Imagem de ferro de passar Oster ao lado de pilha de roupas limpas

Passar roupas há tempos deixou de ser uma missão difícil e cansativa. Hoje, no ReviewBox Brasil, vamos mostrar como você pode tornar seu dia a dia mais prático com um belo ferro de passar Oster.

Essencial para deixar suas roupas sempre impecáveis, os ferros de passar evoluíram bastante com o passar dos anos. E para trazer o melhor para você, Oster investe em tecnologia de ponta para facilitar sua vida. Confira nosso artigo para mais informações.




Primeiro, o mais importante

  • Os ferros de passar possuem configurações diferentes para cada tipo de roupa. Por isso, é importante utilizar as opções corretas para não danificar o tecido.
  • Ferros de passar que possuem a opção de vapor ajudam a desamassar os tecidos com menos esforço.
  • De preferência, opte por modelos com função de desligamento automático para evitar acidentes.

Você também pode gostar:

Os melhores ferros de passar Oster: Nossas recomendações

A Oster é uma das marcas favoritas dos brasileiros e seus ferros de passar merecem destaque por serem cheios de funcionalidades que ajudam a facilitar uma das tarefas domésticas mais chatas e cansativas da rotina do lar. Veja aqui alguns modelos que separamos para você.

A opção para quem deseja mais mobilidade

Oferecendo liberdade máxima de movimentação, esse ferro de passar pode ser recarregado em sua base e utilizado de forma portátil por longas horas. Ele conta com uma base de cerâmica que ajuda a deslizar mais fácil, compartimento para água e sistema de desligamento automático para maior segurança.

Nossa recomendação para se livrar dos vincos

Para obter roupas mais alinhadas e sem vincos, esse ferro possui uma base com nano-orifícios, que ajudam a deslizar até 40% mais fácil que os modelos comuns, além do sistema anticalcário que preserva sua base por muito mais tempo. Seu conservatório para água é de 280ml e o vapor pode ser utilizado na posição vertical ou horizontal.

O ferro certo para quem quer o melhor custo/benefício

Bonito e elegante, esse ferro de passar da Oster conta com sistema de limpeza automática, base de cerâmica e botão para a função spray, que ajuda a retirar vincos com mais facilidade. Ele ainda conta com um reservatório de água de 240 ml e função corta-pingos, para não umidecer em demasia as roupas.

Guia de compra

É muito difícil encontrar alguém que sinta prazer em passar roupas. Isso porque essa é uma das tarefas domésticas que mais demanda tempo e esforço entre os afazeres do lar.

Para tornar essa uma tarefa mais fácil, a Oster investe pesado em sua linha de ferros de passar. Veja abaixo mais informações em nosso guia de compras e descubra o porquê dos ferros de passar da Oster se destacam no mercado.

Imagem de pessoa segurando um ferro de passar Oster

Modernos, os ferros de passar Oster são mais leves, permitindo que você os utilize sem se cansar. (Fonte: Divulgação/ Oster.com.br)

Quais cuidados devo ter ao usar um ferro de passar Oster?

Os ferros de passar estão cada vez mais tecnológicos e seguros, e isso não é diferente com os modelos da Oster.

É preciso tomar cuidado com modelos que não possuem sistema de desligamento automático.

Porém, é preciso tomar cuidado com modelos que não possuem sistema de desligamento automático.

Nestes casos, basta um descuido para queimar a roupa, então é preciso estar atento. Por isso, é indicado optar por modelos que contem com este recurso adicional, já que garantem muito mais segurança, caso você esqueça de desligar o ferro após o uso.

Outro cuidado essencial é regular a temperatura de acordo com o tecido que vai ser passado, caso contrário você pode acabar danificando os fios. Em caso de dúvidas, vale a pena consultar o manual de instrução do produto.

Quais as vantagens e desvantagens do ferro de passar Oster?

Os ferros de passar Oster se destacam por contar com modelos com sistema de desligamento inteligente, onde a temperatura é cortada após 30 segundos sem uso para evitar acidentes.

Eles também contam com sistema contra respingos ao utilizar o jato de vapor, algo muito útil, jpa que você pode acionar o vapor tanto na vertical quanto na horizontal, oferecendo maior praticidade para retirar vincos e amassados mais difíceis.

Por último, seu controle de temperatura evita que o ferro esquente de forma contínua, regulando a intensidade de calor. Assim, ele ajuda a preservar melhor o tecido de suas roupas.

Porém existem algumas desvantagens, como o alto consumo de energia. E dependendo do material da base e do tamanho do reservatório de água, eles podem ficar pesados, o que torna o processo mais cansativo.

Vantagens
  • Sistema de desligamento inteligente
  • Segurança contra respingos
  • Vapor na vertical e horizontal
  • Controle de temperatura manual
Desvantagens
  • Alto consumo de energia
  • Alguns modelos são pesados

Quais os diferentes tipos de ferro de passar produzidos pela Oster?

Atualmente, a Oster investe em duas linhas principais de ferro de passar. A opção mais tradicional é com fio, ideal para o dia a dia. Com ele não é preciso esperar o carregamento, basta ligar na tomada e começar a utilizar. Além disso, esses são os modelos mais baratos.

Já os modelos sem fio oferecem maior mobilidade, tornando-os ideais para quem gosta de passar utilizando o vapor na posição vertical. Mas isso tem um preço, já que eles ainda custam um pouco mais caro.

Com fio Sem fio
Indicação de uso Ideal para o dia a dia Para quem gosta de passar utilizando vapor
Benefícios Não é preciso aguardar o carregamento Maior mobilidade
Preço É um modelo mais barato Custa um pouco mais caro

Como limpar a base dos ferros de passar Oster?

Para não manchar ou danificar as roupas, é essencial que a base do ferro esteja bem limpa. Então, com ele desligado e frio, higienize o aparelho utilizando um pano úmido com detergente neutro.

E, se por algum motivo restos de tecido acabaram queimando e grudando na base, uma boa dica é utilizar uma mistura de duas colheres de sal e uma colher de vinagre.

Passe essa mistura na base do ferro com ajuda de uma esponja macia, esfregando com cuidado até retirar todos os resíduos. Depois disso, limpe-o novamente da forma tradicional.

Com quais tecidos eu posso utilizar o ferro de passar Oster?

Desde a seda, mais delicada, até os tecidos sintéticos que utilizam nylon em sua composição, todos eles podem ser passados, seja com o ferro quente ou apenas com o vapor.

O único cuidado que você deve ter aqui é regular corretamente a temperatura para não danificar os tecidos.

Para auxiliar, você pode optar por ferros de passar Oster com base de cerâmica ou então com pequenos orifícios que ajudam em um deslizar mais suave, e também que se adaptam a todo tipo de tecido.

Imagem de ferro sobre roupa de cama e tábua de passar

Até mesmo as roupas de cama podem ficar impecáveis, sem dobras ou vincos. (Fonte: Ollebolle123/ Pixabay.com)

Critérios de compra: O que observar antes de comprar um ferro de passar Oster

Ao longo de nossa análise você pôde entender um pouco melhor sobre os ferros de passar Oster e como eles podem ajudar a tornar uma tarefa árdua de passar roupas algo muito mais simples e prático.

Mas com tantos modelos diferentes disponíveis, como escolher o melhor? Nos tópicos abaixo vamos falar um pouco mais sobre especificações técnicas para ajudá-lo na decisão final.

Temperatura

Todos os modelos da Oster possuem controle de temperatura manual, que devem ser configurados de acordo com o material que você vai passar. Esta regulagem é importante para evitar que você aqueça em demasia os tecidos e os danifique.

Lembre-se que cada material possui uma necessidade específica de temperatura e que para garantir a durabilidade de suas roupas, é importante respeitar as indicações do fabricante.

Uma dica para facilitar o processo de passar roupas é separar as peças conforme o material utilizado em sua composição e passar sempre da mais macia (que costuma demandar menores temperaturas) até as mais densas (que precisam de mais calor).

Outro recurso que pode auxiliar você a não utilizar temperaturas tão elevadas é o vapor, que torna os tecidos mais maleáveis e está presente nos ferros da Oster.

foco

Você sabia que os primeiros ferros de passar utilizavam carvão em brasa para aquecer sua base? Imagine só o esforço e o perigo de passar roupa antes dos avanços presentes nos modelos atuais.

Material da base

Estar atento ao material da base é essencial, pois ele determina questões como peso e facilidade do ferro em deslizar pelo tecido. A Oster trabalha com duas opções de material, cerâmica e metal. Cada opção possui vantagens e desvantagens distintas.

Os modelos de metal são mais resistentes e duráveis. Eles são perfeitos para tecidos mais pesados, como jeans, ou para passar roupas de cama. Porém, eles não deslizam tão facilmente sob os tecidos, portanto é indicado utilizar estes modelos em conjunto com o vapor.

Já os ferros com base de cerâmica possuem um deslizar mais fácil, algo que facilita bastante o momento de passar roupas. Além de mais leves, isso os torna ideais para tecidos mais delicados, como a seda e o algodão.

Compartimento para água

Utilizar um pouco de água facilita a desamassar e passar as roupas de forma mais uniforme. É por isso que a Oster possui compartimentos de água em todos os seus modelos.

Alguns deles também funcionam como ferro a vapor, seja na posição vertical ou horizontal. A grande diferença aqui é o tamanho do compartimento, que pode variar de um modelo para o outro.

Existem opções que além de liberar o vapor, permitem que você borrife a água do reservatório enquanto passa as roupas. Este recurso é especialmente útil no momento de passar tecidos mais densos, como o jeans.

Imagem de ferro de passar com compartimento de água

Com pressa para sair e a roupa está amassada? O jato de vapor pode resolver isso em questão de segundos. (Fonte: Alexas_Fotos/ Pixabay.com)

Potência e voltagem

Por último, é importante estar atento a potência e a voltagem do produto. Quanto mais potente for o ferro, mais rápido sua base atingirá a temperatura desejada. Porém, o gasto de eletricidade também é maior.

E, quanto a voltagem, a Oster trabalha com produtos de 110 ou 220V, sem bivolt natural. Então, fique atento e escolha um modelo compatível com sua rede elétrica para evitar acidentes.

(Fonte da imagem destacada: Divulgação/ Oster.com.br)

Por que você pode confiar em mim?

Redatora e psicóloga, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.