Imagem de pessoa pregando com martelo.
Ultima atualização: 24 de março de 2020

Como escolhemos

17Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

52Comentários coletados

Seja muito bem-vindo (a) ao ReviewBox Brasil. O assunto de hoje é sobre martelo. Após ler este texto você terá aprendido coisas que não sabia a respeito deste instrumento de trabalho.

Com o tempo, os martelos evoluíram bastante. Hoje existem produtos com pesos e composições diferentes. Cada escolha serve para um trabalho diferente e, por isso, é importante escolher a ferramenta certa.

Quais são os principais tipos de martelo? Em que loja comprar? O que levar em conta antes de confirmar a compra? A resposta destas e outras perguntas estão reveladas a seguir.



Primeiro, o mais importante

  • Martelos manuais servem mais para pregar, retirar pregos ou fazer trabalhos detalhistas. Já os martelos elétricos são ferramentas poderosas para demolir rápido materiais duros ou para esculpir.
  • Martelos manuais leves servem para pregar ou retirar amassados em metais não duros. Martelos manuais pesados são úteis para demolir aos poucos ou forçar o impacto em um ponto.
  • Não confunda martelo de unha com martelinho de ouro. Martelo de unha é a ferramenta que também pode arrancar pregos. Martelinhos de ouro são úteis para tirar amassados dos carros ou de outras estruturas.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores martelos

Martelo não é tudo igual. Cada produto serve para um tipo de trabalho diferente. Há diversas variações em formato de cabeça e no cabo do produto. Nessa lista, reunimos os melhores modelos para você. Confira, e siga lendo para aprender tudo sobre essa ferramenta.

1° – Martelo Perfurador Demolidor – Bosch

Este é o martelo mais potente da marca Bosch. O produto possui uma engenharia especial para facilitar os trabalhos de cinzelar, demolir ou perfurar. São máquinas que podem durar a vida inteira.

O modelo potente trabalha com tecnologia de ponta para você ter os melhores resultados em grandes demolições. Esta versão também oferece mais conforto, controle e segurança no uso diário.

De acordo com estatísticas da Bosch este produto gera 80% a menos de vibrações. A versão também tem 50% a mais de desempenho na remoção de materiais.

2° – Martelo Rotativo – Dewalt

O aparelho possui um sistema de controle eletrônico que permite demolir estruturas leves com facilidade. É o produto certo para quem quer mais produtividade em menos tempo de serviço.

Uma das características deste potente martelo é o sistema anti vibração. Graças a esta tecnologia a pessoa que usa o aparelho não precisa interromper os trabalhos por causa das tremulações. Esta é uma das melhores máquinas do mundo para esculpir ou perfurar.

3° – Martelo Cabo de Madeira – Stanley

A Stanley produz um dos melhores martelos manuais do mundo. O cabo de madeira é robusto e aguenta a força da cabeça pesada desta ferramenta.

Além de ser uma versão robusta para marteladas certeiras este equipamento possui uma estrutura que facilita a retirada de pregos.

As unhas na cabeça do martelo são 16% mais longas do que os modelos de outras marcas. As versões possuem 6 meses de garantia, 3 meses a mais que as exigências no CDC (Código de Defesa do Consumidor).

4° – Martelo Bola de Gude – Tramontina

A qualidade da marca Tramontina também está presente na edição martelo bola de gude. Este produto é chamado de martelinho de ouro, com o peso e o formato perfeitos para aperfeiçoar os resultados.

Antes de estar disponível no mercado o produto é testado de acordo com os padrões superiores de qualidade. Sendo assim, esta é uma típica ferramenta sem prazo de validade, dura a vida inteira.

Guia de Compra

De primeira impressão parece que martelo é tudo igual, não é mesmo? Pois engana-se quem pensa assim. Ao longo desse Guia, vamos perceber que possuem diferentes tipos dessa ferramenta e que cada uma serve para situações específicas. Quem aprender mais sobre o martelo? É só seguir com a gente. Vamos lá?!

Foto de homem com cinta de ferramentas e martelo pendurado.

O martelo é uma ferramenta antiga que sofreu muitas atualizações ao longo dos anos. (Fonte: Life-Of-Pix / Pixabay)

O que é um martelo?

É uma ferramenta utilizada pela indústria para golpear objetos, desde simples pregos até paredes grossas. Durante a idade média o martelo também era usado como uma arma branca para combates.

A estrutura dos martelos atuais possui madeira, ferro, aço, borracha e (ou) componentes eletrônicos. Estas ferramentas podem ter diferentes formatos e tamanhos.

Existem dois tipos de martelos: manuais e elétricos (martelete é outro nome para a versão elétrica do martelo).

A forma do martelo manual é composta por um cabo com uma cabeça. Algumas versões possuem as unhas na cabeça do martelo que servem para retirar pregos.

Já os martelos elétricos possuem uma engenharia avançada com diversos componentes que ajudam na demolição de grandes estruturas.

Imagem de martelo elétrico com obra demolida.

O martelo elétrico é usado, basicamente, para demolição. (Fonte: Piotr Wytrążek / 123RF)

Normalmente, os melhores martelos manuais possuem na composição do cabo algumas madeiras nobres como Cumaru ou Ipê. Este tipo de madeira é resistente contra os ataques de cupins e fungos.

É possível usar esta ferramenta em diferentes produções: obras de artes, indústria pesada, carpintaria, manutenção de máquinas, entre outras.

Conforme alguns achados arqueológicos o martelo é uma das ferramentas mais primitivas dos seres-humanos. Até os dias de hoje a indústria trabalha para aperfeiçoar este importante instrumento de trabalho.

Quais os principais tipos de martelo?

Não adianta você comprar qualquer martelo em promoção e achar que vai conseguir os melhores resultados no trabalho. É preciso usar a ferramenta certa para cada serviço.

Você não conhece muito bem para que serve cada um dos principais tipos de martelo? Então, veja as palavras abaixo:

  • Martelo elétrico perfurador / demolição: Ajuda na perfuração de grandes estruturas da construção civil. Também serve para cinzelar (esculpir) ou demolir. São produtos com tecnologia moderna e superpotência elétrica.
  • Martelo elétrico rotativo: Esta versão não é indicada para grandes demolições. Mas, o produto serve para quem deseja esculpir ou perfurar.
  • Martelo elétrico combinado: O produto possui a combinação das diferentes funções dos dois martelos demonstrados acima. É uma escolha elétrica para quem conhece um pouco de obra e não aguenta mais os trabalhos ruins dos pedreiros.
  • Martelo manual: É a forma mais conhecida de martelo. Há diferentes versões que servem para trabalhos específicos. Conheça mais um pouco sobre estes modelos a seguir.
Martelo manual Martelo elétrico
Tipo de trabalho Trabalhos leves Trabalhos pesados
Indicado para Pregar, retirar pregos, desamassar materiais e fazer manutenção de máquinas Demolir grandes construções ou materiais duros e esculpir com mais facilidade
Custo Preços baixos Preços cada vez mais em conta aos consumidores

Martelo manual: Qual a diferença entre eles?

Apesar de já termos dividido os martelos em tipos na seção anterior, aqui, falando de martelo manual também precisam fazer algumas especificações. Esse tipo de martelo pode ser de unha, todo de madeira, emborrachado, marreta, forja, bolinha, pena, carpinteiro e maço.

Parece que um martelo tem mais detalhes do que você pensava, não é mesmo? Agora, vamos entender as características de cada um deles.

Martelo de unha

Este produto é a forma popular do martelo manual. Nesta ferramenta o cabo se une com a cabeça. A cabeça apresenta um lado para martelar e o outro lado para retirar coisas como pregos. Não pode pesar mais de 1 kg.

Como serve para diversos trabalhos este modelo está disponível na grande parte das casas. Porém, a popularidade faz as pessoas comprarem versões mais baratas que quebram ou soltam da base facilmente.

O martelo de unha tem versões com cabo de madeira, vidro, plástico ou aço. A mesma regra serve para grande parte dos principais martelos manuais.

foto de um martelo unha com cabo de madeira e fundo branco.

O martelo unha é o mais tradicional. (Fonte: BenjaminNelan / Pixabay)

Martelo todo de madeira

Uma ferramenta indispensável para bater em pneus de caminhão e verificar os níveis de pressão. Também é um produto usado por juízes nos tribunais.

Martelo emborrachado

Possui uma estrutura mais macia que serve para não gerar danos nos pregos ou no material que está sendo martelado. A cabeça tem extremidades diferentes para usar conforme o tipo de trabalho.

Dependendo das versões a cabeça ao invés de borracha pode ter cobre ou nylon. Este produto também é chamado de martelo de faces macias.

Marreta

É uma estrutura com 1 kg em média e uma cabeça pesada de ferro. Com esta ferramenta o usuário pode aplicar bastante força em determinado ponto.

Este é um produto para ser usado em projetos de demolição. No mercado a marreta tem também o nome de martelo de pedreiro.

Martelo de forja

Esta é uma das versões manuais mais pesadas entre os martelos usados nos dias de hoje. Os modelos podem ir a até 9 kg no peso.

É o instrumento certo aos trabalhos para forjar. Este modelo tem um cabo mais grosso do que outros tipos de martelos manuais.

Martelo bolinha

É a ferramenta que possui o objetivo de endireitar metais não duros, por exemplo: portas de automóveis. Um dos lados tem ponta esférica e a outra parte da cabeça apresenta uma forma achatada.

Os melhores martelinhos de ouro (martelos bolinha) não pesam mais do que 500g. A forma do instrumento serve para você trabalhar com menos força e mais precisão nas marteladas.

Martelo pena

Também conhecido como martelo de estofador, este é um produto para fixar pinos, pequenos pregos ou tachas. As estruturas maiores são usadas para reparar equipamentos nos setores industrial e mecânico.

É importante usar o martelo pena na manutenção para não prejudicar as peças das máquinas.

Martelo de carpinteiro

Retira ou fixa pregos em superfícies de madeira.

Martelo maço

É um instrumento para trabalhar em cabo ou formões madeirados. A cabeça do produto apresenta faces achatadas.

Veja agora os principais prós e contras de usar um martelo manual:

Vantagens
  • Preços baratos
  • Leveza
  • Serve para fazer trabalhos detalhistas
  • Possibilidade de retirar parafusos ou pregos
Desvantagens
  • A popularidade faz as pessoas acharem que todos os modelos são iguais em resistência
  • Não indicado para demolir grandes estruturas rapidamente
  • Exige cuidado no uso para a cabeça do martelo não atingir os dedos do usuário
  • Não há muita flexibilidade de uso em apenas um tipo de martelo manual

Quanto custa?

O preço de um martelo pode ir de R$ 30 a até R$ 10.000. As versões manuais custam menos do que as ferramentas elétricas.

As produções mais baratas são os martelos manuais de unha. Já o martelinho de ouro 500 g tem preços superiores na comparação com alguns martelos de forja 9 kg.

A qualidade dos materiais do martelo manual pode tornar o preço mais caro. As marcas conhecidas possuem preços superiores. Mas, existem novas fabricantes que merecem a confiança dos consumidores.

Onde comprar?

Leroy Merlin, Dicico, C&C, Telha Norte e Center Castilho são lojas físicas de boa reputação para comprar martelo. Em alguns destes comércios físicos existem promoções para a compra no final de ano – queima de estoque.

Para compras online de martelo manual e elétrico a melhor indicação é a Amazon. Nesta loja online existem mais variedades de modelos do que em qualquer loja física.

Os compradores online também encontram o produto em lojas como Mercado Livre, Joli e Obra Max.

Critérios de compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de martelo

Sabe como é, né? A gente entra na loja e os vendedores apenas demonstram as vantagens do produto. Mas, até que ponto vale a pena comprar ou não uma ferramenta em oferta?

Para não cair nas lábias dos vendedores experientes você deve considerar 5 critérios antes de comprar:

  • Tipo
  • Peso
  • Material
  • Manual de instruções e garantia

Agora vamos explicar cada um destes pontos para o caminho das compras perfeitas ficar mais iluminado:

Tipo

Caso você precise de um martelo emborrachado não adianta comprar o martelo de unha apenas porque está mais barato.

A mesma regra vale para as versões eletrônicas. Se você quer apenas esculpir não necessita comprar um super martelo eletrônico para demolição, apenas para aproveitar uma promoção.

Definir o tipo de martelo que você realmente precisa, baseado nas informações que trouxemos, vai te levar a uma compra acertada. Pense nas necessidades do seu dia a dia antes de escolher o seu.

Imagem de martelo unha e pregos.

Existem diversos tipos de martelos, um para cada objetivo. (Fonte: stillfx / 123RF)

Peso

Com tantas opções de martelos como vimos nesse Guia, obviamente o peso dessa ferramenta varia muito também.

Tanto o martelo manual quanto o eletrônico podem ter versões mais leves ou pesadas. Para checar essa informação, confira a descrição do produto no site.

O peso é importante para o tipo de trabalho. Alguns serviços exigem a delicadeza – e leveza – de um martelo pena, outros precisam da força de uma marreta.

Marreta e martelo de forjar são as opções mais pesadas. Os outros martelos manuais costumam ser mais leves.

Os martelos eletrônicos costumam ter uma estrutura leve, mas tome cuidado! Se a leveza da ferramenta não absorver o impacto você tem menos controle no manuseio.

Material

A qualidade nos materiais dos martelos manuais faz o produto durar mais tempo. Quando a madeira no cabo tem qualidade, o controle das marteladas fica simples e a cabeça da ferramenta não sai com facilidade.

O tipo de cabo é uma coisa que pode influenciar nos valores. Por exemplo, um martelo de unha com cabo de madeira custa menos do que com cabo de vidro e aço. Porém, se a madeira é de qualidade o valor do martelo pode ser superior aos modelos de aço e vidro.

Imagem de martelo enferrujado.

É importante escolher um martelo com bom material para que dure bastante tempo. (Fonte: Kitch Bain / 123RF)

Ao comprar os martelos emborrachados fique de olhos atentos. Algumas versões que se dizem emborrachadas na verdade possuem cobre ou outro material mais pesado.

Não se esqueça de que o martelo emborrachado nunca pode ser muito pesado. Esta é uma preocupação importante porque as ferramentas pesadas podem prejudicar a estrutura que vai ser martelada. Por isso analisar o material, tanto da cabeça quanto do cabo é muito importante.

Manual de instruções e garantia

Alguns martelos podem ter o manual de instruções em outro idioma. O martelo manual dificilmente precisará de um manual, mas principalmente no caso das versões eletrônicas é importante ter o manual do produto em português.

Certifique-se dessa informação antes da sua compra para que você saiba usar a ferramenta corretamente e sem dificuldades.

Vale ressaltar ainda que você não deve comprar uma ferramenta dessas sem garantia. Ela pode ser de 3 a 12 meses, mas é importante de que seu martelo tenha pelo menos 3 meses de garantia para compensar o investimento. Marcas sérias e responsáveis oferecem garantia.

(Fonte da imagem destacada: Pavel Rodimov / 123RF)

Por que você pode confiar em mim?

César Ferreira Formado em Engenharia Industrial
César é apaixonado por carros. Talvez tenha sido essa paixão que o levou a, desde pequeno, querer entender como as coisas funcionam. Essa curiosidade, por sua vez, lhe fez cursar Engenharia Industrial. Hoje, ele presta consultoria para pequenas e médias empresas e, nas horas vagas, deixa seu carro - e o de seus amigos - cada vez mais tecnológicos e especiais.