Ultima atualização: 31 de agosto de 2021

Como escolhemos

14Produtos analisados

23Horas investidas

5Estudos avaliados

72Comentários coletados

As lâmpadas de emergência são dispositivos que salvam vidas, pois nos permitem substituir a iluminação quando há cortes ou falhas no fornecimento de energia elétrica. Elas também são extremamente versáteis, pois podem ser adaptadas a diferentes usos e necessidades.

Há uma grande variedade de modelos de lâmpadas ou luzes de emergência, projetadas para diferentes propósitos. No mercado você pode encontrar variantes domésticas, menores e de menor tensão, assim como variantes mais potentes e mais duradouras, usadas para suprir grandes espaços.

Neste artigo nós lhe diremos quais são os principais usos deste tipo de lâmpadas, que variedades existem e onde você pode obtê-las, entre outros fatores importantes que o ajudarão a escolher o modelo mais adequado para você, dependendo de seus interesses específicos.




As mais importantes

  • As lâmpadas de emergência são caracterizadas e se destacam por sua conveniência, praticidade e versatilidade, pois nos permitem substituir a energia elétrica quando há cortes ou falhas no fornecimento normal, e também são adaptadas a diferentes áreas e funções.
  • Existem diferentes variedades de lâmpadas de emergência no mercado, incluindo lâmpadas de parede, lâmpadas de escape, lâmpadas portáteis, lâmpadas à prova de explosão e lâmpadas que funcionam com o suporte de um gerador elétrico ou centro de baterias.
  • Ao escolher uma lâmpada de emergência, é importante que você leve em conta antecipadamente certos fatores, como as diferentes variedades e usos, tipos de luminárias, materiais e formatos, entre outros aspectos relevantes.

Lâmpada de emergência: nossa recomendação dos melhores produtos

Guia de compra: O que você deve saber sobre lâmpadas de emergência

O principal objetivo deste guia de compra é fornecer informações sobre o produto que você está interessado em comprar. Portanto, nós lhe falaremos sobre as características mais importantes das luzes de emergência, incluindo suas vantagens e desvantagens.

As luzes de emergência são essenciais para hospitais e outros lugares onde a energia elétrica é de vital importância. (Foto: Torwai Suebsri / 123rf.com)

O que são lâmpadas de emergência e quais são suas vantagens?

Lâmpadas de emergência são luminárias usadas quando há uma falha no sistema de iluminação normal, ou para aumentar a segurança em áreas perigosas ou com pouca iluminação. Elas são normalmente alimentadas por uma bateria recarregável e podem ser fixas ou portáteis.

As lâmpadas de emergência vêm em diferentes formatos e materiais, assim como diferentes variantes de iluminação e projeção. O tipo de luz (LED, halogênio ou fluorescente) também tem um impacto na economia de energia e na vida útil da lâmpada.

Este excelente produto é uma alternativa muito prática, confortável e funcional para sair de problemas quando há cortes de energia ou se realizamos atividades noturnas ao ar livre. Também desempenha um papel fundamental em lugares onde a eletricidade é de vital importância, como hospitais.

Vantagens
  • Eles fornecem luz quando há cortes de energia
  • Há modelos que podem ser movimentados
  • Eles vêm em diferentes variantes adaptativas
  • Eles oferecem segurança
  • Eles são práticos e versáteis
Desvantagens
  • Alguns consomem muita energia
  • Você tem que lembrar de carregá-los com antecedência (embora não em todos os casos)
  • Alguns modelos não acendem por mais de 1 ou 2 horas.

Lâmpadas de emergência de parede, de fuga, portáteis, portáteis, geradoras ou à prova de explosão - o que procurar

Existem diferentes tipos de lâmpadas de emergência, adaptadas a diferentes usos e necessidades. Aqui estão as principais características dos modelos mais comuns para que você possa compará-los e escolher o que é certo para você.

  • Lâmpadas de emergência de parede. Estas lâmpadas têm um formato similar a luzes de teto, e são instaladas em lugares estratégicos da casa para que elas se iluminem automaticamente quando há uma falha elétrica. Eles podem ser fixados à parede, encastrados ou suspensos.
  • Lâmpadas de emergência para fuga. Estas são lâmpadas de emergência usadas em locais que precisam ser evacuadas rapidamente. Eles estão normalmente localizados em escadas, corredores e outras áreas estratégicas de evacuação, para facilitar a saída das pessoas que estão no local.
  • Lâmpadas de emergência portáteis. Estas luzes de emergência são extremamente práticas para mudá-las de uma parte da casa para outra, ou para levá-las para acampar, por exemplo. Eles geralmente têm um cabo e estão disponíveis em uma variedade de formatos para atender a diferentes usos e preferências.
  • Lâmpadas de emergência com gerador. Estas lâmpadas funcionam com o apoio de um gerador elétrico ou centro de baterias, que as ativa automaticamente quando há um mau funcionamento no suprimento normal de energia, ou um corte geral de energia. Este sistema é normalmente usado em locais que exigem muita energia elétrica, como fábricas, empresas, estádios, etc., e que também têm uma necessidade essencial desta energia elétrica, seja para o trabalho ou por razões vitais, como no caso de hospitais, por exemplo.
  • Lâmpadas de emergência à prova de explosão. Essas lâmpadas são projetadas para locais de alto risco, tais como locais de mineração ou indústrias químicas, entre outros, que estão em um ambiente onde há perigo latente de explosões devido ao manuseio de produtos inflamáveis ou corrosivos.
 

Parede Exaustão Portátil Com gerador À prova de explosões
Duração 2 a 4 horas, aproximadamente. Variável 4 a 48 horas Ilimitada Variável
< strong> Formato< /strong> Tipo de soffit Rectangular, em geral Rectangulares, redondas, lanternas Variável Alongado
< strong> Usos< /strong> Doméstico Áreas inseguras ou de alto tráfego Atividades domésticas, ao ar livre, noturnas Sites com alto consumo de eletricidade Sites com risco de explosão latente
< strong> Localização< /strong> Moradias, tipicamente Escadas, corredores, etc. Moradias, locais ao ar livre Fábricas, empresas, estádios, hospitais, etc. Operações de mineração, indústrias químicas, laboratórios, etc. Operações de mineração, indústrias químicas, laboratórios, etc. Operações de mineração, indústrias químicas, laboratórios, etc.

Existe outra classificação de lâmpadas de emergência?

As lâmpadas de emergência que são especificamente para sinalização, tais como lâmpadas de escape, podem ser divididas em três tipos: permanentes, não permanentes e combinadas. A seguir, descreveremos as características dessas variantes para que você possa considerar ao comprar.

  • Permanente. Este tipo de lâmpada é continuamente acesa, pois tem um mecanismo de emergência que impede que ela seja desligada. É essencial que durante as rotas de evacuação as luzes de sinalização sejam mantidas acesas no caso de um problema de energia.
  • Não-permanente. Este tipo de lâmpada de sinalização só é ligada quando há uma falha elétrica, de modo que elas normalmente estão localizadas em lugares menos arriscados do que as lâmpadas permanentes, que precisam de iluminação constante para evitar qualquer tipo de perigo.
  • Combinado. Essas lâmpadas, como seu nome sugere, combinam sistemas permanentes e não permanentes, pois possuem duas ou mais luzes, sendo que pelo menos uma delas é alimentada por um mecanismo de emergência que impede que seja desligada, e a outra só liga quando há uma falha elétrica.

Quais são as dicas para o uso de uma lâmpada de emergência?

É importante que você leve em conta certas dicas ou recomendações sobre o uso de lâmpadas de emergência para tirar proveito de seus benefícios e prolongar sua vida útil. Portanto, nós lhe daremos algumas dicas que o ajudarão no uso deste produto prático e versátil:

  • Isolar a lâmpada do calor. Para prolongar a vida útil da lâmpada de emergência, recomenda-se mantê-la longe de fontes de calor, como aquecedores, pois isso poderia danificá-la (especialmente se for feita de plástico) ou, pior ainda, causar um acidente.
  • Proteja-a dos elementos. Embora existam lâmpadas de emergência projetadas para uso externo, é melhor protegê-la com um teto ou beiral (especialmente se for feita de plástico). Estas precauções evitarão que o aparelho seja danificado a curto ou médio prazo pelo sol, chuva, vento, umidade, etc.
  • Sempre mantenha o aparelho carregado. Este fator é fundamental, já que muitas vezes esquecemos de recarregar as lâmpadas de emergência quando terminamos de usá-las, e quando precisamos delas novamente no caso de outro mau funcionamento ou corte de energia, elas estão sem bateria suficiente.
  • Verifique a etiqueta do produto. A lâmpada de emergência deve ter um selo ou etiqueta que certifique que ela está em conformidade com os padrões de segurança atuais para uso. Normalmente não prestamos atenção a este ponto, mas é extremamente importante evitar qualquer tipo de problema.

Quanto custam as luzes de emergência?

Os preços das lâmpadas de emergência dependem principalmente de seu tamanho, funções, materiais, tipo de luz, potência, marca, etc. No parágrafo seguinte nós lhe informaremos os custos aproximados deste dispositivo para que você tenha uma referência dos valores comerciais.

No mercado você pode encontrar lâmpadas de emergência de 25 BRL a 500 BRL, ou até mais, dependendo das características que mencionamos acima. Entretanto, você também pode obter produtos de excelente qualidade para entre 50 BRL e 75 BRL.

Existem diferentes variedades de lâmpadas de emergência no mercado, adaptadas a diferentes usos e necessidades. (Foto: Kittipong Jirasukhanont / 123rf.com)

Critérios de compra

Nesta última seção discutiremos os fatores mais importantes a serem levados em conta na compra de uma lâmpada de emergência, pois é um produto extremamente variado e versátil, e às vezes pode ser difícil escolher o modelo mais adequado de uma gama tão ampla.

Materiais

As lâmpadas de emergência são feitas de diferentes materiais que influenciam sua qualidade, resistência, durabilidade e custo. Agora nós lhe diremos quais matérias-primas são mais comumente usadas na produção deste produto.

  • Metal. Muitas lâmpadas de emergência são feitas de metal (principalmente alumínio), devido à qualidade, resistência e durabilidade desta matéria prima. O alumínio também suporta altas temperaturas, razão pela qual é geralmente usado em lâmpadas com alta tensão elétrica. As lâmpadas de emergência metálicas são normalmente usadas em locais que exigem muita energia elétrica, como fábricas, empresas e hospitais, mas também em espaços externos, sejam domésticos ou maciços (jardins, estádios, clubes, etc.), devido à tolerância do alumínio a intempéries.
  • Plástico. Embora o plástico seja menos resistente que o metal a altas temperaturas elétricas e vicissitudes climáticas, ele é um material amplamente utilizado para lâmpadas de emergência que não requerem voltagens muito altas, ou que estão localizadas em ambientes internos ou em espaços externos abrigados. O plástico também é muito mais barato que o alumínio ou outros metais, tornando-o uma ótima alternativa para ambientes menores. O material está disponível em diferentes qualidades que determinam sua resistência e durabilidade (e, claro, também seu custo).

O plástico e o metal são os materiais mais comuns usados na fabricação de iluminação de emergência. (Foto: Amornsak Meeprajum / 123rf.com)

Iluminação

Lâmpadas de emergência têm diferentes tipos de iluminação, que determinam a intensidade da luz que elas emitem. A seguir estão as principais características dos tipos de luz mais comumente usados para estes dispositivos.

  • Luzes LED. As luzes LED encurralaram o mercado porque são as luminárias que consomem menos energia elétrica (elas usam quase 80% menos do que outras luzes). Eles também são menos poluentes e, portanto, mais ecológicos. Além disso, eles são adequados para todos os tipos de iluminação de emergência. Na verdade, cada vez menos modelos com outros tipos de luminárias estão sendo fabricados atualmente (embora ainda possam ser encontrados), não apenas por causa da economia de energia e da facilidade de uso dos LEDs, mas também por causa de sua maior intensidade luminosa.
  • Halogênio. Estas são uma variante das lâmpadas incandescentes, mas com temperaturas de operação muito mais altas que as outras, o que aumenta significativamente seu desempenho e eficácia. Mesmo assim, eles não podem competir com a economia de energia oferecida pelas luzes LED. As luzes halógenas podem ser usadas para a maioria das variedades de iluminação de emergência. Entretanto, eles não são recomendados para lugares onde há alto consumo de eletricidade (estádios, fábricas, hospitais), pois utilizam mais energia do que os LEDs e fornecem menos iluminação.
  • Fluorescente. Eles são compostos de um bulbo de vidro ou tubo de vidro de diferentes tonalidades, que se caracteriza por sua potência e eficácia. Entretanto, elas levam vários segundos para acender e não economizam tanta energia quanto as luzes LED. As luzes fluorescentes são usadas em lugares que requerem iluminação intensa e poderosa. Entretanto, as luzes LED ultrapassaram a intensidade dessas lâmpadas e não superaquecem tanto, além da economia de energia e menos poluição.

Formato

As luzes de emergência vêm em diferentes formatos, adaptadas a cada uso, necessidade e preferência. Hoje em dia, este produto não só cumpre uma função prática, mas também uma função estética, de modo que você pode encontrar diferentes variantes muito coloridas e decorativas.

  • Rectangular. O formato retangular é um dos mais comuns e amplamente utilizado na fabricação de iluminação de emergência. Hoje você pode encontrar variantes muito mais modernas e vanguardistas, que ainda mantêm esta forma tradicional. As luzes de emergência mais comuns com este tipo de formato são as portáteis, embora você também possa encontrar modelos de fuga com formato retangular. No primeiro caso eles normalmente vêm com alças de transporte, tornando-os fáceis de se mover de um lugar para outro.
  • Rodada/quadrada. Lâmpadas de emergência em formato redondo ou quadrado são amplamente utilizadas em ambientes internos, fixadas na parede como luzes de teto (tanto fixas, embutidas ou suspensas). Alguns até vêm com um controle remoto para ligá-los e desligá-los automaticamente.
  • Slim. Lâmpadas de emergência com designs finos, além de serem altamente estéticas, são muito práticas para armazenar em espaços pequenos, ou para se mover de lugar em lugar (já que geralmente são muito mais leves). Este é um dos formatos mais modernos, funcionais e versáteis.

As luzes de escape são colocadas em locais estratégicos de evacuação, tais como escadas e corredores, para sinalizar as saídas de emergência. (Foto: Somchai Rakin / 123rf.com)

Usos

Cada variedade de luz de escape é aplicável a um tipo específico de uso (embora existam modelos adaptáveis a diferentes utilidades). Abaixo, mencionaremos os usos mais comuns dessas lâmpadas e quais modelos são usados em cada caso.

  • Trabalho. Ambientes de trabalho como lojas, empresas, fábricas, etc., que requerem energia elétrica para seu funcionamento contínuo e correto, geralmente usam lâmpadas de emergência que funcionam com o apoio de um gerador elétrico ou centro de baterias (especialmente aquelas com alto consumo elétrico). Por outro lado, essas lâmpadas também são usadas em hospitais, onde a necessidade de energia elétrica é ainda mais vital e indispensável. Nos estabelecimentos de saúde, assim como nas indústrias químicas, também são usadas lâmpadas de escape (para saídas de emergência) e lâmpadas à prova de fogo (para incêndios).
  • Ambiental. Lâmpadas de emergência para uso ambiental são aquelas que são usadas para marcar espaços públicos, como estradas ou rotas de saída. Lâmpadas de escape também são freqüentemente usadas nestes casos, embora não necessariamente tenha que haver um perigo iminente.
  • Doméstico. As lâmpadas para uso doméstico têm um propósito principalmente prático e funcional, pois nos permitem restabelecer as atividades diárias que requerem energia elétrica. As lâmpadas são usadas para este fim.

(Fonte de imagem em destaque: Kittipong Jirasukhanont/ 123rf.com )

Por que você pode confiar em nós?

Resenhas