem ser ligados nesse acessório.
  • Vamos mostrar para você quais são as características que diferenciam um modelo de outro e como escolher a extensão ideal.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de extensão

Dependendo do posicionamento de tomadas em casa ou no escritório é preciso uma extensão personalizada. Por isso, os fabricantes investem em opções variadas para todas as necessidades.

A seguir, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de extensão disponíveis hoje em dia no mercado.

1º – Extensão Multi Tomadas Dn1842 Daneva

A Multi Tomadas DN1842 da Daneva é uma extensão que conta com entradas para até quatro aparelhos com tomadas do tipo 2P + T. Esse modelo de extensão também é bivolt.

Além disso, essa extensão elétrica, que conta com um formato do tipo régua, conta com um cabo que mede 1,3 metros de comprimento, tem corrente máxima de 10 A.

2º – Extensão Retrátil 3 entradas WI252 Multilaser

A WI252 da Multilaser é uma extensão em formato redondo, que possui cabo retrátil, o que facilita na hora de guardar. Esse modelo conta com três tomadas bipolares (2P).

Essa extensão elétrica possui um cabo que mede 5 metros de comprimento, tem correte máxima de 10 A e é um produto bivolt. A garantia da fabricante é de 3 anos.

3º – Extensão Múltipla Tomadas 57504029 Tramontina

A Múltipla 57504029 da Tramontina é uma extensão que conta com cinco tomadas com plugues do tipo 2P + T. Em formato de régua, esse modelo possui uma corrente máxima de 10 A.

Esse modelo vem com um cabo que mede 1,5 metros de comprimento. A Múltipla da Tramontina também vem com uma garantia de 5 anos.

4º – Extensão Régua 16 Tomadas A-Q15 Futou

A extensão A-Q15 da Futou, em formato de régua, conta com entradas para ligar até 16 aparelhos. São cinco tomadas com encaixe universal (padrão Brasileiro e Europeu) e 11 tomadas do tipo bipolar para pinos redondos e chatos.

Além disso, essa extensão possui um fio de extensão com 3 metros de comprimento e corrente máxima de 10 A.

Guia de Compra

Pode até parecer simples escolher a melhor extensão. Mas como existem variações de modelos e de comprimento do cabo é preciso um pouco mais de atenção antes de comprar a ideal.

Por isso, criamos este Guia de Compra com todas as informações que você precisará para tomar a melhor decisão ao comprar a melhor extensão.

Mão plugando tomada na extensão.

A extensão é um acessório prático e funcional para usar em casa ou no escritório. (Fonte: Antonio Guillem / 123rf.com)

O que é uma extensão?

Você provavelmente já teve dificuldades para ligar um abajur, um carregador de celular e uma luminária ao mesmo tempo por falta de tomadas próximas. Ou mesmo porque as tomadas da parede estavam muito longe de onde você pretendia ligar os aparelhos.

Situações como essas ocorrem com frequência em qualquer residência e principalmente em escritórios.

Para solucionar esse problema é que surgem as extensões. Também conhecida como extensão elétrica, régua ou extensão de energia, a extensão é um aparelho que desloca e multiplica o número de tomadas.

Com isso, você pode utilizar vários equipamentos que dependem da energia elétrica, em qualquer local, e ao mesmo tempo. Para isso, você só precisa de uma tomada na parede.

Extensão.

A extensão permite que você ligue vários aparelhos ao mesmo tempo com apenas uma tomada na parede. (Fonte: Erkki Makkonen / 123rf.com.br)

De maneira geral, a extensão é um aparelho formado por uma base que contém tomadas, onde serão ligados os aparelhos, além de um cabo extensor que será ligado na tomada da parede.

Algumas extensões podem ligar mais de 16 aparelhos.

Hoje em dia existem diversas opções de extensão, com design, quantidade de tomadas e comprimento do cabo extensor variados. Você vai encontrar desde os modelos de extensão mais simples, com pouca quantidade de tomadas, até ao mais completos com opções para ligar mais de 16 aparelhos.

Qual a diferença entre a extensão e o filtro de linha?

É preciso atenção para que você não confunda a extensão com o filtro de linha. Apesar de ambos terem o visual parecido, com uma base, tomadas e cabo, esses aparelhos tem diferentes funções e objetivos.

A extensão elétrica serve, como vimos, para que você possa ligar vários aparelhos ao mesmo tempo na ausência de tomadas suficientes na parede mais próxima.

Mas a extensão não oferece nenhuma proteção para os seus aparelhos caso ocorra uma sobrecarga de energia.

Mesa com pessoas usando notebook, e extensão elétrica.

Diferentemente do filtro de linha, a extensão não protege contra a eventual sobrecarga de energia. (Fonte: rawpixel /
Pixabay.com)

Já o filtro de linha, apesar de também multiplicar o número de tomadas, tem a função de proteger os aparelhos conectados a ele.

O filtro de linha identifica quando ocorre uma sobrecarga ou um curto circuito na rede elétrica. E, dessa forma, é capaz de interromper a energia antes que ela possa danificar os equipamentos que estão conectados a ele.

Para barrar o excesso de energia, alguns modelos de filtro de linha possuem disjuntores e, outros, fusível.

Os disjuntores apenas cortam a energia em caso de problemas. Já ao filtro de linha com fusível retém a eletricidade em excesso.

O filtro de linha faz com que a quantidade certa de eletricidade chegue até o seu aparelho, impedindo que os aparelhos ligados a ele queimem.

Resumindo, quando você precisa apenas deslocar e interligar os seus equipamentos, a melhor opção será comprar uma extensão.

Mas, caso você precise conectar seus equipamentos e também protegê-los contra surtos de tensão, recomendamos que você escolha um filtro de linha.

Além disso, em geral o filtro de linha é mais indicado para ligar aparelhos com potência mais alta como, por exemplo, micro-ondas, geladeiras e secador de cabelo.

A seguir, veja a tabela que mostra as principais diferenças entre a extensão e o filtro de linha:

Extensão Filtro de linha
Função Ligar e deslocar vários aparelhos ao mesmo tempo na ausência de tomadas suficientes ou próximas na parede Multiplicar o número de tomadas e proteger aos aparelhos conectados contra descargas e sobrecargas elétricas
Número de plugues Maior variedade Menor variedade
Extensão do cabo Maior Menor
Ideal para Aparelhos de menor potência Aparelhos de maior potência

Quais são as recomendações de segurança para utilizar a extensão?

Assim como todos os aparelhos que transmitem energia, a extensão também pode oferecer riscos se usada de forma errada.

Isso porque, com o aumento da quantidade de aparelhos conectados em uma mesma fonte, podem ocorre sobrecarga e curtos circuitos que podem danificar permanentemente os seus equipamentos eletrônicos.

Sem contar nos riscos eminentes de incêndios. Por isso, confira a seguir as dicas de especialistas para que você use a extensão em casa ou no escritório com segurança:

  1. Utilize produtos de qualidade: Quando os cabos, plugues e tomadas são de qualidade, eles ajudam a evitar incêndios e choques elétricos.
  2. DR: O ideal é que as extensões sejam ligadas em tomadas protegidas por um DR (dispositivo residual) que, ao detectar uma fuga de corrente, desliga o circuito automaticamente.
  3. Potência: A soma das correntes consumidas pelos aparelhos ligados na extensão não deve ser superior à capacidade máxima da tomada da parede. Para uma tomada residencial comum, o limite pode ser de 10 ou de 20 amperes (A).

Mão plugando tomada na extensão.

É preciso atenção ao usar a extensão para evitar acidentes. (Fonte: rawpixel.com / Pexels.com)

Além disso, também listamos a seguir duas importantes recomendações do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia, o Inmetro:

  • Nunca utilize a extensão com o fio embutido. Se você optar por uma extensão com fio embutido, você somente deve utilizar a extensão com o cabo totalmente desenrolado. Caso contrário, a extensão poderá pegar fogo.
  • Não compre extensões no comércio informal. Isso porque a maioria desses produtos são feitos a partir de sucata ou tem origem estrangeira. De acordo com testes do Inmetro, esse tipo de extensão tem pior desempenho.

Quais as vantagens e desvantagens da extensão?

São muitas as vantagens de se ter uma extensão, seja em casa, seja no ambiente de trabalho. O fato é que a extensão é um acessório prático, útil e que resolve o problema da falta de tomadas.

Ou seja, quando você precisa de um ponto de energia elétrica por perto, mas não tem, a extensão permite que você ligue vários aparelhos ao mesmo tempo no local desejado.

Além disso, a extensão é um produto versátil. Como ela conta com grande variedade de modelos, números de tomadas e diferentes medidas de comprimento do cabo, você pode optar pela que melhor atender aos seus objetivos.

Extensão com seis tomadas ligadas com aparelhos diferentes.

A grande vantagem da extensão é que você não precisar depender de várias tomadas na parede. (Fonte: olegdudko / 123rf.com)

Por exemplo, com a extensão você pode ligar ao mesmo tempo um abajur, um ventilador de mesa e um telefone, com apenas uma tomada na parede.

Como esses aparelhos possuem baixo consumo de energia, eles não ultrapassarão a capacidade de corrente da tomada.

Por outro lado, com aparelhos que consomem mais energia a extensão não seria segura.

Outra desvantagem é que a extensão, se usada de forma inadequada, pode causar incêndios e danificar equipamentos eletrônicos ligados a ela.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens da extensão:

Vantagens
  • Desloca e multiplica o número de tomadas
  • Variedade de modelos e de quantidade de plugues
  • Cabo extensor curto ou longo
Desvantagens
  • Não protege contra sobrecarga de energia
  • Risco de incêndios e curto circuito
  • Funcional apenas para aparelhos de baixo consumo de energia

Quanto custa?

O preço de uma extensão pode variar em função do modelo, da quantidade de tomadas presentes e do tamanho do cabo. O mais comum é que você encontre a extensão custando entre R$10 e R$ 1.100.

É claro que você não precisa comprar a extensão mais cara. Isso porque as que tem um custo mais alto são, em geral, as de uso profissional com cabo extensor que chega a medir até 100 metros de comprimento.

Onde comprar?

Você vai encontrar a extensão à venda em lojas de elétrica, de departamento e em hipermercados como Lojas Americanas e Carrefour.

Mas, ainda assim, nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil.

Isso porque, ao comprar online, você terá mais opções de ofertas e modelos para escolher e ainda compra e recebe a sua extensão sem sair de casa.

Critérios de compra: O que considerar antes de comprar uma extensão

Como já mencionamos, existem várias opções de extensão à venda. Para que você invista na extensão elétrica mais adequada é preciso considerar tanto o seu objetivo de uso quanto as propriedades de cada modelo.

Por isso, selecionamos para você os principais fatores que você deve verificar antes de comprar a extensão ideal:

  • Formato da extensão
  • Número de tomadas
  • Tipo de pinos
  • Metragem do cabo

A seguir, explicaremos cada um desses fatores para que você tome a melhor decisão e compre a melhor extensão.

Formato da extensão

Primeiramente, você deve observar o formato da extensão. Em geral, nesse quesito, você terá duas opções: a extensão redonda e a extensão em formato de régua, comprida e retangular.

A extensão redonda tem a vantagem de ser mais compacta e discreta. Por outro lado, esse modelo conta com menos quantidade de tomadas.

Além disso, é muito comum encontrar a extensão redonda que conta com o cabo retrátil. Essa funcionalidade também é prática, principalmente na hora de guardar a extensão, sem precisar se preocupar com o fio.

Pessoa com notebook e extensão elétrica.

A extensão no formato de régua é mais moderna e pode ter mais tomadas. (Fonte: rawpixel / Pixabay.com)

No entanto, como ressaltamos, por questões de segurança, você só deve usar a extensão com todo o cabo esticado.

Já a extensão em formato de régua é mais moderna e, em geral, conta com uma quantidade maior de plugues. Por ser mais fina, apesar de ficar mais aparente, esse tipo de extensão ocupa menos espaço.

Veja abaixo as principais diferenças entre os formatos de extensão:

Extensão redonda Extensão régua
Vantagens Compacta, fácil de guardar e pode ter cabo retrátil Design mais moderno e maior número de tomadas
Desvantagens Menor quantidade de tomadas Pode ocupar mais espaço

Número de tomadas

Observe também o número de tomadas disponíveis na extensão. Para acertar na escolha, leve em conta a sua necessidade de uso.

Ou seja, avalie a quantidade de equipamentos que você precisará ligar ao mesmo tempo na extensão. Uma boa estratégia é que considerar uma ou duas tomadas além do que você de fato precisa.

Quanto mais entradas para conectar diferentes aparelhos mais funcional será a extensão elétrica.

Por exemplo, se você precisa ligar um despertador e um carregador de celular próximos à sua cabeceira da cama, recomendamos que você opte por uma extensão de quatro tomadas como garantia.

Afinal, é provável que em algum momento você queira também ligar uma luminária, por exemplo.

Em geral, você poderá optar por extensões elétricas que contêm entre uma e 16 tomadas.

Tipo de pinos

Outro fator que você deve verificar é o tipo de pino das tomadas da extensão. O mais comum é que as tomadas sejam adequadas para pinos do tipo 2P +T, ou seja, a conhecida tomada de três pinos.

Mas você também poderá encontrar a extensão para tomadas de dois pinos e até de encaixe universal.

Metragem do cabo

Por fim, leve em conta o tamanho do cabo. Esse é um fator essencial caso você precise ligar aparelhos que estão muito distantes da tomada que fica na parede.

Você vai encontrar modelos de extensão elétrica com diversos comprimentos de cabos, que podem variar entre 1 metro e 50 metros.

Mas, como vimos, a extensão para usar em empresas e escritórios pode ter um cabo extensor de até 100 metros.

(Fonte da imagem destacada: byrev / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.