Imagem mostra um inversor de tensão conectado a uma bateria.
Ultima atualização: 21 de junho de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

19Horas investidas

4Estudos avaliados

54Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! O assunto de hoje é inversor de tensão, um acessório que pode ser muito útil em situações como acampamentos, viagens e passeios de barco. Se você costuma praticar essas atividades, fique atento no artigo, pois a compra pode ser uma ótima ideia!

Um inversor de tensão é capaz de tornar a energia produzida por pilhas ou baterias como as de automóveis compatíveis com alimentação elétrica para celulares, eletrônicos e até ferramentas ou eletrodomésticos. Mas será que isso é seguro? E faz sentido para você? Traremos muitas respostas a seguir!




Primeiro, o mais importante

  • Um inversor de tensão é uma excelente ideia em lugares e situações sem energia elétrica, como passeios de barco, acampamentos e longas viagens de carro.
  • É preciso sempre respeitar o limite máximo de potência tanto do inversor de tensão, como da bateria que será utilizada para a alimentação.
  • Se ligado corretamente e com todas as especificações de segurança respeitadas, um inversor de tensão de alto nível pode ser usado até em ferramentas e eletrodomésticos.

Você também pode gostar:

Os melhores inversores de tensão: Nossas recomendações

Começamos o artigo compartilhando com você os resultados dos nossos testes e análises: Selecionamos alguns inversores de tensão da mais alta qualidade para te apresentar. Eles não irão te decepcionar!

O inversor de tensão mais completo e seguro

Esse modelo da Hayonik é para quem quer estar sempre prevenido: Ele permite ligações de absolutamente tudo, desde eletrônicos simples até ferramentas pesadas e eletrodomésticos de grande porte como geladeiras e máquinas de lavar. Consegue atingir uma potência de até 2000 W e tem eficiência de 80%.

Para quem quer realizar tarefas mais simples

Não é todo mundo que precisa do inversor de tensão para ligar uma geladeira. Se você quer fazer apenas tarefas simples, como carregar seu celular ou notebook, esse modelo da Multilaser é suficiente. Ele alcança potência de até 150 W, tem eficiência de 90% e entradas e saídas USB.

Um inversor de tensão versátil e barato

O inversor da Meind oferece um ótimo custo-benefício: Ele é capaz de alcançar até 1000 W de potência mesmo ficando em uma das menores faixas de preço. Com isso, pode ser usado em aparelhos que pedem mais do que um celular ou notebook. Possui entradas USB que facilitam a ligação.

Guia de compra

Quer entender melhor como funciona um inversor de tensão? Saber o que ele pode oferecer? Entender exatamente o quanto esse acessório é seguro?

Chegamos ao guia de compra, setor que responde a todas essas perguntas e ainda outras!

Imagem mostra uma pessoa acampando em um local isolado com um veículo ao fundo.

Com um inversor de tensão, você pode fazer viagens longas com mais tranquilidade. (Fonte: Timmyspics / Pixabay.com)

O que é um inversor de tensão e para que ele serve?

Você já precisou carregar a bateria de seu celular em um acampamento sem nenhuma tomada por perto? Usar o computador em uma viagem de barco? Manter a geladeira funcionando mesmo durante uma grande queda de energia?

Um inversor de tensão permite que atividades que dependem da rede elétrica sejam realizadas a partir de baterias de veículos ou até mesmo de menor porte.

O funcionamento desse acessório é através de um mecanismo que permite transformar a baixa tensão recebida das baterias, normalmente de 12 V, em alta tensão alternada, ideal para aparelhos domésticos que costumam funcionar em 110 ou 220 V. Seu nome técnico é conversor DC/AC.

Ele dá uma praticidade muito grande à vida de pessoas que costumam estar em locais isolados ou sofrem com fornecimento ruim de eletricidade.

foco

Você sabia que muitos materiais já foram usados em objetos similares a inversores de tensão na história? No século XIX, gases como vapor de mercúrio, neon e hidrogênio eram comuns. Foi só com o retificador controlado de silício que se iniciou a transição para os sólidos.

Em que situações é possível usar um inversor de tensão?

Por que ter um inversor de tensão? Você consegue imaginar em quais situações pode precisar de um acessório como esse? Fizemos uma lista com algumas das mais comuns:

  • Acampamentos e estadias em locais isolados: Em locais distantes e sem eletricidade, usar a bateria do carro para carregar eletrônicos ou até ligar aparelhos como barbeadores, ventiladores e aquecedores pode ser uma excelente opção.
  • Viagens de barco ou de carro: É possível que os eletrônicos façam falta quando passamos longos períodos dentro de um veículo. Carros, barcos e até motos podem ajudar no momento dessas recargas.
  • Situações de emergência: Se você está sem eletricidade há um grande tempo ou em um lugar muito isolado, pode manter seus eletrodomésticos fundamentais funcionando a partir de um inversor de tensão de altíssimo nível.

Também é possível usar inversores de tensão para ligar lâmpadas em variadas situações, seja quando há problemas com um veículo em uma estrada escura, seja para ter iluminação em uma cabana afastada.

Quais as vantagens de um inversor de tensão?

Ter um inversor de tensão é uma segurança constante na vida: Caso você precise gerar eletricidade e tenha uma bateria carregada com você, sempre haverá a possibilidade.

Os inversores de tensão são bastante versáteis, com os modelos potentes sendo compatíveis com uma enorme gama de eletrônicos e eletrodomésticos, enquanto os mais simples e baratos já são suficientes para usos mais rápidos, como com telefones celulares.

Indispensável para quem acampa ou fica em lugares sem eletricidade com frequência, um inversor de tensão deve ser usado apenas com bastante cautela e segurança: Estude o que é possível ligar e como no modelo escolhido para não causar nenhum acidente.

Os melhores modelos têm dispositivos para realçar a segurança e proteger tanto as pessoas, como os aparelhos eletrônicos.

Veja na tabela abaixo vantagens e desvantagens de um inversor de tensão:

Vantagens
  • Consegue alimentar aparelhos elétricos a partir de baterias
  • Grande versatilidade de modelos
  • Melhores modelos são bastante seguros
  • Ideal para situações de isolamento ou falta de eletricidade
Desvantagens
  • Precisa ser usado com bastante cuidado e conhecimento
  • Modelos de qualidade são bastante caros

Como saber qual será a potência transfomada pelo inversor?

Não é possível criar energia, apenas transformar. Por isso, você precisa saber as especificações da bateria que será usada para alimentar aparelhos elétricos.

A potência máxima gerada por uma bateria é alcançada multiplicando o número de volts pelo de amperes. Ou seja, se você tem um exemplar que funciona com 72 amperes e 12 volts, poderá usá-la apenas em aparelhos com até 864 W de potência. Isso, é claro, considerando uma eficiência impossível de 100%.

Sabendo a capacidade da sua bateria, observe também a do inversor: Os modelos mais modernos conseguem trabalhar com até 2000 W gerados, suficiente para a grande maioria dos eletrodomésticos e eletrônicos. Outros, mais simples, suportam no máximo 200 W.

Também devemos notar que o funcionamento de eletrodomésticos e equipamentos pesados drena rapidamente baterias que não foram feitas para isso, fazendo com o que o uso seja por tempo limitado.

Com essas informações, você deve querer saber de que tipo de bateria e inversor precisa para alimentar os equipamentos elétricos que mais usa. Por isso, preparamos uma tabela que mostra a média de alguns dos mais comuns em situações de isolamento:

Aparelho Potência média
Carregador de celular 15 W
Carregador de notebook 65 W
Ventilador 100 W
Televisão 200 W
Geladeira 350 W
Secador de cabelo 1300 W
Aquecedor elétrico 1500 W

É seguro usar um inversor de tensão?

Para usar adequadamente um inversor de tensão você deve respeitar completamente tanto os limites desse acessório, quanto os da bateria. Não tente ligar uma geladeira em um sistema que consegue alimentar um máximo de 120 W de potência, por exemplo: Problemas graves irão aparecer.

Inversores de tensão devem ser usados principalmente em situações emergenciais.

Além disso, não abuse desse uso, tornando-o corriqueiro. A prática constante da inversão de tensão fará com que suas baterias tenham uma vida útil muito pequena, uma vez que elas não foram fabricadas com esse intuito. Acima de tudo, inversores servem para situações emergenciais.

É importante prestar atenção nas especificações de segurança do modelo escolhido de inversor, principalmente quanto à proteção contra curto-circuito e sobrecarga. Não se esqueça também que uma parte da energia será dissipada em forma de calor.

Com todos esses cuidados, o uso do inversor de tensão será totalmente seguro.

Quanto custa e onde comprar um inversor de tensão?

A variação de preços de inversores de tensão é muito grande. Os modelos mais baratos podem ser encontrados por R$ 100, enquanto os mais caros chegam a R$ 2000. O principal fator de influência é a potência máxima suportada, ou seja, é possível pagar pouco e ter um exemplar de qualidade.

Lojas especializadas em materiais elétricos, em artigos gerais para casa e construção e para baterias automotivas são as que costumam oferecer mais modelos de inversores de tensão. Comprar pela internet também é ótima ideia: Recomendamos a Amazon brasileira, a Amazon internacional e o Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de um inversor de tensão

Já teve as suas principais dúvidas sobre inversores de tensão respondidas? Então é hora de escolher o modelo ideal para você! Selecionamos quatro critérios técnicos que podem te ajudar:

Abaixo, você encontra mais informações sobre cada um deles!

Formas de conexão

Muitas pessoas têm no carregamento de eletrônicos como celulares e notebooks a principal função para um inversor de tensão. Por isso, o acessório precisa ter não apenas entradas para tomada, mas também outras que ajudam bastante, principalmente do tipo USB.

Caso queira usar o inversor em outros equipamentos que não são eletrônicos, verifique quais os formatos da entrada para plugue do inversor de tensão e se ele é compatível com os dos seus aparelhos (ou possíveis adaptadores).

O importante é comprar um inversor de tensão já sabendo que ele tem entradas compatíveis com o que você pretende usar a partir dele.

Imagem mostra dois inversores de tensão lado a lado.

Inversores de qualidade precisam ter entradas variadas. (Fonte: Artinun Prekmoung / 123rf.com)

Eficiência

A eficiência é uma especificação muito importante também para a conta de o que você consegue carregar com determinado conjunto de bateria e inversor. Com ela, você sabe quanto da energia é transformada e quanto se dissipa.

Sempre leve a eficiência em conta ao calcular se o conjunto é suficiente para as suas necessidades.

Um inversor com eficiência de 80% consegue reaproveitar 80% da energia gerada por uma bateria, enquanto outros 20% se dissipam provavelmente em forma de calor. Assim, você não pode esquecer dessa conta no momento do cálculo se o conjunto é suficiente para o que você precisa.

Não existe um inversor com eficiência de 100%, sempre alguma quantidade de energia será perdida no caminho. Por isso, modelos com 90% são excepcionais.

Potência suportada e temperatura

Respeitar os limites de equipamentos elétricos é absolutamente necessário. Por isso, leia atentamente sobre a potência máxima e a temperatura máxima suportada por um modelo antes de finalizar a compra.

Com a potência máxima suportada, você saberá quais equipamentos elétricos pode carregar com o inversor de tensão. E com a temperatura máxima, entenderá quando precisa interromper o carregamento, principalmente nos modelos de eficiência mais baixa.

Estabilidade e segurança

Todos querem segurança e estabilidade ao usar um inversor de tensão. É preciso notar quais são as funções e recursos extras que o modelo escolhido oferece no que diz respeito a essas questões.

Confira se há proteção contra curto-circuito, contra queda súbita de fornecimento, superaquecimento e sobrecarga. Também veja se a fabricante garante uma alimentação estável, que não tenha grandes picos de energia e depois caia. Tudo isso é importante para o bom funcionamento dos aparelhos.

(Fonte da imagem destacada: Eagnarin Wanvong / 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

César Ferreira Formado em Engenharia Industrial
César é apaixonado por carros. Talvez tenha sido essa paixão que o levou a, desde pequeno, querer entender como as coisas funcionam. Essa curiosidade, por sua vez, lhe fez cursar Engenharia Industrial. Hoje, ele presta consultoria para pequenas e médias empresas e, nas horas vagas, deixa seu carro - e o de seus amigos - cada vez mais tecnológicos e especiais.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.