Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o fogão de indução eletromagnética, o modelo mais moderno de cooktop que existe. Falar sobre esse produto é enumerar uma série de vantagens: ele cozinha mais rapidamente, aproveita 90% da energia gerada, é muito seguro, tem um design sofisticado e pode ser de uso portátil ou fixo.

Por ser um modelo eletromagnético, ele só funciona com panelas de fundo plano e que sejam feitas de matérias-primas com propriedades magnéticas como ferro e aço inoxidável.

Ao longo desse Guia, traremos todas as informações essenciais para que você possa fazer sua compra com total segurança. Explicaremos suas principais características, preços, locais de venda, vantagens, entre outros pontos importantes. Siga conosco!

Primeiro, o mais importante

  • Um dos maiores diferenciais do fogão por indução é que o calor é gerado por um campo eletromagnético formado entre a panela e o fogão. Toda a superfície se mantém fria, apenas a panela esquenta.
  • Depois de quente, o fogão por indução consegue cozinhar os alimentos mais rapidamente, além de manter um rígido controle de temperatura, ou seja, o calor não oscila.
  • Como este modelo utiliza eletricidade e magnetismo para funcionar, você não vai precisar usar botijão ou encanamento a gás. Apesar de consumir bastante luz, o índice de aproveitamento da energia gerada chega a 90%.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores modelos de fogão de indução

Agora, vamos apresentar alguns dos melhores modelos de fogão de indução disponíveis no mercado. Levamos em consideração o nível de tecnologia e a aceitação geral do produto pelos consumidores. Confira no Ranking abaixo:

1º- Cooktop de indução Brastemp Gourmand

[amazon box=”B07949WKHB” description_items=”0″]

O cooktop de indução Gourmand da Brastemp tem design futurista, com desenhos geométricos na mesa vitrocerâmica, quatro zonas de cocção (bocas) e painel para controlar a temperatura de cada uma das bocas.

Conta ainda com funções turbo, derreter, ferver e pausa, que mantém a comida quente até a hora de servir. Tudo isso com economia de energia de até 40%.

2º – Cooktop por Indução IC80 Electrolux

[amazon box=”B07CMKWW67″ description_items=”0″]

O cooktop IC80 da Electrolux tem o design sofisticado, mesa vitrocerâmica, painel touchscreen e nove níveis de temperatura.

O modelo tem ainda timer e exclusiva função Turbo Potência, que libera até 160% mais potência por até 10 minutos.

3º- Cooktop por indução Gourmet Cadence

[amazon box=”B07738V8BT” description_items=”0″]

O cooktop por indução da linha Gourmet da Cadence possui mesa de vidro temperado com apenas uma zona de cocção (boca). Conta com 10 níveis de temperatura na versão 220v e oito opções na versão 127v.

Ele possui também função timer de até 12 horas, que cozinha o alimento até atingir o tempo programado, desligando automaticamente após o período o término do preparo. O produto é certificado pelo Inmetro.

Guia de Compra

As cozinhas modernas são cheias de novidades. Um exemplo é o fogão, que agora se divide em duas peças: cooktop (bocas) e forno. Os fogões podem funcionar por energia elétrica, gás ou indução eletromagnética.

O fogão de indução, além de ser o modelo mais moderno, é seguro e cheio de funcionalidades hightech. Vamos falar tudo o que você precisa saber sobre este modelo no guia de compra.

Imagem de uma mulher cozinhando em um fogão eletromagnético.

Com o fogão por indução, ficou mais fácil, rápido e seguro cozinhar. (Fonte: Juan Pablo Arenas/ Pexels)

O que é um fogão de indução e onde utilizá-lo?

O fogão de indução tem como fonte de calor as ondas geradas em um campo eletromagnético que usa ímãs para interligar as partículas magnéticas da panela às bobinas de dentro do cooktop.

Quando a panela magnética é colocada na demarcação onde é gerado o campo de tensão, suas moléculas reagem e começam a se mover de 20 a 50 mil vezes por segundo, gerando fricção e excitando as bobinas. Essa combinação resulta em correntes elétricas e calor.

Por essa razão o fogão de indução só esquenta quando a panela é colocada na zona de cocção (boca do fogão). E esse calor gerado pela reação vai direto para a panela e não altera a temperatura da superfície da mesa vitrocerâmica.

Como são as próprias panelas que provocam o calor, elas precisam ter um formato plano e serem feitas de matérias-primas com propriedades eletromagnéticas, como as panelas de ferro fundido e aço inoxidável.

Esse tipo de fogão demora um pouco para esquentar, mas depois de atingir determinada temperatura, ele consegue mantê-la em um nível estável. Após desligar, a cocção esfria quase instantaneamente, minimizando o risco de queimaduras.

Além do mais, você pode colocar qualquer tipo de material como plástico, papel, madeira, vidro, seja o que for, o fogão de indução só reconhece objetos ferromagnéticos.

Veja como funciona esse princípio no vídeo abaixo publicado pelo canal Yuppiechef.com, no YouTube:

O fogão de indução tem excelentes benefícios, mas possui algumas desvantagens também. Um exemplo disso é o custo elevado, esse é o modelo mais caro do mercado. Confira uma tabela de vantagens e desvantagens do produto:

Vantagens
  • Consumo de energia elétrico menor
  • Mais seguro: não há riscos de queimaduras, choques ou incêndios
  • Esfria rapidamente quando desligado, diminuindo o risco de acidentes
  • Alto controle de temperatura
Desvantagens
  • Esse tipo de fogão é mais caro
  • Só funciona com panelas de materiais eletromagnéticos e de fundo plano
  • Demora um pouco para esquentar

Quais cuidados devo ter com um fogão de indução?

Uma das grandes vantagens do fogão de indução é a facilidade em limpá-los, pois ele é impermeável e sua superfície é plana (não há fendas nem orifícios), então qualquer resíduo que respingar sobre ele não é absorvido.

Para limpar o fogão por indução basta passar um pano úmido com um pouco de detergente neutro que ele estará brilhando novamente.

O único cuidado que precisará ser tomado é com a conservação da mesa vitrocerâmica, pois assim como qualquer superfície feita de vidro, o cooktop risca facilmente.

Para evitar que isso aconteça, evite arrastar panelas ou utensílios pelo fogão. Também evite o uso de esponja no lado verde com produtos abrasivos e nunca use palha de aço.

Qual a diferença entre o fogão de indução e o elétrico?

O modelo que originou o fogão por indução é o cooktop convencional, com funcionamento elétrico, em que o calor é gerado por uma resistência similar a dos chuveiros.

O elétrico tem acionamento manual e esquenta muito rapidamente, atingindo altas temperaturas. E para evitar o superaquecimento do aparelho e risco de acidentes, esse cooktop tem um sistema de segurança que desliga a boca ao atingir determinada temperatura, e religa automaticamente depois que o calor diminui.

Como o funcionamento dele é por uma resistência similar à dos chuveiros elétricos, ele consome muita energia elétrica, o que gera um aumento significativo na conta de luz. É como ter um chuveiro a mais em funcionamento na casa.

O mesmo não acontece com o modelo de indução, que usa energia elétrica somente para o acionamento do fogão e funcionamento do painel. É o campo eletromagnético criado entre a panela e a boca do fogão que faz com o equipamento funcione.

Embora o modelo de indução seja uma variação do elétrico, ele tem um funcionamento mais econômico. Essa economia é apenas uma das características que diferem os dois modelos. Confira abaixo uma tabela comparando as principais características dos modelos de indução eletromagnética e o fogão elétrico:

Fogão de indução Fogão elétrico
Aquecimento É gerado por um campo eletromagnético É gerado por uma resistência elétrica similar à do chuveiro
Panelas Requer o uso de panelas de ferro ou aço inox Qualquer panela pode ser usada
Segurança Só a panela esquenta, a superfície se mantém fria A boca desliga e religa sozinha quando o fogão atinge altas temperaturas

Como funciona a instalação do fogão de indução?

É muito simples instalar um cooktop por indução, você só vai precisar de uma bancada, pia ou nicho resistente ao calor, com espessura entre 30 e 60 milímetros e plana. O fogão será parafusado nesta superfície.

Por ser um aparelho com potência alta, o fogão por indução precisa ser ligado diretamente à rede elétrica, ou seja, na fiação e não por um plugue na tomada. A rede elétrica e fios devem atender à potência do aparelho escolhido.

Confira as medidas do fogão e da bancada para que o encaixe seja perfeito.

 Imagem de uma bancada de cozinha, com dois tipos de fogões elétricos instalados, o por indução eletromagnética (à esquerda) e o modelo convencional (à direita).

O cooktop por indução deve ser instalado em uma bancada ou pia plana, resistente ao calor, e com espessura de 30 a 60 milímetros. (Fonte: Pixabay / Pexels)

Quais panelas posso usar no fogão de indução?

Como já mencionamos, a panela é a fonte de energia do fogão por indução. Por isso ela deve ter o fundo reto e ser feita de materiais com propriedades magnéticas, como panelas de ferro fundido e aço inoxidável.

Quanto mais grossa e pesada for a panela, mais ela irá aquecer. Mas é preciso ficar atento para ver se a panela está bem posicionada na zona de cocção (boca) do fogão, pois só a área demarcada esquenta.

Atualmente, algumas marcas produzem panelas específicas para cooktops por indução eletromagnética. Só é difícil encontrar panelas de pressão para esse tipo de fogão, e além de raras, elas são bem caras.

Na imagem, um milho é cozido em uma panela de ferro fundido e atrás uma panela de aço inox cozinha outro alimento.

Somente panelas de ferro fundido e aço inoxidável devem ser usadas em um fogão de indução. (Fonte: Tookapic / Pexels)

O fogão de indução é seguro?

Além de ser o modelo mais seguro, pois somente a panela esquenta enquanto a superfície se mantém fria, o cooktop fica apitando se não reconhecer a panela (por ser de um tipo inadequado, ou por estar mal posicionada), depois de um minuto ele desliga automaticamente.

Esse sistema evita acidentes graves, como queimaduras, especialmente para quem tem criança em casa.

Outro fator de segurança é que como a superfície dele é plana, não corre o risco de a panela virar no fogão. Diminuindo ainda mais os riscos de queimaduras na cozinha.

Quanto custa?

Por causa dos inúmeros benefícios, o fogão de indução eletromagnética é o modelo mais caro disponível à venda. Os preços podem variar bastante, especialmente de acordo com a quantidade de bocas que o modelo tem.

Os mais baratos – com uma boca – custam cerca de R$ 300. Já os modelos maiores podem chegar a R$ 5.000.

Onde comprar?

Você pode comprar um fogão por indução em lojas de móveis e eletrodomésticos como Ponto Frio e Magazine Luiza e lojas de produtos eletroeletrônicos como Fast Shop.

Se você preferir, pode comprar pela internet, em lojas como Amazon, Submarino e Mercado Livre. Na Amazon, por exemplo, você consegue comparar diversos modelos de diferentes marcas e preços. Comprando pela internet você recebe o produto na porta sem sair de casa.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de fogão de indução

Algumas características devem ser observadas na hora de comprar um fogão por indução eletromagnética. São elas:

  • Tipos de fogão de indução
  • Consumo de energia
  • Número de bocas
  • Funções

Agora, vamos explicar cada um dos itens, para que você não fique com nenhuma dúvida na hora de escolher um fogão por indução eletromagnética para a sua cozinha.

Tipos de fogão de indução

Existem dois modelos de fogão por indução: o de embutir e o de mesa.

  • Modelo de mesa: Também chamado de piso, não necessita de instalação, pois será apoiado em cima de móveis e será ligado à uma tomada. Você encontra modelos de uma a três bocas nesta versão.
  • Modelo de embutir: Precisa ser instalado sobre uma bancada, pia ou móvel plano, resistente ao calor e estável. Também precisa ser instalado à fiação elétrica, e nunca deve ser plugado na tomada. Você encontra modelos de uma a seis bocas nesta versão.

Consumo de energia

Um fogão de indução consome em média de 4 a 8 kw/h, bem similar ao consumo de energia de um chuveiro elétrico. Mas, o fogão de indução é o mais econômico em consumo de energia e cozinha os alimentos mais rapidamente.

Enquanto um fogão a gás utiliza 55% da energia produzida, e um modelo elétrico usa 65%, o fogão de indução eletromagnética usa 90% da energia que produz.

Número de bocas

Qual o tamanho da sua família? O número de bocas é algo a ser pensando considerando o número de pessoas que moram na casa. Se você tem uma família grande e cozinha com frequência, seria interessante um fogão de indução de 6 bocas.

Se você mora sozinho, um pequeno fogão de 2 ou 3 bocas pode ser suficiente. Mas, ainda vale reflexão! Porque se mesmo morando sozinho você costuma receber muitos amigos e seus familiares, ainda assim pode precisar de um fogão de indução maior.

Reflita sobre a sua rotina na cozinha, a demanda e então escolha o número de bocas que suprirá essa necessidade no dia a dia.

Funções

Nem todos os modelos são equipados de todas as funções. Verifique quais são essenciais para você antes de fazer seu investimento.

Lembrando que as funções podem encarecer o produto, então, tente achar um equilíbrio entre o que você precisa e o que você pode pagar no momento.

Algumas das funções mais interessantes são:

  • Controle de temperatura digital;
  • Timer para programação do tempo;
  • Turbo para acelerar o processo;
  • Manter aquecido.

As funções podem deixar seu fogão de indução ainda mais seguro e moderno.

(Fonte da imagem destacada: iAlicante Mediterranean Homes/ Unplash)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
21 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX