HD externo conectado a um notebook.
Ultima atualização: 20 de Maio de 2019

Como escolhemos

Products

16Produtos analisados
Hours

19Horas investidas
Studies

5Estudos avaliados
Comments

71Comentários coletados

Olá, seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre um item de informática super útil para armazenar arquivos pesados: o HD Externo. Ele funciona como uma grande memória extra para guardar imagens, vídeos e arquivos que estão pesando no seu computador.

Hoje em dia, esse é um produto muito utilizado por quem faz uso constante de notebooks e computadores. Além de ser útil para armazenar arquivos, é, também, muito prático para transportar para viagens ou trabalhos, já que é a maioria dos modelos são portáteis e compactos.

Vamos falar sobre os melhores modelos de HD Externo do mercado, suas vantagens e desvantagens, preços e as principais características que devem ser levadas em consideração antes de você efetuar sua compra. Vem com a gente para saber tudo sobre esse produto!




Primeiro, o mais importante

  • Existem modelos de HD externo dos mais variados tipos: de mesa e portátil, de capacidades de armazenamento variadas e com diferentes conexões. Vamos te ajudar a decidir qual é o melhor modelo para você.
  • Apesar das diferentes capacidades de armazenamento, todos eles costumam ter mais espaço que pen drives. A maioria dos modelos armazenam 1 ou 2 TB.
  • Há modelos baratos e outros mais caros. Porém, por cerca de R$ 350 você conseguirá adquirir um HD externo de ótima qualidade e com alta capacidade de armazenamento.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 7 melhores HD externo do mercado

Esse item é altamente indicado para quem possui muitos arquivos pesados no computador e quer transportá-los com facilidade para outros locais. Se você busca por um HD externo, nós podemos te ajudar. Confira os melhores do mercado:

1º – SSD 240GB – Kingston

O State Solid Drive da Kingston possui capacidade para 240GB, ou seja, é ideal para quem não precisa de tanto espaço. Conta com SATA III 6GB/s e memória flash TCL NAND. Esse modelo tem espessura de 7mm e pode ser usado em notebook, ultrabook ou desktop. Suas dimensões são 10 x 0,7 x 7 cm e ele pesa 40,8 g.

Quem adquiriu esse modelo elogiou seu funcionamento superior ao do HD convencional. Além disso, o modelo é muito produtivo e causa menos stress, pois diminui a lentidão do computador, aumentando a velocidade e desempenho.

2º – HD Externo Seagate Expansão

Para quem busca HD externo com maior capacidade, há no mercado diversas opções a partir de 1 TB. O Seagate STEA1000400, por exemplo, possui essa capacidade. A instalação desse HD é simples e direta, basta conectar um cabo USB. Ele é reconhecido automaticamente pelo sistema operacional Windows, não havendo necessidade de instalar nenhum programa.

O HD Externo promete alta velocidade de transferência de dados. O USB 3.0 proporciona mais rapidez nessa transferência. Ele é leve, não esquenta e não faz ruídos. Apresenta um ótimo custo-benefício!

3º – HD Externo Portátil Ultra 1TB Seagate

O HD Externo Portátil Ultra 1TB – 1TEAP2-570 da Seagate possui alta capacidade de armazenamento e velocidade de transferência de dados de 4,8 Gb/s. Além disso, conta com a interface USB 3.0 SuperSpeed, garantindo a rapidez da transferência.

Seu sistema operacional é compatível com o Windows. Não é necessário instalar e nem configurar nada. Esse modelo é leve e prático, ideal para carregar em viagens, por exemplo. Por ter uma grande capacidade de armazenamento, é ótimo para quem utiliza arquivos e fotos pesados.

4º – HD Externo Portátil Expansion 2Tb Seagate

Com uma capacidade de 2Tb, o HD Portátil Expension Stea2000400 da Seagate tem altíssima capacidade de armazenamento. Além do grande espaço, oferece alta velocidade de transferência, por causa de sua porta USB 3.0 SuperSpeed.

Os HDs externos da Seagate são muito populares entre os consumidores na Amazon, que confiam bastante na qualidade da marca e o ótimo custo-benefício que oferecem. Esse modelo é elogiado por possuir uma qualidade superior e garantir alto velocidade de cópia e gravação. Porém, por ser leve e frágil, é preciso prestar muita atenção durante o manuseio!

5º – HD Externo Portátil Elements 1TB

O HD Externo Portátil Elements possui 1 Tb de capacidade de armazenamento. Por possuir porta USB 3.0, acelera a velocidade da transferência de dados. Esse modelo é preparado para plug-and-play em computadores e notebooks com sistema operacional Windows e é compatível com USB 2.0 e 3.0. É um HD externo pequeno e fácil de transportar.

Proporciona um ótimo custo-benefício, por ser barato e ter grande capacidade de armazenamento. Porém, possui um cabo que não é o padrão USB, portanto, é necessário sempre levar o cabo que vem junto com o produto quando for sair com seu HD externo.

6º – Hd Externo 2 tb Seagate

Assim como outros HDs externos de qualidade, o modelo Seagate Expansion proporciona transferência de dados rápida através da conectividade USB 3.0. O HD Externo é leve, pequeno e rápido, além de ter um design bonito. Uma ótima opção para quem procura grandes capacidades e está disposto a investir um pouco mais no custo.

Esse modelo tem alta capacidade, armazenando até 2 Tb de dados. Por isso, possui um preço um pouco acima dos modelos de 1 Tb. Ele é excelente para backups e armazenamento de músicas, vídeos, filmes, imagens e todos os tipos de arquivos.

7º – HD Externo Portátil Toshiba

Para quem não possui arquivos pesados para armazenar, 500 GB podem ser suficientes, além de um pouco mais acessíveis. Um dos modelos ideais é o HD Externo Portátil Toshiba Canvio Basics – HDTB305XK3AA.

Para utilizá-lo, basta conectá-lo à porta USB do seu computador ou notebook. Não há necessidade de fazer nenhuma instalação antes do uso.

Seu USB 3.0 oferece maior velocidade na transferência de dados. Além disso, esse modelo se diferencia por possuir um sensor de choque e carregamento rampa tecnologia interna especial, que o protege contra acidentes e quedas.

Guia de Compra

Além de oferecer mais espaço de armazenamento para suas máquinas, o HD externo também é muito usado com o intuito de fazer backup de arquivos importantes. É um item indispensável para alguns profissionais, como os fotógrafos. Mas também se tornou o queridinho de qualquer pessoa que queira guardar suas fotos pessoais em um local seguro.

Ao longo desse Guia de Compra vamos trazer todas as informações que você precisa para comprar um HD externo de qualidade e que atenda suas expectativas. Siga lendo!

Imagem de HD externo branco conectado em notebook.

Um HD externo pode ser utilizado para fazer backup dos seus arquivos. (Fonte: nicolasmenijes / 123RF)

Quais são as vantagens e desvantagens do HD Externo?

O HDs externo costuma ter uma alta capacidade de armazenamento. Enquanto a maioria dos pen drives não chegam a 64 GB, é muito fácil encontrar HDs externos com 2 TB de capacidade.

Eles são especialmente úteis para quem trabalha com arquivos pesados no computador. Editores de vídeo, produtoras de filmes, fotógrafos e escritores costumam salvar muitos vídeos, imagens e outros arquivos em seus computadores. Um HD externo de alta capacidade é ideal nesses casos.

Homem de costas sentado na frente de uma escrivaninha olhando para um computador com duas telas.

Um HD externo é muito útil para quem trabalha com vídeos ou tratamento de imagens. (Fonte: StartupStockPhotos / Pixabay)

Além disso, são ótimos para transportar. A maioria dos modelos são compactos e leves, tornando-se ideal para serem levado da sua casa para outros lugares, como viagens e escritórios.

Porém, um HD externo pode não ser extremamente necessário para quem não costuma armazenar muitos arquivos pesados em seus notebooks ou computadores. Um pen drive já é suficiente para necessidades menores.

Por ter uma capacidade muito alta, um HD externo costuma custar bem mais caro que alguns pen drives. Entretanto, seus valores não são tão altos assim, por isso, vale o investimento para quem armazena muitos arquivos pesados.

Vantagens
  • Grande capacidade de armazenamento
  • É compacto e leve
  • Ideal para ser transportado para outros lugares
  • Muito útil para quem trabalha com arquivos pesados
Desvantagens
  • Preços mais altos que pen drives

Qual a diferenças entre HD externo de mesa e portátil?

Existem dois tipos principais de HDs externos disponíveis hoje no mercado: os de mesa e os portáteis. Cada um é ideal para funções diferentes.

Os HDs externos de mesa são maiores e, portanto, não são ideais para quem precisa transportar os arquivos com frequência. Porém, costumam possuir uma capacidade bem maior de armazenamento, podendo chegar a mais de 10 TB.

Já os portáteis são mais indicados para quem busca praticidade. Eles são compactos e muito mais fáceis de carregar por aí. Sua desvantagem é que, geralmente, possuem capacidade de armazenamento inferior aos HDs externos de mesa.

Cada tipo pode servir para funções diferentes. Se você trabalha com vídeos, por exemplo, e precisa levá-los em viagens ou escritórios, o ideal é optar por um modelo portátil. Já se você sempre mantém arquivos pesados no mesmo computador, um HD de mesa pode ser mais útil.

HD externo de mesa HD externo portátil
Vantagens Possui maior capacidade de armazenamento Por ser compacto, pode ser carregado facilmente para outros lugares e são mais baratos
Desvantagens É difícil de ser transportado e custa mais caro Possui capacidade de armazenamento inferior
Custo Alto investimento, a partir de R$ 1.000 Investimento médio, a partir de R$150

Quais cuidados devo tomar com um HD externo?

Seu HD externo será muito útil para armazenar arquivos pesados e transportá-los para onde você precisar ir. Isso já mostra como esse aparelho é importante e deve ser bem cuidado para evitar a perda de arquivos.

Não pense que seu HD externo está imune de invasões. É necessário cuidar bem da segurança do seu hardware. Sempre que for conectá-lo ao seu computador, acione o antivírus para evitar invasões. Isso vai te prevenir de perder arquivos importantes. Além disso, é necessário tomar outros cuidados. Confira:

  1. Cuide bem do seu aparelho mesmo quando estiver desconectado. Nunca deixe seu HD externo em ambientes muito quentes, prefira sempre locais refrigerados e arejados. Nunca o deixe exposto à luz do sol.
  2. Sempre que possível, faça uma limpeza no seu aparelho, sem utilizar água ou substâncias que possam danificá-lo. Passe sempre um pano e evite deixá-lo em locais onde há acúmulo de pó e exposição a fungos, como gavetas que ficam fechadas por muito tempo.
  3. É necessário, também, se proteger em PCs públicos, que nem sempre possuem antivírus. Para evitar a perda dos seus arquivos, é preciso vacinar seu HD externo. Para fazer isso, crie diretórios com nomes dos arquivos contaminados mais comuns e, além disso, diretórios autorun,inf, que bloqueiam a propagação dessa infecção.
    Assim que esses arquivos forem configurados em modo “somente leitura”, os vírus em computadores públicos não vão poder eliminar o arquivo ou pasta. Para aplicar essa vacina, existem vários tipos de programas disponíveis, como o Panda USB and AutoRun Vaccine.

Quanto custa?

O preço de um HD externo vai depender muito de sua marca, capacidade de armazenamento e tecnologias presentes no aparelho.

Um HD externo de uma marca pouco popular, com 320 GB de capacidade, costuma custar a partir de R$ 150. Porém, vale a pena investir um pouco mais em uma marca de confiança e uma memória superior.

Um HD externo de 4 TB pode chegar a R$ 1.000, por sua altíssima capacidade de armazenamento. Os aparelhos com capacidade de 2 TB custam em torno de R$ 350.

Há dispositivos com os mais variados preços. É necessário avaliar quais são suas principais necessidades antes de fazer a compra.

Homem sentado em frente a uma escrivaninha branca tratando uma imagem em um computador.

Para quem trabalha com imagens, é necessário adquirir um HD externo com maior capacidade de armazenamento. (Fonte: StartupStockPhotos / Pixabay)

Onde comprar?

HDs externos são fáceis de encontrar em grandes lojas e lugares especializados em informática. Basta escolher seu local de confiança.

Se você prefere adquirir seu HD externo pessoalmente, é possível encontrá-lo na Kalunga, no Carrefour, na Magazine Luiza, entre outras lojas que comercializam produtos de informática.

Adquirindo o produto online, é mais fácil de encontrar promoções e comparar preços. Você consegue comprar um HD externo sem sair de casa na Amazon, no Mercado Livre ou no Submarino.

Critérios de compra: Principais fatores para avaliar um HD Externo

Cada HD externo tem suas características próprias, e é importante avaliar uma por uma antes de decidir qual é o melhor modelo para você. Esses são alguns itens que devem ser levados em consideração antes da compra:

  • Capacidade de armazenamento
  • Conexões disponíveis
  • Velocidade
  • Compatibilidade de sistema operacional
  • Peso

Vamos explicar exatamente porque cada um desses pontos é importante na hora de efetuar a compra de seu HD externo!

Capacidade de armazenamento

No geral, todos os HDs externos possuem uma capacidade de armazenamento muito superior aos pen drives. Os modelos mais simples e baratos costumam ter 320 GB de memória, o que já é suficiente para armazenar muitos arquivos.

Já os modelos portáteis com maior capacidade armazenam até 4 TB. Esse tipo de espaço é indicado para quem possui muitos arquivos pesados, pois é capaz de guardar uma grande variedade de imagens e vídeos.

A maioria dos modelos de HD externos possuem de 1 TB a 2 TB de capacidade de armazenamento. Antes de escolher seu modelo, é necessário avaliar qual é sua necessidade, pensando no tamanho dos arquivos que você gostaria de armazenar.

Conexões disponíveis

Hoje em dia, a maioria dos HDs externos à venda possuem conexões USB 3.0, o que garante uma excelente e rápida taxa de transferência de 5Gbps (o equivalente a cerca de 625 MB/s).

Há modelos que proporcionam ainda mais velocidade na hora da transferência. Os HDs externos com conexão USB 3.1, eSATA ou Thunferbolt já estão disponíveis no mercado e oferecem mais conforto e rapidez na hora de transferir arquivos. Porém, seus preços são mais elevados.

Prefira sempre modelos que facilitem seu cotidiano e não proporcionam dores de cabeça. Invista em HDs externos de qualidade para garantir um maior custo-benefício.

Velocidade

A velocidade e as conexões são características que devem ser avaliadas separadamente ao adquirir um HD externo. As conexões estão relacionadas à capacidade de transferência de arquivos. Já a velocidade é a agilidade com que o HD consegue acessar dados nele contidos.

Isso geralmente é medido em RPMs. Quanto mais RPMs, mais rápido será seu HD externo. Os modelos mais lentos costumam ter cerca de 4200 RPM, enquanto os mais rápidos chegam a 10000 RPMs.

Porém, só é possível aproveitar a velocidade do seu HD externo se você possui computador com entrada USB compatível. Uma velocidade de 10000 RPM só será aproveitada em sua totalidade com conexões mais rápidas que o USB 3.0.

Compatibilidade de sistema operacional

Para garantir o bom funcionamento de seu HD externo, é necessário verificar se ele possui o mesmo sistema operacional do computador.

Windows e Mac possuem sistemas de arquivo diferentes (NTFS e HFS+, respectivamente). Por isso, há modelos específicos para cada plataforma. Os Macs conseguem ler arquivos de HD em NTFS, porém, não conseguem gravar arquivos novos.

Se seu sistema é o Linux, os HDs externos compatíveis com Windows funcionarão normalmente.

Close em duas telas de computador com códigos de programação.

Escolha sempre um HD externo compatível com seu sistema operacional. (Fonte: PhotoMIX-Company / Pixabay)

Peso

Alguns modelos de HD externo são bem leves, enquanto outros, mais pesados. Os HDs de mesa, por exemplo, pesam mais do que os portáteis, além de serem maiores. Por isso, são mais difíceis de transportar.

Se você busca um modelo fácil de transportar, é necessário levar em consideração o peso do HD externo. Mesmo entre os portáteis, há uma grande variedade de pesos.

Alguns modelos são tão leves e compactos que cabem até no bolso. Os pesos dos HDs portáteis costumam ir de 350 g até mais de 1 kg.

(Fonte da imagem destacada: andriano / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Gabriel Fernandes Analista de Rede
Entender cada detalhe do funcionamento dos computadores e da internet e utilizar esse conhecimento para tornar o dia a dia mais prático para si e seus cliente é o grande objetivo de Gabriel. Analista de rede, divide seu tempo entre o trabalho fixo e a pesquisa e redação de artigos online sobre o que há de mais inovador no universo da informática.