Marmita com refeição na mesa de trabalho com notebook.
Ultima atualização: 18 de setembro de 2019

Como escolhemos

10Produtos analisados

16Horas investidas

3Estudos avaliados

48Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um item prático e funcional para o seu dia a dia: a marmita elétrica.

Com a marmita elétrica você mantém bons hábitos alimentares e ainda consegue fazer as suas refeições quentinhas sem precisar do micro-ondas ou do forno elétrico.

Hoje em dia existem diversos modelos de marmita elétrica e, por isso, vamos mostrar neste artigo o que você deve levar em conta antes de comprar o modelo ideal.




Primeiro, o mais importante

  • A marmita elétrica esquenta suas refeições de maneira simples e prática, bastando apenas ter uma tomada por perto.
  • Com esse acessório, você economiza no orçamento, melhora os hábitos alimentares e ainda se livra de esperar a vez de usar o micro-ondas.
  • Vamos mostrar para você quais são as características que diferenciam um modelo de outro e como escolher a melhor marmita elétrica de acordo com o seu objetivo.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de marmita elétrica: Nossas escolhas

Se você está em busca de uma marmita elétrica, quer eficiência e praticidade na hora das refeições, certo? Sabendo disso, os fabricantes desse produto investiram em versões diversificadas para atender a todos.

Por isso, a seguir, nós vamos apresentar para você os melhores modelos de marmita elétrica disponíveis hoje em dia no mercado.

A opção com vedação em silicone

A marmita elétrica da Soprano tem capacidade para acomodar até 1,2 litros. Com tampa de vedação em silicone, esse modelo conta com um pote e uma base que são independentes.

Além disso, essa marmita elétrica é bivolt e o material de fabricação é livre de BPA. Pesando 560g, esse modelo mede 10,5cm de altura, 22,5cm de largura e 16,5cm de profundidade.

A marmita elétrica com grade de segurança

A Pratic da Lenoxx é uma marmita elétrica com capacidade para até 1 litro. Com divisória interna, que pode ser ajustada ou removida, essa marmita pesa 400g e mede 9cm de altura, 21,5cm de largura e 16cm de profundidade.

Além disso, esse modelo é bivolt, conta com grade de segurança, que isola o aquecedor interno; e possui trava nas laterais da marmita para que a tampa fique bem fixa e fechada.

A opção feita com material atóxico

A Marmi Quent é uma marmita elétrica com divisória interna e capacidade total de até 1,2 litros. Medindo 11,9cm de altura, 12,7cm de largura e 19,1cm de profundidade, esse modelo tem sistema de desligamento automático.

Além disso, essa marmita elétrica, que pesa 550g, conta com tampa que possui trava, é bivolt e é fabricada com material atóxico.

A opção prática e segura

A marmita elétrica AB Midia tem capacidade para armazenar 1,5 litros. Com trava nas laterais, para que a tampa fique bem fechada, esse modelo tem voltagem de 110V.

Além disso, essa marmita elétrica conta com uma divisória interna e as seguintes dimensões: 10 cm de altura, 16 cm de largura e 25 cm de comprimento.

A marmita que também pode ser aquecida no carro

A marmita elétrica da Faça & Resolva acompanha cabo para ligação em 12V, ideal para aquecer as refeições no carro. Ainda assim, esse modelo também pode ser usado diretamente na energia elétrica (cabo não incluído).

Com capacidade de 1 litro, essa marmita pesa 500g, possui divisória interna e inclui uma colher. Com desligamento automático, esse modelo mede 18cm de altura, 11,5cm de largura e 24,7 cm de comprimento.

Guia de Compra

Com tantas opções interessantes, você deve estar se perguntando: como escolher a melhor marmita elétrica? Para isso, é preciso que você considere sua rotina, necessidades e, é claro, as características de cada modelo.

Para ajudar você, criamos este Guia de Compra com todas as informações que você vai precisar para tomar a melhor decisão ao comprar a marmita elétrica ideal.

Mulher com marmitas e alimentos.

A marmita elétrica é prática e ajuda você a manter hábitos saudáveis. (Fonte: Olena Kachmar / 123rf)

O que é uma marmita elétrica?

Levar a marmita com a refeições feitas em casa, seja para o trabalho, academia, passeios ou viagens já é uma tendência que veio para ficar.

Afinal, os benefícios são imensos. Com a marmita, você garante que está comendo uma alimentação saudável e ainda economiza no orçamento ao evitar gastar em lanchonetes e restaurantes.

Mas, ainda assim, existem alguns empecilhos. Afinal, mesmo levando sua refeição em uma marmita, eventualmente, dependendo dos alimentos, você precisará esquentá-los antes de comer.

Se você está no ambiente trabalho pode até contar com um micro-ondas ou forno elétrico para isso, mas, é claro, vai precisar entrar na fila já que muitos colegas farão o mesmo.

Além disso, caso você precise levar a sua marmita para reuniões externas ou até mesmo em viagens, nem sempre será possível esquentar a sua refeição.

Para resolver esses problemas e facilitar ainda mais a sua rotina é que entra em cena a marmita elétrica. A marmita elétrica é uma maneira simples de ter sempre a sua comida à mão, aquecida e fresca.

Esse tipo marmita possui um cabo que é ligado à rede elétrica e aquece suas refeições em um período que pode variar de 20 e 45 minutos, dependendo do modelo que você escolher.

A marmita elétrica conta com cabo que, ligado à energia elétrica, aquece os alimentos por meio de vapor de maneira prática e eficiente.

A marmita elétrica é composta de duas partes: um pote para colocar a refeição e uma bandeja que fica embaixo. Nessa bandeja é coloca um pouco de água que irá ferver quando a marmita estiver ligada na tomada.

Ou seja, com a marmita elétrica a sua comida será aquecida por meio de vapor, sem ondas eletromagnéticas, o que ajuda a manter o sabor, a textura e as propriedades dos alimentos.

Quais as diferenças entre a marmita elétrica e as outras marmitas?

O fato é que a marmita elétrica é apenas uma das várias versões disponíveis hoje em dia no mercado.

Cada tipo de marmita tem seus prós e contras e, por isso, é importante que você entenda as diferenças entre elas para realizar a compra mais adequada de acordo com os seus objetivos.

Em geral, existem pelos menos quatro tipos de marmitas diferentes: de plástico, de vidro, de silicone e a elétrica.

A marmita de plástico é a mais comum e barata. Leve, ela é ideal para transportar, por exemplo, lanches para o trabalho. A marmita de plástico pode ser aquecida no micro-ondas, mas já está comprovado que isso não faz bem para a saúde.

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) já advertiu que o aquecimento de comida dentro de recipientes de plástico no micro-ondas libera a dioxina, uma substância que pode causar câncer.

Além disso, a marmita de plástico costuma ficar manchada dependendo do alimento que você armazenar nela.

Já a marmita de vidro, apesar de mais pesada e, por isso, se mais difícil de levá-la em uma bolsa ou mochila, por exemplo, não mancha e é mais segura para ser aquecida no micro-ondas.

Duas marmitas com a tampa aberta.

Existem diversos tipos de marmita com prós e contras. (Fonte: karandaev / 123rf)

A marmita de silicone é outra opção. Prática na hora da limpeza, já que o silicone é um material mais fácil de ser esterilizado, esse tipo de marmita é leve e maleável.

Por ser dobrável, se torna mais fácil levá-la para qualquer lugar dentro de uma bolsa térmica, por exemplo.

Por fim, temos a marmita elétrica. Como vimos, esse tipo de marmita faz o que nenhum outro tipo é capaz: aquece a comida em banho-maria por meio da tomada de energia elétrica.

No entanto, justamente por já ter o seu próprio sistema de aquecimento, a marmita elétrica não pode ser levada ao forno nem ao micro-ondas.

Veja a seguir as principais diferenças entre os tipos mais comuns de marmita:

Marmita de plástico Marmita de vidro Marmita de silicone Marmita elétrica
Tipo de aquecimento Micro-ondas Micro-ondas e forno Micro-ondas e forno Energia elétrica
Toxicidade Sim Não Não Não
Peso Leve Pesada Leve Leve
Limpeza Difícil Muito fácil Muito fácil Fácil

Quais os cuidados você deve ter com a marmita elétrica?

Como se trata de um produto que é ligado na tomada, a marmita elétrica merece alguns cuidados, principalmente para aumentar a sua vida útil.

Primeiramente, antes de usar a sua marmita elétrica pela primeira vez, você deve verificar se a voltagem do local está compatível com a voltagem da marmita. Em seguida, utilize a água da torneira para encher a bandeja de aquecimento, que ficará embaixo do pote com a refeição.

Nesse momento, é preciso que você fique atento e não deixe a água ultrapassar o nível indicado pela marca fabricante.

Feito isso, encaixe o pote onde será colocada a refeição por cima da bandeja já com água. Por fim, ligue na tomada.

Vale ressaltar que alguns modelos de marmita elétrica contam com a função de desligamento automático. Ou seja, quando sua refeição estiver aquecida a marmita irá desligar sem que você precise se preocupar com isso.

Quando a comida estiver aquecida, basta retirar o pote da bandeja e aproveitar a sua refeição. Além disso, também é recomendado que você realize uma limpeza constante e periódica na sua marmita elétrica.

A forma de limpar o produto pode variar de acordo com o modelo e a marca fabricante, por isso, recomendamos que você leia com atenção o manual de instrução.

foco

Sugerimos que você tome cuidado no transporte da sua marmita elétrica. Para que a refeição não estrague durante o trajeto de casa para o trabalho, por exemplo, especialistas recomendam que você leve a marmita dentro de uma bolsa térmica.

Além disso, assim que chegar no trabalho você deve colocar a comida na geladeira, para aumentar a preservação dos nutrientes.

Quais as vantagens da marmita elétrica?

Como vimos até aqui, são muitas as vantagens da marmita elétrica. A mais importante delas é que com esse tipo de marmita você apenas precisa de uma tomada para ter sua refeição bem quentinha.

E o melhor: a comida é aquecida por meio do vapor, o que garante ainda mais a preservação das qualidades dos alimentos.

Ou seja, com a marmita elétrica você adota hábitos alimentares mais saudáveis, evitando alimentos industrializados ou com excesso de temperos. Além disso, ainda evitar comer em restaurantes e também economiza no orçamento.

A única desvantagem desse tipo de marmita é que, em geral, leva-se mais tempo para aquecer os alimentos na marmita elétrica do que levaria, por exemplo, em um forno elétrico ou micro-ondas.

A seguir, você confere as principais vantagens e desvantagens da marmita elétrica:

Vantagens
  • Dispensa forno e micro-ondas
  • Basta água e tomada
  • Aquece por vapor
  • Mantém alimentação saudável
  • Garante economia no orçamento
Desvantagens
  • Pode demorar para aquecer

Quanto custa uma marmita elétrica?

O preço da marmita elétrica varia bastante, principalmente em função da marca fabricante e do tamanho. Em geral, você vai encontrar a marmita elétrica custando entre R$22 e R$180.

Você não precisa comprar a mais cara de todas. Afinal, de qualquer forma, esse é um produto que tem excelente custo-benefício e costuma ser bem eficiente.

Onde comprar uma marmita elétrica?

Você vai encontrar a marmita elétrica à venda em lojas de departamento e hipermercados como Lojas Americanas, Casas Bahia e Extra.

Mas nós recomendamos que você realize a sua compra em lojas online como a Amazon Brasil. Ao comprar online, além de você adquirir a marmita elétrica do conforto da sua casa, você ainda terá mais opções de modelos para escolher.

Critérios de compra: O que considerar ao escolher a marmita elétrica

Agora que você já sabe como funciona a marmita elétrica e todas as suas vantagens, é chegada a hora de escolher a melhor entre tantos modelos diferentes existentes à venda.

Para tanto, é preciso que você entenda o que de fato diferencia um modelo de outro. Por isso, selecionamos para você os principais fatores que devem ser observados antes de comprar a marmita elétrica:

  • Capacidade
  • Dimensão e peso
  • Funcionalidade
  • Divisória e acessórios
  • Voltagem

A seguir, nós vamos explicar cada um desses fatores em detalhes para que você tome a melhor decisão e adquirir a marmita elétrica ideal.

Capacidade

O primeiro fator que você deve levar em consideração antes de comprar a sua marmita elétrica é a capacidade de armazenamento dela.

A capacidade é o primeiro fator a ser levado em conta ao comprar a marmita.

Essa capacidade será determinada pela quantidade de litros que a marmita elétrica poderá acomodar.

Em geral, você poderá optar por marmitas elétricas que tenham capacidade entre 500ml e 1,5 litros. A sua escolha deve estar de acordo com sua rotina de alimentação.

Dimensão e peso

Em seguida, avalie as dimensões e o peso da marmita elétrica. Esse fator será muito importante principalmente para você garantir que terá espaço na bolsa ou mochila para transportar a sua marmita.

Além disso, de nada adianta comprar uma marmita muito pesada, já que ao acrescentar a refeição ela ficará ainda mais pesada para ser levada na bolsa.

Para você ter uma noção geral, existem modelos de marmita elétrica que podem ser pequenos, médios ou grandes.

A altura da marmita elétrica, por exemplo, costuma variar entre 9cm e 218cm. Já a largura varia aproximadamente entre 11cm e 23cm. O comprimento da marmita elétrica pode variar entre 16cm e 25cm.

Já com relação ao peso, você vai encontrar modelos que pesam entre 300 gramas e 600 gramas.

Pessoa preparando marmita.

Verifique o tamanho da sua marmita antes de comprar. (Fonte: bialasiewicz / 123RF)

Funcionalidade

Outro fator que você deve observar é a funcionalidade da marmita elétrica. Isso porque, hoje em dia, além de poder usar a sua marmita ligada diretamente na tomada, você também encontrará os modelos de marmita que podem ser usados no carro.

Esse tipo de marmita elétrica vem com um cabo especial, de 12V, para que você aqueça a sua refeição usando a tomada do próprio carro.

Essa marmita, porém, também pode ser usada na rede elétrica, mas você precisará comprar o cabo separadamente.

Divisória e acessórios

Observe ainda se a marmita elétrica contém ou não divisórias. Quem não se preocupa em ter a comida misturada em um único recipiente pode optar pela marmita sem divisórias.

Existem modelos com divisórias fixas ou removíveis.

Porém, se você prefere separar os alimentos, o ideal é escolher uma marmita elétrica com divisória.

Aqui você encontrará duas opções: a marmita com divisória fixa ou removível. Além disso, alguns modelos mais completos contam ainda com talheres que vem em um compartimento na tampa.

Voltagem

Por fim, fique atento à voltagem da marmita elétrica. Nesse quesito, você encontrará modelos com voltagem de 110V e 220V.

Mas nós sugerimos que, se você puder, escolha o modelo que é bivolt. Dessa forma, você poderá utilizar a sua marmita elétrica em qualquer localidade.

(Fonte da imagem destacada: a41cats / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.