Gaita de boca em cima de um livro de partituras.
Ultima atualização: 2 de setembro de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

62Comentários coletados

Olá! Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre um instrumento de sopro com ótima tocabilidade, preço razoável e que é super fácil de transportar: a gaita de boca, também conhecida como harmônica.

Além de ter um preço acessível e ser fácil de levar no bolso para lá e para cá, a gaita de boca ainda oferece a grande vantagem de conseguir produzir uma vasta gama de timbres. Por isso, o instrumento é utilizado nos mais diversos estilos musicais, como blues, rock, jazz, entre outros.

Se você quer saber qual é o melhor tipo de harmônica para você, continue com a gente. Falaremos dos melhores modelos, suas vantagens, no que prestar atenção antes da compra e muito mais.




Primeiro, o mais importante

  • Existem diversos tipos de gaita de boca. Os principais são a diatônica e a cromática, sendo que uma é mais fácil e indicada para iniciantes e a outra é mais complexa, geralmente utilizada por gaitistas profissionais.
  • Apesar do nome super parecido, a gaita de boca e a gaita acordeon não possuem muitas semelhanças. Para começar, uma é instrumento de sopro e a outra, de teclas.
  • Uma das grandes vantagens da gaita de boca, além da fácil portabilidade, é seu preço. Comparado a outros instrumentos de sopro, a gaita sai muito mais em conta.

Você também pode gostar:

Melhores gaitas de boca: Nossas recomendações

Pode ser muito difícil escolher entre diatônica e cromática, 10 ou 16 furos, entre outros. Vamos tentar te ajudar mostrando as melhores gaitas de boca.

Excelente harmônica em D (Ré)

Indicada para iniciantes e intermediários, a harmônica diatônica da Hohner chama-se Blues Harp e tem design funcional, com placa de vozes de muita qualidade e corpo de madeira. Afinada em D (Ré), é uma excelente opção para arrebentar nas músicas de Blues.

Excelente gaita Fender

Podendo ser usada tanto por quem está começando quanto pelos mais experientes, essa gaita da Fender tem um design sólido e tradicional. Tem 10 buracos e traz um som clássico, com timbres de longa duração, característicos da marca.

Gaita de boca em C (Dó)

Essa harmônica da Hohner afinada em dó tem uma camada tripla de madeira nobre, o que a diferencia das outras. Típica para o Blues, essa gaita é uma junção de tradição e tecnologia para que você possa aprender e tocar com muita qualidade.

Guia de Compra

Você sabia que a gaita de boca e a gaita acordeon são super diferentes? E que existem diversos tipos de gaita? O número de buracos e tipo de afinação também muda.

Neste Guia de Compra, vamos solucionar suas dúvidas para que você consiga escolher a gaita certa para você!

Homem idoso usando camisa, óculos de sol e uma bandana amarrada na testa tocando gaita na frente de um microfone.

Descubra qual é a melhor gaita de boca para você. (Fonte: TheOtherOne / Pixabay)

Quais são as vantagens e desvantagens da gaita de boca?

A gaita de boca, ou harmônica, é um dos instrumentos de sopro mais práticos, pois oferece um preço mais baixo que outros como trombone, trompete e flauta, por exemplo. Além disso, ela é muito mais fácil de carregar por aí.

Elas são tão pequenas que basta colocar em um case dentro da bolsa ou mochila e transportá-las sem muita dificuldade. Você nem vai sentir o peso da gaita de boca. Alguns instrumentistas que optam por violão e saxofone, por exemplo, não podem contar com essa facilidade.

Além disso, podemos dizer que a gaita de boca é um instrumento "eclético" e com ótima tocabilidade. Isso porque é capaz de produzir uma grande variedade de diferentes timbres. Com uma harmônica, você consegue tocar diversos gêneros musicais diferentes, como country, jazz, blues e até rock.

A gaita de boca, além de tudo, ainda é ótima para estimular a função pulmonar e pode até ser utilizada como um método de "terapia física" para quem passou por problemas de pulmão.

Cesar KellerDepartamento de Serviços de Transplantes da Flórida

"Pessoalmente, penso que essa técnica é um acréscimo e um complemento muito bom a todo o processo de recuperação geral de um transplante de pulmão. Ela combina uma terapia respiratória excelente com a diversão e produz um resultado imediato, decorrente da execução do instrumento musical."

Em contraponto, algumas das desvantagens da gaita de boca são o fato de precisar de higienização frequente (devido ao contato com a boca) e demandar uma boa higiene bucal. Com o tempo, você provavelmente precisará trocar uma gaita para iniciante para uma mais cara e completa.

Vantagens
  • Custos menores que outros instrumentos
  • Prático de carregar
  • Proporciona ótima tocabilidade
  • Possui variedade de timbres
  • É possível tocar diversos estilos musicais
  • Benéfico para o pulmão
Desvantagens
  • Necessita de higienização frequente
  • Demanda boa higiene bucal
  • Com o tempo, será necessário comprar modelos mais completos

Qual é a diferença entre uma gaita de boca e uma gaita acordeon?

Apesar do nome parecido, a gaita de boca e a gaita acordeon não têm muitas semelhanças. Para começar, enquanto a gaita de boca, ou harmônica, é um instrumento de sopro, a gaita acordeon é um instrumento de tecla. Ou seja, uma gaita acordeon é muito mais semelhante a um teclado do que a uma harmônica.

Além disso, esses instrumentos se diferenciam em peso e tamanho. O acordeon é bem maior e mais pesado, enquanto a gaita de boca cabe tranquilamente em apenas uma mão.

A gaita acordeon costuma possuir de 34 a 41 teclas, enquanto a gaita de boca possui de 12 a 16 buracos. Se ainda restava alguma dúvida, fica esclarecido: a gaita de boca e a gaita acordeon são bem diferentes uma da outra.

Quais são os tipos de gaita de boca?

Existem dois tipos principais de gaita de boca, a diatônica e a cromática, além, claro, de outros tipos menos comuns. Vamos conhecê-los:

Gaita diatônica

Mais comum e fácil de ser encontrada, a gaita diatônica é utilizada em estilos musicais como pop, blues e folk. Por serem um pouco mais limitadas em timbre, são mais utilizadas por estudantes iniciantes ou intermediários.

Porém, mesmo possuindo menos timbres, as gaitas diatônicas contam com todas as notas das escalas. Cada modelo possui um tom diferente. Esse tipo de gaita possui 10 furos e uma extensão de três oitavas.

Gaita cromática

Essa gaita é um pouco mais complexa de tocar e permite um número maior de escalas. As gaitas cromáticas costumam possuir uma barra deslizante que redireciona o ar que entra pelo bocal para a placa.

Ela permite uma execução melódica de sons em qualquer tonalidade, sem variação de afinação. A gaita cromática conta com duas palhetas de sopro e duas de sucção para cada um dos furos.

Outras gaitas

Existem, ainda, a gaita tremolo, a gaita em oitava e a gaita em acordes. A tremolo possui duas palhetas em cada furo, produzindo um tipo de vibração na afinação.

A gaita em oitava conta com duas palhetas em cada furo. Cada uma delas é afinada com um intervalo de uma oitava. Já a gaita de acordes permite 48 tipos diferentes de acordes para cada tonalidade.

5 gaitas de boca em cima de uma mesa em uma fotografia em preto e branco.

A gaita diatônica é ideal para iniciantes e intermediários no instrumento. (Fonte: 809499 / Pixabay)

Quanto custa?

As gaitas de boca costumam ser muito mais acessíveis do que outros instrumentos de sopro. Com cerca de R$ 250 você consegue comprar uma harmônica de boa qualidade para quem está começando a aprender o instrumento.

Claro que há modelos mais completos que saem por bem mais caro, podendo chegar à faixa de R$ 10 mil, mas, no geral, é possível adquirir ótimas gaitas de boca na faixa dos R$ 1.500.

Onde comprar?

Para quem está procurando uma gaita de boca online, será bem fácil encontrar uma grande variedade. Você pode encontrar a sua em sites como a Amazon, o Mercado Livre, as Lojas Americanas e as lojas virtuais das próprias marcas.

Se você prefere comprar em uma loja física, vá até a loja de instrumentos mais próxima de você. Em São Paulo, por exemplo, é possível encontrar vários modelos na Rua Teodoro Sampaio.

Critérios de compra: Principais características para avaliar uma gaita de boca

Antes de definir qual será a sua próxima (ou primeira) gaita de boca, analise cada um dos critérios a seguir. Eles vão te ajudar a tomar a melhor decisão:

  • Número de buracos
  • Afinação
  • Embocadura
  • Material do corpo

Saiba mais sobre cada um deles para que você possa, de uma vez por todas, escolher a harmônica ideal para as suas necessidades!

Número de buracos

O número de furos varia muito de acordo com o tipo de gaita. A diatônica, que é o modelo mais comum de harmônica, possui 10 furos e extensão de três oitavas. Isso significa que as notas não possuem sustenidos e bemóis.

Já as gaitas cromáticas, geralmente utilizadas por gaitistas mais experientes, normalmente possuem 12 ou 16 furos, o que proporciona uma extensão de três ou quatro escalas completas.

Conforme você avançar no estudo do instrumento, o ideal é passar dos 10 furos para números maiores.

Afinação

Ao pesquisar uma gaita diatônica nas lojas, você vai se deparar com diversos tipos de afinação, como, por exemplo, C (dó) e G (sol).

O mais indicado para iniciantes é a gaita com afinação em C (Dó). Isso porque a maioria dos livros de gaita possuem essa afinação. Porém, o ideal é comprar gaitas em outras afinações ao progredir no instrumento.

Se você decidir tocar em uma banda, com alguém no violão, por exemplo, uma gaita com os tons C, D, F, G, A provavelmente vai dar conta. Porém, é necessário saber qual é o tom utilizado pelos outros instrumentistas.

Homem de costas para a foto tocando gaita de boca. À sua frente, há um lago e uma sacada.

A gaita com afinação em C é ideal para quem está começando. (Fonte: YS-Park / Pixabay)

Embocadura

As gaitas diatônicas costumam ser divididas entre embocadura leve ou pesada. A embocadura leve possui um bocal mais fino, enquanto a pesada conta com bocal mais grosso.

As embocaduras mais leves são utilizadas por músicos que preferem um sopro mais suave. Já as embocaduras pesadas são utilizadas para quem toca com mais fôlego.

Seu jeito de tocar vai interferir muito no tipo de gaita que deve você comprar. Se você gosta de soprar com força, jamais compre uma gaita de boca com embocadura fina. O mesmo serve para quem sopra de forma mais suave, que não deve adquirir uma gaita de embocadura pesada.

Material do corpo

Os principais materiais utilizados no corpo de uma gaita são madeira e plástico.

  • Madeira. Gaitas com corpo de madeira costumam proporcionar um timbre mais aveludado, remetendo estilos mais "antigos", como o blues. Porém, o corpo de madeira costuma ter uma durabilidade menor. Com o tempo, a afinação é prejudicada pelo acúmulo de bactérias e fungos.
  • Plástico. O corpo de plástico possui um som menos encorpado, porém, tem uma resposta mais rápida e som brilhante. Além disso, duram mais tempo que as gaitas com corpo de madeira.

(Fonte da imagem em destaque: StockSnap / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Pedro d'Ávila Músico e Viajante Incansável
Os cinco anos vagando pela Europa e tocando de metrô em metrô e deram a Pedro uma experiência de vida incrível, só comparada a seus anos e anos acampando pelo Brasil e pela América do Sul. Hoje, estabelecido em Dublin, ele segue conhecendo novos lugares e comparilhando o conhecimento adquirido com as experiências de vida.