Imagem mostra uma luva de baseball abrigando uma bola sob um gramado. Ao fundo, outras cinco bolas soltas no gramado, desfocadas.
Ultima atualização: 2 de julho de 2020

Como escolhemos

13Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

65Comentários coletados

Olá, seja muito bem vindo ao ReviewBox Brasil! Não estranhe o cheiro de grama ou o barulho de madeira batida, o texto de hoje é sobre beisebol, ou melhor, sobre a luva de beisebol, o acessório vital de um dos esportes mais populares e rentáveis do mundo.

Se a luva “apenas” protegesse as mãos dos jogadores do impacto das bolas amadeiradas voadoras, que podem chegar à mais de 150 km/h nas rebatidas, já seria uma grande contribuição ao esporte. Mas essas maravilhas de couro ainda podem ser personalizadas para potencializar o jogo de cada uma das posições dentro do campo.

Não é apenas uma expressão: há uma luva adequada para cada função de uma equipe dentro da partida, com variações dependendo das preferências de cada jogador, ainda por cima. Para sua sorte e para o nosso deleite, explicamos neste Guia todas essas diferenças, e ajudamos você a encontrar a luva de beisebol ideal.




Primeiro, o mais importante

  • Se você quer entrar para um time, tente chegar na hora da compra sabendo da posição em que pretende jogar.
  • Se o seu caso for um jogo mais despretensioso, há ótimas luvas versáteis e de qualidade no mercado.
  • O preço de uma luva de beisebol costuma variar entre R$ 70, para os modelos mais básicos, e R$ 500, nos profissionais.

Você também pode gostar:

Melhores luvas de beisebol: Nossas favoritas

Sempre na missão de ajudar na sua opção pela luva de beisebol ideal, montamos uma lista com alguns dos melhores modelos disponíveis no mercado, com base em seu material, seu desempenho e seu custo-benefício.

Luva de beisebol Vollo

Este modelo da Vollo transpira elegância, apesar do material sintético, com grande conforto interno e costuras produzidas artesanalmente. É também bastante versátil, com seu tamanho de 12,5 polegadas, rede em “I” e acabamento de qualidade.

Luva de beisebol profissional para mão esquerda

Essa luva para os canhotos da Pixnor pode ser utilizada tanto para beisebol quanto para softball. Sua alça de ligação é ajustável, o que garante um desgaste estável. Na cor azul, essa luva tem a palma da mão acolchoada para reduzir o impacto.

Luva Cududy para beisebol e softball

Essa opção de luva em preto tem costura profissional e destaca-se por ser duradoura. O modelo tem um misto preciso entre a parte de trás da mão, macia na medida certa, e a palma da mão, feita com material suave, respirável e confortável.

Guia de Compra

Além da questão desportiva, a luva de beisebol tem uma importância histórica, sendo um marco da profissionalização efetiva do seu esporte e a consequente revolução no mercado de artigos esportivos isso desencadeou.

Valorizada como produto, tem sua origem, na forma do couro e do desenho básico, respeitada, e o seu desenvolvimento incentivado, a partir das mais diversas tecnologias têxteis empregadas. Neste Guia de Compra, vamos dar uma olhada nos diversos resultados dessa combinação.

 Imagem mostra um jogador de beisebol se preparando para apanhar uma bola, olhando para cima e com a sua mão da luva erguida.

A luva de beisebol é essencial para o jogo e foi fundamental no desenvolvimento do esporte. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

O que é a luva de beisebol?

O que diferencia a luva de beisebol de uma luva comum, além da confecção em couro legítimo ou material sintético, são as adaptações que recebeu para proteger a mão do jogador do impacto da bola e ainda recolocar a redonda em jogo o mais rápido possível.

A ideia é, basicamente, aumentar a possível área de contato da bola com a luva. Isso quer dizer “dedos” (o revestimento externo do espaço para os dedos) mais largos e o principal, uma extensão entre polegar e indicador, uma ligação, se preferir, formada por uma pequena rede costurada.

Outra adaptação é o formato côncavo da luva, que faz a mão ficar em concha, para encaixar melhor a bola. A junção da área da palma da mão, acolchoada para o impacto da bola - outro ajuste - com a rede entre os dedos é chamada de bolso.

O bolso é outra grande área da anatomia da luva de beisebol, por ditar o equilíbrio entre a maior eficiência na recepção e o menor tempo para reposição da bola em jogo.

Imagem mostra duas luvas de beisebol em primeiro plano, repousando sob um banco. Ao fundo, o treino de uma equipe num estádio vazio.

A forma em concha e a rede entre o polegar e o indicador são os elementos mais característicos da luva de beisebol. (Fonte: Hyoshin Choi/ Unsplash)

Quais as vantagens e desvantagens da luva de beisebol?

Entre as vantagens de se usar uma luva de beisebol, a mais óbvia é a proteção que fornece à mão que agarra o objeto voador de cem quilômetros por hora, também conhecido como bola.

Depois, vale citar a velocidade que oferece ao jogo, ao fazer da combinação entre sua rede e seu bolso uma máquina de reposição de bola, isto é, de facilitar, a parti de seu design, a transferência da bola da mão da recepção para a mão do lançamento.

Isso só acontece a partir de um grande nível de detalhe à qual seus fabricantes se atentam, personalizando a luva para as situações de cada uma das posições, o que é outra vantagem.

Por outro lado, não consegue ser tão eficiente nos modelos mais versáteis, para mais de uma posição. Sua durabilidade segue o mesmo dilema, sendo enorme na parte externa mas vulnerável na parte interna.

Há ainda a questão da manutenção da luva, que deve ser periódica para ter a durabilidade ideal.

Vantagens
  • Proteção à mão
  • Potencializa o jogo
  • Detalhista
Desvantagens
  • Modelos versáteis pouco eficientes
  • Vulnerável internamente
  • Manutenção

Infield, Outfield, Catcher, Pitcher ou First Baseman?

Com a anatomia básica (rede, palma e bolso) igual entre todos os modelos, a diversidade do produto fica por conta das adaptações dos modelos às posições: Infield, Outfield, Catcher, Pitcher ou Baseman.

Esses ajustes são materializados nos detalhes, como a largura da luva, a profundidade dos bolsos e o formato da rede, principalmente.

Para os jogadores do Infield, por exemplo, as luvas devem ser leves, com um tamanho pequeno ou médio, para uma resposta mais rápida, assim como ter bolsos rasos. Suas redes devem ser mais fechadas, para suportarem as bolas normalmente mais fortes do setor.

No Outfield, a lógica se inverte. Os modelos devem ser maiores e mais largos, para aumentar a área de contato, as redes abertas, para facilitar a visão de uma posição que olha muito para o alto, e com bolsos mais profundos, para maior eficiência no apanhar da bola.

Imagem mostra um Catcher de beisebol de cócoras, com a mão direita atrás das costas e a mão esquerda, a da luva, estendida.

A luva de beisebol se adapta às necessidades de cada posição. O Catcher, por exemplo, tem o modelo mais reforçado. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

A luva de beisebol do Catcher talvez seja a mais diferenciada, até porque a função é a mais específica do jogo. Seu desenho não conta com dedos, para reforçar o amortecimento da bola, principal função do modelo. Sua rede deve ser fechada, sua palma, grossa, e seus bolsos, rasos.

São raras as bolas que o Pitcher recebe, então as suas luvas são as mais simples. A única necessidade é a rede fechada, usada para esconder a bola do batedor antes do arremesso.

Por fim, temos, ironicamente, o First Baseman, o jogador que precisa agir mais rápido. Sua luva é tipicamente sem dedos, com uma rede aberta, grande, e de bolsos rasos.

Infield Outfield Dancing Cruising First Baseman
Configuração Média e Leve Grande e reforçada Grande e sem dedos Simples Grande e sem dedos
Rede Fechada Aberta Fechada Fechada Aberta
Bolso Raso Profundo Raso Raso Raso

Qual a diferença entre a luva de beisebol e de softball?

Beisebol e Softball são esportes-irmãos. Tem a mesma lógica, mesma mecânica e objetivos similares. Por isso, é normal que você, iniciante, fique na dúvida entre os esportes, ou receoso de confundir as luvas!

Ainda assim, por mais que sejam esportes muito parecidos, suas luvas têm características próprias e fáceis de serem identificadas. Para começar conta da bola, que é maior, os modelos de Softball são mais largos.

Depois, os bolsos das luvas de beisebol são mais rasos, porque precisam acomodar uma bola menor. No mais, as luvas de Softball estão em menor variedade, pela menor complexidade e menor popularidade do jogo.

Imagem mostra uma jogadora de Softball apanhando uma bola durante o treino. Ela usa a luva na mão esquerda, mas usa a direita para auxiliar na recepção.

Por conta da bola maior, as luvas de softball têm maiores medidas e bolsos mais profundos que a luva de beisebol. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

Quanto custa uma luva de beisebol?

O que mais dita o preço das luvas de beisebol é a qualidade do material, sua confecção, seu acabamento e o nível de especialidade em que opera.

Você encontrará modelos mais baratos por volta dos R$ 70, enquanto pode chegar a até R$ 500 nos mais profissionais - e pode chegar mais longe em modelos de colecionador.

Onde comprar luvas de beisebol?

O beisebol não é exatamente popular no Brasil, então os melhores lugares para procurar sua luva são as grandes redes de artigos esportivos, como a Centauro, a Decathlon, e as raras lojas de marcas tradicionais, como a Wilson, por exemplo.

Mas a internet não conhece fronteiras, e em sites como Amazon, Mercado Livre, além de Netshoes e as versões onlines das lojas segmentadas, você encontrará uma grande variedade de modelos e preços, e tudo do conforto da sua casa, ainda por cima.

Critérios de compra: Como comparar as luvas de beisebol

Logo abaixo, você verá a nossa lista de critérios de compra, que propõe atenção à certos aspectos do produto que podem te ajudar a escolher a luva de beisebol ideal para você:

Agora, vamos falar sobre cada um desses itens, para que você termine este texto e comece sua compra o mais informado possível.

Nível de jogo

Antes de chegar na loja ou site de sua escolha, tenha claro o seu nível de jogo, ou pelo menos o nível do jogo do qual você irá participar. Um jogo sério pede organização e posições certas, assim como seus respectivos modelos de luvas.

Já um jogo mais descontraído permite luvas de beisebol mais versáteis, que possam desempenhar qualquer posição sem grandes perdas na eficiência.

Tamanho

O tamanho da luva de beisebol é essencial para seu desempenho durante o jogo. Como o esporte é americano, os tamanhos são medidos em polegadas, e são diferentes entre posições.

Para um Infielder, por exemplo, recomenda-se o uso de modelos de 10,5 à 11,5 polegadas, enquanto um outfielder deve usar entre 12 e 13 polegadas. A partir daí, é o seu conforto quem manda, lembrando sempre que vale mais sobrar um espaço interno do que um número justo demais.

Imagem mostra uma disputa por uma base durante um jogo. Um adversário levanta poeira ao se jogar na base, o outro salta sobre ele após arremessar a bola.

A sua posição (ou a falta dela) é o ponto de partida para escolher sua luva de beisebol. (Fonte: Pixabay/ Pexels)

Lado certo

Mais um aviso do que um critério, fique muito atento ao lado certo, isto é, à que mão que corresponde a sua luva. Isso é avisado na embalagem e muitas vezes na própria luva.

Lembre-se de que se usa a luva na mão oposta da sua preferida. Se você é canhoto, deve usar a luva de beisebol na mão direita.

Material

O material e a sua qualidade são decisivos no desempenho de seu modelo, e, principalmente, na durabilidade dele.

De preferência, se possível, aos modelos de couro legítimo e preenchimento das palmas em lã.

(Fonte da imagem destacada: Steshka Willems/ Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Fanático por esportes e apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias e tendências da moda masculina. Escreve sobre os produtos que orbitam nesses assuntos, e outros que deixam a casa e o dia a dia mais fácil, prático e, além de tudo, saudável.