Imagem de uma mulher liberando a entrada de um visitante pelo interfone.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o interfone, uma das soluções mais procuradas para reforçar a segurança – e também a praticidade – de um imóvel, seja residencial ou comercial.

Quando um visitante toca a campainha do interfone, você consegue atendê-la de dentro de sua casa, depois, basta ir ao portão para abri-lo ou apertar um botão para liberar a entrada do visitante (se você tiver fechadura eletrônica).

O vídeo-porteiro até permite a visualização do visitante. Para ajudá-lo a escolher o equipamento ideal, preparamos este artigo, com todas as informações que você precisa saber sobre o produto. Boa leitura!



Primeiro, o mais importante

  • O interfone possui duas peças: a unidade externa tem campainha, alto-falante e câmera (vídeo-porteiro) e a unidade interna possui monofone, tela LCD (se for vídeo-porteiro) e comandos para abrir e fechar o portão elétrico.
  • Quando alguém tocar a campainha, o interfone toca dentro da casa ou estabelecimento comercial e você consegue falar com a pessoa através de um sistema de alto-falante.
  • Dê preferência para comprar um interfone de origem nacional, para facilitar o acesso à peças de reposição e serviços de assistência técnica. As principais marcas são: Intelbras, HDL, Thevear, Amelco e JFL.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores modelos de interfone

Ao decidir instalar um interfone na sua casa, você vai se deparar com uma variedade de modelos, marcas e acessórios que, com certeza, vão deixá-lo em dúvida sobre qual equipamento escolher.

Para ajudá-lo a escolher um bom porteiro eletrônico, preparamos uma seleção com os melhores modelos e marcas do mercado, de acordo com a opinião dos consumidores. Confira.

1º – Vídeo-porteiro IV 7010 HF, Intelbras

O interfone modelo IV 7010 HF da Intelbras tem unidade externa equipada com câmera, que pode ser ajustada para melhorar o ângulo de visão do morador, quatro unidades de vídeo, para instalar câmeras extras e tem comunicação viva-voz.

A unidade interna é equipada com display LCD de sete polegadas. Esse interfone tem a função “siga-me”, que encaminha a chamada para o seu celular, para que você possa atender seus visitantes quando estiver fora de casa, e função de desbloqueio para até duas fechaduras.

2º – Kit porteiro eletrônico F8 NT HDL

O interfone eletrônico F8 NT da HDL é um modelo tradicional. A unidade externa é feita de plástico ABS com tampa de Lexan que protege contra intempéries, e alarme sonoro antiviolação e antifurto.

A unidade interna também é feita de plástico ABS, permite até três extensões, vem com ajuste de áudio externo e aciona a fechadura elétrica da HDL.

3º – Vídeo-porteiro Sense Light HDL

O porteiro eletrônico Sense Light da HDL é equipado com câmera colorida do tipo Pinhole e permite a instalação de uma câmera adicional. A unidade interna tem tela de 4,3 polegadas do tipo LCD.

A comunicação é feita através de sistema viva-voz. Esse interfone abre até duas fechaduras elétricas.

4º – Interfone IPR 8000 Intelbras

O porteiro eletrônico IPR 8000 da Intelbras é um modelo completo: permite o acionamento de dois portões simultaneamente, emite sinal sonoro interno e externo caso o visitante deixe o portão aberto e tem interface compatível com central de alarme.

A instalação entre o módulo interno e externo é feita com apenas dois fios. Esse aparelho permite a conexão com até três módulos internos. O aparelho também é equipado com alarme antifurto.

5º – Interfone Force Line

O interfone da Force Line se destaca por ter a fonte de energia embutida no módulo externo, que dispensa fonte de alimentação adicional. Também possui proteção contra intempéries e botão com indicação de funcionamento.

Acompanha módulo interno com ajuste de volume e botão para abertura de até dois portões com fechadura elétrica. Caso haja tentativa de roubo do módulo externo é emitido um alarme sonoro no módulo interno.

Guia de Compra

A comunicação entre a parte interna e externa da casa, apartamento ou empresa, precisa ser feita com o máximo de segurança possível. O interfone estabelece a comunicação remota e se destaca por ser um aparelho prático e fácil de usar.

Mas você sabe qual é o modelo ideal para a sua residência ou empresa? como deve ser posicionado e instalado o porteiro eletrônico? Quanto custa e onde comprar este aparelho? Essas e outras informações, você confere neste Guia de Compra.

Imagem de uma mulher usando um vídeo-porteiro.

Alguns modelos de interfone são equipados com câmera. (Fonte: Evgeniy Kleymenov / 123RF)

O que é um interfone?

Além das barreiras físicas usadas para limitar o acesso à sua residência ou estabelecimento comercial, como muros, portas e portões, o porteiro eletrônico é uma excelente alternativa para aumentar a segurança do seu imóvel.

A principal função de um interfone é possibilitar a comunicação sem que seja necessária a aproximação física com quem está na área externa do imóvel. Com o interfone, você tem contato com a pessoa que está à sua porta e decide se quer atendê-la ou não.

O interfone é composto por dois aparelhos: a unidade interna e a externa, para ser afixada ao lado do portão. Quando alguém aciona a campainha, o interfone toca dentro da casa.

Quais as vantagens e desvantagens de ter um interfone em casa?

A vantagem de destaque, como dissemos, obviamente é a segurança extra.

Alguns modelos apresentam a facilidade de não precisar ir até o portão, já que depois de identificar a pessoa, você pode liberar a entrada para o visitante de maneira automática, pois o interfone possui um sistema de abertura remota, basta que o portão seja equipado com fechadura elétrica.

E se a entrada para o seu imóvel tiver um portão de entrada diferente para pedestres e carros, você deve optar por um aparelho que aciona as duas fechaduras ao mesmo tempo.

Confira as principais vantagens e desvantagens listadas abaixo:

Vantagens
  • Serve para ouvir, falar e liberar o acesso
  • Proporciona segurança, conforto e privacidade
  • Pode ser conectado à fechadura eletrônica para abrir o portão automaticamente
  • Instalação simples
  • É um produto relativamente barato
Desvantagens
  • Alguns modelos não permitem a visualização do visitante
  • Não é um método completamente seguro, visto que a comunicação só é feita por voz
  • Não dá para saber se o indivíduo está sozinho ou acompanhado

Quais são as diferentes tecnologias em interfone?

Com a modernização dos interfones, você encontra modelos que permitem o redirecionamento da chamada da campainha para um número de telefone celular, esse recurso permite simular a presença de moradores, mesmo quando o local estiver vazio.

Além de atender, você consegue liberar a entrada do visitante, caso seu aparelho seja equipado com esse recurso e seu portão com fechadura eletrônica.

Imagem de menino atendendo interfone.

Entre as melhores tecnologias, também destacamos a possibilidade de visualizar o visitante com uma câmera, embora esse modelo seja mais caro. (Fonte: jevanto / 123RF)

Como devo posicionar o interfone?

Quando for instalar um porteiro eletrônico, é essencial que os dois aparelhos (tanto o de uso interno, quanto externo), fiquem em um local visível e de fácil acesso (a cerca de 1,50 m de altura), para facilitar o acesso das pessoas.

O equipamento de uso externo deve ficar ao lado da campainha, instalado no portão ou muro de entrada, em um local de fácil visualização e acesso, dessa forma dá para ouvir e conversar com a pessoa com facilidade.

O ideal, é que o equipamento fique fora do alcance da chuva e raios solares, para não danificar os componentes eletroeletrônicos. Alguns equipamentos são fabricados em materiais resistentes à variação climática, outros possuem reforços para proteger o equipamento.

foco

Para garantir a integridade do interfone, você pode comprar um protetor para o equipamento, essas peças são fabricadas com materiais resistentes como ferro e alumínio. Antes de comprar o seu, analise as medidas do interfone e adquira um protetor compatível com o equipamento.

Já o aparelho de uso interno deve ficar em uma área comum da casa, como sala ou cozinha, preferencialmente em uma parte da casa em que seja possível ouvir a campainha com facilidade.

Também é importante colocar o interfone em um local de difícil acesso para animais de estimação e crianças pequenas. Dessa forma, você vai conseguir proteger o equipamento de danos, quebra ou mesmo de ser removido do local indicado.

Como devo instalar um interfone?

Os modelos mais simples de interfone podem ser instalados com facilidade, caso você tenha algum conhecimento e familiaridade com equipamentos elétricos e eletrônicos.

A instalação de equipamentos mais sofisticados, interligados com fechaduras magnéticas e discadora de celular, requer conhecimento de sistemas específicos, por isso deve ser realizada por um técnico especializado.

Imagem de um homem instalando um interfone.

A instalação de um porteiro eletrônico pode ser feita com facilidade se você tiver conhecimento em equipamentos eletroeletrônicos. (Fonte: Auremar / 123RF)

A primeira característica que você deve analisar é a fonte de alimentação do interfone. Geralmente a unidade externa é movida à bateria e a interna é movida à eletricidade. Alguns modelos são movidos somente à eletricidade e outros à bateria.

No modelo elétrico, o ideal é passar a fiação que liga os equipamentos por conduítes, ou seja, aqueles tubinhos que são próprios para a fiação elétrica e que ficam dentro da parede.

Você não precisa de um conduíte só para os fios do interfone, dá para aproveitar um que já esteja instalado, dessa forma você não precisa investir em reformas e evita o quebra-quebra.

Para interligar os dois aparelhos, observe a distância entre os equipamentos para adquirir o fio correto. Dê preferência para um fio de telefone blindado, para evitar a interferência da umidade.

Esse passo é simples, você deve seguir as orientações descritas no manual de instalação e conectar os cabos aos seus respectivos bornes. Uma dica é orientar-se pela cor dos cabos.

Ah, e se você for instalar fechadura eletrônica no portão, procure adquirir uma da mesma marca e utilize um fio com bitola maior, se for possível utilize fio paralelo cristal de 1,0 mm, pois a fechadura elétrica requer uma amperagem maior para acionamento.

André Mafra, do canal Engehall Elétrica, ensina a instalar um modelo de interfone através desse vídeo:

Quais defeitos um interfone de baixa qualidade pode apresentar?

Quando for escolher um interfone, opte por um modelo e marca de boa qualidade, isso fará diferença tanto na eficiência quanto na durabilidade do equipamento.

Muitas pessoas cometem o erro de comprar um interfone com preço baixo, muitas vezes modelos de marcas desconhecidas e baixa qualidade, que não chegam a durar nem um ano, por causa da falta de peças de reposição e assistência técnica.

Para você ter uma ideia de quanto é desvantajoso comprar um interfone de baixa qualidade, trouxemos alguns dos principais defeitos que esses produtos apresentam:

  • Transformador queima com facilidade, pois é uma peça de baixa qualidade, que não suporta oscilações elétricas nem raios;
  • Os botões se soltam, pois são feitos com materiais de baixa qualidade que não suportam as oscilações de temperatura e tempo de uso prolongado;
  • Devido a falhas no projeto, alguns modelos apresentam infiltração até nas chuvas mais fracas;
  • Alguns modelos também apresentam interferência no áudio, pois não possuem capacitor ou filtro para eliminar ruídos;
  • Outro defeito em relação à fonia é a falta de ajuste de volume, que as vezes impossibilita escutar com clareza o que o visitante está falando do outro lado da linha;
  • Alguns modelos também apresentam tensão baixa, menor do que um ampere, que ocasiona falha na abertura da fechadura elétrica do portão.

Interfone: Porteiro eletrônico ou vídeo porteiro?

Você encontra dois equipamentos capazes de estabelecer a comunicação rápida e segura entre o interior e exterior da casa: o porteiro eletrônico (interfone) ou o vídeo-porteiro. Vamos explicar as diferenças entre os dois ao longo desta seção.

O porteiro eletrônico é um modelo simples e mais barato, mas igualmente eficiente. O aparelho pode funcionar sozinho, ou como complemento a um sistema de segurança, ou seja, para imóveis com câmeras de vigilância, alarme, cerca elétrica, entre outros.

O interfone é indicado também para quem mora em imóveis menores e, principalmente, para quem quer um equipamento de segurança mais acessível financeiramente.

O vídeo-porteiro tem como principal diferença uma câmera que fica acoplada ao equipamento externo e que permite que você consiga visualizar a pessoa que está do outro lado do portão, através de uma pequena tela de LCD.

Outra vantagem é que o vídeo-porteiro também fotografa e/ou filma as imagens que estão sendo capturadas, em tempo real. Esse equipamento também pode estar conectado a uma fechadura elétrica.

O vídeo-porteiro é ideal para quem mora em imóveis maiores e indicado para quem consegue investir um valor maior em segurança, pois esse modelo é mais caro. Também pode agir como equipamento de segurança complementar.

Porteiro eletrônico Vídeo-porteiro
Diferencial A unidade externa pode ter interfone ou alto-falante Registra os visitantes por foto ou vídeo
Extensões do módulo interno
Vantagem Serve como complemento a outros dispositivos de segurança Permite a interação com o visitante por som e imagem
Desvantagem Você só consegue falar com a pessoa Campo de visão limitado
Preço Mais baixo Pode custar até três vezes mais do que um interfone convencional

Quanto custa?

O porteiro eletrônico é um equipamento acessível, os aparelhos custam a partir de R$ 85. Você encontra boas opções entre R$ 150 e R$ 180 e o modelo mais caro chega a R$ 240.

O vídeo-porteiro é uma opção mais cara, os modelos custam a partir de R$ 700, há boas opções entre R$ 830 e R$ 890 e o modelo mais caro custa em torno de R$ 1.000.

Onde comprar?

Você pode comprar o interfone em lojas de casa e construção como Leroy Merlin, C&C e Sodimac. Se preferir pode comprar o produto em lojas de departamento como Ponto Frio e Magazine Luiza.

Se quiser fazer a compra no conforto da sua casa, você pode adquirir o produto pela internet. Para encontrar bons modelos e marcas, pesquise por interfone nos seguintes sites: Amazon, Shoptime, Submarino e Americanas.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de interfone

Com o porteiro eletrônico, o primeiro contato entre o morador ou funcionário com o visitante não ocorre de modo direto, dessa forma, você estará protegido, caso o desconhecido esteja mal-intencionado.

Para escolher o modelo ideal de interfone, você precisa analisar algumas características que mudam de um modelo para o outro, são elas:

  • Modo de funcionamento
  • Material
  • Sensores
  • Recursos extras

Vamos explicar cada um dos itens ao longo desta seção.

Modo de funcionamento

Quando for comprar um interfone, você deve observar qual é o modo de funcionamento do equipamento. Alguns modelos possuem fonte de alimentação na unidade externa, outras na unidade interna e, em alguns casos, em ambas.

Você também encontra o modelo movido à bateria. Essa é uma opção interessante para quem quer evitar fazer a instalação elétrica do equipamento.

Material

É muito importante analisar o material usado na fabricação da unidade externa (a que ficará na rua), se ele é resistente à variação climática, incidência de raios solares e umidade.

Se o equipamento não possuir proteção contra a chuva, será necessário investir em alguma proteção para o aparelho e isso vai elevar o custo total do equipamento, pois a peça é vendida à parte.

Sensores

O interfone pode vir com entradas para sensores extras, são eles:

  • Sensor para fechadura de portão social;
  • Sensor para motor de portão de garagem;
  • Sensor magnético para avisar que o portão social ou da garagem está aberto;
  • Para conectar o alarme ou a central de alarme da casa.

Os sensores podem encarecer o interfone. Portanto, analise quais desses podem realmente ser úteis para você, dessa forma você não pagará mais caro por algo que nem vai utilizar.

Recursos extras

Se a entrada da sua residência ou empresa tem um portão para pedestres e um para a garagem, opte por um modelo que acione as duas fechaduras, através de comandos individuais.

Outra função interessante é a “siga-me”, que serve para direcionar a chamada do interfone para o seu celular, dessa forma, quando você não estiver em casa, dá para atender a pessoa da mesma forma, sem que ela perceba que está sendo atendida por telefone.

Imagem de um homem falando ao celular dentro do carro.

Se optar por um interfone com a função “siga-me”, você poderá atender as suas visitas até quando estiver fora de casa. (Fonte: Alexandre Boucher / Unsplash)

A função “siga-me” também permite liberar o acesso ao portão, contato que o aparelho tenha essa funcionalidade e o portão seja equipado com fechadura elétrica.

Também vale a pena procurar por um aparelho com sistema antiviolação/antifurto, que aciona um alarme caso alguém tente furtar ou arrombar o equipamento.

Para saber se a porta ou portão da casa permanece aberta após a liberação da entrada do visitante, procure um modelo que emita um sinal sonoro alertando-o.

(Fonte da imagem destacada: djedzura / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.