Boas-vindas a você que lê o Guia de Compras do ReviewBox Brasil sobre lixadeira de cinta. Vamos revelar detalhes curiosos sobre esta máquina, já que este é um manual que prepara as pessoas para ter a melhor experiência de compra.

No mundo da marcenaria há algumas máquinas para acabamento, a lixadeira de cinta é uma delas. Existem muitas versões avançadas deste modelo. É importante saber a diferença de cada versão para você comprar de forma consciente.

Você vai descobrir quais os principais produtos, a média de preços e os diferenciais das melhores versões. Não compre nenhuma lixadeira de cinta sem antes ver este Guia de Compras até o fim. Boa leitura!

Primeiro, o mais importante

  • Grande parte das lixadeiras de cinta serve para trabalhos de lixamento ou acabamentos em superfícies robustas. Aos serviços nos materiais mais leves é melhor usar outro tipo de lixadeira.
  • A cinta da lixadeira pode se desgastar e tem um prazo de validade, troque após certo tempo de uso. Compre as cintas separadas na mesma loja que você adquire o aparelho.
  • Lixadeira é mais segura quando possui o suporte de pó para desenvolver um trabalho limpo e seguro para a saúde.

Você também pode gostar:

Ranking: As 4 melhores lixadeiras de cinta

Você não tem muita ideia de quais são os principais recursos das melhores versões de lixadeira de cinta? A maneira bacana de saber este assunto é conhecer as características técnicas dos produtos destaques entre especialistas. Por isso selecionamos as 4 melhores do mercado para te apresentar agora:

1° – Lixadeira de cinta Makita

Com 610 mm de comprimento e 100 mm de largura na cinta, esta lixadeira trabalha em uma velocidade de 308 m/min. Isto quer dizer que o aparelho tem a potência suficiente – 980W – para garantir o sucesso nos resultados do lixamento profissional.

2° – Lixadeira de cinta Ferrari

Essa lixadeira de cinta funciona como um modelo 2 em 1. Esta versão além de lixar com cinta também faz o lixamento utilizando lixas na forma de discos, portanto é indicada para marcenarias e artesanatos.

Possui uma mesa inclinável até 45° e serve para lixar diversos tipos de materiais, como madeira, resina e vidro.

3° – Lixadeira de cinta Stanley

É possível lixar em até 3 posições diferentes com esta máquina flexível muito segura. A estrutura apresenta até um sistema de bloqueio manual para você realizar trabalhos contínuos. Tenha mais economia de energia com esta produção inovadora.

Sua potência é de 720W e é o produto perfeito para marceneiros, carpinteiros, montadores de móveis, decoradores e instaladores de porta.

4° – Lixadeira de cinta Einhell

A lixadeira da Einhell também é muito bem avaliada no mercado. Esse modelo possui um cabo de três metros, oferecendo uma folga para manusear a ferramenta ligada na tomada. O tamanho da lixa é de 75 x 533 mm e sua potência é de 850 Watts.

A velocidade eletrônica é variável e seu destaque fica por conta da troca de lixa, que é muito fácil e rápida. Essa lixadeira de cinta acompanha cinta de lixa, coletor de pó e punho auxiliar ajustável.

Guia de Compra

Quem trabalha com madeira sabe como é, né? Os clientes apenas ficam felizes quando há aquele acabamento perfeito na madeira. Para melhorar os resultados do seu serviço você deve busca uma boa lixadeira de cinta.

Nesta seção você conhece os detalhes do funcionamento dessas lixadeiras. Veja também em que prestar atenção antes de fazer a sua compra. Mãos à obra!

Três homens analisando o acabamento de uma mesa de madeira

Vamos revelar agora os segredos e mistérios da lixadeira de cinta para quem não quer errar no acabamento. (Fonte: skeeze / Pixabay)

O que é uma lixadeira de cinta?

A lixadeira de cinta é um equipamento elétrico que serve como uma ferramenta de trabalho de marceneiros e artesãos. Este produto tem a função de fazer serviços leves, ou seja, lixar madeiras ou outros materiais resistentes.

Em uma oficina de marcenaria a lixadeira de cinta larga é um produto indispensável. Com esta máquina você pode:

  • Lixar;
  • Remover rebarbas;
  • Arredondar arestas afiadas nas superfícies;
  • Arredondar bordas de materiais;
  • Realizar acabamento em superfícies planas, grossas, grandes e robustas;
  • Remover tintas e vernizes de forma rápida;
  • Lixar tampos de madeira, painéis e outras superfícies maiores.

De acordo com os especialistas você nunca deve usar este produto sem algumas medidas de segurança, como óculos de proteção e coletores de pó.

No mercado este produto também é conhecido como lixadeira de cinta larga, ou lixadeira industrial. Ao contrário de outros modelos que funcionam apenas pelo movimento das mãos ou de discos, a lixadeira de cinta requer o uso de uma lixa na forma de cinto.

Mão de homem segurando madeira e usando uma lixadeira de cinta.

A lixadeira de cinta é um equipamento elétrico que serve como uma ferramenta de trabalho de marceneiros e artesãos. (Fonte: ANAN SUDSAITHONG / 123RF.com)

Entre as lixadeiras que existem nenhuma se compara ao modelo de cinta em retirar um grande volume de material das superfícies. Isto acontece porque estes aparelhos possuem uma motorização rápida e potente.

Lixadeiras de cinta são usadas por marceneiros profissionais. É possível trabalhar o dia inteiro com o produto ao lixar superfícies de madeiras robustas como Ipê, Cumaru, entre outras.

Os marceneiros utilizam a lixadeira de cinta em superfícies duras com muitas falhas e desniveladas.

Existem versões de lixadeira de cinta mais compactas, simples de levar para qualquer lugar. Também há os modelos maiores e superpotentes que ficam fixos em uma parte da oficina.

Quais as vantagens e desvantagens da lixadeira de cinta?

Primeiro, podemos começar destacando que a lixadeira de cinta é o equipamento ideal para conseguir melhores resultados em superfícies muito desniveladas. Se a superfície for dura e robusta, ela também é a ferramenta perfeita.

Além disso, elas tornam o serviço mais ágil e rápido. Outra grande vantagem é o coletor de pó para diminuir a sujeira.

Embora muito útil, ela possui algumas desvantagens e limitações. Dê uma olhada na tabela abaixo:

Vantagens
  • Melhores resultados em superfícies muito desniveladas
  • Serviços mais rápidos
  • Trabalha em superfícies duras e robustas
  • Tem coletor de pó para diminuir a sujeira do trabalho
Desvantagens
  • Serve apenas para lixar e fazer acabamento
  • Os melhores produtos custam caro
  • Precisa de energia elétrica para funcionar
  • Exige certo conhecimento técnico para usar

A lixadeira de cinta é uma ferramenta pesada?

Se existe uma coisa que varia bastante neste tipo de produto é o peso. Uma lixadeira de cinta pode pesar de 500 gramas a até 7 quilos ou mais, na média.

Quando a lixadeira de cinta é muito leve você precisa fazer uma força extra com as mãos para lixar. Isto acontece principalmente se o material a ser lixado tem bastante dureza.

Uma vez que a lixadeira de cinta é pesada o trabalho de lixamento ou acabamento ocorre com menos esforço. Você não deve usar aparelhos pesados para lixar coisas leves, porque a superfície lixada tem chances de quebrar.

Você não sabe ao certo quais materiais vai lixar? Acredita que os trabalhos de acabamentos devem acontecer em materiais diferentes? Nestes casos é melhor comprar a lixadeira de 3 kg.

Max BeerbohmParodista e caricaturista inglês

“Nenhum trabalho de qualidade pode ser feito sem concentração e auto sacrifício, esforço e dúvida.”

O que significa o fluido na lixadeira de cinta?

Outra diferença que você precisa conhecer está nos dois tipos de lixadeira de cinta: Úmida ou seca.

O modelo seco oferece um uso mais prático, já que não precisa de fluído para funcionar. Porém, dependendo do tipo e da frequência de trabalho você precisa trocar muitas vezes a cinta do aparelho.

Por outro lado, para funcionar as máquinas úmidas exigem um fluído de corte, o produto para ajudar no desempenho. A desvantagem é precisar colocar o líquido com frequência (depende do tipo e das horas de trabalho).

O fluído também ajuda para conservar um pouco mais as cintas da lixadeira.

Você quer uma máquina para acabamentos leves e pesados ao mesmo tempo? Sem problemas, porque no mercado também existem as lixadeiras 2 em 1. Estes aparelhos funcionam com funções de disco e cinta.

Homem trabalhando em uma oficina de marcenaria com uma lixadeira de cinta.

Você deve escolher entre a lixadeira de cinta seca ou úmida. (Fonte: Konstantin Pelikh / 123RF.com)

Qual a diferença entre a lixadeira de cinta e de disco?

Muitas pessoas acham que as lixadeiras são todas iguais e compram qualquer uma para lixar. Esta prática é comum entre marceneiros de primeira viagem. Não se deve ter este tipo de comportamento caso você queira alcançar os resultados perfeitos.

As duas principais lixadeiras elétricas à venda são de “cinta” ou de “disco”. Veja algumas principais diferenças entre estes dois produtos muito comuns nas marcenarias profissionais:

Lixadeira de cinta Lixadeira de disco
Movimento Rotação de cinta em 2 eixos Circular ou orbital
Uso Profissional Amador e profissional
Potência Alta Média
Capacidade Grande volume de material retirado Volume pequeno de material retirado
Acabamento Médio (funciona para desbaste) Leve
Preço do aparelho De médio para alto Variado
Preço da lixa separada Médio Baixo
Peso Médio Variado

Quanto custa?

O preço da lixadeira de cinta é mais alto no caso de marcas famosas que oferecem produtos avançados em tecnologia. Os modelos que funcionam sem fluído podem custar preços superiores, mas esta não é uma regra sem exceção.

Outro ponto que torna o produto menos ou mais caro é a funcionalidade. Se o aparelho funciona no sistema 2 em 1 (lixadeira de disco e de cinta) há chances de o preço ser alto.

Os modelos superpotentes podem chegar ao valor de R$ 3.000, principalmente no caso das marcas importadas. Há versões baratas de R$ 300 de fabricantes confiáveis. O preço médio de um pacote de boas lixas vai de R$ 20 a até R$ 100, ou mais. Na média o fluído para lixadeiras custa R$ 50.

Veja uma lixadeira de cinta na prática através desse vídeo publicado no canal do Caio Mekacheski:

Onde comprar?

Em lojas de departamento você encontra lixadeira de cinta: Americanas, Kalunga e Walmart. Não se esqueça de retirar todas as dúvidas possíveis com os vendedores da loja.

Na internet, você pode encontrar na Amazon, Lojas Americanas e Submarino. Na Amazon você pode perguntar aos próprios fabricantes as dúvidas sobre os produtos.

Ao comprar pela internet o trabalho apenas acontece quando o produto chega na sua oficina e você inicia os serviços. Exija a nota fiscal da loja para ter como usar a garantia em caso de problemas no aparelho.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os melhores modelos de lixadeira de cinta

E agora? Qual oferta é melhor ou pior para as suas necessidades? Que produto comprar? Estas respostas apenas você pode responder. Mas, para te ajudar reunimos a seguir 5 importantes critérios de compras:

  • Coletor
  • Voltagem
  • Garantia
  • Luz
  • Certificação

Só ver as palavras na lista não ajuda em nada, né? Por isto vamos explicar todos estes pontos logo abaixo:

Coletor

Este acessório fica na estrutura das lixadeiras. Quando começam os trabalhos o pó vai para dentro do coletor.

Seja para a marcenaria profissional ou amadora uma coisa é certa. Trabalhar em ambientes com muitos resíduos em pó atrapalha no desempenho do trabalho. Sem contar que isto pode ser prejudicial à saúde.

Se você quer bem-estar é melhor comprar uma lixadeira de cinta que já vem com o coletor de pó.

Voltagem

Antes de comprar o produto é muito importante verificar a voltagem da sua oficina. Acredite, grande parte das potentes lixadeiras de cinta trabalham em 220 volts. Então, se você conectar estas máquinas em tomadas de 110 volts os estragos são terríveis.

Existem também alguns tipos de lixadeira de cinta que funcionam em 110 volts. Estes produtos fazem os trabalhos profissionais, mas não com tanta potência como as versões de 220 volts, embora existam exceções.

foco

Lixadeira de cinta é uma máquina potente e se não for usada da forma correta pode arremessar as madeiras para longe. Sendo assim, você deve prender a madeira com um grampo na mesa de trabalho antes de usar o aparelho.

Garantia

Em matéria de equipamentos elétricos você não deve vacilar na garantia. A exigência mínima do prazo garantido é 90 dias. Algumas lojas possuem políticas estendidas, nas quais se garante por 1 ano ou mais.

Existem duas garantias e ambas são ótimas para compradores profissionais. Uma delas é a garantia de fábrica, nela a marca fabricante troca o produto se existir algum problema originado na fabricação.

Se você tirar o produto da embalagem e não funcionar pode solicitar a garantia de fábrica.

A outra garantia de lixadeira de cinta é a de uso por certo período de tempo. Neste caso a loja ou o fabricante cobre a manutenção dos custos se existir algum problema gerado pela frequente utilização.

Mão segurando uma lixadeira de cinta em funcionamento sobre uma tábua de madeira.

A garantia é uma forma segura de ter possíveis problemas resolvidos sem gastos extras. (Fonte: Alfred Hofer / 123RF.com)

Luz

No mercado é possível encontrar alguns produtos que possuem uma luminosidade artificial. Estas luzes acendem assim que o aparelho é ligado.

Considere as condições de luz no ambiente de trabalho. Se você usa a lixadeira nos períodos noturnos ou sem muita iluminação é indicado comprar uma versão com bastante luz. Em algumas versões mais caras existem botões especiais de iluminação.

Os botões iluminados sinalizam quando a máquina está ligada por muito tempo seguido. Alguns deles desligam o aparelho se ele não estiver sendo usado por algumas horas, embora conectado na tomada.

Quem quer comprar os modelos mais básicos, sem iluminação elétrica, deve adquirir as versões com cores vivas, como amarelo ou verde claro. Assim é mais fácil usar o produto em locais mal iluminados.

Certificação

No caso de produtos elétricos a certificação é um requisito de compra importante. Tenha em mente que uma lixadeira não certificada pode prejudicar o sistema elétrico da oficina.

Nas compras no Brasil existem duas normas de segurança principais que atestam quando a lixadeira é certificada pelo INMETRO. Elas são ABNT NBR IEC 60745-1 e ABNT NBR IEC 60745-2-4.

Verifique a certificação do produto e depois analise no site do INMETRO para saber se a máquina está certificada. Fazer isto é muito importante quando você compra da lixadeira de cinta de uma marca não muito famosa.

Se você comprar o produto importado deve fazer a mesma verificação, só que no site dos institutos da nação exportadora. Quem importa a lixadeira dos Estados Unidos precisa verificar na página do NIST (National Institute of Standards and Technology).

Gostou de saber como comprar este aparelho? Após ler estas informações você tem mais facilidade em encontrar no mercado a lixadeira de cinta ideal ao seu bolso. Agora é só pesquisar e comprar. Boas compras!

(Fonte da imagem destacada: ID 12019 / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
29 Voto(s), Média: 4,10 de 5
Loading...