Na foto um homem fazendo uma apresentação com um flip chart.
Ultima atualização: 19 de setembro de 2019

Como escolhemos

11Produtos analisados

15Horas investidas

2Estudos avaliados

37Comentários coletados

Olá, seja muito bem-vindo ao seu portal de reviews na internet! Na era da tecnologia, algumas ferramentas manuais ainda têm o seu espaço e para estudos e reuniões o flip chart ainda é um item indispensável para algumas pessoas.

Podendo ser encontrado nas versões em papel, quadro branco e digital, esse produto serve para escrever anotações e criar apresentações. Nele podem ser colocados dados, gráficos e qualquer outra informação que seja útil para a ocasião.




Primeiro, o mais importante

  • O flip chart é composto por uma estrutura de cavalete e uma área para escrever anotações.
  • Essa é uma ferramenta muito portátil e que pode ser levada para todos os lugares, existindo versões com rodízio para facilitar o transporte.
  • Os flip charts de papel e com quadro branco são os mais comuns e possuem alta versatilidade.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de flip chart: nossos favoritos

O flip chart pode ser utilizado para as mais variadas finalidades e graças a isso existe em diversos modelos que se adaptam a todas as necessidades. Para te mostrar os melhores de acordo com quem usou e aprovou esse produto preparamos o ranking abaixo.

Uma opção com madeira natural

Esse modelo de flip chart é confeccionado com estrutura em madeira pinus e área de escrita em madeira natural. Ele é dobrável, possui 1,70 metro de altura, conta com área para prender o bloco de papel e tem um lado de quadro branco, que também pode ser utilizado para apresentações.

Ótima opção para ser utilizada conforme a necessidade

Confeccionado com madeira pinus e painel em madefibra, essa opção de flip chart possui 1,80 metro de altura, que pode ser ajustada de acordo com a necessidade. Esse modelo tem uma área de escrita de 89 centímetros de altura e 59 centímetros de largura e conta com espaço para fixação do bloco de papel.

Ideal para apresentações

Essa versão de flip chart é confeccionada com duas áreas para apresentação, sendo uma para prender o bloco de papel e a outra no modelo de quadro branco. O produto conta com estrutura em madeira pinus, tem regulagem de altura e sua estrutura é dobrável.

O modelo mais moderno

Esse flip chart possui tela em MDF com prendedor de bloco de papel e acabamento em pintura U.V para uso do tampo como quadro branco. Sua estrutura é em metal e possui 1,75 metros de altura. Além disso, ele conta com sistema de pés adaptáveis ao solo e sua área de escrita possui 67 centímetros de largura e 90 centímetros de altura.

Guia de Compra

Mesmo que os monitores e projetores façam muito sucesso atualmente, quando se fala em recursos para apresentações o flip chart ainda está entre os mais usados.

E essa é uma ferramenta que pode ser utilizada nas mais variadas situações e garante uma exposição das informações mais visual e compreensível. Portanto, se você busca por um produto como esse basta ler esse guia de compra para entender mais sobre ele e saber qual modelo comprar.

Na foto quatro mulheres em uma sala de reunião com um flip chart.

O flip chart é uma ótima ferramenta de apresentação para reuniões. (Fonte: ammentorp / 123rf.com)

O que é um flip chart e para que ele serve?

Presente em muitas salas de reuniões e treinamentos, o flip chart é um produto muito utilizado em apresentações. Ele pode ser encontrado em diversos modelos e há atualmente versões com papel, quadro branco e até mesmo os digitais, que são os mais modernos.

O flip chart pode ser utilizado para anotar instruções, criar gráficos, demonstrar dados e muito mais. E por mais que ele seja muito utilizado em ambientes empresariais, para aulas e estudos também é uma boa ferramenta.

Quais as vantagens e desvantagens do flip chart?

A tecnologia veio para somar muito no dia a dia das pessoas, mas alguns produtos mais simples não perderam o seu lugar. Um exemplo disso é o flip chart, ferramenta que até hoje é muito utilizada em todo o mundo graças as suas vantagens e diferenciais.

O flip chart alia uma série de pontos positivos e um deles está relacionado ao fato de ser fácil de usar. Esse é um item que não requer grande conhecimento para ser utilizado e graças a isso pode ser muito aproveitado por todos.

Outra vantagem está na sua portabilidade. O flip chart é fácil de ser levado para todos os lugares e pode ser transferido entre salas tranquilamente, existindo versões até mesmo com rodízios e dobráveis.

Vale destacar também que essa ferramenta está disponível em diversos tamanhos e modelos. Graças a isso consegue se adaptar a todas as necessidades e gostos.

Porém, o flip chart apresenta um ponto negativo. Para que as informações sejam claras é fundamental que o responsável pela apresentação possua uma letra legível, pois caso contrário a utilização desse produto será menos eficiente.

Vantagens
  • É fácil de usar
  • Existe em diversos modelos e tamanhos
  • Pode ser levado para todos os lugares
Desvantagens
  • É preciso ter uma boa letra para utilizá-lo

Flip chart de papel ou quadro branco?

Os modelos de flip charts mais utilizados são os confeccionados com área de escrita para uso com papel ou na versão com quadro branco. Ambas as opções são muito encontradas e qual escolher depende de alguns fatores.

Quando se tem um flip chart para uso com papel há uma grande versatilidade, pois podem ser utilizadas várias folhas para expor as informações. Porém, existe a necessidade de sempre comprar os blocos com papel e caso ele acabe no meio da apresentação o flip chart deixa de ser útil.

Já a opção com quadro branco não tem esse problema, mas, por outro lado, precisa ser apagada constantemente para que novas informações sejam incluídas. Sem falar que após muito tempo de uso pode acabar manchada. Na tabela abaixo você consegue visualizar melhor as diferenças entre essas duas opções.

Flip chart com papel Flip chart com Quadro branco
Tamanho Variável Variável
Valor Possui preço mais baixo Existem modelos mais baratos e outros com preço elevado
Diferenciais Permite dividir as informações em várias folhas Não requer a compra de folhas para ser utilizado
Pontos negativos Seu uso depende do número de folhas disponíveis Tem uma limitação na quantidade de informações expostas de uma vez só e pode manchar com o tempo

Como utilizar corretamente o flip chart?

Por mais que o flip chart seja uma ótima ferramenta, é importante seguir algumas recomendações para que a sua utilização seja efetiva e se consiga transmitir as informações de forma clara e objetiva. Para isso algumas dicas são:

  • Use cores fortes e faça desenhos e letras grandes e fáceis de compreender.
  • Letras de forma são mais fáceis de entender do que as de mão.
  • Coloque o cavalete em um local visível para todas as pessoas que estarão na sala.
  • Assim que chegar ao local da apresentação, verifique se o flip chart possui folhas suficientes e se os pinceis estão em condições de uso.
  • Evite colocar informações na parte inferior da folha ou do quadro, pois essa região é de mais difícil leitura.
  • Para ambientes mais amplos pode-se utilizar dois flip charts, um ao lado do outro, para melhor visualização.
  • O flip chart é recomendado para apresentações de até 50 pessoas, para mais do que isso outras alternativas podem ser melhores.
Na foto uma mulher escrevendo em um flip chart de papel.

É fundamental colocar todas as informações de maneira clara no flip chart para que todos possam entendê-las. (Fonte: racorn / 123rf.com)

Quanto custa um flip chart?

O valor de um flip chart pode ser bem variável dependendo do material em que esse produto é confeccionado. Os modelos em madeira são os que têm preço mais em conta, enquanto que os de metal e os digitais possuem um valor mais elevado.

Com isso, é possível encontrar opções custando a partir de R$ 50, sendo esses os modelos mais simples, até cerca de R$ 1.600, se falarmos da versão digital desse produto.

Onde comprar um flip chart?

O flip chart é considerado um item de escritório e papelaria. Graças a isso, pode ser encontrado em lojas que vendem outros objetos desse tipo, sendo um exemplo a Kalunga.

Online também é possível adquirir esse produto e há diversos sites que o comercializam em uma ampla gama de modelos. Algumas opções de lojas online para fazer essa compra são Amazon, Americanas, Mercado Livre e Extra.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os modelos de flip chart

Se você está disposto a adquirir um flip chart, mas não sabe qual opção escolher, não se preocupe. Chegou o momento de te mostrarmos quais critérios devem ser levados em consideração para fazer a compra ideal. São eles:

  • Material da estrutura
  • Tamanho
  • Portabilidade
  • Digital ou comum

Abaixo detalharemos cada um deles.

Material da estrutura

Com relação ao material em que a estrutura do flipchart é confeccionada pode-se optar pelas versões em madeira e as de metal. Os modelos de madeira são os que possuem valor mais baixo e eles são leves, possuindo aparência mais simples.

O flip chart de metal tem um aspecto visual mais sofisticado e é mais diferenciado, já que alguns possuem até mesmo rodízio. Mas, o seu preço costuma ser mais alto, portanto pense nisso.

Na foto três pessoas fazendo uma reunião com um flip chart no meio da sala.

O flip chart com estrutura em metal é mais sofisticado e tem aparência mais delicada do que o de madeira. (Fonte: Elevate Digital / Pexels.com)

Tamanho

O flip chart é encontrado em diversos tamanhos e justamente por isso consegue se adaptar às mais variadas necessidades. A partir disso deve-se analisar alguns quesitos.

A altura deve se adequar a maioria das pessoas que irão utilizar o flip chart.

O primeiro é a altura e existem opções com 1,70 metros, outras de 1,80 metros e assim por diante. É essencial pensar em uma medida que se adeque a maioria das pessoas que irão escrever no flip chart e caso o modelo seja regulável isso pode ajudar muito.

Outro ponto a ser analisado é o tamanho do tampo, ou seja, da área de escrita. Isso também varia muito e para não errar pense se você precisa de mais ou menos espaço para expor suas informações.

Portabilidade

Se você pretende utilizar o flip chart em diversas salas é fundamental pensar na portabilidade do modelo que está pensando em adquirir. Para isso cheque se ele é dobrável, qual o seu peso e se possui rodízios, pois eles facilitam o transporte desse produto.

Nesse aspecto, verifique também seu tamanho e peso.

Mulher com papel nas mãos próxima a um flip chart

O flip chart pode ser utilizado para anotar instruções, criar gráficos, demonstrar dados e muito mais. (Fonte: lightfieldstudios / 123rf).

Digital ou comum

Se você é do tipo que adora tecnologia saiba que é possível adquirir um flip chart comum ou um digital. O digital tem alguns diferenciais como a possibilidade de mostrar informações de smartphones na sua tela e o acesso à internet.

foco

A Samsung é a única marca que comercializa o flip chart digital no Brasil. O modelo chegou por aqui em 2018 e se chama Samsung Flip WM55H.

O ponto negativo é que ele possui um valor mais elevado do que o comum, mas caso esses recursos sejam interessantes, pode valer a pena investir em um desses.

(Fonte da imagem destacada: Roman Samborskyi / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.