digital em close em um leitor biométrico
Ultima atualização: 18 de julho de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

50Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre o leitor biométrico. Cada vez mais, esse dispositivo vem ganhando espaço em nosso dia a dia. Ele já está presente em caixas eletrônicos, escritórios modernos e smartphones de última geração.

Além de garantir mais segurança no acesso a ambientes e/ou serviços, o equipamento dá maior controle de informações. Você consegue saber, por exemplo, o horário exato que seus colaboradores chegaram ou saíram de sua empresa.

Neste Guia de Compra do ReviewBox Brasil, vamos falar de todas as vantagens dos leitores biométricos e mostrar quais são as melhores opções do mercado. Aí, você pode tomar uma decisão mais assertiva de compra.




Primeiro, o mais importante

  • Quando falamos de leitor biométrico, falamos de um equipamento está mais presente no nosso dia a dia que você imagina. Podemos ver a tecnologia em caixas eletrônicos, smartphones de última geração e escritórios modernos. Inclusive, ela já está sendo implementada gradativamente pela Justiça Eleitoral.
  • Praticidade, segurança, fácil instalação e maior controle de acesso. Essas são as principais vantagens de um leitor biométrico. Por outro lado, o equipamento exige certos cuidados. Eles não pode ficar exposto à luminosidade, principalmente a raios solares. Logo, seu uso é limitado a ambientes internos. Outro cuidado é em relação à limpeza constante do leitor.
  • Por conta de toda a tecnologia embutida no leitor biométrico, ele não é um produto barato. Seu custo varia entre R$ 500 e R$ 800.

Melhores modelos de leitor biométrico: Nossos favoritos

Se você pretende ter mais segurança e maior controle de acesso em seu escritório, você deve entender que a compra de um leitor biométrico é um investimento, não um custo. Quer saber quais são as melhores opções do mercado? Então, confira a lista abaixo:

Leitor biométrico digital e aartão RFID

Com design moderno e visual, o leitor biométrico LE 311E auxilia no controle de acesso de um ambiente. De maneira intuitiva, você instala o dispositivo em seu escritório para facilitar a entrada e saída de seus colaboradores.

Sabendo que existem pessoas que têm certo apagamento da impressão digital, o leitor biométrico possui a tecnologia RFID. Na prática, isso significa que ele também faz a autenticação por proximidade de um cartão. Basta manter o cartão a uma distância do leitor entre 3 e 6 centímetros.

Para facilitar, o aparelho faz sinalizações sonora e visual. Então, quando a operação é validada, o LED fica acesso em verde e emite um bipe curto.

Leitor biométrico para mais de um milhão de toques

O leitor biométrico FS-80h da Digiscan tem tempo de escaneamento do dedo de 0,01 segundo e vida útil acima de um milhão de toques. Sua alimentação é feita por entrada USB e conta com sistema Standby Active Sleep, que economiza energia. Pesa 120 gramas e mede 64 x 26 x 47,5 cm.

Leitor biométrico pequeno e versátil

O leitor biométrico Fingkey Hamster DX, da Nitgen, é pequeno e versátil, destacando-se pela facilidade de sua utilização. Pode ser utilizado em diversos momentos, sempre substituindo o uso de senhas pela impressão digital. É recomendado também para cartórios, para atender ao Provimento 74.

Guia de Compra

O leitor biométrico já é mais comum do que você imagina e neste Guia de Compra, você vai descobrir como esse equipamento de segurança e controle de acesso funciona e quais são suas vantagens. Vamos nessa?

 Imagem de um homem pressionando sua impressão digital em uma tela

O leitor biométrico substitui chaves, ao funcionar como um equipamento de controle de acesso (Fonte: nicoelninol: 70841272/ 123rf)

Como funciona um leitor biométrico?

O funcionamento de um leitor biométrico parte da premissa de que cada ser humano possui aspectos físicos únicos. A tecnologia pode se basear em diversas características do corpo humano, como digitais dos dedos, íris, geometria da mão e por aí vai.

Para tanto, é necessário fazer um cadastro prévio. Nos caixas eletrônicos, é comum solicitar a impressão digital. Após fazer o cadastro, você consegue acessar sua conta e realizar saques e transferências apenas com a digital dos dedos. Nem precisa mais de cartão.

Espera-se que, no futuro, as chaves de casas e carros sejam substituídos por leitores biométricos. Nesse caso, apenas as pessoas previamente cadastradas conseguem, por exemplo, entrar e sair de seu apartamento.

Aliás, a tecnologia de leitura de impressão digital já é comum nos smartphones mais modernos. Pressionando seu dedo no botão de início, você consegue acessar todos os dados do aparelho. Isso garante sua privacidade.

Quando instalar o dispositivo, você o conecta a um software. Assim, é possível ter acesso a todas as informações armazenadas no leitor biométrico. Então, você pode saber quem e quando entrou no seu escritório.

Quais as vantagens e desvantagens de um leitor biométrico?

Para entender todos os benefícios de um leitor biométrico, imagine um escritório com centenas de funcionários. Esse mundo de gente entra e sai em horários diferentes. É difícil manter um controle.

Mais: é provável que, a cada dia, um colaborador entre mais cedo e um outro saia mais tarde. Quem fica com a chave? Surge, aqui, o primeiro benefício do leitor biométrico.

O pequeno dispositivo substitui as chaves. Com o método de autenticação por cartão ou biometria digital, o equipamento libera e trava a porta de entrada.

Vale destacar que o leitor biométrico só permite a entrada e a saída de pessoas que foram previamente cadastradas com suas impressões digitais. Trata-se, portanto, de um mecanismo de segurança. Assim que encostar seu dedo no leitor, o dispositivo reconhece imediatamente sua identidade.

Outro ponto interessante do dispositivo é que ele armazena todas as informações das pessoas que passam. Por meio de um software que registra todos os dados do leitor, a parte administrativa do escritório consegue saber, por exemplo, o horário que as pessoas chegam e vão embora ao trabalho.

Do ponto de vista dos colaboradores, a vantagem fica por conta da praticidade. Isso porque ninguém precisa ficar carregando um monte de cartões ou chaves para entrar e sair do local de trabalho. Isso sem falar que o acesso se torna muito mais rápido.

Por fim, podemos destacar que a fácil instalação do aparelho. Não é preciso ser nenhum engenheiro para finalizar a implementação do mecanismo. Basta seguir o passo a passo manual do produto que, em pouco tempo, está tudo pronto!

No entanto, o valor é um pouco salgado. Como se tratam de um dispositivo de alta tecnologia, os leitores custam entre R$ 500 e R$ 800. A situação piora quando você precisa comprar mais de um leitor biométrico para instalar nos locais desejados.

Por mais tecnológico que seja o equipamento, ele tem uma limitação. Não é possível instalar leitores biométricos em ambientes externos. A exposição direta ao sol e à chuva diminui a sua eficiência e pode causar danificações.

De tempos em tempos, é preciso limpar a lente do dispositivo. O acúmulo de sujeira implica diminuição de eficiência da leitura de impressão digital. Aqui, o ideal é fazer a limpeza com uma fita adesiva.

Basta aplicá-la no acrílico de modo que cubra toda a lente. Na sequência, remova a fita por completo lentamente.

Vantagens
  • Mecanismo de segurança
  • Praticidade
  • Fácil instalação
  • Maior controle de acesso
Desvantagens
  • Preço elevado
  • Uso limitado a ambientes internos
  • Necessidade de limpeza específica

Quanto custa um leitor biométrico?

Por conta da tecnologia avançada, o leitor biométrico não é um dispositivo barato. O preço dos modelos varia entre R$ 500 e R$ 800. Normalmente, os mais caros aceitam dois tipos de autenticação: por biometria digital e proximidade de um cartão.

Onde comprar um leitor biométrico?

Sem muitas dificuldades, você consegue comprar um leitor biométrico na internet. Na Amazon brasileira, por exemplo, você encontra os mais variados modelos, desde os mais simples até os mais sofisticados.

Entre outras opções de confiança, podemos destacar Shoptime, Kalunga e Submarino. Se quiser um atendimento mais especializado, pode fazer a compra em lojas dedicadas à automação, como ZIP Automação e Automatizando.

Critérios de compra: como comparar os modelos de leitor biométrico

Todos os modelos de leitor biométrico têm como finalidade garantir mais segurança, praticidade e controle no acesso de pessoas a determinados ambientes ou serviços. Mas existem algumas características que mudam de aparelho a aparelho. Descubra quais são elas antes de fazer a compra:

Sinalização do equipamento

Para avisar o usuário se a operação foi realizada com sucesso ou falhou, o equipamento emite uma sinalização. Ela pode ser através de uma iluminação LED, bipe ou mensagem de voz.

Por exemplo, quando você posiciona seu dedo de forma errada, o leitor biométrico emite um som de bipe por duas vezes. Ao repetir a operação com sucesso, o bipe é acionado apenas uma vez.

Pode parecer bobagem, mas esse é um detalhe importante a ser definido antes da compra do aparelho. Se houver pessoas com deficiência auditiva em seu ambiente de trabalho, é interessante que o dispositivo também emita uma sinalização visual.

Métodos de autenticação

Via de regra, os leitores biométricos têm como método de autenticação a impressão digital dos dedos. No entanto, algumas pessoas apresentam apagamento parcial da impressão digital, o que dificulta a eficiência do dispositivo.

Para que elas possam ser liberadas com velocidade, alguns aparelhos vêm com a tecnologia RFID. Ela permite a autenticação tanto por proximidade de cartão quanto por digital dos dedos. Normalmente, esses modelos custam um pouco mais caro.

Design

Que tal ter a segurança, praticidade e controle de acesso em leitor biométrico bonito e discreto? Esse seria o melhor dos mundos, né? Por isso, quando for comprar seu dispositivo, não deixe de prestar atenção em seu design.

O ideal é que ele seja elegante e combine com o ambiente em que deseja fazer a instalação. Afinal de contas, você não precisa estragar a decoração da sua casa por conta de um mecanismo de segurança, né?

(Fonte da imagem destacada: George Prentzas/ Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Elen Gonçalves Graduada em Mecatrônica
Os anos morando e estudando na Europa ajudaram a despertar em Elen uma paixão pelos eletrônicos que a levou a estudar mecatrônica. Discutir assuntos relacionados a esse universo é o que ela mais gosta de fazer. Principalmente se for online, onde é possível compartilhar seu conhecimento com milhares de pessoas ao mesmo tempo.