Imagem de uma moça lendo um livro.
Ultima atualização: 8 de março de 2020

Como escolhemos

10Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

59Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre os livros de Clarice Lispector, reconhecida como uma das maiores escritoras do século XX, por sua narrativa moderna e escrita singular.

Um dos diferenciais de Clarice Lispector era a sua versatilidade. A autora escreveu em diferentes gêneros literários: do conto ao romance, da crônica à novela, entrevista à correspondência e até literatura infantil.

E a escritora se destacava em todos esses gêneros. Se você deseja conhecer um pouco mais sobre a biografia de Clarice Lispector e entender por que suas obras são tão populares, continue lendo este artigo.




Primeiro, o mais importante

  • Embora escrevesse sobre diferentes gêneros literários, Clarice Lispector sempre foi aclamada pelo público e crítica por seus romances. Durante sua carreira, a autora publicou seis romances.
  • Você encontra os livros de Clarice Lispector em volumes ou coletâneas, as mais populares são: Todos os Contos, Todas as Crônicas e Todos os Romances (dois volumes).
  • As obras de Clarice Lispector foram traduzidas para mais de dez idiomas além do português como inglês, espanhol, italiano, francês, alemão, basco, catalão, holandês, romeno, sueco e turco.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores livros de Clarice Lispector

Se você não conhece os livros de Clarice Lispector ou está em dúvida sobre qual escolher, confira nossa seleção com os títulos mais populares da autora e escolha o seu favorito.

1º - Perto do coração selvagem

O romance de estreia de Clarice Lispector é uma obra de caráter existencialista, que narra a história de Joana, por meio de uma fusão temporal entre passado (infância) e presente (vida adulta).

Todas essas fases são narradas através do ponto de vista subjetivo – pensamentos e interpretações dos fatos vividos. Joana está sempre em busca de respostas para suas perguntas – embora nunca as encontre.

2º - A Hora da Estrela

Em A Hora da Estrela, conhecemos a história de Macabea, jovem ingênua e sonhadora, de origem nordestina, que se muda para o Rio de Janeiro para trabalhar como datilógrafa e morar com uma tia.

Macabea vive sem muitas emoções até que em visita a uma cartomante, descobre que sua vida mudaria completamente. Com olhar crítico, Clarice Lispector traça a jornada de nordestinos entregues a própria sorte em busca de oportunidades.

3º - A paixão segundo G.H.

Em A Paixão Segundo G.H. acompanhamos a história de uma mulher de classe média que resolve organizar a casa após despedir sua empregada doméstica. Ao chegar ao quarto da funcionária depara-se com algo surpreendente.

A narrativa acompanha o fluxo de consciência dessa mulher, em uma aventura ruma à própria redescoberta, ao mesmo tempo em que provoca no leitor uma reflexão sobre a vida.

Guia de Compra

Uma das escritoras mais aclamadas da literatura brasileira e importante expoente para a representação da figura feminina na literatura, Clarice Lispector desperta o interesse e encanto em leitores de todas as idades.

A autora transitou por diversos gêneros literários: romance, novela, conto, crônicas, entrevista e até literatura infantil. Quer saber um pouco mais sobre a história e livros de Clarice Lispector? Continue lendo este Guia de Compra.

Imagem de uma moça em um piquenique.

Os livros de Clarice Lispector transcendem épocas. (Fonte: Toa Heftiba / Unsplash.com)

Quem foi Clarice Lispector?

Clarice Lispector foi registrada como Haia Lispector, quando nasceu em 10 de dezembro de 1920, na Ucrânia. Dois anos após seu nascimento, a família veio ao Brasil fugindo da perseguição aos judeus durante a Guerra Civil Russa.

A família chegou a Maceió, mas instalou-se no Recife (Clarice afirmou se considerar pernambucana). Alguns anos depois a família se mudou novamente, desta vez para o Rio de Janeiro.

Aos 18 anos, Clarice Lispector começou a estudar direito na Universidade Federal do Rio de Janeiro, embora já demonstrasse bastante interesse pela literatura.

Aos 19, Clarice publicou seu primeiro conto. Pouco tempo depois, começou a atuar como jornalista na Agência Nacional, onde fez amizades e passou a frequentar o círculo literário carioca.

Em 1943 publicou o seu primeiro romance, Perto do Coração Selvagem, que lhe rendeu o prêmio de melhor livro do ano. Clarice não parou mais, publicou novos romances e livros em outros gêneros, sendo traduzida para mais de dez idiomas.

A escritora morreu em dezembro de 1977, vítima de um câncer. Clarice foi considerada uma das melhores autoras brasileiras do século XX e deixou como legado dezenas de obras de diferentes gêneros literários.

Por que os livros de Clarice Lispector são tão importantes?

Clarice Lispector foi uma das poucas escritoras que alcançou reconhecimento irrestrito na Academia. Uma de suas maiores contribuições foi trazer à literatura a representação da figura feminina em sua essência.

Clarice preferia personagens femininas.

Clarice tinha predileção por personagens femininas e as criava com riqueza de detalhes, descrevendo sentimentos, comportamentos, conflitos e desejos, além de se aprofundar, com delicadeza, nas questões vividas pelas mulheres, em uma época em que elas não tinham voz. Apreciadoras de livros feministas vão se identificar com a autora.

O mais interessante é que a autora retratava mulheres em diferentes classes sociais, das personagens pobres e sem estudos às artistas e mulheres de classe social privilegiada.

Vantagens
  • Obras em diversos gêneros literários
  • A autora também escreveu livros infantis
  • Títulos em volume único ou coletâneas
  • Disponíveis nas versões impressa e digital (E-Book)
Desvantagens
  • Algumas obras da autora são consideradas “difíceis” de entender

Quais são os gêneros literários dos livros de Clarice Lispector?

Durante sua trajetória como jornalista, escritora e romancista, Clarice Lispector transitou por diversos gêneros literários tais como romance, novela, conto, crônica, entrevista, correspondências e literatura infantil.

Romance e Novela

Romance é um gênero literário com narrativa em prosa e quatro elementos estruturais básicos: narrador, personagem(s), enredo e tempo. No romance há a relação temporal entre os fatos, mesmo que não sejam narrados na sequência em que ocorreram.

Clarice Lispector escreveu os seguintes romances: Perto do Coração Selvagem (1944), Lustre (1946), A cidade Sitiada (1949), A Maçã no Escuro (1961), A Paixão Segundo G.H (1964), Uma Aprendizagem ou Livro dos Prazeres (1969), A Hora da Estrela (1977) e Um Sopro de Vida (1978).

Contos e Crônicas

O conto é uma narrativa curta, que costuma envolver um ou mais personagens em uma narrativa com começo, meio e fim. A crônica tem a mesma estrutura, mas traz uma reflexão crítica sobre os temas do cotidiano.

Os principais contos e crônicas da autora são: Laços de Família (1960), A Legião Estrangeira (1964), Felicidade Clandestina (1971), A Imitação da Rosa (1973), A Via-crúcis do Corpo (1974) e A Bela e a Fera (1979).

foco

Você sabia que as cartas trocadas por Clarice Lispector com outros escritores, artistas, intelectuais e familiares foram reunidas em três coletâneas póstumas?

Essas coletâneas foram intituladas: Cartas Perto do Coração (2001), Correspondências (2002) e Minhas Queridas (2007). As cartas ajudam a conhecer a autora em sua intimidade e compreender seu processo de produção literária.

Entrevista

Além de escritora, Clarice Lispector era jornalista e tinha uma seção na revista Manchete, intitulada Diálogos Possíveis com Clarice Lispector, em que entrevistava personalidades. Algumas dessas conversas estão compiladas nos livros De Corpo Inteiro (1975) e Entrevistas (2007).

Quais são os temas abordados nos livros de Clarice Lispector?

Clarice Lispector ficou conhecida pela literatura intimista, vertente literária da terceira fase do Modernismo, que consistia em descrever o psicológico dos personagens e retratar as situações do dia a dia sob uma ótica subjetiva.

Clarice escrevia sobre personagens que questionavam a própria existência através de um monólogo interior ou fluxo de consciência, em uma narrativa densa, com reflexões e observações acerca de situações vividas.

Imagem de uma mulher escolhendo um livro em uma banca de rua.

Clarice Lispector tem uma vasta bibliografia. (Fonte: Artem Beliaikin / Pexels.com)

Quanto custa?

Os livros de Clarice Lispector custam entre R$15 e R$40. As coletâneas são um pouco mais caras, em torno de R$50. Os boxes com vários exemplares custam entre R$90 e R$110.

Onde comprar?

Você encontra os livros de Clarice Lispector nas melhores livrarias nacionais e internacionais. Se preferir, dá para comprar os livros pela internet e receber na porta da sua casa. Nossa sugestão é a Amazon.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os livros de Clarice Lispector

Clarice Lispector possui uma vasta bibliografia, com obras em diferentes gêneros literários. Para encontrar os melhores livros – de acordo com o seu gosto – é preciso analisar e comparar os critérios listados abaixo:

  • Gênero literário
  • Faixa etária do leitor
  • Livro ou coletânea?
  • Livro ou E-Book?

Vamos explicar cada um dos itens ao longo desta seção.

Gênero literário

Como mencionamos anteriormente, Clarice Lispector era uma escritora versátil, com obras em diferentes gêneros literários. Podemos destacar: romance, contos, crônicas, novela, entrevistas, correspondências e livros infantis.

Faixa etária do leitor

Algumas pessoas não sabem, mas Clarice Lispector também escreveu para crianças. Sua carreira na literatura infantil rendeu as seguintes obras:

  • Mistério do Coelho Pensante (1967)
  • A Mulher que Matou os Peixes (1969)
  • A vida íntima de Laura (1974)
  • Quase de Verdade (1978)
  • Como Nasceram as Estrelas: Doze Lendas Brasileiras (1987).
Imagem de uma menina lendo.

Você também encontra livros de Clarice Lispector na seção infantil. (Fonte: Pixabay / Pexels.com)

Livro ou coletânea

Quando for comprar livros de Clarice Lispector, você pode optar pela narrativa em volume único ou pelas coletâneas, que reúnem duas ou mais obras de determinado gênero literário lançados pela autora.

Todos os Romances: Essa coletânea é dividida em dois volumes. No primeiro, você encontra os seguintes romances: Perto do Coração Selvagem, O Lustre, A Cidade Sitiada e A Maçã no Escuro.

No segundo volume: A Paixão segundo G.H, Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, Água Viva, A Hora da Estrela e Um Sopro de Vida.

Imagem de um livro em idioma estrangeiro.

Os livros de Clarice Lispector já foram traduzidos para mais de dez idiomas. (Fonte: Tought Catalog / Unsplash.com)

Todos os Contos: Nessa coletânea, você encontra desde os primeiros contos, escritos ainda na adolescência, aos últimos, quando Clarice já era uma autora consagrada.

Todos as Crônicas: Essa obra reúne em um só volume todas os trabalhos de Clarice Lispector como cronista. São mais de cem crônicas na íntegra, incluindo alguns textos inéditos.

Volume Coletânea
Apresentação Livro impresso ou digital Livro Impresso
Vantagem Só tem o título do seu interesse Reúne dois ou mais títulos num único volume
Desvantagem Se você quiser ler outro título, precisará comprá-lo É maior e mais pesado
Capa Capa comum ou dura Capa dura

Livro ou E-Book?

Quando for comprar livros de Clarice Lispector, você pode escolher entre a versão tradicional ou o livro digital (e-Book). As vantagens do livro impresso é que você pode fazer anotações, marcar trechos com post-it e colecionar.

Entretanto, essa versão é cara, ocupa espaço e pode se desgastar com o tempo. Você não encontra esses problemas com os livros digitais e-books. Em um mesmo e-reader você pode reunir centenas de títulos.

Imagem de um e-reader.

Os livros de Clarice Lispector também estão disponíveis na versão digital. (Fonte: Perfecto Capucine / Pexels.com)

Esses livros são mais baratos, principalmente se você faz parte de algum programa de assinatura como Kindle Unlimited. Entretanto, você vai precisar fazer um investimento inicial em um e-reader.

(Fonte da imagem destacada: Min An / Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.