Um livro de música aberto com partituras musicais.
Ultima atualização: 23 de setembro de 2019

Como escolhemos

17Produtos analisados

15Horas investidas

5Estudos avaliados

61Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, o seu site de análises da internet. No texto de hoje, você encontrará dicas para comprar os melhores livros de música disponíveis no mercado e que encaixam na sua necessidade.

Se você pretende se aventurar em um novo instrumento, estudar as teorias musicais ou conhecer mais sobre seu artista predileto ou banda favorita, iremos lhe ajudar a fazer a melhor escolha possível de livro de música.




Primeiro, o mais importante

  • Os livros de música possuem várias subdivisões, incluindo gênero musical, referência, biografias e autobiografias.
  • A finalidade da leitura, qual gênero musical de sua predileção e qual instrumento você tem interesse em tocar são algumas das características a serem consideradas no momento da compra.
  • The Beatles, Beethoven, Anitta, Rita Lee, Tim Maia, David Bowie, Bob Dylan e Elza Soares são alguns dos nomes da música que já ganharam livros baseados em suas vidas e obras.

Você também pode gostar:

Os melhores livros de música: Nossas recomendações

Não sabe por onde começar a procura? Sem problema! Trazemos aqui os quatro livros de música mais bem avaliados disponíveis no mercado.

O mais completo para quem ama teoria

O livro de Bohumil Med é tido como o compêndio mais completo em português no mercado. Nesta obra, o autor trabalha com a teoria musical em linguagem simples e objetiva, abordando modos litúrgicos, escalas exóticas, escalas e acordes alterados, além de exercícios que ajudam o leitor a treinar em casa. É considerado bem detalhado, didático, sendo uma leitura muito agradável.

Para os fãs de The Beatles

Para os amantes da música como um todo e fãs de Beatles, este livro é imprescindível na sua coleção. A obra de Steve Turner traz todas as composições da banda de Liverpool, com detalhes de onde foram escritas, quando, como e por que cada disco foi feito. O autor também traz várias curiosidades, histórias de bastidores, ilustrações, entrevistas, fotos, ou seja, é um livro caprichado e inigualável.

Para os amantes de música e crônicas

O jornalista Ruy Castro é conhecido por seu trabalho como biógrafo, tendo escrito obras de figuras como Carmen Miranda, Nelson Rodrigues e Garrincha. Em Letra e Música, ele traz dois volumes de crônicas, sendo 64 em cada um deles, publicadas originalmente em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo desde 2007. Em um dos volumes, o foco é exclusivamente a música popular brasileira.

Para quem quer saber mais sobre harmonia

Arnold Schönberg é um compositor austríaco e criador do dodecafonismo, estilo influente e revolucionário de composição do século XX. Ele é quem escreve Harmonia, originalmente publicado em 1911. A obra faz uma síntese histórica das principais tendências da harmonia tonal. O livro serve como conteúdo teórico, prático, além de passar por linhas filosóficas e visões criativas, sendo um prato cheio para qualquer músico.

Guia de Compra

Os livros de música têm vários propósitos e divisões, podendo atrair leitores dos mais diferentes ramos, desde os apaixonados pela arte como um todo, músicos, ou até mesmo fãs específicos de algum artista ou estilo musical.

Para ajudá-lo a compreender melhor esse segmento da literatura e tudo o que ele abraça, montamos esse Guia de Compra.

Foto de uma loja de itens musicais, incluindo vários vinis, livros, fitas, bonecos, camisas, entre outros.

Existem livros musicais dedicados às composições (letra e melodia) de grandes artistas e bandas. (Fonte: Mick Haupt / Unsplash)

O que são os livros de música?

Os livros de música trabalham com todas as atribuições da área musical e tudo relacionado ao universo musical.

Eles trabalham desde a história dos gêneros musicais, biografias de artistas, livros contando a trajetória de algum movimento ou banda/artista, teorias, instrução e até mesmo romances ficcionais com temas musicais.

Por conta disso, os livros musicais podem agradar vários públicos diferentes, seja para aqueles em busca de uma leitura mais casual ou quem esteja obstinado a conhecer mais a fundo as teorias.

Quais os autores mais conhecidos dos livros de música?

Existem vários autores de destaque dentro do gênero, mas que são especializados em determinado tipo de literatura.

Por exemplo, Geoff Dyer é romancista inglês e é responsável por Todo Aquele Jazz, um dos principais livros sobre o ritmo musical, mesclando ensaio e ficção a partir de muita pesquisa histórica.

No Brasil, Almir Chediak e Nelson Faria são destaques no gênero.

Os brasileiros Almir Chediak e Nelson Faria são bons exemplos de autores de livros de instrumentos musicais.

O estadunidense Michael Pilhofer, o austríaco Arnold Schönberg e o tcheco Bohumil Med são grandes nomes entre os autores teóricos.

Outro nome notório é o do brasileiro Nelson Motta, que escreveu livros sobre história da música brasileira como 101 Canções Que Tocaram o Brasil e também biografias musicais como Vale Tudo: O som e a fúria de Tim Maia.

foco

Você sabia que Nelson Motta, além de escritor, também é compositor e produtor musical? É de autoria dele músicas como "Bem Que Se Quis" (de Marisa Monte), "Como Uma Onda" (de Lulu Santos) e "Dancing Days" (de As Frenéticas).

Quais são as subdivisões dos livros de música?

Dentro dos livros de música, existem subdivisões que dão mais distinção entre as propostas de cada obra. A seguir, iremos explicá-las para você.

  • Gêneros musicais: Existem vários deles na música em si, mas na parte da literatura você encontrará com mais frequência divididos por canções de ninar, clássica, jazz, popular e rock.
  • História e crítica: Esses exemplares contam parte da história da música, seja dos gêneros específicos como jazz e samba, até movimentos e acontecimentos, além de poder trazer um olhar crítico a eles, ensaios e listas, por exemplo.
  • Instrumentos e intérpretes: Esta repartição está mais ligada à parte do ensino. Aqui você se deparará com obras (guias, cursos) que ajudam a dominar a parte técnica/prática de instrumentos de cordas, metais e sopro, além de exemplares focados especificamente em composições de um artista (de Beethoven até Roberto Carlos) ou um gênero musical (pop, rock, clássico).
  • Biografias e autobiografias de compositores e músicos: São obras que contam a história de um artista ou banda, por terceiros ou pelos próprios.
  • Referência: São livros que compilam informações de determinado tema. Dentro dos livros de música podem ser, por exemplo, obras sobre rock alternativo, os melhores discos para ouvir antes de morrer, ou escolas de samba.
  • Teoria, composição e performance: São obras mais voltadas para as teorias musicais. Também há espaço para livros contendo letras e explanação sobre o processo de composição, além de outros sobre como tocar determinado instrumento.

Na tabela a seguir, trazemos algumas obras de cada subdivisão para ajudar a ilustrá-las melhor:

Subdivisão Exemplos de obras
Gênero musical O Livro da Música Clássica, The Beatles, Furacão Anitta
História e crítica 101 Canções Que Tocaram o Brasil, Música Popular: do gramofone ao rádio e TV, História Social do Jazz
Instrumentos e intérpretes Ukulele Para Leigos, Músicas e Pensamentos de Beethoven, Manual Prático de Escalas
Biografias e autobiografias B.B.King - A Autobiografia: Uma Vida de Blues, Vale Tudo: O Som e a Fúria de Tim Maia, Elza
Referência 1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer, Novos Baianos: A história do grupo que mudou a MPB, O Século Do Ritmo
Teoria, composição e performance Teoria da Música. Vademecum da Teoria Musical, Harmonia, Bob Dylan – Letras (1961-1974)

Posso aprender a tocar um instrumento pelos livros de música?

Pode parecer difícil de acreditar, mas sim, é possível aprender a tocar instrumentos a partir dos livros de música.

Existem livros com lições e teorias sobre determinados instrumentos que permitem que você consiga começar a tocar, do piano ao violão, do ukulele ao teclado.

Imagem mostra três ukuleles de cores diferentes feitos de madeira um ao lado do outro.

7 de fevereiro de 2020

Critérios de Compra: O que considerar antes de comprar livros de música

Para que você faça uma compra consciente, certo do que está adquirindo, trazemos aqui alguns pontos que você precisa saber antes de decidir qual dos livros de música é o correto para as suas necessidades.

  • Finalidade da leitura
  • Gênero musical
  • Qual instrumento
  • Experiência

Iremos falar nos próximos parágrafos mais detalhadamente sobre cada um deles.

Finalidade da leitura

Antes de fazer a sua compra, é preciso ter em mente qual o objetivo da sua leitura.

Você quer saber mais sobre determinado artista ou sua banda favorita? Quem sabe mais sobre a Bossa Nova ou quem sabe o nascimento do Jazz? Ou pretende aprender a tocar um instrumento?

Quando você estabelecer o que deseja da leitura, poderá seguir em frente com sua procura.

Um homem está sentado em uma cadeira de escritório, usando um headphone, enquanto lê um livro.

1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer e O Século Do Ritmo são exemplos de livros de música de referência. (Fonte: João Geraldo Borges Júnior / Pixabay)

Gênero musical

O gênero musical também é um critério importante na hora da sua compra. Se você não é fã de rock, o seu interesse por obras que falem da história do gênero ou de alguma banda do estilo musical não será tão grande.

Se você não gosta de rap, por exemplo, faz sentido ter um livro sobre as composições dos Racionais MC’s?

Escolhendo qual gênero te interessa, seja música erudita ou sertanejo, você acaba refinando a busca e pode continuar sua procura pelo livro perfeito.

https://www.instagram.com/p/BwPDZzyg5br/

Qual instrumento

Para aqueles que querem aprender a tocar um instrumento a partir dos livros de música, é preciso primeiramente verificar quais as obras disponíveis que oferecem as lições para que você aprenda tal instrumento.

Esse passo pode não parecer tão relevante, mas é. Afinal não são todos os instrumentos que um livro poderá dar conta de ensinar.

Após realizar essa checagem, você poderá dar mais um passo adiante para sua aquisição.

 Um violão e um livro de música com partituras musicais estão em cima de um banco de madeira.

É possível aprender a tocar alguns instrumentos a partir dos livros de música, como piano e violão. (Fonte: Conger Design / Pixabay)

Experiência

Neste item, você tem de ser honesto consigo mesmo. Nem todos os livros de música cujo objetivo é ensinar a tocar são para iniciantes. Portanto, de nada adianta pegar um livro para avançados se você ainda não sabe o básico do instrumento.

Existem livros focados em pessoas com mais experiência em certos instrumentos, a exemplo de livros de improvisação no piano.

Todavia, existe uma grande quantia de livros desse tipo cujo público alvo são os inexperientes, que querem começar a tocar. Tendo ciência de qual é o seu nível com o instrumento, você pode escolher com mais precisão o seu livro.

(Fonte da imagem destacada: Michael Maasen / Unsplash)

Por que você pode confiar em mim?

Rodrigo Ramos Jornalista
Jornalista por formação, Rodrigo sempre foi apaixonado por livros, filmes e séries. Ou seja: falou em cultura, falou com ele. No ReviewBox, além de compartilhar seu conhecimento sobre essas artes, traz informações sobre acessórios que podem auxiliar e divertir o dia a dia de crianças e adultos.