Imagem mostra uma composição, com quatro raquetes deitadas sobre as linhas de uma quadra de badminton. Ao seu lado, quase saindo do quadro, nove fileiras de petecas.
Ultima atualização: 14 de abril de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

69Comentários coletados

É cada vez maior a popularidade do badminton, um esporte dinâmico e mais prático do que parece. Se você também quiser entrar na onda dessa "peteca moderna", é só ler o guia que nós, da ReviewBox Brasil, fizemos sobre o kit para badminton.

No texto que você acompanha abaixo, vamos esmiuçar o kit de badminton. Vamos falar sobre cada um dos seus itens, sobre os diferentes fabricantes, além de examinar o mercado e elencar os melhores conjuntos, tudo para ajudar a encontrar o melhor kit para você.




Primeiro, o mais importante

  • Um kit básico de badminton tem pelo menos duas raquetes, um par de petecas e uma rede, além de bolsa de transporte.
  • Existem kits sem rede, que encaram o badminton mais como um lazer, como o frescobol, por exemplo.
  • Os kits para badminton podem ser comprados a partir de R$ 30, e por até R$ 300.

Você também pode gostar:

Melhores kits badminton: Os ideais para cada jogo

Para auxiliar a sua pesquisa, montamos uma lista com os melhores kits badminton do mercado. Cada item foi avaliado por critérios objetivos, como o conjunto e a qualidade de cada produto, mas também tendo em vista as diferentes maneiras que os usuários podem utilizá-los.

O melhor kit para badminton em duplas

Para você que gosta de jogar badminton em times, este kit da Vollo é a melhor escolha. São quatro raquetes Strong II, de belas paletas laranja e pretas. O conjunto conta também com três petecas de alta performance, feitas de nylon, que vêm em seu tubo próprio. Há também uma rede portátil, com suporte metálico e dobrável. Tudo é bem compactado na bolsa de transporte com alça e frente transparente.

O kit de badminton mais versátil

O kit da Winmax é de longe o mais versátil do mercado, a solução para qualquer viagem de família. Isso porque o conjunto tem quatro raquetes de aço, três petecas de plástico e rede ajustável com 25mm de diâmetro e suporte dobrável, o que torna completo para qualquer partida de badminton. Mas há também uma bola de vôlei e uma bomba, para quando a quadra precisar abrigar mais gente.

O kit para badminton para qualquer lugar

A AX Esportes montou um kit básico para badminton, e por isso mesmo pode ser usado em qualquer lugar, sem a necessidade de rede. São duas raquetes azuis, com estrutura de alumínio, rede de nylon e grip de plástico, e mais três petecas PRO, com tubo próprio e feitas de plástico. O kit vem também com uma capa protetora, para você guardar e trasnportar de uma maneira muito mais simples após o uso.

Guia de Compras

Parte do recente sucesso do badminton com o público geral se dá pelo "descobrimento" de sua versatilidade. Ou seja, por ser tanto um esporte com uma competição bastante saudável quanto uma atividade prática e divertida, um verdadeiro entretenimento ao ar livre.

Sob essa perspectiva, é muito importante escolher o conjunto certo, com os itens que melhor atendam às suas necessidades, que melhor viabilizem seu jogo. Sorte a sua que, neste Guia de Compras, vamos fornecer todas as informações que você precisa para encontrar o seu kit de badminton.

Imagem mostra uma mulher segurando uma raquete de badminton em frente a uma casa.

O badminton pode ser competitivo, mas também pode ser jogado no quintal de casa. (Fonte: Muhammadtaha Ibrahim Ma'aji/ Pexels.com)

O que acompanha um kit de badminton?

O kit de badminton tem como objetivo viabilizar uma partida do esporte em qualquer lugar que seja possível, isto é, que tenha o espaço necessário e seja relativamente plano. A ideia dos conjuntos mais completos é ter uma "quadra portátil", para você armar na praia, na grama, até na rua.

Ainda que o número de cada item seja variável, um kit de badminton é composto por:

  • Raquete - pelo menos duas, variando para quatro, para possibilitar jogos em dupla;
  • Peteca - pelo menos duas, para ter no mínimo um "estepe". É o item com o número mais variável;
  • Rede - item menos essencial do kit, já que é possível brincar com a raquete e a peteca. Pode ser uma rede montável ou uma rede portátil.
Imagem mostra um close de uma peteca repousando, com as penas para baixo, sobre os fios de uma raquete de badminton.

Raquete, peteca e rede, o trio básico de um kit de badminton. (Fonte: Frame Harirak/ Unsplash.com)

Como montar a rede de badminton?

São dois os tipos de rede presentes nos kits de badminton. Uma delas, a mais comum, é a rede montável, com suportes metálicos ou plásticos, muitos deles dobráveis. Sua montagem é simples, basta esticar o suporte, perfurar o solo (sendo portanto, limitado à grama, areia e terra) e, por último, prender a rede entre as hastes.

O outro tipo de rede é a portátil, que também é montável, mas que já vem com a maior parte do trabalho feita. Falaremos melhor dela na seção a seguir, mas a sua montagem é ainda mais simples, bastando esticar as hastes e suspender a rede entre as duas.

Imagem mostra, em foco seletivo, o pedaço de uma rede esportiva, mostrando seus fios quadriculados e a fita branca acima deles.

A montagem de uma rede de kit de de badminton é bastante simples. (Fonte: Frame Harirak/ Unsplash.com)

Vale comprar um kit com rede portátil?

Na prática, todas as redes de kits de badminton são portáteis, já que seria bastante complicado levar dois postes por aí. Mas aqui falamos da rede portátil como aquelas que vêm pré-montadas, com base e tudo, bastando ao usuário alongar os suportes, formando um "V" com a base, e esticar a rede.

Sem perfuração, pode ser usada em qualquer superfície.

Se o tipo montável é prático, o portátil é mais ainda, com tempo de montagem por volta dos 60 segundos. É uma rede muito mais versátil, já que, sem necessidade de perfuração, pode ser usada em qualquer superfície. Isso faz com que também seja mais durável.

Em compensação, a não-fixação a deixa mais suscetível a ser derrubada pelo vento, ainda que precise ser um senhor vento. O preço desse tipo de rede é maior, naturalmente.

Vantagens
  • Montagem fácil
  • Versatilidade
  • Durável
Desvantagens
  • Pode ser derrubada
  • Maior preço

Como é um kit de badminton profissional?

Um kit profissional de badminton não é muito diferente de um kit normal. A principal diferença é a qualidade, o nível de desempenho de cada item, especialmente da raquete e das petecas.

A rede, por sua vez, precisa ter as medidas oficiais, isto é, 1,55m de altura e ter no mínimo 5,18m e no máximo 6,10m de largura, que são os tamanhos das quadras para partidas simples e para partidas em duplas, respectivamente.

Imagem mostra, em plano detalhe, uma peteca repousando, com seu peso para baixo, sobre a rede de uma raquete de badminton.

O itens dos kits profissionais são os mesmos, mas de maior qualidade e respeitando as medidas oficiais do esporte. (Fonte: Tabble/ Pixabay.com)

Kit para badminton Vollo ou Winmax?

Duas das mais populares fabricantes de materiais para badminton, e consequentemente de kits próprios para o esporte são a Vollo e a Winmax. Não são necessariamente as líderes do mercado, mas reúnem um excelente custo-benefício, ainda que com kits bem diferentes entre si.

A começar pelo posicionamento de mercado. O kit da Winmax é um kit de entrada, para entretenimento, enquanto o da Vollo já é intermediário, para quem busca uma partida um pouco mais séria.

As demais diferenças ficam por conta dos itens, em especial a raquete e a peteca. A Vollo produz raquetes tanto de alumínio quanto de grafite, enquanto a Winmax conta apenas com modelos de alumínio em seus kits.

Quanto às petecas, na Vollo ela é composta por nylon nas penas e cortiça - o material com que é feita a rolha - na base. As petecas da Winmax são inteiras de plástico.

Vollo Winmax
Posicionamento de mercado Intermediário Entrada
Raquete Alumínio ou grafite Alumínio
Peteca Pena de nylon e base de cortiça Pena e base de plástico

Quanto custa um kit de badminton?

Por ter composições diversas tanto número de itens como na qualidade deles, o preço dos kits é bastante variável. Você encontra conjuntos básicos a partir de R$ 30, e kits avançados por até R$ 300.

Critérios de Compra: Escolhendo o seu para kit badminton

Nossa última lista foca no momento da compra. Em cada item abaixo, mostramos elementos e características dos kits para badminton que devem ser observados para que você possa comparar e selecionar o melhor conjunto para o seu jogo.

Número de raquetes

Uma maneira muito simples de direcionar a sua pesquisa pelos kits de badminton é a partir do número de raquetes. São apenas dois tipos de conjuntos, os de duas raquetes e os de quatro raquetes. Conjuntos de uma raquete você terá de montar por si só, e com mais de quatro é preciso adquirir as demais raquetes separadamente.

Não existe, claro, um tipo melhor que o outro, até porque só variam no número de raquetes, mas eles que ditam se o kit é próprio para um jogo em duplas, para um contra um ou mesmo para uma "altinha" na praia ou no quintal de casa.

Imagem mostra um close de uma raquete de badminton, com o foco seletivo no meio de sua rede.

Só existem dois tipos de kits de badminton: com duas ou quatro raquetes. (Fonte: Ella_7/ Pixabay.com)

Rede

A rede é um elemento importantíssimo a se notar no conjunto. A sua qualidade e suas medidas ditam a seriedade de um jogo, e sua simples presença no kit é quem dita a ou mesmo determina se um jogo é uma partida de badminton ou de fato ou só uma brincadeira.

Note, portanto, o tamanho da rede, que precisa ter uma altura próxima aos 1,55 metros, quanto montada, claro, e uma largura entre três e seis metros. Pensando num uso mais prático, vale também se informar quanto à facilidade da montagem da rede. Quanto mais fácil for para montá-la, mais prático será seu kit.

foco

Você sabia? Original da Índia e desenvolvido na Inglaterra, o badminton inicialmente tinha uma rede igual a do tênis, que toca o solo. Só depois que ela veio a ser suspensa.

Peteca

Sem peteca, também conhecida como volante e morcego, não há badminton. Mas dizer que o seu kit precisa tê-las é óbvio. Assim, foque sua atenção na quantidade, no material e no seu armazenamento delas.

O mínimo que o kit precisa ter é duas petecas. O ideal é a partir de três, para o jogo ficar mais dinâmico, sem perder tempo de ficar buscando as que escaparam da quadra, e também para o caso de perder alguma.

A melhor composição de uma peteca é ter as penas de nylon e a base em cortiça, então dê preferência aos conjuntos com essa variedade. Melhor ainda se vierem em latas ou tubos, para melhor armazená-las, e impedir que suas penas amassem.

Imagem mostra, em plano detalhe, um amontoado de petecas de badminton, todas com suas penas voltadas para a câmera.

Um bom kit de badminton tem pelo menos duas petecas, e um ótimo tem elas armazenadas em tubos. (Fonte: Jan Kaluza/ Unsplash.com)

Bolsa de transporte

Um kit de badminton é apenas tão bom quanto sua bolsa de transporte. Afinal, sem elas, o seu conjunto é apenas um amontoado de itens. A bolsa em si não precisa ser uma Louis Vitton esportiva, mas a sua funcionalidade precisa ser boa, pelo menos nos kits de qualidade.

São três coisas uma bolsa de transporte precisa ter:

  • Alças resistentes, de preferência para serem usadas nos ombros;
  • Espaço interno amplo, para caber todos os itens e não ameaçar a integridade deles;
  • Organização interna, como bolsos e outros compartimentos. Na falta disso, vale ter uma das faces transparentes, para você conseguir visualizar a sua organização dos itens.

(Fonte da imagem destacada: eric anada/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Andrey Duarte Educador Físico
O sonho de ser jogador profissional de futebol foi abandonado aos 21 anos, mas isso não fez com que Andrey se afastasse do esporte. Professor de educação física, hoje ele passa seu tempo livre pesquisando e compartilhando conhecimento sobre as mais diferentes modalidades esportivas.