Imagem mostra a chama saindo do bico de um maçarico para uma solda.
Ultima atualização: 12 de abril de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

49Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! O assunto de hoje aqui é maçarico. Pensando em comprar essa ferramenta que é tão útil nas indústrias de plásticos e metais ou para produção de artesanato? Então vamos mostrar como fazer a melhor escolha!

O uso dessa ferramenta é recomendado para o corte, a solda e o aquecimento de plásticos e metais. É necessário ter alguns equipamentos extras que se juntarão ao corpo principal da ferramenta, como bicos específicos para cada função e tanque de gás.

Para que você tenha certeza de que está fazendo uma ótima compra, vamos passar nesse documento pelos principais detalhes a se prestar atenção nos modelos de maçarico e no seu uso. Jamais se esqueça de seguir todas as especificações de segurança!




Primeiro, o mais importante

  • O maçarico é uma ferramenta multiuso: pode ser empregada profissionalmente, em soldas ou cortes, ou em artesanato, culinária e até acampamentos e situações complicadas que pedem por fogo. Preste atenção nos bicos e gases ideais para cada situação!
  • Lidar com um maçarico significa lidar com temperaturas muito altas. Por isso, nunca se esqueça de todos os equipamentos de proteção. A sua segurança deve vir acima de todas as outras coisas.
  • Há maçaricos muito baratos, que custam cerca de R$ 25, e outros bem mais caros. Mas é comum que se precise fazer compras de itens extras, como cilindros de gás, que irão encarecer o valor total.

Você também pode gostar:

Melhores modelos de maçarico: Nossos favoritos

Selecionamos alguns dos principais maçaricos disponíveis no mercado e trazemos as especificações de cada um deles. Você poderá entender porque são ótimas ferramentas e analisar quais mais se encaixam nas suas necessidades! Abaixo, a lista com alguns modelos de ótima qualidade:

O maçarico portátil mais versátil

Esse maçarico da Western é excelente para vários tipos de trabalhos. Por ser pequeno e portátil, tem um formato anatômico que facilita muito seu manuseio. Tem botão de aquecimento e controle manual de chama. Ótimo para principiantes. Seu uso é recomendado para soldas, encanamentos, reparos, artesanatos e até mesmo culinária. É necessário o uso de um refil de gás butano, não incluido na compra do maçarico. A temperatura de funcionamento é de 1300 graus.

O maçarico ideal para acampamentos

Mais um modelo portátil, com uso em diversas situações profissionais ou do dia a dia. Além da tradicional fusão e soldagem de plásticos e metais, também pode ser útil até para iniciar fogo em acampamentos ou lareiras. Também é necessário adquirir um cilindro de gás butano ou metano separadamente. A garantia é de 3 meses e a temperatura de funcionamento é de 1450 graus.

O melhor maçarico profissional

Um maçarico profissional de altíssimo nível da Vonder, essa ferramenta tem a possibilidade de encaixe com dois tipos diferentes de gás: propano ou MAPP (metilacetileno e propadieno). Dessa forma, a temperatura alcança os 2000 graus. O corpo do maçarico é todo feito em bronze, tornando-o mais resistente. As principais indicações do produto são a brasagem e a soldagem.

O melhor maçarico para corte

Também da Vonder, esse maçarico tem como principal especialidade o corte, não a solda. Existe a possibilidade de se misturar dois gases para alcançar melhores resultados. Um exemplo seria oxigênio e acetileno. Vem com dois bicos diferentes, que devem ser trocados de acordo com os gases utilizados. A capacidade é de três tubos e há um misturador interno. Traz uma válvula de corte resistente a possíveis retrocessos de chama, excepcional aditivo de segurança.

O mini maçarico mais versátil

A versatilidade desse produto da Bosch é sua principal virtude. Acompanha vários bicos que têm as mais diversas serventias, como solda, fusão, corte e até mesmo uso culinário. Também precisa de um cilindro de gás butano (que deve ser adquirido separadamente) para funcionar. A segurança também é privilegiada com controle de chama e botão de trava para trabalhos contínuos.

Guia de compra

Você sabe para o que serve, exatamente, um maçarico? E como fazer uso dele? Vamos nesse guia de compra demonstrar tudo o que você precisa saber para conseguir trabalhar de forma apropriada com essa ferramenta!

Afinal, conhecimento e segurança nunca existem em exagero!

 Imagem mostra um homem com capacete e viseira fazendo uso de um maçarico no trabalho.

Há muitos trabalhadores que precisam fazer uso diário de maçarico. (Fonte: skeeze/ Pixabay.com)

O que é um maçarico e para que ele serve?

Um maçarico é uma ferramenta que produz fogo através de gases oxicombustíveis. É necessário o auxílio de um cilindro contendo um gás que pode variar bastante, mas na maioria das vezes, é butano, propano ou oxigênio.

Também há ocasiões nas quais é usada mistura de gases. Isso requer maçaricos especiais com encaixe para mais de um cilindro.

O maçarico funciona através de uma alavanca ou gatilho que gera aciona a produção de chamas. Normalmente, haverá também um bico especial para cada tipo de operação.

As operações são variadas: soldar ou cortar vidros, metais ou plásticos são os usos mais frequentes, mas também pode haver utilidade com fusões e outros trabalhos artesanais. Até mesmo na cozinha eles são utilizados, apesar de haver maçaricos específicos para uso culinário.

E você pode precisar deles em situações corriqueiras da vida, como acender uma lareira ou uma fogueira.

Confira na tabela abaixo as vantagens e desvantagens de possuir um maçarico:

Vantagens
  • Muito útil em determinados tipos de artesanato
  • Pode ajudar em situações corriqueiras do dia a dia
  • Ferramenta poderosa para trabalho com plástico e metal
Desvantagens
  • Necessidade de reabastecimento de tanques de gás
  • Necessidade de investimento em equipamentos de proteção
  • Pode não ter utilidade constante se você não trabalha com plástico ou metal

Quais os acessórios necessários para um maçarico?

Há dois tipos de acessórios para maçaricos que são importantes e precisam ser estudados com atenção: bicos e cilindros de gás.

Isso acontece porque cada tipo de bico e cada gás é recomendado para funções diferentes. Um determinado encaixe pode ser excelente para solda, mas não vai conseguir fazer um corte. Por isso, sempre consulte especialistas sobre o assunto!

Também é preciso fazer a combinação correta entre bico e gás. Um exemplo: o bico tipo 1502 é ideal para uso com acetileno e para corte.

Todas essas especificações precisam ser seguidas para que você consiga a máxima eficiência no seu trabalho!

foco

Você sabia?

A descoberta do ferro, que aconteceu por volta de 2.000 AC, foi um passo fundamental no avanço da humanidade. Logo em seguida, começou-se a pensar em formas de fundir pedaços para construir objetos de diversas funcionalidades.

O uso de combustíveis para essa tarefa sempre foi comum, mas o maçarico como conhecemos hoje demorou para surgir. Foi só no século XIX, mais precisamente em 1801, que o químico Robert Hare desenvolveu o primeiro exemplar.

Quais os equipamentos e medidas de segurança para uso de maçarico?

O trabalho com maçarico envolve chamas em altíssimas temperaturas e manuseio de gases que podem causar graves acidentes. Por isso, há uma série de normas de segurança que precisam ser seguidas.

Sempre use equipamento de proteção: roupas especiais com grande resistência térmica, capacete, viseira e luvas são fundamentais. Também verifique se elas não estão sujas por materiais inflamáveis como graxa ou óleo. O mesmo vale para o bico do maçarico.

Verifique se o maçarico conta com regulação de chamas e com válvula corta fogo. Também preste atenção se o bico está bem ajustado e se ele é ideal para o uso com a sua ferramenta.

Jamais permita que a mangueira enrole. Se você perceber que o maçarico está engolindo fogo, ou seja, puxando as chamas para dentro, reduza a chama gradativamente até a desativação completa. Descubra qual o problema antes de voltar ao trabalho.

Não trabalhe com desleixo ou pouca atenção. Esteja sempre atento a eventuais problemas para que seu uso do maçarico não tenha nenhum risco!

Confira esse vídeo com diversas dicas de segurança para o uso profissional de um maçarico:

Quanto custa um maçarico?

Um maçarico para uso em tarefas simples provavelmente será barato. É possível encontrar modelos eficientes a partir de R$ 25. Quanto mais pesado o serviço, porém, mais esse valor irá subir.

Maçaricos especializados em corte podem chegar a cerca de R$ 300. Sempre precisamos lembrar que isso é apenas o corpo da ferramenta, e que itens extras como cilindros de gás e bicos especiais precisam ser comprados separadamente.

Onde comprar um maçarico?

Lojas de ferramentas, sejam aquelas mais simples, de bairro, ou grandes redes, terão alguns modelos de maçarico. As marcas famosas de lojas de materiais de construção, como C&C, Dicico e Telhanorte, também são ótimas opções.

Para comprar pela Internet, nossa recomendação é a Amazon brasileira. Segura e cheia de modelos, ela com certeza te deixará com um ótimo maçarico! Outras opções são o Mercado Livre e os sites das grandes redes citadas acima.

Critérios de compra: o que levar em consideração ao comprar um maçarico

Existem alguns fatores que também são importantes na escolha do maçarico ideal. Para que você compre o melhor modelo para as suas intenções, vamos fazer uma análise de alguns deles!

Abaixo, mais detalhes sobre esses itens:

Itens extras

Já citamos que a necessidade de comprar itens como cilindros de gás e bicos especiais podem encarecer o valor de um maçarico. Mas e se isso não for necessário? Há alguns modelos que já trazem coleções extras que certamente diminuirão seus gastos.

Caso você busque um maçarico para ser multifuncional, será uma mão na roda se ele já contar com bicos e adaptadores, por exemplo. Encaixes extras para mangueiras, ou a própria mangueira, também podem ajudar bastante.

Abertura para cilindro

Nas especificações de vários maçaricos, você encontrará as dimensões da abertura para cilindro que eles possuem. Assim, você saberá exatamente qual é o encaixe ideal e como fazer a compra correta.

Não adianta tentar adquirir um cilindro incompatível com o seu maçarico. Além dele não se encaixar de forma apropriada e causar perda de dinheiro, haverá riscos de segurança. O melhor a se fazer é sempre seguir a instrução apontada por tais números.

Temperatura de funcionamento

Imagem mostra um maçarico em close com a chama sendo produzida.

A chama de um maçarico tem variações que vão de 1000 a 4000 graus celsius. (Fonte: kboyd/ Pixabay.com)

A temperatura da chama de um maçarico pode variar bastante. Há alguns que operam em pouco mais de 1000 graus celsius, outros que podem alcançar até os 4000. Esse valor está normalmente especificado na descrição do produto.

A chama chamada de neutra, que é ideal para fazer solda, é a mais potente. Normalmente é alcançada pela mistura de oxigênio e acetileno. Maçaricos que não alcançam essa temperatura não são recomendados para esse tipo de trabalho.

Portabilidade

Alguns dos maçaricos disponíveis no mercado trazem a denominação de serem “portáteis”. Se você pretende usá-lo em diversos lugares, como prestando serviços de solda ou levando-o a acampamentos, essa é uma característica importante.

Para serviços pesados e que vão acontecer sempre em um mesmo lugar, como um ambiente de trabalho, não é tão fundamental. Mais uma vez, depende de quais são os usos que você pretende fazer do maçarico!

Design e ergonomia

O design e a ergonomia de um maçarico são importantes para deixar o trabalho menos cansativo. Se o gatilho fica posicionado em um lugar fácil, bem como os marcadores e botões de ajustes, você precisará de menos tempo para se acostumar com a ferramenta.

Existem alguns modelos que são desenhados para facilitar essa experiência de iniciante e tornar o processo de uso confortável. Se essa for uma prioridade, escolha um maçarico desenhado com tal intenção. Não se complique tentando usar um maçarico mais complexo!

(Fonte da imagem destacada: NjoyHarmony/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em nós?

César Ferreira Formado em Engenharia Industrial
César é apaixonado por carros. Talvez tenha sido essa paixão que o levou a, desde pequeno, querer entender como as coisas funcionam. Essa curiosidade, por sua vez, lhe fez cursar Engenharia Industrial. Hoje, ele presta consultoria para pequenas e médias empresas e, nas horas vagas, deixa seu carro - e o de seus amigos - cada vez mais tecnológicos e especiais.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.