Imagem de uma moça lendo.
Ultima atualização: 8 de outubro de 2019

Como escolhemos

8Produtos analisados

14Horas investidas

3Estudos avaliados

56Comentários coletados

Quem gosta de histórias de terror, seja na literatura ou cinema, deve conhecer os livros de Stephen King. Apelidado de Mestre do Terror, o escritor norte americano é um dos autores mais populares da atualidade – já alcançou a marca de 400 milhões de cópias vendidas.

O sucesso se tornou ainda maior quando suas obras ganharam adaptações cinematográficas, somando uma legião de fãs. Pensando nisso, nós da ReviewBox Brasil, preparamos este artigo dedicado a uma das maiores referências do terror dessa geração.




Primeiro, o mais importante

  • Stephen King é um escritor criativo. Ele já escreveu 54 romances, cinco livros de não-ficção, oito livros sob o pseudônimo Richard Bachman e 11 coletâneas que somam mais de 200 contos.
  • Seus livros foram traduzido em inúmeros idiomas, publicados em mais de 40 países e alcançaram a marca de 400 milhões de cópias vendidas. Os livros renderam dezenas de adaptações para o cinema e televisão.
  • Além dos livros de suspense e terror, Stephen King já lançou obras em outros gêneros literários, como ficção científica e drama.

Você também pode gostar:

Os melhores livros de Stephen King: Os favoritos do público

Para selecionar os melhores livros de Stephen King, recorremos ao ranking de livros mais populares do autor – de acordo com avaliações e número de exemplares vendidos – divulgada pela Amazon Brasil. Confira as sugestões.

Uma história assustadora

Em It, A coisa, conhecemos a história do clube dos otários, sete amigos que moram em uma pacata cidadezinha do Maine. Durante as férias de verão enfrentam pela primeira vez A Coisa, um ser sobrenatural responsável pelos desaparecimentos e mortes de crianças e adolescentes. Quase 30 anos depois, o grupo se reencontra, motivo: a Coisa está atacando outra vez.

Um clássico do terror

Em O Iluminado, acompanhamos a história de Jack Torrance, contratado para trabalhar como zelador em um hotel de luxo durante o inverno. Jack encara o emprego como uma oportunidade para largar o alcoolismo, controlar os acessos de fúria e se dedicar à escrita. Mas conforme o inverno intensifica, o hotel se transforma em um ambiente sinistro e forças malignas começam a afetar a paz de Jack e sua família.

Para quem gosta de histórias sobrenaturais

Em O Cemitério, conhecemos a história de Louis Creed, um médico que se muda com a família para uma cidadezinha no Maine. Em um dos primeiros passeios pela região, conhece um cemitério de animais próximo à sua casa, mas para além daqueles túmulos há um outro cemitério, que seduz as pessoas com uma promessa que parece impossível... trazer os mortos de volta à vida.

Guia de Compra

Em grande evidência nos últimos anos, por causa das adaptações para o cinema e televisão, os livros de Stephen King conquistam uma legião de admiradores de suas histórias assustadoras.

A consagração é resultado de muitos anos de dedicação do escritor, especialmente às obras de suspense e terror, que renderam o merecido título de Mestre do Terror. Para ajudá-lo a encontrar os melhores livros de Stephen King, preparamos este Guia de Compra.

Imagem de uma jovem lendo.

Os livros Stephen King trazem narrativas envolventes. (Fonte: Aziz Acharki / Unsplash.com)

Quem é Stephen King?

Stephen Edwin King nasceu em 1947, em Portland, Oregon. Desde pequeno gostava de ler histórias em quadrinhos de terror, o que estimulou seu interesse pelo gênero. Ainda criança, escrevia contos baseados em filmes e vendia aos amigos.

Na juventude, cursou literatura na universidade do Maine e manteve uma coluna no jornal estudantil. Muitas de suas experiências vividas no campus serviriam de inspiração para suas histórias.

Após concluir os estudos, escreveu o primeiro romance, e não parou mais. Hoje, é reconhecido como um dos mais notáveis escritores de ficção de sua geração. Embora sua especialidade sejam os livros de terror, escreveu obras notáveis nos gêneros drama e ficção científica.

Por onde começar a ler os livros de Stephen King?

Essa pergunta pode intrigar alguns leitores, mas a verdade é que há uma “ordem correta” para ler os livros de Stephen King, pois o autor criou um multiverso em que suas obras são interligadas.

Os livros de Stephen King estão interligados em um multiverso criado pelo autor.

Um exemplo disso é que personagens e acontecimentos de um livro são citados em outros – algumas referências são mínimas, mas outras são grandes spoilers.

Portanto, você deve ler os livros de Stephen King pela ordem que foram publicados. Se você não quiser ler as obras em ordem cronológica, não tem problema, entretanto, um livro auxilia na compreensão de outro.

Por exemplo, ler o livro Novembro de 63 depois de IT, A Coisa vai complementar a sua experiência, pois em dado momento o protagonista de Novembro de 63 visita Derry (a cidade onde ocorrem os acontecimentos de IT), num dos melhores crossovers do multiverso. Há até alguns diálogos sobre o Pennywise (palhaço assassino de It).

Imagem de uma jovem lendo.

Os livros Stephen King seguem uma ordem cronológica. (Fonte: Leonardo Quatrocchi / Pexels.com)

Ler Misery antes de O Iluminado, vai entregar spoilers sobre o primeiro, pois a família Torrence e os acontecimentos no hotel são mencionados em Misery. O mesmo ocorre se você ler Outsiders antes da trilogia Mr. Mercedes, se prepare para um grande spoiler da saga.

Se você tem vontade de ler o quinto volume de A Torre Negra (Noite de Calla) se prepare para uma enxurrada de spoilers de Salem, pois um dos personagens – padre Calla – é o protagonista em ambas as narrativas.

Vantagens
  • Os livros de Stephen King são dos gêneros horror, drama e ficção científica
  • Você também encontra livros de suspense psicológico, policial e sobrenatural
  • Alguns romances e contos foram adaptados para o cinema e televisão
  • Você encontra livros de 200 a 1200 páginas
Desvantagens
  • Os livros devem ser lidos em ordem cronológica para evitar spoilers

Quantos livros Stephen King já escreveu?

Stephen King possui uma carreira sólida. O autor já escreveu 54 romances, cinco livros de não-ficção, oito livros sob o pseudônimo Richard Bachman e 11 coletâneas que somam mais de 200 contos.

Desses livros, escreveu uma série chamada A Torre Negra que conta com oito volumes lançados entre 1982 e 2012. King também já escreveu roteiros e adaptações.

Quais livros de Stephen King foram adaptados para o cinema e televisão?

Você encontra 45 adaptações de livros de Stephen King. Além dos filmes, os livros de Stephen King foram adaptados como roteiro de séries e minisséries – ao todo são 23 adaptações.

O primeiro livro de Stephen King, Carrie (1974) foi o que ganhou mais adaptações para o cinema, a primeira em 1976, a segunda em 2002 e um remake em 2013.

O Iluminado foi adaptado em 1980. O Cemitério foi adaptado em 1989 e ganhou um remake em 2019. Misery serviu como roteiro do filme Louca Obsessão em 1990, reconhecido no Oscar e Globo de Ouro.

foco

Você sabia que Stephen King não gostou da maioria das adaptações de seus livros? O filme O Iluminado é o mais detestado pelo autor, que afirmou ter odiado a escolha de Jack Nicholson como o protagonista do longa.

Em 2007, os contos O Nevoeiro e 1408 foram adaptados para o cinema. A Netflix comprou os direitos de adaptação do conto 1922 e do livro Jogo Perigoso e lançou tais filmes em 2017.

Outro conto adaptado foi As crianças do Milharal, que rendeu uma série de filmes intitulados Colheita Maldita – Stephen King não gostou que os roteiristas tenham criado continuações para o conto.

Sob a Redoma foi adaptada como uma série de tevê pela CBS, com três temporadas. A Zona Morta gerou uma série com o mesmo nome que rendeu seis temporadas.

Conheça mais sobre as adaptações cinematográficas dos livros de Stephen King com Carol Moreira em seu canal no Youtube, que conta com quase 800 mil inscritos:

Quais temas são tratados nos livros de Stephen King?

Os livros de Stephen King tratam de diversos assuntos de relevância social como bullying, fanatismo religioso, alcoolismo, vício em analgésicos, abandono, perda de entes queridos e luto.

A inspiração para escrever sobre tais temas veio de sua própria vida. Stephen King foi abandonado pelo pai ainda criança, se tornou alcoólatra ao perder a mãe, vítima de câncer.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os livros de Stephen King

Os livros de Stephen King se destacam pela qualidade literária e originalidade. Quem nunca leu um de seus livros, ou não consegue escolher a próxima leitura, deve analisar as seguintes características:

  • Gêneros
  • Subgêneros
  • Romance ou conto?
  • Número de páginas

Vamos detalhar cada um dos tópicos ao longo desta seção.

Gêneros

Embora Stephen King seja reconhecido como o Mestre do Terror, o autor já escreveu livros em outros gêneros, como é o caso dos dramas A Espera de um Milagre e Um sonho de liberdade.

Stephen King também escreveu livros de ficção científica como O Nevoeiro, Os Estranhos e Sob a redoma.

Subgênero

Os livros de Stephen King podem ser classificados em diferentes categorias: Suspense, terror e horror em diferentes subgêneros.

Na trama de suspense psicológico, o protagonista apresenta alguma desordem mental que diminui sua capacidade de distinguir o real do imaginário. Sugestões: Carrie, O Iluminado, Misery e O Cemitério.

https://www.instagram.com/p/Byq151KJNhZ/

Alguns livros também se enquadram na categoria suspense policial, por abordar um crime ou uma sequência deles, narrado em um ou mais pontos de vista – seja da vítima, investigador ou criminoso. Sugestão: Mr. Mercedes.

Outro subgênero presente nos livros de Stephen King é o terror sobrenatural, que traz as histórias de entidades malignas. Nesses livros, o autor explora o desconhecido. Sugestão: It, A coisa.

Romance ou conto?

Entre os livros de Stephen King, você encontra os contos. São 11 títulos: Sombras da Noite, Quatro estações, Tripulação de esqueletos, Depois da meia-noite, Pesadelos e paisagens noturnas volumes 1 e 2, Seis histórias, Corações na Atlântida, Tudo é eventual, Ao cair da noite, Escuridão total e O bazar dos sonhos ruins.

A Escuridão total sem estrelas apresenta quatro contos, sendo 1922 um suspense psicológico, O gigante no volante que é um thriller, Extensão Justa um conto sobrenatural e Um bom Casamento, que também é um thriller.

Outra opção é Tudo é Eventual, que traz 14 contos em subgêneros. Um dos principais contos deste livro é Quarto 1408, que rendeu uma adaptação cinematográfica.

Imagem livro de terror.

Stephen King é um contista talentoso. (Fonte: Nikolai Antonov / 123RF.com)

Número de páginas

Você encontra os livros de Stephen King em diferentes tamanhos. Quando for escolher um título vale a pena conferir a quantidade de páginas, afinal, enquanto alguns livros apresentam menos de 200, outros ultrapassam 1.000 páginas.

  • Até 200 páginas: Carrie, A hora do lobisomem, O rapaz do Colorado, Gwendy’s Buttom Box e Elevation.
  • Até 300 páginas: A Torre Negra I, Eclipse Total, A garota que adorava Tom Gordon e Joyland.
  • Até 400 páginas: Cão Raivoso, Cemitério Maldito, Os olhos do dragão, Angústia, A Torre Negra II, Jogo Perigoso, A Espera de um milagre, Buick 8, Celular, A torre negra VIII, Mr. Mercedes, Revival e Achados e Perdidos.
  • Até 500 páginas: Salem, O Iluminado, A Zona Morta, A incendiária, A metade Negra, Rose Madder, A Torre Negra VI e Último turno.
  • Até 600 páginas: Christine, Os Estranhos, A Torre Negra III, Saco de Ossos, LOVE A história de Lisey, Duma Key, Doutor Sono, Outsider e O Instituto.
  • Até 700 páginas: O talismã, Trocas Macabras, Desespero, O Apanhador de sonhos, A Casa Negra e Belas Adormecidas.
  • Até 800 páginas: Insônia, A Torre Negra IV e A Torre Negra V.
  • Até 900 páginas: A dança da morte, A Torre Negra VII e Novembro de 63.
  • Acima de 1000 páginas: It e A coisa, Sob a Redoma.

(Fonte da imagem destacada: P T / Unsplash.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.