Maca peruana em pó.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um dos mais poderosos suplementos alimentares da atualidade: a maca peruana.

Riquíssima fonte de vitaminas e minerais importantes para a nossa saúde, além de fibras, carboidratos e proteínas, a maca peruana ganhou fama por aumentar a fertilidade e a libido.

Mas os seus benefícios vão muito além disso. E, em meio a tantas opções, vamos mostrar neste artigo o que você deve levar em conta antes de comprar a maca peruana ideal para você.



Primeiro, o mais importante

  • A maca peruana equilibra os níveis hormonais, combate diabetes, anemia e osteoporose, controla o colesterol, é antioxidante e ainda ajuda a emagrecer.
  • Mesmo com todas essas vantagens, não é todo mundo que deve consumi-la, especialmente sem acompanhamento de um especialista.
  • Vamos mostrar para você quais são as características que diferenciam um suplemento de outro e como escolher a maca peruana mais adequada de acordo com seus objetivos.

Você também pode gostar:

As melhores opções de maca peruana: Nossas escolhas

Quem busca pela maca peruana saber do alto benefício que ela pode trazer para a saúde. Sabendo isso, os fabricantes têm investido em opções para todos os objetivos e necessidades. A seguir, vamos apresentar para você as melhores opções de suplementos com maca peruana disponíveis no mercado.

O favorito dos veganos

A Maca Peruana da Now Foods tem alta pureza do pó da raiz em forma de comprimidos. Esse suplemento alimentar contém, no total, 250 cápsulas veganas. Além disso, cada comprimido da Now Foods oferece 500mg de pura maca orgânica.

O melhor suplemento em pó

No products found.

A Maca Peruana em pó da Terra Saúde é uma maca orgânica em forma de pó, à base de proteínas vegetais. No total, esse suplemento contém 500 gramas. Além disso, cada porção de 10g contém 1g de proteína, 1,3mg de fibra alimentar e não contém sódio.

Para quem quer mais em um só suplemento

A Maca Peruana da Unilife é um suplemento em cápsulas que contém, no total 120 comprimidos. A porção da Unilife, que corresponde a duas cápsulas por dia, oferece cerca de 1000mg de maca peruana, além de 23mg de vitamina C e 3,5mg de zinco.

Guia de Compra

À primeira vista, parece simples escolher a maca peruana ideal. Mas é preciso levar vários fatores em consideração se você quiser garantir a eficiência desse produto.

Por isso, criamos este Guia de Compra com todas as informações que você precisará para tomar a melhor decisão ao comprar a maca peruana.

Mulher com comprimido e copo d’água.

A maca peruana é um dos suplementos mais populares atualmente. (Fonte: Antonio Guillem / 123rf)

O que é a maca peruana?

Maca peruana é uma planta medicinal que, como o próprio nome diz, é nativa do Peru, mais especificamente da região dos andes.

O nome científico dessa planta é Lepidium meyenii e ela consegue crescer a 4 mil metros de altitude com temperaturas que podem chegar a -25°C.

A maca é tão importante para a cultura e o povo andino que existe, inclusive, uma lei que proíbe o seu processamento fora do país. Isso porque a maca é cultivada no Peru há mais de 2 mil anos e tem grande apelo tanto na culinária quanto no uso medicinal.

Maca peruana.

O suplemento de maca peruana é feito a partir da raiz desse vegetal originário do Peru. (Fonte: ildipapp / 123rf)

Hoje em dia, no entanto, a planta é também é cultivada na China. E já conquistou o mundo inteiro, incluindo o Brasil, na forma de suplemento alimentar.

E o seu grande sucesso se deu por conta de uma de suas funcionalidades quando consumida: o de aumentar a libido e a fertilidade.

Para se tornar o suplemento como conhecemos, a raiz da maca peruana, que se assemelha à forma de um rabanete, passa por um processo de secagem e é então processada em forma de pó ou cápsulas.

O fato é que é na raiz da maca que estão os mais altos valores nutricionais, com uma grande quantidade de proteínas, vitaminas e minerais. Por isso, muito além de beneficiar a libido e a fertilidade, a maca peruana melhora a saúde como um todo.

O suplemento diminui problemas como ansiedade e depressão e, por ser um vegetal rico em fibras e em nutrientes importantes para o organismo, pode atuar até na manutenção dos ossos.

Além disso, a maca peruana tem caráter antioxidante, dificultando a formação de radicais livres. Mas os benefícios desse poderoso suplemento não param aí, como você verá logo mais nesse artigo.

Qual o valor nutricional da maca peruana?

Como vimos, a maca peruana é rica em proteínas, vitaminas e minerais, nutrientes que são essenciais para a nossa saúde, para a boa forma e a prevenção e combate de doenças.

Para você ter uma ideia, o teor de proteína da maca é altíssimo, chegando a 13% do seu peso. Esse valor explica, em parte, o efeito estimulante e redutor de cansaço que essa raiz também promove principalmente em quem pratica atividades físicas.

Além disso, a maca contém mais de 20 aminoácidos e muitos fitonutrientes que promovem a saúde. A raiz também possui compostos vegetais, como glicosinolatos e polifenóis, o que é ideal para veganos.

A seguir você confere valores aproximados da composição da maca peruana:

Informação nutricional Quantidade a cada 100 gramas
Proteína 18g
Lipídeos 2g
Carboidratos 76g
Fibras 8g
Vitamina B3 (niacina) 43mg
Vitamina C (ácido ascórbico) 200mg
Vitamina B1 (tiamina) 1mg
Vitamina B2 (riboflavina) 0,7mg
Potássio 2000mg
Sódio 40mg
Magnésio 100mg
Cálcio 250mg
Fósforo 300mg
Ferro 100mg

*Vale ressaltar que essas quantidades são aproximadas e podem variar de acordo com a marca fabricante.

Para que serve a maca peruana?

Com a variedade e a alta quantidade de nutrientes e vitaminas presentes em sua composição, a maca é altamente benéfica ao organismo.

Isso porque cada um desses elementos atua no nosso corpo para melhorar a saúde, além de prevenir ou tratar os mais variados tipos de doenças. Como vimos, esse suplemento é altamente recomendado para tratar problemas de fertilidade.

Mas o consumo dessa raiz também tem o poder de diminuir a absorção de glicose no sangue e de ajudar no combate de doenças cardiovasculares.

Casal segurando sapatinho de bebê.

A maca peruana melhora a fertilidade em homens e mulheres. (Fonte: 3907349 / Pixabay)

A grande quantidade de cálcio presente nessa raiz também permite o fortalecimento dos ossos, ajudando a combater a osteoporose.

Além de todas essas propriedades, o tubérculo ainda atua controlando os níveis hormonais, prevenindo assim uma série de doenças e efeitos incômodos como os que ocorre, por exemplo, na menopausa.

Para você entender em detalhes como a maca peruana pode beneficiar a sua saúde confira a seguir suas principais funções:

Combate o diabetes

A maca peruana atua no combate ao diabetes porque ela diminui a velocidade da absorção de glicose pelo corpo, graças ao alto teor de fibras.

Além disso, essa raiz também consegue inibir a ação de uma enzima que atua no processo de digestão. Com isso, é possível evitar a liberação de grandes quantidades de insulina de uma só vez, o que poderia favorecer o diabetes.

Protege o coração

Como vimos, a maca peruana contém ômega 3, que protege a saúde cardiovascular. Já o ômega 9 atua sobre o colesterol, diminuindo o colesterol ruim (LDL) e aumentando as taxas do bom colesterol (HDL).

Além disso, os aminoácidos presentes na maca peruana também estão envolvidos no controle de gorduras no sangue e da hipertensão.

Pessoa medindo a glicose com aparelho no dedo.

A maca peruana reduz a absorção de glicose pelo organismo, por conter um alto teor de fibras. (Fonte: TesaPhotography / Pixabay)

Previne a osteoporose

A osteoporose ocorre quando os níveis de estrógeno, hormônio que protege os ossos, diminuem no organismo. Isso costuma ocorrer com mais força durante a menopausa.

Como a maca é rica em cálcio, o seu uso medicinal pode funcionar como prevenção da doença.

Auxilia no tratamento da anemia

A anemia ocorre em geral quando há deficiência de ferro no organismo. Como a maca peruana também possui altos teores desse mineral, o consumo desse suplemento pode ajudar na prevenção e tratamento da doença.

Fortalece o sistema imunológico

A maca peruana também é conhecida por ajudar no aumento da força e da resistência muscular. O suplemento é capaz, inclusive, de garantir mais energia para o organismo e melhorar o humor.

Idoso caminhando na praia.

A maca peruana previne a osteoporose e a anemia, além de fortalecer o sistema imunológico. (Fonte: qimono / Pixabay)

Ameniza os efeitos da menopausa

A maca alivia os sintomas comuns da menopausa, como as ondas de calor, mas sem os efeitos colaterais de tratamentos químico-hormonais.

O fato é que a raiz diminui a fadiga, eleva a libido e ainda age como uma barreira contra a desidratação da pele.

Libido

Pesquisadores do Peru já comprovaram o poder estimulante da planta na libido das pessoas.

Isso porque as propriedades da maca peruana agem sobre o hipotálamo que, entre outras funções, regula os níveis de estresse; e sobre as glândulas suprarrenais, que ajudam na regulação do metabolismo.

Qual a dose recomendada de maca peruana?

De acordo com especialistas, a dosagem recomendada para o consumo diário de maca peruana pode variar entre 400 e 1000 miligramas (mg).

No entanto, é preciso que você fique atento para não ultrapassar a dose máxima de consumo que é de 3000mg por dia. Isso porque, como veremos a seguir, assim como outros tipos de suplementos, o consumo em excesso pode ser prejudicial à sua saúde.

Vale ressaltar ainda que pessoas que fazem uso de antidepressivos, anticoagulantes ou sofrem de pressão alta, devem consumir no máximo de 600mg de maca peruana.

Por isso, especialistas recomendam que, em todos os casos, antes de iniciar o uso da maca peruana, você tenha a avaliação e o acompanhamento do seu médico ou nutricionista.

Afinal, apenas um especialista poderá avaliar com profundidade as suas necessidades nutricionais.

Como consumir a maca peruana?

O sabor do pó de maca peruana é, em geral, neutro. Por isso, o alimento, em forma de farinha, pode ser acrescentado e consumido em várias receitas, doces ou salgadas.

Por exemplo, é muito comum o uso do pó dessa raiz com bebidas frias e quentes. Mas ela também pode ser incluída em outras receitas.

Vale apenas ressaltar que, de acordo com especialistas, a raiz pode perder um pouco de seu valor nutritivo quando aquecida em altas temperaturas.

Veja a seguir algumas dicas de como incluir a maca peruana na sua dieta:

  • Café da manhã: na primeira refeição do dia você poderá, por exemplo, polvilhar a maca peruana no café, em sucos, vitaminas de frutas ou nos cereais matinais.
  • Farinhas: é possível adicionar a maca peruana em farinhas para preparos de bolos, panquecas e pães.
  • Frutas: o pó de maca peruana pode ser complemento de saladas de frutas, por exemplo.
  • Cremes: é possível adicionar o pó da maca peruana em cremes de abacate, patês e pastas de amendoim.

A maca peruana ajuda no emagrecimento?

Apesar de mais da metade da composição da maca peruana ser feita de carboidratos (cerca de 59%), essa raiz pode, sim, ajudar quem deseja emagrecer.

Pode parecer contraditório já que a maioria das pessoas acredita que para emagrecer é preciso reduzir o consumo de carboidratos.

Mas, de acordo com especialistas, isso não passa de um mito. Ao contrário do que muita gente pensa, o carboidrato é essencial na dieta, já que ele oferece a energia que o corpo precisa.

Mulher correndo ao ar livre.

A maca peruana, aliada à alimentação saudável e exercício físicos, ajuda no processo de emagrecimento. (Fonte: StockSnap / Pixabay)

Além disso, no caso da maca peruana, a grande prova de seu benefício é que, como vimos, ela é muito rica em fibras.

E as fibras ajudam a regular o intestino, comprovadamente aumentando a saciedade, o que ajuda a reduzir o apetite. No entanto, o consumo isolado da maca peruana não faz milagres.

Para atingir a meta do emagrecimento saudável é preciso que haja um conjunto de fatores, entre eles mudanças de hábitos alimentares e a prática de atividade físicas constantes.

A maca peruana possui efeitos colaterais?

Ainda não existem estudos ou pesquisas que comprovem os efeitos colaterais do consumo da maca peruana. Sabe-se, porém, que se consumida nas doses recomendadas, a maca peruana se mostra bastante segura.

No entanto, assim como ocorreria com qualquer outro suplemento, o uso em excesso pode eventualmente ocasionar problemas.

O excesso de qualquer suplemento alimentar não é recomendado. O consumo de doses muito altas deve ter o acompanhamento do seu médico ou nutricionista.

Entre eles, é possível que aconteça o descontrole do sistema endócrino, que pode acarretar em sérias consequências para a saúde.

Por isso, caso você inicie o uso de maca peruana e sinta algum sintoma anormal, recomendamos que suspenda o uso e procure o seu médico de confiança.

Quais são as contraindicações da maca peruana?

Apesar dos grandes benefícios do consumo dessa raiz, os especialistas não recomendam o seu consumo para todas as pessoas.

Isso porque, como não há comprovação científica dos efeitos colaterais, algumas pessoas que possuem condições específicas de saúde podem correr riscos.

Confira a seguir os grupos de pessoas que não deve consumir a maca peruana, ou devem obrigatoriamente ter a recomendação de um médico para o consumo:

  • Gestantes e lactantes
  • Pessoas com problemas hormonais
  • Pessoas com distúrbios gastrointestinais
  • Pacientes com câncer de mama, útero, ovário e endometriose

Além disso, se você tem problemas na tireoide também é preciso consultar um médico antes de começar a consumir a maca peruana.

A maca possui goitrogênicos, que são substâncias que dificultam a absorção de iodo e podem alterar o funcionamento normal da glândula.

Quais as vantagens e desvantagens da maca peruana?

Como vimos até aqui, a maca peruana é um suplemento nutricional que possui muito mais vantagens do que desvantagens.

Essa raiz ajuda a emagrecer, já que o alimento fornece fibras e carboidratos complexos, o que contribui para que a pessoa se sinta mais saciada. Sem contar que a maca peruana ainda aumenta o desempenho esportivo porque dá mais energia.

Se consumida após o exercício, a maca peruana ajuda a reduzir a fadiga muscular e dores, pois diminui a quantidade de ácido lático e ácido malônico no organismo.

Homem levantando peso na academia.

O suplemento de maca dá mais energia, o que aumenta o desempenho nas atividades físicas. (Fonte: janeb13 / Pixabay)

Outra vantagem é que esse suplemento é altamente eficiente no controle hormonal e na fertilidade. Além disso, a maca ajuda a aumentar a libido.

Mas ela também tem vantagens que ajudam a melhorar a saúde em geral como por exemplo: proteger o coração e fortalecer o sistema imunológico.

Isso porque ela rica em proteínas, vitaminas do complexo B, vitamina C, e minerais como zinco e magnésio, que proporcionam um equilíbrio imunológico no corpo.

A maca peruana é rica em fibras, proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais.

A maca peruana é um suplemento alimentar rico em fibras, proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais. Além disso, e a maca peruana ajuda a combater a diabetes, a osteoporose, anemia e alivia os sintomas da menopausa.

Outra vantagem é que o consumo de maca peruana ajuda a combater os radicais livres, que podem danificar as células do corpo e causar câncer.

A raiz em forma de suplemento também pode melhorar o humor, já que o seu consumo reduz a ansiedade e sintomas da depressão.

Mulher feliz na praia.

A maca peruana diminui a ansiedade, a depressão e melhor o humor. (Fonte: Lazare / Pixabay)

Como desvantagens podemos citar a restrição de uso para algumas pessoas, principalmente as que têm problemas de saúde. Outra desvantagem é que, atualmente, nem todos os produtos vendidos no mercado são de fato fabricados com a maca peruana pura.

Não é raro encontrar opções em que os fabricantes misturam outros tipos de farinhas ao pó da maca. Com isso, os altos valores nutricionais acabam reduzidos.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens da maca peruana:

Vantagens
  • Aumenta a fertilidade e a libido
  • Diminui sintomas da menopausa
  • Equilibra os níveis hormonais
  • Combate diabetes, anemia e osteoporose
  • Protege o coração
  • Fortalece sistema imunológico
  • Controla o colesterol ruim e aumenta as taxas do bom colesterol
  • Aumenta o desempenho esportivo
  • Ajuda a emagrecer
  • Reduz ansiedade e sintomas da depressão
  • É antioxidante
Desvantagens
  • Nem todos podem ou devem consumir
  • Alguns produtos tem qualidade duvidosa

Quanto custa a maca peruana?

O preço maca peruana varia bastante em função da marca fabricante, da quantidade e da concentração dos nutrientes. Mas, em geral, você vai encontrar a maca custando entre R$12 e R$1 mil.

É claro que você não precisa comprar a mais cara de todas. Recomendamos que você encontre um equilíbrio entre a quantidade e a pureza do produto, de acordo com os seus objetivos.

Onde comprar a maca peruana?

Você vai encontrar a maca peruana à venda em lojas de produtos naturais, de suplementos, de departamento e hipermercados como Lojas Americanas e Carrefour.

Mas nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil. Dessa forma, você não apenas garante mais opções de marcas, tamanhos e preços, como ainda adquire a sua maca peruana do conforto da sua casa.

Critérios de compra: O que considerar ao escolher a maca peruana

Como vimos, o ideal é que você consulte um médico antes de iniciar o consumo da maca peruana. Isso lhe ajudará a definir, principalmente, a melhor dosagem a ser ingerida.

Mas, além disso, é preciso que você entenda o que diferencia um produto de outro, em meio a tantas opções disponíveis no mercado. Por isso, listamos para você os principais fatores que devem ser verificados antes de comprar a maca peruana:

  • Pureza
  • Composição
  • Forma
  • Dose
  • Quantidade

A seguir, vamos explicar cada um desses fatores em detalhes para que você tome a melhor decisão ao investir na maca peruana ideal.

Pureza

O primeiro fator que recomendamos que você leve em conta, antes de comprar a sua maca peruana, é a pureza da substância utilizada na fabricação do produto.

Como vimos, infelizmente, alguns fabricantes acabam utilizam outros tipos de farinhas misturadas ao pó da maca no intuito de aumentar o rendimento das porções.

No entanto, esse tipo de prática não apenas engana o consumidor como ainda reduz o potencial nutricional da raiz.

 Maca peruana em forma de raiz e em pó.

Sempre opte pela maca peruana cujo fabricante garante a pureza do produto. (Fonte: ildipapp / 123rf)

Por isso, para ter a certeza de que você está adquirindo um produto realmente puro, opte pelas opções que garantam que utilizam 100% de pó de raiz de maca peruana pura em sua fabricação.

Além disso, os fabricantes que também garantem o uso do extrato da raiz, seja na versão crua ou orgânica., também são indicativos de pureza.

Composição

Em seguida, você deve observar a composição nutricional da maca peruana. Isso porque, nesse quesito, você poderá optar pela maca em sua versão isolada ou combinada com outros suplementos.

Na versão isolada, é importante que você confira a lista de ingredientes para garantir que não nada além da maca peruana, incluindo aí açúcares e aditivos.

Além disso, também é importante que você observe que o tipo de minerais e vitaminas presentes na maca peruana podem variar.

Leia atentamente a composição nutricional na embalagem para garantir que você está investindo na maca peruana que contém as vitaminas e nutrientes de que você precisa.

Ou seja, nem toda maca peruana vendida no mercado, de fato oferece todas as vitaminas, minerais, proteínas, fibras e nutrientes que a raiz em geral possui.

Por exemplo, é possível que você encontre um produto que contenha algumas vitaminas, como A e C e alguns minerais como, por exemplo, zinco e magnésio. Sua escolha deve ser baseada em suas necessidades nutricionais.

Mas se você preferir escolher a maca peruana que vem combinada com outros elementos, suas opções podem ser maiores. Os elementos mais frequentemente misturados à maca são, por exemplo, o colágeno e o ginseng.

Forma

Outro fator importante que você deve considerar antes de comprar a sua maca peruana é a forma como o produto será consumido.

Você irá encontrar duas opções: em cápsulas e em pó. A escolha desse quesito é pessoal, mas deve levar em conta a praticidade e facilidade de digestão e deglutição.

A maca peruana em pó, por exemplo, requer que você calcule corretamente a dosagem, o que nem sempre é possível quando você está no trabalho, na academia ou fora de casa.

Ainda assim, com a maca em pó você terá a opção de utilizá-la em variadas receitas, desde bebidas, como vitaminas de café da manhã, até saladas, assados e cozidos.

Por outro lado, a maca peruana em forma de comprimidos torna-se mais prática já que você pode consumi-la em qualquer local que estiver durante o dia.

Além disso, não há a preocupação da dosagem correta, já que basta seguir a recomendação da marca fabricante.

Dose

Recomendamos também que você observe a dosagem recomendada, que varia de acordo com o fabricante do suplemento. O ideal é que você estabeleça a dose diária a ser consumida em conjunto com o seu médico ou nutricionista.

Mas, em geral, você encontrará suplementos cuja dose para ingestão diária de maca peruana vai variar entre 500mg e 1500mg.

Além disso, é preciso levar em conta também a porção necessária para consumir cada dosagem. Isso porque a quantidade de porções também varia de uma marca para outra.

Cápsulas de maca peruana.

A dose do suplemento pode variar entre duas e seis cápsulas diárias. (Fonte: gokalpiscan / Pixabay)

Para você ter uma noção, é possível encontrar produtos em que a dose diária será absorvida com a ingestão de duas, quatro ou até seis cápsulas por dia.

É claro que você não precisará ingeri-las de uma vez só. O próprio fabricante indica a melhor forma de consumir que, em geral, é fracionada em duas ou três vezes ao dia. Já na forma de maca peruana em pó, a porção varia entre 10g e 30g por dia.

Quantidade

Por fim, avalie a quantidade total de maca peruana na embalagem. Dessa forma, você garante que irá investir o seu dinheiro de maneira correta e consciente.

Em geral, você irá encontrar opções de maca peruana em cápsula com embalagens que contêm entre 60 e 200 comprimidos. Já na versão em pó, você poderá optar por produtos que têm entre 100 gramas e 20 quilos.

foco

Você sabia que, de acordo com a lenda, um imperador inca acrescentou a maca peruana na dieta dos seus solados, com o objetivo de garantir energia ao seu exército?

Mas o que ele não esperava era que, apesar das vitórias conquistadas, o desejo sexual dos homens acabou fugindo de controle. Depois disso, dizem que a raiz recebeu o apelido de “Viagra dos Incas”.

(Fonte da imagem destacada: Baiba Opule / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.