Imagine você comprando em uma loja que não tenha um leitor de código de barras no caixa. Se o cliente da sua frente comprar muitos produtos, certamente você vai ficar um bom tempo na fila até ser atendido.

Convenhamos, isso é frustrante! E também é um tiro no pé do comerciante que precisa dar baixa do produto no estoque manualmente a cada venda. Além de muito trabalhoso, trata-se de um processo passível de erro.

Quem possui um comércio – seja de pequeno ou grande porte – sabe da importância de contar com uma leitora ótica. De imediato, percebe-se os benefícios: agilizar o atendimento ao cliente e precisão nos dados.

Uma boa notícia é que existem inúmeras fabricantes de leitores de códigos de barras. Com uma grande variedade de ofertas, é possível encontrar opções acessíveis e de qualidade. Para saber quais são os modelos mais adequados às suas necessidades, continue acompanhando este artigo!

Primeiro, o mais importante

  • De acordo com o GS1, agência que emite os números todos os códigos de barras do mercado, aproximadamente cinco bilhões de códigos de barras são escaneados todos os dias no mundo inteiro.
  • As vantagens das leitoras óticas são inúmeras: precisão nos dados, agilidade nos processos, e ótimo custo-benefício.
  • Você pode utilizar o leitor de código de barras em diversos setores do seu estabelecimento comercial, como na recepção da mercadoria, no depósito e no terminal do ponto de venda. No entanto, cada situação exige um tipo de aparelho.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores leitores de código de barras

Sabemos que um leitor de código de barras é um item indispensável para certos tipos de negócio. Portanto, comprá-lo não deve ser visto como um custo, mas sim um investimento. Quer saber quais são as melhores opções do mercado? Confira a nossa lista abaixo:

1° – Leitor de código de barras Honeywell 1980i, Industrial, 1D e 2D, com fio

A Honeywell é, sem dúvida, uma das melhores marcas quando se trata de leitor de código de barras. Esse modelo possui tecnologia capaz de ler códigos de barras 1D e 2D de 15 cm até 15 metros.

Ele é omnidirecional e, embora possua fio, esse modelo promete alto desempenho e velocidade em suas leituras. Pesa apenas 335 g e opera em potência de 2,35 W.

Ele possui um mira brilhante visível, com bipe configurável e indicadores de leitura fornecem feedback imediato. Esse leitor suporta 5.000 quedas em concreto de uma altura de 1 m, sendo altamente resistente.

2° – Leitor de código de barras Zebra DS2278, Imager 2D, sem fio

Esse modelo da Zebra, marca referência no mercado de leitor de código de barras promete facilitar o dia a dia. Seu custo é um dos mais elevados, mas quem usa garante compensar o investimento. Esse modelo é um dos mais bem avaliados no site da Amazon.

Ele tem capacidade de captura omnidirecional de códigos 1D e 2D, isso facilita a leitura de diferentes etiquetas. Possui a tecnologia Zebra Scan-to-Connect, garantindo leitura por Bluetooth através de tablets, smartphones ou computadores.

É ideal para pontos de venda em varejo. O produto pode ser passado a uma distância de 0,5 cm a 35,6 cm. Esse modelo promete velocidade, agilidade e mobilidade.

3° – Leitor De Código De Barras Fixo Datalogic Magellan 3200 Vs I

O leitor de código de barras fixo Datalogic Magellan 3200VSi é omnidirecional, isso quer dizer que ele lê mais facilmente codificações 1D, GS1 Databar e 2D QR Code, mesmo que alguns códigos estejam um pouco apagados ou defeitos na impressão.

É indicado para quem tem alto volume de vendas diárias,como supermercados. Ele facilita passar o produto em qualquer direção e já pegar o código na primeira passada. Ele ainda conta com a tecnologia Illumix, permitindo a leitura de códigos de barras a partir de telas de celulares e computadores.

4° – Leitor de Código de Barras Fixo Elgin EL5220 2D

Quem pretende agilizar o trabalho de check-out para reduzir filas no comércio encontra no leitor de código de barras fixo Elgin EL5220 2D uma ótima opção. Com tecnologia Area Imager, ele interpreta códigos 1D ou 2D, com baixa qualidade ou mesmo danificados.

Como possui LEDs brancos, seu brilho não incomoda os olhos de quem está utilizando. O leitor vem acompanhado de um suporte que permite ajustar o ângulo de leitura, deixando suas mãos livres.

Por fim, é importante ressaltar que o equipamento não lê boletos bancários. Por isso, o ideal é utilizá-lo em estabelecimentos comerciais com alto volume de vendas, como caixas de supermercados.

5° – Leitor de Código de Barras Bematech Laser S-500

Esse leitor de código de barras no modelo pedastal da Bematech, possui um ótimo custo-benefício. Ele tem um design moderno e grande velocidade de leitura, 500 leituras por segundo. Sua leitura é dinâmica e intuitiva, oferecendo alto desempenho com sinais sonoros e luminosos.

Ele possui uma função que elimina os erros de digitação. Utiliza tecnologia Linear Laser e sua fonte de luz é diodo de 650nm. A distância de leitura e de 35 a 220 mm, e o ângulo de 52°.
Ele ainda conta com indicadores de LED verde, vermelho e azul.

Guia de Compra

Atualmente, não dá para imaginar um comércio que não utilize um leitor de código de barras. Além da praticidade e rapidez na coleta de dados no dia a dia, o aparelho contribui bastante na organização das informações da empresa, como no controle de estoque.

Em nosso Guia de Compra, você saberá quais são as vantagens e desvantagens do leitor de código de barra, bem como a faixa de preço e os melhores lugares para comprá-las. Vamos lá!

Mão usando um leitor de código de barras em uma caixa de papelão

Um leitor de código de barra pode agilizar muito o trabalho em pequenas e grandes empresas. (Fonte: rido / 123rf)

 O que é um leitor de código de barras?

Não adianta oferecer ótimos descontos no seu estabelecimento comercial, se você frustrar o cliente na última etapa da compra. Afinal de contas, ninguém gosta de perder tempo em filas de supermercados, lojas e afins, né?

Para resolver esse impasse, entra em cena o leitor de código de barras. O aparelho consegue, em questão de segundos, interpretar as informações dos códigos de barras e passá-las de forma codificada para um computador. Na prática, isso significa agilizar a operação e aumentar a produtividade do seu time de caixa.

Mas essa está longe de ser a única vantagem de uma leitora ótica, confira todos os benefícios na seção abaixo.

Quais as vantagens e desvantagens de um leitor de código de barras?

O equipamento também garante a precisão nos dados. Como os códigos de barras são uma espécie de impressão digital – são únicos e intransferíveis – eles reúnem todas as informações de um único produto.

Essa vantagem possibilita melhorar seus processos logísticos. Um exemplo é quando você passa um item no caixa da loja. Automaticamente, a leitora dá a baixa do produto no seu estoque. No fim das contas, você tem mais precisão nos pedidos aos fornecedores.

Aqui, a tecnologia substitui todos aqueles processos manuais que são sujeitos a erros, como uma digitação equivocada.

Caixa entregando máquina de cartão para cliente.

A agilidade no atendimento é um dos segredos da fidelização do cliente. (Fonte: FreePik)

Com tantas alternativas que o leitor de código de barra oferece, é possível pensar que se trata de um aparelho bem complexo para manuseá-lo. Mero engano. O equipamento é extremamente intuitivo.

Não tem segredo, conecte o aparelho ao seu computador que ele já começa a funcionar. Aí, basta direcionar o código de barras de determinado produto no leitor e ver a mágica acontecer: todas as informações relacionadas ao item de venda aparecem na tela do seu computador.

Em meio a tantas vantagens, podemos afirmar que você garante a satisfação de seus clientes por conta da rapidez e precisão no atendimento.

Por outro lado, sabemos que um leitor de código de barras não será o suficiente para gerir todo o seu negócio. Afinal de contas, você utiliza o aparelho nos terminais de pontos de vendas, no estoque, na área de recebimento de mercadorias e por aí vai.

Nesse sentido, dependendo do tamanho do seu comércio, será preciso comprar dois ou mais aparelhos. Além de aumentar o seu investimento, é importante frisar que os modelos mais modestos apresentam dificuldades para ler códigos de baixa resolução e em embalagens cilíndricas e molhadas.

Vantagens
  • Precisão nos dados
  • Agilidade nos processos
  • Fácil instalação
  • Custo-benefício
Desvantagens
  • Modelos baratos não funcionam em embalagens cilíndricas, molhadas ou de baixa resolução
  • Um único leitor não será suficiente para o seu comércio

Qual a diferença entre códigos de barra 1D e 2D?

Basicamente, os códigos de barras são classificados em dois tipos: códigos lineares ou de uma dimensão (1D) e códigos bidimensionais (2D). Usados desde a década de 1960, os códigos de barras 1D são os mais comuns e têm um preço bem acessível. De modo geral, eles são criados por meio de linhas verticais e paralelas.

A capacidade de armazenamento dos códigos lineares é limitada: entre 12 e 20 caracteres. Dessa forma, registra-se apenas nome do produto, bem como sua marca e preço.

Por sua vez, os códigos de barras 2D nascem a partir da necessidade de armazenar mais dados. Na década de 1990, montadoras japonesas desenvolveram o novo modelo para rastrear veículos em processo de produção.

Contendo informações horizontais e verticais, os códigos bidimensionais têm uma capacidade de armazenamento de até 1.000 caracteres. Nesse sentido, é possível incluir informações muito mais detalhadas do produto em questão, como nome, lote, número de série, preço e por aí vai.

Mulher passando compra em caixa de supermercado, funcionária passando produto em leitor de código de barras.

Os leitores podem ser 1D ou 2D, aprenda as diferenças para fazer a compra certa. (Fonte: Dmitry Kalinovsky / 123rf)

Qual é o leitor de código de barras ideal para o seu estabelecimento?

A escolha do seu leitor de código de barras não pode ficar limitada ao preço do produto. É preciso levar em consideração outros fatores, como formato, tecnologia e, claro, a necessidade do seu comércio.

Quer ver um exemplo? Os leitores manuais sem fio são usados por operadores que ficam em movimento constantemente, como nas áreas de recepção e depósito de mercadorias. Por sua vez, os aparelhos fixos são ideais para caixas de supermercados, graças à sua velocidade de leitura.

Leitor manual com fio Leitor manual sem fio Leitor fixo
Mobilidade Limitada, pode ser usado apenas em uma estação de trabalho Maior mobilidade, pode ser usado em diversos setores do seu comércio Limitada, pode ser usado apenas em uma estação de trabalho
Campo de leitura Reduzido, é preciso aproximar bem o produto do leitor Reduzido, é preciso aproximar bem o produto do leitor Possui várias linhas de leitura, tem mais facilidade e rapidez para interpretar os códigos.
Gatilho Necessidade de apertar para realizar a leitura Necessidade de apertar para realizar a leitura Sem necessidade de apertar para realizar a leitura
Conexão Cabo USB Bluetooth Cabo USB
Preço É o tipo de leitor com o preço mais acessível do mercado Por conta da tecnologia Bluetooth, custa um pouco mais caro que os leitores manuais com fio É o tipo de leitor que apresenta os preços mais caros do mercado
Estabelecimento ideal Estabelecimentos de pequeno porte, que não têm grande variedade de produto e baixo fluxo de pessoas, como uma papelaria Áreas de recepção e depósito de mercadorias e local de embarque em aeroportos Estabelecimentos que possuem uma grande variedade de produtos e alto fluxo de pessoas, como caixas de supermercados

CCD, Laser ou Area Imager: Devo escolher um leitor com qual tecnologia?

A tecnologia de leitura dos aparelhos também faz toda a diferença e, portanto, deve ser um fator para se levar em conta na hora da compra. Aqui, vamos avaliar as características dos modelos CCD, a laser e Area Imager. Confira a tabela comparativa abaixo:

CCD Laser Area Imager
Distância para leitura Com uma área de leitura pequena, exige-se uma distância muito curta entre o aparelho e o produto Consegue interpretar códigos a uma distância maior, de até 15 cm A tecnologia mais moderna possibilita leituras a distâncias superiores que os outros modelos
Performance Só consegue interpretar códigos 1D e que estejam em boas condições Só reconhece códigos 1D, mas consegue captar códigos de baixa qualidade e em superfícies não lineares Mais robusto, interpreta códigos 1D e 2D, além de reconhecer códigos em monitores e smartphones
Preço Preço mais acessível do mercado Um pouco mais caro que os leitores CCD Preços mais caros do mercado
Estabelecimento ideal Recomendado para operações reduzidas, como cadastro de produtos em escritórios e pagamentos de boletos bancários Pode ser utilizado em caixas de supermercado, uma vez que lê rapidamente códigos em diferentes embalagens Além de caixas de supermercados, também pode ser utilizado em serviços que usam códigos 2D, como venda de ingressos de cinema por smartphone

Quanto custa?

Leitor fixo. Leitor Bluetooth. Leitor CCD. Enfim, o mercado apresenta uma grande oferta de leitoras óticas de código de barras. Na prática, é possível encontrar os mais variados valores.

Você pode encontrar leitores de R$ 100 a R$ 5.000. Leitores muito baratos podem ter um funcionamento muito limitado, vale a pena investir em, pelo menos, um modelo intermediário.

Onde comprar?

Sem muitas dificuldades, você consegue comprar um leitor de código de barras na internet. Na Amazon, por exemplo, você encontra os mais variados modelos, desde os mais simples até os mais sofisticados.

Outras opções são marketplaces, como Extra, Carrefour, Submarino, Americanas, Kalunga e por aí vai.

Critérios de Compra: Principais características para avaliar em um leitor de código de barras

A essa altura do campeonato, você já deve estar careca de saber da importância de uma leitora ótica para o seu comércio. Apesar de todas funcionarem como uma mão na roda, elas apresentam certas particularidades. Para você não errar na hora da compra, confira quais são os principais pontos para se prestar atenção:

  • Especificações adequadas às necessidades do seu negócio
  • Capacidade de leitura
  • Conexão
  • Design

Confira cada um deles em detalhes, para que você possa fazer a melhor escolha na hora da compra.

Especificações adequadas às necessidades do seu negócio

É preciso combinar as especificações do produto e as necessidades do seu negócio. Se você possui um pequeno estabelecimento que comercializa poucos itens, uma alternativa mais acessível é contar com um leitor manual CCD. Ele consegue identificar apenas códigos grandes e com alta resolução.

Para tomar a melhor decisão na hora de comprar o seu leitor de código de barras, vale a pena assistir ao vídeo abaixo e responder às perguntas dele:

Já os leitores com tecnologia Area Imager são recomendados para negócios de grande porte que trabalham com uma variedade enorme de produtos e têm fluxo intenso de pessoas.

Isso porque, independentemente do formato da embalagem, eles são capazes de interpretar códigos de barras grandes e pequenos, 1D ou 2D, com alta resolução ou baixa qualidade.

Capacidade de leitura

Há situações em que um leitor de código de barras mais sofisticado não atende à necessidade do seu negócio. Quer ver um exemplo?

Se você realiza muitos pagamentos de boletos bancários, um leitor fixo não vai ajudá-lo. Ele não consegue identificar boletos bancários.

Para não ficar frustrado depois da compra, é fundamental descobrir a capacidade de leitura do aparelho que você deseja comprar.

Se você trabalha com produtos em embalagens cilíndricas ou molhadas, por exemplo, recomenda-se comprar um equipamento com tecnologia Area Imager. Isso porque ele consegue interpretar códigos de barras que estejam com baixa qualidade e parcialmente danificados.

Por fim, procure saber se o aparelho que você pretende comprar consegue ler códigos de barras 1D e 2D.

Conexão

Outro detalhe importante que deve ser observado antes da compra de um leitor de código de barras está na sua conexão. Os modelos mais comuns se conectam ao computador por meio de um cabo USB.

Aí, o processo de configuração é muito simples. Basta plugar o leitor no computador, abrir o software de automação comercial e pronto: já pode começar a trabalhar.

Apesar de alguns modelos possuírem cabos extenso – de até 2 metros de comprimento – com modelos USB você não tem muita mobilidade. Se você pretende se ver livre de fios, o ideal é comprar um código de barras Bluetooth que pode ser levado para todos os cantos do seu estabelecimento comercial.

Uma vantagem é que você consegue atender os clientes onde estiver mais tranquilo. Não precisa concentrá-los em uma única fila. Esse modelo também é muito utilizado em aeroportos na hora de validar o ticket dos passageiros.

Por outro lado, o equipamento sem fio exige mais trabalho na hora de realizar a configuração. Isso sem falar que você precisa ficar atento à sua autonomia. Já pensou acabar a bateria bem no meio de um atendimento de caixa?

Design

Se você opta por um modelo manual, é importante prestar atenção no design do leitor de código de barras. Como você vai ficar horas mexendo e apertando o gatilho de leitura, ele precisa ser ergonômico e leve.

Quanto aos modelos fixos, vale ficar atento ao tamanho. Eles precisam ser compactos para caber bem na sua estação de trabalho.

(Fonte da imagem destacada: PublicDomainPictures / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
24 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...