Imagem de um fogareiro.
Ultima atualização: 30 de junho de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

65Comentários coletados

Quem gosta de fazer trilha ou acampar sabe da importância dos equipamentos de camping. Por aqui já falamos sobre os principais itens como barraca, saco de dormir, mochila, entre outros. Hoje, falaremos sobre o fogareiro.

O fogareiro é utilizado no preparo das refeições. Para escolher o modelo ideal para suas aventuras, você vai precisar conhecer as diferentes versões do equipamento, suas respectivas características e funcionalidades. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.




Primeiro, o mais importante

  • Embora algumas pessoas insistam em fazer uma fogueira para preparar as refeições durante o acampamento, desaconselhamos essa alternativa, pois a fogueira pode provocar danos ao meio ambiente.
  • A melhor alternativa é o fogareiro próprio para Camping. O equipamento é composto por cinco partes: O fogareiro, combustível, base de sustentação, apoio para a panela e para-vento.
  • Você encontra cinco tipos de fogareiros: Espiriteira, fogareiro a gás, fogareiro a lenha, fogareiro movido a combustível ou fogareiro elétrico (desaconselhado para atividades outdoor).

Você também pode gostar:

Os melhores fogareiros: Nossas recomendações

Para todo o equipamento outdoor a ser adquirido por trilheiros ou campistas, vale a regra: Não tenha como principal critério de compra o preço e sim a qualidade do produto. Com esse princípio em mente, selecionamos os melhores modelos de fogareiro abaixo:

O melhor fogareiro para camping

O fogareiro Frontier da Nautika é ideal para acampamentos e viagens. Esse modelo é movido a gás, possui ignição automática, chama uniforme e dispositivo de segurança para controle de gás. O queimador em aço galvanizado oferece maior estabilidade para a panela.

O melhor fogareiro a gás

O fogareiro Magnus da Nautika é três em um, pois pode ser utilizado como chapa, grelha ou boca de fogão. O aparelho é movido a gás, possui acendedor automático e sistema de regulagem da intensidade da chama. Outro diferencial é o sistema Flex Fuel que possibilita o uso de cartucho de gás ou mini botijão.

Um fogareiro multifuncional

O fogareiro da Coleman é ideal para camping e pesqueiro. Entre os diferenciais do equipamento, podemos citar presença de uma boca de fogão e de um grill em estilo churrasqueira, além de quebra-ventos laterais que podem ser utilizados como prateleiras, tampa e botões com controle independentes.

Uma opção de fogareiro elétrico

O fogareiro elétrico de mesa da Relinx é fácil de utilizar, basta ligar na tomada e colocar a panela sobre o prato de aquecimento. Esse modelo possui resistência comum e níveis de temperatura ajustáveis. Não é indicado para atividades outdoor.

Guia de Compra

Popular entre os aventureiros, o fogareiro é utilizado no preparo das refeições, um momento de descanso e apreciação da natureza. Para escolher o melhor fogareiro para a sua próxima viagem, continue lendo este Guia de Compra.

Imagem de um casal de campistas.

O fogareiro é utilizado para cozinhar. (Fonte: Ammentorp/123RF.com)

O que é um fogareiro?

Semelhante a um fogão de mesa, o fogareiro é a solução perfeita para o preparo de alimentos durante atividades outdoor como trilha, acampamento, montanhismo ou pescaria.

O fogareiro possui um ou dois queimadores que permitem aquecer marmitas e preparar alimentos diversos, independentemente do tempo de preparo.

O aparelho possui formato compacto e é bastante leve, ideal para transportar na mochila cargueira ou mesmo na mochila de ataque. O fogareiro pode ser movido a gás, lenha, combustível ou energia elétrica.

Como funciona um fogareiro?

Embora todos os modelos de fogareiro tenham o mesmo propósito, cada um deles possui um modo de funcionamento distinto.

O fogareiro elétrico é movido por uma resistência elétrica que aquece quando submetida a uma corrente elétrica, produzindo calor que é transmitido para o utensílio e para o alimento.

O fogareiro a gás produz a chama a partir da combustão de um gás inflamável, incolor e inodoro – pode ser gás butano, propano ou uma mistura dos dois. A chama que aquece o alimento consome um líquido armazenado sobre pressão em um pequeno botijão.

O fogareiro a lenha possui um pequeno compartimento que serve para colocar lenha para queimar. A lenha pode ser comprada ou recolhida na natureza.

Esses recipiente pode ser encontrado no fogareiro movido a combustível, basta despejar uma pequena quantidade de álcool, óleo, diesel ou gasolina no reservatório indicado e acender a chama. Alguns modelos utilizam combustível sólido.

Imagem de uma pessoa segurando uma caneca.

O fogareiro a gás é o modelo preferido dos campistas. (Fonte: Kevin Schmid/ Unsplash.com)

Quais são as vantagens e desvantagens de um fogareiro?

Uma das principais vantagens do fogareiro é a portabilidade deste equipamento. Pequeno e leve, o fogareiro não demanda muito espaço em sua mochila.

Outro ponto positivo é que um fogareiro pode ser utilizado em qualquer lugar, durante a trilha ou acampamento, seja numa floresta, praia ou mesmo na neve – sem causar danos ao meio ambiente.

O consumo de um fogareiro é relativo. Alguns modelos consomem bastante combustível enquanto outros consomem menos. Esse combustível deve ser próprio para fogareiro e a troca deve ser esporádica.

Imagem de um campista.

Não deixe de comprar um fogareiro para sua próxima aventura outdoor. (Fonte: Kun Fotografi/ Pexels.com)

Quais são os diferentes tipos de fogareiros?

Conforme mencionamos anteriormente, existem diferentes tipos de fogareiros. Conheça as características, aspectos positivos e negativos e finalidade de uso de ambos os modelos abaixo:

Espiriteira

Existe uma grande variedade de espiriteiras de diferentes tamanhos e formatos, mas todas funcionam do mesmo modo: O usuário deve colocar o combustível, aguardar volatizar e acender a chama. Saiba as vantagens e desvantagens de investir em uma espiriteira abaixo:

Vantagens
  • É o modelo mais barato
  • Utiliza combustível barato
  • Acende rapidamente
  • Produz pouco resíduo, odor e nenhuma fumaça
  • É silencioso
  • Menos agressivo com a natureza
  • Menos suscetível às baixas temperaturas
  • Difícil de quebrar
Desvantagens
  • Embalagem do combustível é volumosa
  • Pode derramar e causar acidentes
  • A chama é invisível e fácil de apagar
  • Exige experiência no manuseio

Fogareiro movido a gás

É composto por duas peças, uma garrafa de combustível – que utiliza 75% de gás butano e 25% de gás propano – e o fogareiro. As peças não funcionam separadamente.

Você encontra dois modelos de botijão para fogareiro a gás: Botijão de rosca e botijão de furar. Ao escolher um botijão de furar, você deverá utilizar todo o conteúdo da garrafa de uma vez, pois ao desmontar o restante do gás é perdido.

Já o botijão de rosca permite montagem e desmontagem sem perda considerável de combustível. Oferece bom rendimento e alta capacidade de aquecimento. A desvantagem é a falta de equilíbrio das panelas.

Você deve saber que em grande altitude ou temperatura baixa, o conteúdo da garrafa de gás pode congelar.  A garrafa não é retornável nem reutilizável, após acabar o combustível, você deve descartá-la em local adequado. Conheça todos os prós e contras deste modelo na tabela abaixo:

Vantagens
  • Acende fácil e rapidamente
  • Oferece controle de chama
  • Mais difícil de apagar com o vento
  • É um modelo seguro
  • Dura bastante
  • Fácil de manusear
  • Funciona bem em altitude e clima frio
  • Não exala odor
  • É silencioso
Desvantagens
  • É um modelo mais caro
  • Pode ser difícil equilibrar a panela
  • A reposição do refil é complicada
  • Pode quebrar
  • Relativamente volumoso e pesado para viagens curtas
  • Difícil calcular a quantidade de combustível utilizada
  • Garrafa não é retornável e nem reutilizável

Fogareiro a lenha

Podemos comparar um fogareiro a lenha com uma fogueira controlada. A chama pode ser movida por qualquer material inflamável que você consiga recolher na natureza com a diferença de que o fogareiro a lenha portátil aumenta a eficiência da queima. Mas será que vale a pena investir neste equipamento? Descubra abaixo:

Vantagens
  • É um aparelho leve e compacto
  • Não exige gasto com combustível
  • Ajuda a espantar insetos e animais maiores
  • Pode servir para aquecê-lo no frio
  • Você pode cozinhar por bastante tempo, desde que tenha lenha disponível
Desvantagens
  • Demorado para montar
  • Difícil de acender e apagar
  • Não é tão seguro pois emite centelhas
  • Deixa fuligem na panela
  • Deixa cheiro em você e suas roupas
  • Pode causar incêndio florestal
  • Não oferece suporte para panela

Fogareiro movido a combustível

Pode ser movido a combustível sólido, líquido ou multi-combustível (querosene, diesel ou gasolina). Os combustíveis sólido e líquido devem ser próprios para o equipamento – você encontra em lojas especializadas em itens para camping – pois um combustível comum pode corroer o interior do fogareiro.

Você também encontra o fogareiro elétrico que embora seja o modelo mais completo da lista, não pode ser utilizado no camping, pois precisa ser ligado diretamente na tomada.

Quais cuidados devo manter com o fogareiro?

O fogareiro é um equipamento inflamável, portanto nunca o deixe aceso sem supervisão e evite utilizá-lo dentro da barraca. Caso queira utilizar o fogareiro para esquentar o interior da barraca sem fazer fumaça, utilize álcool para esquentá-lo e somente então abra a válvula de combustível para acendê-lo.

Caso você esteja utilizando um fogareiro a gás, lembre-se de deixá-lo do lado de fora da barraca durante a noite, afinal, uma válvula mal fechada ou com imperfeição no anel de borracha pode causar explosões.

E fique atento, de nada adiante comprar um bom fogareiro se você não puder acender o fogo. Leve uma caixa de fósforos e um par de isqueiros – tenha em mente que o isqueiro é péssimo em grandes altitudes, mas o fósforo dá conta do recado.

Critérios de compra: Como escolher um fogareiro

Apesar de servirem para a mesma finalidade, existem grandes diferenças entre os modelos de fogareiros. Antes de investir o seu dinheiro em um dos modelos disponíveis, avalie e compare alguns critérios de compra como os listados abaixo:

Vamos detalhar cada um desses critérios ao longo desta seção. Caso fique com alguma dúvida, deixe um comentário abaixo.

Resistência elétrica

Caso você decida comprar um fogareiro elétrico, avalie se o aparelho possui uma resistência comum (molas em espiral) ou resistência blindada.

Embora a resistência comum seja mais barata, ela é mais frágil a quedas, impactos e contato com água – alguns modelos, inclusive, possuem uma canopla de proteção para evitar danos.

Já o fogareiro com resistência blindada é muito mais resistente e durável, por isso é o modelo mais indicado, embora seja relativamente mais caro.

Imagem de um fogareiro.

Seja cuidadoso ao manusear o fogareiro. (Fonte: Retha Ferguson/ Pexels.com)

Tensão elétrica

Outro fator que deve ser levado em consideração ao comprar um fogareiro elétrico é a tensão elétrica/ voltagem do equipamento. Ao ligar um fogareiro elétrico 220V em uma tomada 110V não há risco de danificar o equipamento, mas o calor gerado representará apenas 25% da potência do equipamento.

No entanto, ao ligar um fogareiro elétrico 110V em uma tomada de 220V, a resistência queimará instantaneamente – independente se a resistência é simples ou blindada.

Modelo

Entre um modelo de fogareiro e o outro, o que deve determinar sua escolha é o tipo de comida que será preparada, o local de uso do fogareiro - a altitude e a situação climática influenciam na escolha - e a facilidade de manuseio desejada.

Conforme mencionamos anteriormente, você encontra modelos movido a gás, energia elétrica, lenha ou combustível, comparamos as diferentes versões abaixo:

Fogareiro Combustível utilizado Exige experiência no manuseio?
Espiriteira Álcool Sim
Fogareiro movido a gás Mini botijão de gás Não, apenas para a troca do combustível
Fogareiro a lenha Lenha Sim, pois é difícil de acender e apagar
Fogareiro elétrico Eletricidade Não

Condições do local do acampamento

Para escolher um fogareiro adequado para a trilha ou acampamento, é necessário avaliar o clima local. Para florestas, montanhas ou praias em regiões com clima tropical, indicamos o fogareiro a gás pela praticidade de manuseio.

Já para locais com baixas temperaturas e muito vento, dê preferência um fogareiro movido a combustível líquido ou sólido. Uma dica de ouro é testar o funcionamento do fogareiro antes de iniciar a sua aventura.

Imagem de pessoas acampando.

Leve em consideração a altitude e clima do local onde você utilizará o fogareiro. (Fonte: Andrea Piacquadio/ Pexels.com)

Queimadores

Você encontra o fogareiro com um ou dois queimadores. Um fogareiro com duas bocas permite o preparo de dois alimentos ao mesmo tempo, em contrapartida, a distância entre as bocas é pequena, portanto você deverá utilizar panelas pequenas.

Além da quantidade de bocas, avalie o trempe do queimador e procure um modelo robusto que ofereça maior estabilidade para a panela, para evitar possíveis acidentes.

(Fonte da imagem destacada: Taras Soliak/ 123RF.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.