Imagem mostra um homem trabalhando com um fogão industrial.
Ultima atualização: 12 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

16Horas investidas

4Estudos avaliados

55Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Se você tem um restaurante ou qualquer outro estabelecimento do ramo alimentício, não há como deixar de ter um fogão industrial. Ele te ajudará a cozinhar alimentos em alta escala e em um ritmo bastante acelerado.

O fogão industrial é capaz de fazer com velocidade e eficiência todos os tipos de preparo de refeições. Nesse artigo, vamos trazer todas as informações que você precisa para escolher um modelo que satisfaça todas as suas necessidades. Pronto para elevar sua cozinha a um novo nível?




Primeiro, o mais importante

  • Um fogão industrial é indispensável para estabelecimentos que lidam com comida de forma profissional. Ele permite que refeições sejam preparadas com agilidade e eficiência.
  • É possível usar um fogão industrial em todo tipo de negócio, desde simples food trucks até restaurantes consolidados e com grande movimento.
  • O aspecto mais importante para a escolha de um fogão industrial é a estrutura. Ele precisa ter um material muito resistente para lidar com todos os elementos envolvidos em uma cozinha profissional.

Você também pode gostar:

Os melhores fogões industriais: A opinião da redação

Com tantos fogões industriais disputando espaço no mercado, pode ser difícil descobrir quais realmente valem a pena. Por isso, nossa redação fez uma seleção prévia de alguns modelos que realmente se destacam. Abaixo, vamos conhecer um pouco mais sobre eles.

Um fogão industrial completo

Para transformar a sua cozinha em uma verdadeira linha de produção, recomendamos esse modelo completo da Cristal Aço. Ele tem dois queimadores duplos e dois simples, funciona com baixa pressão e conta com um forno com capacidade de 87 litros. Feito em aço carbono, é extremamente resistente.

O melhor fogão industrial de seis bocas

Se você faz comida em alta escala e precisa de espaço para preparar refeições simultâneas, um fogão de pelo menos seis bocas é recomendado. A Cristal Aço oferece esse modelo com chapa em aço carbono, forno com capacidade de 87 litros e bandeja coletora de resíduo. É um utensílio de incrível custo-benefício.

Um bom modelo de entrada

Você está começando a preparar refeições para fora? Esse fogão da Albasam tem dois queimadores com acionamento manual, funciona com alta pressão e é de fácil instalação. Mais importante, tem ótima durabilidade devido à estrutura de metal com pintura zincada que resiste à ferrugem. Seu custo-benefício é quase imbatível.

Guia de compra

Afinal, por que ter um fogão industrial? O que o diferencia de um eletrodoméstico comum? Será que ele é realmente um investimento importante para o seu negócio do ramo alimentício?

Pesquisamos a fundo sobre todas essas questões e preparamos respostas completas em nosso guia de compra. Fique conosco!

Imagem mostra cozinheiros trabalhando em uma cozinha profissional.

Um fogão industrial é parte fundamental de uma cozinha profissional. (Fonte: paolabaldacci/ Pixabay.com)

O que é um fogão industrial?

Você já sabe que um fogão é um utensílio presente em praticamente todas as residências, com chamas controladas que facilitam no preparo de alimentos. Sua versão profissional é recomendada para uso em grande escala e é o que chamamos de fogão industrial.

Imagem de um fogão 4 bocas embutido em uma cozinha sob medida organizada.

3 de dezembro de 2019

Um fogão industrial precisa ser muito resistente, já que estará em uso por tempo consideravelmente superior. Também existe preocupação dos fabricantes em fazer com que ele seja mais eficiente e econômico, consumindo uma quantidade de gás ou eletricidade que não machuque o bolso do proprietário.

Em um restaurante, a agilidade é parte fundamental do trabalho. Pedidos surgem a todo momento e os alimentos não param de ir ao fogo. O fogão industrial precisa permitir boa movimentação dos cozinheiros, ter espaço e segurança para que tudo saia dentro dos conformes.

Para quem cozinha profissionalmente, o fogão industrial é uma necessidade.

foco

Você sabia que o fogão é uma invenção recente? No início do século XIX, o gás proveniente da queima de carvão passou a ser usado na iluminação pública. Foi aí que James Sharp pensou em usar o mesmo sistema para o preparo de alimentos.

Sharp patenteou o que hoje conhecemos como fogão em 1826. Rapidamente, o utensílio se espalhou pelos restaurantes. Ele foi aperfeiçoado pelo chef francês Alexis Benoit Soyer, que o tornou muito mais seguro e eficiente.

O que diferencia um fogão industrial de um comum?

Ao escolher um fogão comum, muitas vezes você pensa o quanto ele combina com a decoração da sua cozinha. A beleza é um critério fundamental!

Com o fogão industrial, isso não acontece. A resistência é o que manda e os modelos costumam ter um acabamento bastante rústico. São feitos em ferro fundido ou aço, precisam resistir à ferrugem, à gordura e a todas as pesadas condições as quais estarão expostos.

O fogão industrial tem chamas mais fortes que o comum e consegue efetuar as mesmas tarefas em um período menor de tempo. Além disso, consome menos gás e tem um design que facilita o uso de múltiplos queimadores de forma simultânea.

Podemos resumir as diferenças dizendo que um fogão doméstico é feito para preparar alimentos em escala comum enquanto combina de forma elegante com a cozinha, enquanto um modelo industrial tem como principal função aguentar o tranco de uso extremo e facilitar a vida de quem está trabalhando.

Não há motivos para ter um fogão industrial se você não trabalha com o preparo de alimentos, mas é fundamental tê-lo se você o faz. Confira a comparação entre os dois tipos na tabela a seguir:

Fogão comum Fogão industrial
Design Elegante, com várias opções de cores: Pode embelezar o ambiente Sempre rústico, preparado sobretudo para ser durável
Resistência Alta com uso doméstico Altíssima mesmo com uso profissional
Vantagens Suficiente para uso doméstico, mais barato, mais bonito Extremamente resistente, eficiente e ergonômico
Recomendação Uso doméstico Uso profissional

Quais as vantagens de um fogão industrial?

A principal vantagem de um fogão industrial é, sem dúvidas, o quanto ele facilita a produção de refeições em larga escala. Para qualquer empresa do ramo alimentício, é um utensílio absolutamente fundamental.

Quando se escolhe um fogão industrial de qualidade, garante-se um utensílio que pode durar décadas. Um mesmo negócio pode fazer uso dele por tempo indeterminado, e existe até mesmo valor de revenda.

Por gerar chamas mais potentes, ele garante que os alimentos fiquem prontos com maior velocidade. Isso leva agilidade à cozinha e faz com que haja uma reação em cadeia de aumento de produtividade do restaurante.

A diferença do preço de um fogão industrial para um convencional não é tão grande como pode parecer. Os dois tipos são indicados para situações diferentes, e por isso são excelentes em suas próprias particularidades.

Preparamos uma tabela com as principais vantagens e desvantagens do fogão industrial:

Vantagens
  • Alta eficiência
  • Extrema resistência: Pode durar décadas
  • Tem chamas mais fortes e consumo menor que um modelo comum
  • Facilita e agiliza o trabalho em uma cozinha profissional
  • Preço não é tão alto se comparado ao de um modelo convencional
Desvantagens
  • Não faz sentido para uso doméstico

Fogão industrial com forno ou sem forno?

Uma importante escolha a ser feita ao adquirir um fogão industrial é entre um modelo com forno ou um sem. Para isso, é preciso levar algumas questões em consideração.

Certos nichos de restaurantes podem dispensar a presença de um forno.

A primeira questão é o quanto se prepara alimentos assados ou reaquecidos. Em um restaurante de cardápio diversificado, sem dúvidas isso acontece bastante, mas em certos nichos, como hamburguerias ou certas culinárias étnicas, a ocorrência é bem menor.

Por outro lado, caso se trabalhe muito com esses preparos, é possível adquirir um forno industrial separado ao fogão. Isso pode gerar maior liberdade de trabalho na cozinha, impedindo que todos os alimentos estejam concentrados no mesmo ponto e facilitando a movimentação.

Um fogão industrial com forno pode ser bastante útil para quem trabalha com alimentos assados ou reaquecidos em frequência média, sem que eles sejam um carro chefe. Também é válido para iniciantes, que ainda não podem investir em dois equipamentos em separado.

Cabe a você ponderar, dentro das suas necessidades, o que faz mais sentido para o seu negócio alimentício.

Pizzas no forno à lenha.

25 de outubro de 2020

Fogão industrial de alta pressão ou baixa pressão?

Uma especificação presente em todos os fogões industriais que pode deixar o consumidor confuso é se o modelo é de alta pressão ou baixa pressão. Essa decisão também se relaciona com o tipo de alimento que é o carro chefe do estabelecimento.

  • Fogão de alta pressão: É quando não existe regulagem de gás. Com isso, as chamas são muito potentes e mais difíceis de serem controladas. O consumo é mais alto. É muito indicado para quem trabalha com frituras e alimentos mais pesados, além de cozimentos em grande escala.
  • Fogão de baixa pressão: Conta com um regulador de gás, que permite que se escolha qual é a intensidade da chama. Assim, pode-se ter um consumo mais baixo e um trabalho constante em fogo baixo. É recomendado para preparos de alimentos mais delicados e pratos que requerem maior cuidado.

Essa especificação se aplica apenas a fogões a gás. Nos modelos elétricos, por exemplo, a regulagem é feita de outra forma.

Quanto custa e onde comprar um fogão industrial?

A estrutura, o material, a quantidade de bocas e a presença de forno fazem com que exista uma grande variação de preços em fogões industriais. Os modelos mais baratos podem custar pouco mais de R$ 100, enquanto outros passam de R$ 10.000.

O ideal é que você pense em quais são as especificações necessárias e, a partir daí, confira a faixa de preço do fogão que precisa. Ser mais barato não significa ser ruim.

Lojas especializadas em produtos para restaurantes e cozinhas profissionais são os melhores lugares para comprar um fogão industrial. Nós recomendamos também a aquisição pela internet: A Amazon brasileira oferece uma enorme variedade de modelos. Não deixe de visitar Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: O que levar em consideração ao escolher um fogão industrial

Quais são os critérios técnicos mais fundamentais para se escolher o melhor fogão industrial? Conversando com profissionais experientes da área, selecionamos quatro:

Abaixo, discutimos cada um deles com maior profundidade!

Estrutura e acabamento

Um fogão industrial lida com altíssimas temperaturas, grandes quantidades de gordura, fumaça, pedaços de alimentos e todos os tipos de impurezas e detritos. O fator mais importante para definir o que é ou não um bom modelo é, sem nenhuma dúvida, a qualidade de sua estrutura.

É preciso que o fogão industrial seja feito com um ferro ou aço de extrema qualidade e resistência. Que esse material não apenas fique restrito à superfície, mas que garanta a resistência ao tempo e a todos os efeitos do ambiente.

Além disso, proteções especiais contra oxidação ajudam muito. Confira se há pintura eletrostática ou acabamento com zinco. Um dos maiores inimigos dos utensílios de cozinha profissional a longo prazo é a ferrugem!

Imagem mostra um fogão industrial extremamente sujo.

Um fogão industrial precisa ser muito resistente para lidar com todos os elementos de uma cozinha. (Fonte: MichaelGaida/ Pixabay.com)

Quantidade de bocas

É possível encontrar fogões industriais que contam com uma, duas, quatro, seis, oito ou até mais bocas. Cada uma dessas quantidades é indicada para um tipo de cozinha.

Um fogão de uma boca pode ser ótimo para um food truck.

Um fogão de uma boca pode ser ótimo para um food truck ou lanchonete pequena. Um de quatro, mais comum no mercado, para um restaurante de médio porte que serve pratos feitos e self service. Um de seis ou mais para estabelecimentos com grande movimento e enorme demanda.

Se você está começando, não precisa optar por um modelo com seis ou mais bocas. Pense nas dimensões do seu negócio e, a partir daí, no que é ideal para o seu fogão!

Alimentação

O fogão industrial pode funcionar a gás ou por eletricidade. Os dois tipos têm suas vantagens e desvantagens.

É bem mais comum encontrar fogões a gás. Eles são mais baratos e eficientes. Além disso, é possível controlar quando é preciso comprar um novo botijão, fazendo com que a cozinha nunca pare.

O modelo elétrico é mais seguro, já que não há risco de vazamentos, e mais fácil de se instalar. É obrigatório em determinados lugares, como em lojas de conveniência que ficam junto a postos de gasolina ou demais áreas de risco. Porém, a potência não é a mesma e o preço é mais alto.

Consumo

Muitos profissionais não sabem, mas é possível medir qual é o consumo de gás de um fogão industrial.

A medida é feita por quilo de gás por hora aceso por queimador. Você irá encontrar números como, por exemplo, 0,38 kg/h. A partir daí, pode apenas fazer a comparação entre modelos e encontrar qual é o mais econômico dentre aqueles que se encaixam em suas necessidades.

(Fonte da imagem destacada: dotshock/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?