Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. No artigo de hoje vamos te ajudar a escolher um item fundamental para quem gosta de cozinhar: livros de gastronomia.

Fundamentais para quem quer aprender, aperfeiçoar ou desenvolver suas técnicas e habilidades culinárias, os bons livros de gastronomia focam não só na técnica dos preparos, mas também na sua história, importância e, principalmente, nos detalhes da parte prática e todos os processos envolvidos no preparo de pratos e receitas.

Siga conosco nessa leitura e confira as melhores opções do produto, além das características para as quais você deve atentar para fazer a melhor escolha de livro de gastronomia.

Primeiro, o mais importante

  • O mercado oferece diversas opções de livros de gastronomia. Para escolher o ideal, comece definindo o objetivo da leitura, e escolha de acordo com os temas abordados e o estilo desejado.
  • Categoria, edição, tipo de capa, número de páginas, editora, autor e tipo de conteúdo são algumas das características a serem consideradas no momento da compra.
  • Os preços variam muito. É possível encontrar livros de gastronomia básica na versão digital a partir de R$ 1,99, enquanto edições físicas versões mais sofisticadas podem custar mais de R$ 300.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores livros de gastronomia

Seja para estudantes de gastronomia, chefs profissionais, amadores ou para pessoas comuns apaixonadas ou simplesmente curiosas com a arte gastronômica, existem títulos que são clássicos e de leitura indispensável.

Confira nossa seleção com alguns dos livros de gastronomia que você precisa ter na sua coleção:

1º – Le Cordon Bleu: Todas as técnicas culinárias

Considerado a bíblia da escola de culinária mais prestigiada do mundo, esse livro é um guia completo e ilustrado de ingredientes e técnicas, das simples até as mais avançadas.

Com mais de 800 segredos de preparação e técnicas de cozinha, inclui dicas, sugestões e receitas dos tops chefs da escola. Traz receitas da cozinha clássica francesa e italiana às tradições do Oriente. Um clássico da cozinha de todas as épocas.

2º – Chef profissional – Instituto Americano de Culinária

Obra do Instituto Americano de Culinária, é essencial para qualquer chef ou aspirante que deseje aprender e aperfeiçoar suas técnicas. Propõe uma análise do trabalho do chef, além de capítulos específicos sobre molhos, sopas, carnes, vegetais, grãos, café da manhã, bolos, pães etc.

Com receitas simples e preparações mais sofisticadas, inclui informações essenciais sobre nutrição, segurança alimentar e da cozinha, equipamentos e ingredientes, assim como mais de 640 receitas e suas variações.

3º – 400 Gramas. Técnicas de Cozinha – Escola Wilma Kovesi de Cozinha

Único no país, é resultado da união dos quatro profissionais da Escola Wilma Kovesi de Cozinha: Betty Kovesi, Carlos Siffert, Carole Crema e Gabriela Martinol, em esforço comum de criar o primeiro livro de técnicas de culinária do Brasil.

Com mais de 300 receitas, une teoria e prática, e convida o leitor a experimentar os vários caminhos da cozinha para achar a sua própria expressão.

Guia de Compra

Até mesmo para tarefas puramente práticas como cozinhar, conhecer a teoria e a ciência por detrás de cada procedimento eleva o grau de compreensão, aptidão e satisfação no desenvolvimento da tarefa. Para esse refinamento de conhecimentos e habilidades, os livros de gastronomia são ideais, trazendo a união perfeita entre a técnica e o conhecimento.

Acompanhe o Guia de Compra para aprender tudo sobre o produto e saber escolher a versão perfeita para te acompanhar em suas aventuras e experiências culinárias.

Moça prepara ingredientes de receita enquanto consulta livro de gastronomia.

Mais do que nas receitas, os livros de gastronomia focam nas origens e técnicas de preparo de alimentos
(Fonte: Siarhei Lentes / 123rf.com)

O que são os livros de gastronomia?

Os livros de gastronomia são publicações assinadas por chefs, gastrônomos, ou instituições de excelência em gastronomia.

Contam com receitas, informações técnicas, históricos e outros dados.

Eles se caracterizam por compilar não apenas receitas, mas informações técnicas, históricos, contextualizações, explicações, cálculos dentre outras especificidades da arte culinária.

Disponíveis em versões para iniciantes ou chefes profissionais, eles podem abordar os mais variados temas relacionados à gastronomia, como nutrição, combinação de alimentos, ornamentação e harmonização de pratos, desenvolvimento de cardápios e muito mais.

Quais as vantagens de investir em livros de gastronomia?

Nem só de comer vivem os apaixonados por gastronomia. Quem nutre essa paixão costuma gostar de aprender, conhecer pesquisar e experimentar, e tem nos livros de gastronomia a fonte perfeita para essas experiências.

Embora existam versões básicas bem generalistas, existem também os livros que são mais aprofundados, explorando a fundo um tipo de culinária ou uma especialidade da cozinha.

Uma das maiores vantagens dos livros de gastronomia é que, embora os equipamentos, ingredientes e procedimentos possam mudar e evoluir com o tempo, a maior parte do conteúdo se mantém sempre atual, tornando uma coleção de livros de gastronomia um bem atemporal, que pode tranquilamente ser passado de pai para filho.

Vantagens
  • Aborda várias etapas da cadeia gastronômica
  • Conteúdo é atemporal
  • Existem versões para todos os níveis de habilidade
  • Existem versões específicas para tipos de cozinha e vertentes culinárias
Desvantagens
  • Edições de renome custam caro

Como escolher o livro de gastronomia ideal?

O livro de gastronomia ideal é um conceito que varia de pessoa para pessoa. Para eleger a melhor opção deve-se levar em conta o perfil do leitor e seus propósitos com a leitura, atentando às principais características do produto e ponderando em como elas se adequam às suas necessidades.

Se a intenção é conhecer ou se aprofundar na arte da gastronomia como um todo, esse tipo de livro é o ideal. Escolha edições que abordem temas de seu interesse. Cozinha mundial, confeitaria, cozinha brasileira são alguns exemplos.

Para uma visão menos aprofundada, os livros de receitas são uma boa opção. Compare:

Livro de receitas Livro de gastronomia
Características Foco nas receitas, quantidades e ingredientes Foco nas técnicas, histórico e truques de preparos
Usos Consulta durante preparo de receitas Para pesquisa, estudos, leitura recreativa e consulta durante preparo de receitas
Diferenciais Tem foco principal nas receitas e forma de preparo Detalha não receitas, mas origens, processos, técnicas de preparo, conservação, dicas, etc

Como conservar os livros de gastronomia?

Embora ler seja uma das melhores formas de aprendizado também na gastronomia, colocar em prática esse conhecimento também é fundamental.

Diferente de um livro de literatura, o livro de gastronomia vai ser lido, relido e consultado à exaustão.

E é nesse momento – quando vai para a cozinha como fonte de consulta – que ele corre sérios riscos. Enquanto você está com a mão na massa, seu exemplar está exposto a umidade, gordura e respingos típicos de uma cozinha em uso.

Conheça cuidados ajudam a conservar melhor seu livro, mesmo com uso frequente:

  • Prefira edições impressas em papel com brilho ou papel revista, que são menos propensos a pegar gordura;
  • Guarde os livros em armários ou gavetas, ou deixe em outro cômodo onde não fiquem expostos à umidade e gordura;
  • Use um suporte de mesa ou parede para apoiar o livro;
  • Marque a página em uso com um marcador. Fica mais fácil localizar depois, caso o livro se feche por acidente;
  • Mantenha o livro a uma distância segura da área de respingos;
  • Lave e seque completamente as mãos antes de virar as páginas;
  • Se desejar acrescentar anotações ou observações sobre a receita, utilize papéis autocolantes, do estilo Post-it.

Muita gente acredita que nada substitui a satisfação da cópia física na mão no momento da leitura. Mesmo assim, outra boa opção de conservação, caso você disponha de um tablet, kindle ou e-reader, é investir em e-books, que não estarão sujeitos ao desgaste do uso.

Livro de gastronomia ao lado de uma colher de pau e temperos.

Se bem cuidados, os livros de gastronomia podem durar por muitos anos. (Fonte: Bru-nO / Pixabay.com)

Quanto custa os livros de gastronomia?

Os valores dos livros de gastronomia vão variar de acordo com a edição, o tipo de capa, número de páginas, editora, autor e tipo de conteúdo, dentre outras variáveis. É possível adquirir e-books de gastronomia básica por valores bem em conta, a partir R$ 1,99.

No entanto, versões físicas de livros de gastronomia avançada, assinados por chefs renomados, grandes institutos de gastronomia, ou em edições especiais podem custar entre mais de R$ 300 até milhares de reais, no caso de coleções.

Onde comprar os livros de gastronomia?

Você pode comprar seus livros físicos de gastronomia em livrarias como a Leitura, Saraiva ou Livraria Cultura. No entanto, é nas lojas de e-commerce como Amazon, Submarino e Saraiva que você encontra a maior variedade de exemplares e edições de livros de gastronomia.

Os e-books, por sua vez, estão disponíveis apenas nas plataformas de venda online. Você pode adquiri-los pelo site ou diretamente do seu e-reader, caso o modelo ofereça a opção de acesso à internet.

Livro de gastronomia ilustrado aberto sobre toalha de mesa xadrez.

Livros ilustrados ajudam o leitor a compreender melhor as técnicas e receitas apresentadas
(Fonte: RitaE / Pixabay.com)

Critérios de Compra: Fatores para comparar os livros de gastronomia

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre os livros de gastronomia, listaremos algumas das características importantes para que você possa comparar e reconhecer a melhor opção para aprimorar seus dotes culinários. São elas:

  • Categoria
  • Capa e encadernação
  • Autor
  • Fontes e imagens

Para que não restem dúvidas, confira o detalhamento dos tópicos:

Categoria

Os livros de gastronomia podem ser categorizados de algumas formas. São elas:

  • Nível: Nessa classificação, os livros indicam o nível de conhecimento em culinária do público alvo, podendo ser básico, iniciante, intermediário, avançado, profissional, etc;
  • Vertente: Indica o tipo de culinária que será abordada no livro, podendo ser a cozinha mundial, francesa, alemã, brasileira, asiática, dentre outras;
  • Especialidades: Alguns livros têm foco em módulos específicos da gastronomia, como confeitaria, pães, massas, carnes, peixes, etc;

Escolha de acordo com os seus principais interesses e seus níveis de conhecimento no assunto.

Capa e encadernação

Se você optar pela versão física do livro de culinária, o tipo e a qualidade da capa e da encadernação são características que merecem muita atenção. Como já comentamos, diferente de um livro de literatura, o livro de gastronomia vai ser lido, relido, consultado e revisitado à exaustão.

Por isso, prefira modelos de capa dura ou reforçada, que são mais duráveis e resistentes. Atente, ainda, para a encadernação do exemplar. Ela deve permitir a abertura do livro em 180º sem forçar a lombada, emendas ou costuras.

Assim você poderá apoiar manter o aberto enquanto cozinha sem precisar forçar para que ele se mantenha na página correta.

Autor

Embora grande parte dos livros de gastronomia seja de autoria de Chefs de cozinha e gastrônomos prestigiados, existem também os livros assinados por grupos de profissionais, ou por instituições de excelência em gastronomia, como é o caso dos livros aclamadíssimos do Le Cordon Bleu, por exemplo.

Antes de escolher, pesquise sobre os autores e suas trajetórias, suas especialidades e técnicas famosas para se certificar que o conteúdo segue as vertentes culinárias de seu interesse.

Além da autoria, fique atento também à edição, tradução e adaptação da obra escolhida. Muitos livros, especialmente os de cozinha internacional ou de autoria de chefes estrangeiros, demandam revisões técnicas e adaptações de receitas para que o conteúdo se adeque à nossa realidade de ingredientes e tecnologias.

No Brasil, a editora Senac é a melhor do mercado no ramo em publicações gastronômicas, sempre apostando em grandes nomes para as revisões técnicas e adaptações das obras.

Fontes e imagens

O tipo de fonte e sua legibilidade, bem como a presença de fotos, imagens gráficos e ilustrações na edição do livro de gastronomia fazem toda a diferença.

Embora diferentemente dos livros de receita, os livros de gastronomia foram feitos para a leitura de cabo a rabo em vez da simples consulta de receitas e processos, essas consultas também serão frequentes.

Por isso é de extrema importância que o livro seja de boa legibilidade, e que abuse dos artifícios gráficos. Essas características facilitam a consulta durante o preparo de receitas, e ajudam leitor a compreender melhor as técnicas e receitas apresentadas.

(Fonte da imagem destacada: Alexander Raths / 123RF)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
21 Voto(s), Média: 5,00 de 5
Loading...