Pessoa coando café em filtro de papel.
Ultima atualização: 13 de agosto de 2020

Como escolhemos

17Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

45Comentários coletados

Já está sentindo o cheirinho de café coado na hora? Ainda não? Pois então, seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar do tradicional e indispensável filtro de papel para coar café.

Como a diversidade de opções cresceu ao longo do tempo, a seguir você vai descobrir como escolher e comprar o melhor filtro para café.




Primeiro, o mais importante

  • O filtro de papel é um dos utensílios mais populares entre os que não dispensam a tradição de coar o café manualmente.
  • Prático e higiênico, o fato é que existem diversos tipos e modelos de filtros feitos de papel.
  • Para escolher o ideal, é preciso considerar o modelo do coador, além do tamanho e espessura do filtro em si.

Você também pode gostar:

Melhores filtros de papel: Nossas recomendações

O filtro de papel mais tradicional

Da Melitta, o filtro de papel 102 possui um tamanho intermediário entre o pequeno e o grande. Por isso, essa opção é ideal para preparar 800 ml ou 16 xícaras de café. A embalagem vem com 30 unidades.

O melhor filtro de papel natural

Compatível com o coador Hario V60, o filtro de papel V60 02 tem capacidade para fazer entre duas e quatro xícaras de café. Na cor natural, esse modelo não passa por processo de branqueamento.

O melhor filtro para coador Kalita

O filtro para o coador de café Kalita Wave 185 tem o formato ondulado, que isola o café, protegendo-o contra a perda de temperatura. Além disso, esse kit de filtro de papel vem com 100 unidades.

Guia de Compra

Se você não dispensa o ritual de coar o café, é preciso dar uma boa atenção para a escolha do filtro. Isso porque, além de poder ter efeito sobre o gosto da bebida, o fato é que existem vários tipos de filtro.

Nesse Guia de Compra, vamos nos concentrar no mais tradicional e prático de todos: O filtro de papel.

Pessoa coado café em filtro de papel.

O filtro de papel ainda é o mais popular entre os que não dispensam coar o próprio café. (Fonte: Yulia Grogoryeva/ Pexels.com)

Filtro de papel ou de pano: Qual a diferença?

Existem vários tipos de filtros para coar café. No entanto, os mais populares são o de papel e o de pano.

Fabricado com tecido 100% algodão, o coador de pano tem como ponto positivo o fato de ser reutilizável e, portanto, é mais econômico.

Por outro lado, esse tipo de filtro acumula resíduos que nem sempre são removidos com facilidade na lavagem. Além disso, justamente por ser reutilizável, o coador de pano precisa ser lavado após cada uso.

foco

Você sabe como preparar um bom café?

Além de escolher o melhor filtro, você também deve usar um café de boa qualidade. Outra dica é nunca pressionar o pó no filtro, nem mexer com colher enquanto a água filtra o pó.

Já o filtro de papel é mais higiênico. Por não ser reutilizável, ele não acumula sujeiras. Além disso, como tem uma trama mais fechada, a retenção da filtragem no papel é maior. Com isso, o café costuma ficar mais forte e brilhante.

No entanto, o filtro de papel, diferentemente do coador de pano, pode deixar gosto de papel no café ainda que, como veremos logo mais nesse artigo, isso possa ser evitado. E, por ser necessário usar um filtro a cada cafezinho, ele acaba sendo menos econômico.

Para resumir, confira a seguir as principais características do filtro de papel e do coador de pano.

Filtro de papel Coador de pano
Praticidade Maior Menor
Reutilizável Não Sim
Limpeza Não é necessária Após cada uso
Economia Menor Maior

Quais são os tipos de filtro de papel?

Quando tratamos de filtros de papel para café podemos dividi-los em duas categorias: O branco e o natural.

A principal diferença entre eles é que o filtro de papel branco passa por um processo de clareamento. Isso pode ser feito utilizando uma pequena quantidade de cloro ou através do alvejamento oxigenado.

Ainda que esse processo de clareamento não seja mais considerado perigoso para a saúde e nem interfira no sabor do café, o fato é que ele acaba sendo mais tóxico para o meio ambiente.

Por isso, se você se preocupa com a forma de processamento e o descarte do filtro de papel, vale considerar a opção natural.

Jarra de café, com coador e filtro de papel e xícara ao lado.

O filtro de papel pode ser banco ou natural. (Fonte: Foundry/ Pixabay.com)

O filtro de papel natural possui uma cor terrosa clara já que não passa pelo processo de clareamento. E, justamente por isso, esse tipo de filtro é menos prejudicial ao meio ambiente.

O problema é que, se você usar o filtro de papel natural no seu coador ou cafeteira sem enxaguá-lo previamente, existe uma boa chance de você sentir o gosto de papel ao degustar o seu café.

No entanto, se ainda assim você preferir comprar o filtro de papel branco, os especialistas recomendam que você opte pelo que passa pelo clareamento por oxigênio, que não usa alvejantes.

foco

Você sabe quem inventou o filtro de papel?

Em 1908, a alemã Melitta Bentz, tentou alguns experimentos até que acabou criando o filtro de papel. O plano era parar de encontrar pó de café em sua bebida.

E deu certo. Afinal, ela fundou a Melitta Bentz Company, uma das maiores fabricantes de filtros e cafés do mundo.

Como remover o gosto do filtro de papel no café?

Como vimos, o filtro de papel natural pode deixar o café coado com gosto de resíduos de papel. No entanto, o mesmo pode ocorrer se você usar um filtro de papel branco de baixa qualidade.

Por isso, os especialistas recomendam que, independentemente do tipo de filtro de papel, é sempre indicado enxaguá-lo antes de coar o café. Essa etapa também irá pré-aquecer tanto o filtro quanto o coador.

Para fazer esse enxague prévio, siga as instruções a seguir:

  • Coloque o seu filtro de papel no coador ou cafeteira;
  • Umedeça o filtro colocando água quente sobre ele;
  • Descarte essa água;
  • Se necessário, enxague novamente para evitar qualquer gosto de papel;
  • Pronto, agora você pode adicionar o pó de café e coá-lo com uma nova água quente.

Afinal, vale a pena usar filtro de papel para café?

Ainda que existam outras formas de fazer café com as cafeterias de cápsulas, a prensa francesa ou a cafeteira italiana, o fato é que muita gente não dispensa a tradição de coar a bebida no filtro de papel manualmente.

Isso porque o filtro de papel é a opção mais prática, higiênica e, muitos dizem, ainda garante um sabor especial ao cafezinho.

Mas, como não é reutilizável, toda vez que você for coar o seu café precisará usar um filtro de papel novo. Essa também acaba sendo uma das desvantagens, já que você vai consumir mais filtros e gastar mais com isso.

Outra vantagem é que existem diversos tipos de filtros de papel, com espessuras e capacidades de filtragem variadas para atender a todos. Dependendo do tamanho do filtro, por exemplo, é possível fazer entre uma e mais de 20 xícaras de café de uma só vez.

No entanto, também existem pontos negativos quando tratamos de um filtro de papel para café. Como vimos, é sempre possível que o papel deixe um gosto desagradável na bebida, ainda que isso possa ser remediado com um enxágue prévio.

Além disso, é preciso atenção na hora de comprar o filtro, já que alguns modelos são compatíveis apenas com coadores de marcas específicas.

Para você ter uma visão geral, sobre os prós e os contras do filtro de papel para café, confira a seguir a tabela que criamos para você:

Vantagens
  • Prático e higiênico
  • Vários tamanhos e espessuras
  • Opções compatíveis com diferentes coadores
Desvantagens
  • Pode deixar gosto de papel no café
  • Não é econômico

Quanto custa o filtro de papel e onde comprá-lo?

O filtro de papel é, na maioria das vezes, um item barato. Mas isso vai depender da marca, do modelo e da quantidade que vem na embalagem. Geralmente, você vai encontrar opções custando entre R$ 6 e R$ 300.

Você também vai encontrar o filtro de papel à venda em padarias, mercados, lojas de conveniência e de departamento, como Lojas Americanas e Carrefour.

No entanto, se você busca por praticidade, o ideal é adquirir o produto sem nem ao menos sair de casa. Para isso, basta comprar o filtro em lojas online, como a Amazon Brasil.

Critérios de Compra: Como escolher o melhor filtro de papel

Depois de escolher entre o filtro de papel branco ou natural é preciso que você também compare outros critérios que diferenciam um modelo de outro.

Selecionamos abaixo os principais aspectos que você precisa levar em consideração. São eles:

A seguir, você descobre como avaliar cada um desses tópicos para escolher o melhor filtro.

Compatibilidade com coador

O primeiro fator que você deve levar em conta na hora de comprar um filtro de papel é a compatibilidade entre ele e o coador ou a cafeteira.

Existem filtros universais, que servem para qualquer coador.

É claro que existem filtros universais, que servem para qualquer coador.

No entanto, alguns tipos de filtro de papel são compatíveis apenas com certas marcas e modelos.

Sendo assim, recomendamos que você verifique essa informação antes de realizar a compra para não se frustrar depois.

Tamanho e capacidade de preparo

Independentemente do tipo ou da marca de filtro que você decidir comprar, lembre-se sempre de verificar o tamanho dele.

Comprar o tamanho correto do filtro de papel é importante tanto para garantir que ele irá caber de forma adequada no coador, quanto para determinar a quantidade de café que você considerá produzir de uma só vez.

As marcas de filtro de papel oferecem entre dois e três tamanhos diferentes. Confira a seguir os exemplos padrões, mas que podem variar dependendo da fabricante:

  • Pequeno: O menor filtro de todos pode preparar até 200 ml ou aproximadamente quatro xícaras de café;
  • Médio: Com tamanho intermediário, esse filtro de papel chega a produzir até 800 ml de café ou o equivalente a 16 xícaras;
  • Grande: O filtro grande pode coar até 1 litro ou cerca de 20 xícaras de café.

Fino ou grosso

Outro critério que você deve observar é espessura. Por exemplo, os filtros muito finos permitem que a água passe com maior rapidez, enquanto os que possuem papel com espessura mais grossa podem reter mais óleos durante a extração do café.

Quantidade na embalagem

Não deixe de checar também a quantidade de filtros de papel que vem em cada embalagem.  Você vai pode optar por kits que vêm com 10 a 1000 filtros de papel.

(Fonte da imagem destacada: Karl Fredrickson/ Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.