Imagem mostra um homem, sentado em frente à um escrivaninha com uma CPU e um monitor, colocando na orelha fones de ouvido sem fio.
Ultima atualização: 24 de janeiro de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

17Horas investidas

5Estudos avaliados

43Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre um produto que num mundo ideal não seria preciso, mas que se faz cada vez necessário nos tempos atuais: o kit de sobrevivência.

O nome, convenhamos, pode assustar, mas sua ideia é, na verdade, presente em muitas casas e rotinas, que é simplesmente estar pronto para eventualidades. E para isto o kit de sobrevivência está preparado, das mais sérias catástrofes às mais cotidianas situações.

Neste Guia, vamos discorrer ou itens básicos, as diferenças entre modelos, suas vantagens, desvantagens e até critérios de compra, para ajudar na escolha do kit ideal para você, sua rotina e seu ambiente.




Primeiro, o mais importante

  • A regra geral é que o quanto mais leve e completo, melhor o kit de sobrevivência.
  • Ainda que haja itens básicos e comuns a todos os modelos, eles se diferenciam principalmente pela finalidade, como generalistas, para carros, selva, etc.
  • Seu preço varia entre R$ 40 e R$ 400, dependendo principalmente do número e quais componentes, além do material e do tipo do recipiente que armazena o kit.

Você também pode gostar:

Melhores modelos de kit de sobrevivência: Nós recomendamos

Listamos agora ou três melhores modelos de kit de sobrevivência do mercado, levando em conta a quantidade e tipos de itens, sua embalagem e seu custo benefício.

Kit de Sobrevivência Survival EchoLife

No products found.

O modelo da EchoLife preza pela praticidade e portabilidade, pesando menos de 150 g e focando em itens básicos e pequenos, como uma lâmina de barbear no lugar de uma faca e um compacto kit de pesca e outro de costura.

Outro destaque é a sua caixa, de 14 cm de comprimento, impermeável e de plástico resistente, que mesmo pequeno, consegue caber seus 32 itens (contando com unidades duplicadas, triplicadas, etc).

Kit de Sobrevivência Guepardo

O kit da Guepardo não é o dos mais completos, pelo contrário: são apenas cinco itens. Porém, conta com duas lanternas, bússola, uma faca e ainda um canivete múltiplo, que são dos itens mais valiosos em situações de sobrevivência.

A ideia do produto é ser um modelo de acesso rápido principalmente para viajantes, campers e pescadores. Seu estojo reforça a ideia, impermeável e com 21 cm de comprimento, com abrimento fácil por zíper.

Guia de Compra

Kits de sobrevivência são tão importantes quanto nossa vida é imprevisível. De grandes desastres - chuvas com alagamentos e deslizamentos, tempestades avassaladoras - até algo mais cotidiano com um carro quebrado numa estrada, à noite, ou mesmo um camping que deu errado, tudo pode acontecer.

E este produto te dá um suporte que nenhum outro pode te dar essas horas. Neste Guia de Compra, vamos mostrar como - e com o quê - é feito esse suporte, mostrando suas variedades, seus prós e contras. Assim, você pode pensar no tipo que mais se adequa a você e às suas preocupações.

Ter um kit de sobrevivência é uma questão de se preparar para eventualidades. (Fonte: Aris_Tsitiridis/ Pixabay)

Ter um kit de sobrevivência é uma questão de se preparar para eventualidades. (Fonte: Aris_Tsitiridis/ Pixabay)

O que é o kit de sobrevivência?

O kit de sobrevivência é um conjunto de itens que busca atender, por um determinado (e na maioria das vezes, curto) espaço de tempo, as necessidades mais básicas do corpo humano, mesmo sob condições extremas.

É difícil de datar ou localizar o início da comercialização de kits prontos, mas é inegável seu crescimento no mercado com as mudanças climáticas, a comunicação global instantânea (aumentando o noticiário sobre situações extremas mundo afora) e até o maior consumo de produtos culturais de temáticas apocalípticas.

O que não mudou foram as necessidades básicas do nosso corpo, o que o mantém vivo saudável, vivo e operante: calor, hidratação e energia.

Assim, os kits operam ao juntar itens que podem fornecer essas necessidades ou que possibilitam a obtenção delas. Depois, atuam no beabá de estratégias de sobrevivência, fornecendo/possibilitando abrigo, proteção, iluminação e localização.
Abaixo, montamos uma tabela com os itens mais básico que o kit deve conter, obedecendo a lógicas das necessidades citadas e das estratégias de sobrevivência.

Necessidade Item
Calor Manta térmica, isqueiro, fósforo, condutor de chama (carvão, algodão, etc)
Hidratação Cantil, filtro, purificador, garrafa d’água
Energia Alimentos não perecíveis, utensílios de cozinha
Abrigo Barraca, lona, corda, cordão
Proteção/Utilitários Faca, canivete, facão, colete salva-vidas
Localização Bússola, GPS, apito, sinalizador
Iluminação Lanterna, vela, luz química
Primeiros Socorros Curativo, esparadrapo, gaze, álcool

Quais as vantagens e desvantagens do kit de sobrevivência?

Ter a seu alcance um kit de sobrevivência traz suas vantagens e desvantagens. Entre as vantagens, uma delas é certamente a possibilidade, a chance de sobrevivência em situações extremas.

Mas não é em grandes desastres que moram ou imprevistos. Ficar preso no carro durante uma tempestade, perder-se durante uma pescaria ou acampamento, numa trilha...e o kit é efetivo do mesmo jeito.

Há também a sensação de segurança de se ter um produto desses pronto para uso. Na verdade, essa é a interação mais duradoura que se têm com o kit, já que (esperamos) não sejam comuns nem recorrentes as emergências em que ele seja necessário.

Imagem mostra um homem sobre um terreno alto, com uma mochila nas costas. Ao fundo, uma grande montanha, com neblinas e traços de sua vegetação.

A sensação de segurança ajuda a manter a calma nas situações mais extremas, o que é essencial nessas horas. (Fonte: Louis Hansel/ Unsplash)

Essa é também a raíz de uma de suas desvantagens, que é a manutenção. Baterias de lanternas, validades de alimentos e produtos químicos, o estado dos itens de primeiros socorros, enfim, há uma série de detalhes à serem vistoriados com o tempo.

Outra desvantagem é um certo paradoxo que o produto carrega, precisando ser completo em itens mas compacto em tamanho e leve para o transporte - afinal, estamos falando de situações extremas.

O kit de sobrevivência, então, nunca será perfeito. Ou é completo e pesado, ou leve e incompleto. Nessa lógica, é difícil de fugir de kits individuais, já que suprimentos para mais de uma pessoa tornam o produto ainda menos prático.

Vantagens
  • Sobrevivência em situações extremas
  • Sobrevivência em situações cotidianas
  • Precaução e sensação de segurança
Desvantagens
  • O compacto é incompleto e completo é pesado
  • Manutenção
  • Geralmente são de uso individual

Kit de sobrevivência geral, para carro, navio ou selva?

Ainda que os kits atendam às necessidades mais básicas do nosso corpo, ambientes diferentes criam situações diferentes e precisam de soluções diferentes. E por isso que há variados conjuntos, buscando se preparar para ocasiões específicas.

Um kit para a selva, por exemplo, deve ter mais facas e itens para abrigo, além de foco em fogueiras. Um naval, isto é, para se ter em barcos e embarcações marítimas, deve focar em coletes salva-vidas, sinalizadores, comidas fáceis e claro, materiais impermeáveis.

Imagem mostra uma mão cortando um galho grosso com um canivete com faca de serra.

Independente do ambiente, facas são úteis tanto para proteção quanto para viabilizar muitos recursos. (Fonte: Markus Spiske/ Unsplash)

Um modelo para se ter no carro deve focar mais em baterias, fontes de iluminação e até comunicação, enfim, como falamos, pensando nas diferentes situações e suas respectivas soluções.

Há também os kits generalistas, que buscam oferecer o máximo de subsídios, de abrigo à aquecimento, de primeiros socorros à sinalização, mas que para uma situação específica podem ser incompletos.

Quanto custa um kit de sobrevivência?

Kits de sobrevivência têm uma variação de preço alta, entre R$ 40 e R$ 400. Ela acontece, principalmente, pelos itens: sua quantidade, sua qualidade e funcionalidade.

O tamanho do case, isto é, a bolsa, sacola, mochila, caixa, etc, também pode influenciar seu valor, assim como o seu material.

Onde comprar?

Lojas físicas de camping e outdoor, como a Treme Terra e a Mundo Terra, até esportivas como a Centauro, oferecem kits pontuais ou generalistas, mas de qualidade.

Para maior variedade de tipos, modelos e preços, lojas online como a Amazon e Mercado Livre, e especializadas como a OFF Esportes Outdoor, são a melhor indicação, além de possibilitarem o conforto de uma compra em casa.

Critérios de Compra: Fatores para aprender a escolher o kit de sobrevivência ideal

Abaixo, reunimos alguns aspectos do produto e de seu uso que de tão característicos, servem como bons critérios para a escolha na hora da compra.

Vamos, então, falar desses critérios um a um, para que a sua opção seja a melhor informada e mais adequada possível.

Ambiente e local

Antes de prosseguir com a sua compra, pense no ambiente em que você se encontra ou onde imagina que o kit de sobrevivência possa ser usado, além do local onde será guardado.

Essa precaução vale especialmente se você estiver pesquisando em lojas e sites do exterior. Um exemplo: de que adianta modelos para neve - ou para terremotos - aqui no Brasil? Procure ser generalista ou coerente com o lugar onde estiver.

Depois, o local onde será armazenado o kit pode fazer a diferença.

72 horas

Os manuais de sobrevivência dizem que as primeiras 72 horas de uma emergência são as mais essenciais. É o período no qual há maior chance de resgate e, objetivamente falando, de sobrevivência.

Dê preferência, portanto, aos modelos que ofereça subsídios por pelo menos 72 horas, entre quantidade de velas, duração de baterias, comida, água, etc, disponíveis.

Compacto e completo

Um dos meios mais eficientes de se comparar dois ou mais modelos é pela dualidade compacto-completo. Busque sempre o kit mais compacto e completo possível.

Sugerimos essa sequência para você notar os modelos:

  • Quais atendem as necessidades básicas (calor, energia, hidratação)?
  • Qual o menor ou mais leve?
  • Qual o mais completo (abrigo, segurança, localização, primeiros socorros, etc)?

Materiais resistentes e impermeáveis

Imagem mostra em close um conjunto de itens de sobrevivência: uma faca com cabo de madeira, uma bússola de revestimento metálico e um pequeno estojo de couro. Eles tão sobre um toco de árvore.

A resistência dos itens é essencial para a durabilidade do kit de sobrevivência. Materiais impermeáveis também. (Fonte: RastoZvolansky/ Pixabay)

Por último, mas não menos importante, cheque ou materiais dos modelos. O kit ideal tem o maior número possível de itens impermeáveis e com resistência reforçada.

Caixa de fósforos à prova d’água, lanternas resistentes à quedas, lonas anti-corte, para citar apenas alguns, deixam seu modelo muito mais duradouro, seja durante seu uso, seja quando armazenado.

(Fonte da imagem destacada: Aleksandar Kosev/ 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.