Máscara respiratória descartável.
Ultima atualização: 18 de julho de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

18Horas investidas

5Estudos avaliados

81Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um acessório de proteção utilizado pelos mais diversos tipos de profissionais e que pode ser muito útil em épocas em que vírus se alastram pelo mundo. Tratamos aqui da máscara respiratória.

Existem vários tipos de máscaras respiratórias e cada uma tem um objetivo de proteção diferente. A seguir, você vai descobrir quem deve usar uma máscara dessas e como escolher e comprar a ideal.




Primeiro, o mais importante

  • A máscara respiratória pode ser um item obrigatório dependendo da sua profissão.
  • Além disso, a máscara também pode ser necessária para impedir que você contraia ou transmita doenças.
  • Para comprar a melhor máscara respiratória você deve levar alguns fatores em consideração, como a finalidade, o PFF e a presença ou não de válvula.

Você também pode gostar:

Melhores máscaras respiratórias: Nossas recomendações

Para quem tem a pele sensível

Esse kit tem dez máscaras pretas e laváveis com boca protetora, anti-embaçamento, e são feitas pela Face Shield. As máscaras são feitas de um material que mistura algodão de três camadas. Destacam-se por serem macias, perfeitas para pessoas com pele sensível.

Máscara confortável e com alta respirabilidade

Muito bem avaliada na internet e disponível em três cores, essa máscara reutilizável protege até 4x mais que as máscaras de algodão. O elástico em microfibra de lycra dá mais conforto às orelhas. Com alta respirabilidade, trata-se de um produto vegano de confecção artesanal.

Kit com design moderno e confortável

Esse kit da Slim Fitness contém 9 máscaras reutilizáveis que se destacam por não apertarem o rosto. Podem ser utilizadas por homens e mulheres de todas as idades a partir da adolescência. O design moderno faz dessa máscara uma opção muito confortável.

Guia de Compra

É muito comum ver profissionais da saúde e pacientes em hospitais utilizando a máscara respiratória. Mas o uso desse acessório de proteção vai muito além da área médica. Nesse Guia de Compra vamos tirar as suas dúvidas sobre esse tipo de máscara.

Dois médicos usando máscara respiratória.

A máscara respiratória é indispensável na área médica. (Fonte: Павел Сорокин/ Pexels.com)

O que é e para que serve a máscara respiratória?

A máscara respiratória é considerada um equipamento de proteção individual (EPI) que é indispensável, e muitas vezes obrigatória, em diversos campos de atuação profissional: Da área da saúde, construção até a da indústria química.

O uso da máscara respiratória previne que partículas nocivas ao corpo humano como, por exemplo, fumaça, poeira, vírus e gases, possam ser absorvidos e causem reações alérgicas, respiratórias e até contaminações mais graves.

Afinal, as vias aéreas são a grande porta de entrada para pequenas substâncias que podem ser prejudiciais à saúde.

Dentista com máscara e paciente.

A máscara respiratória evita contaminação pelas vias respiratórias. (Fonte:
Anna Shvets/ Pexels.com)

Hoje em dia, existem diversos modelos de máscaras respiratórias, entre elas as descartáveis simples e as mais eficientes que possuem um sistema de oxigenação.

Para escolher a melhor é preciso considerar a condição do ambiente, os riscos respiratórios e a sua condição de saúde também.

Mas além disso, também é preciso escolher uma máscara respiratória que se ajuste bem à face, caso contrário ela não protegerá corretamente e permitirá a contaminação.

Quais são os tipos de máscaras respiratórias?

A máscara respiratória tem a função de proteger o rosto e/ou a boca do usuário e, por isso, existem diversos modelos que variam em termos de formato, material de fabricação e eficiência.

Pode-se citar três tipos de máscaras de proteção respiratória mais comuns, de acordo com o tipo de proteção que ela confere. Confira na tabela a seguir:

Proteção contra Descrição da máscara
Agentes físicos Protege contra poeira e particulados como areia
Agentes químicos Evita a contaminação por gases e vapores de elementos químicos
Agentes biológicos Protege contra vírus e bactérias

Além da diferença de formato e material de fabricação, essas máscaras também podem contar com elementos que ajudam a reduzir ou eliminar a absorção de elementos nocivos contidos no ar.

Por isso, as máscaras podem ter uma classificação que determina o formato e diâmetro da partícula que será retida por elas, sendo do tipo PFF1, PFF2 e PFF3. Falaremos sobre isso em detalhes em Critérios de Compra.

Máscara respiratória x respirador: Qual a diferença?

A principal diferença entre a máscara respiratória e o respirador é que a máscara não possui um filtro acoplado, apenas o local para que seja colocado um filtro. O respirador, por outro lado, já possui um filtro.

Por exemplo, a máscara estilo cirúrgica evita que respingos de fluidos do corpo atinjam outras pessoas ou até mesmo um alimento.

Já o respirador é um equipamento que protege o usuário contra a inalação de substâncias tóxicas.

Quando o uso da máscara de proteção respiratória é necessário?

Em tempos de aumento de contaminação por vírus, vê-se muitas pessoas comprando e utilizando as máscaras respiratórias.

Ainda que não haja mal algum em se proteger, as máscaras somente são essenciais caso você apresente algum sintoma respiratório ou trabalhe em um setor que exija o uso da máscara como um item de segurança do trabalho.

Ou seja, se você não apresenta nenhum sintoma nem precisa da máscara para trabalhar, não há necessidade de comprar uma.

foco

Dica de prevenção! Para reduzir o risco de contrair ou transmitir gripes e infecções respiratórias, incluindo o H1N1 e o coronavírus, você deve:

  • Evite contato com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • Lave as mãos frequentemente ou usar álcool gel;
  • Utilize lenço descartável para higiene nasal;
  • Cubra nariz e boca com o braço quando espirrar ou tossir;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, copos e pratos;
  • Mantenha os ambientes ventilados.

Como vimos, muitas profissões exigem o uso obrigatório da máscara respiratória de proteção. E o fato é que é dever da empresa disponibilizar o item para os funcionários.

Para você ter uma noção mais ampla sobre isso, confira a seguir as principais profissões que exigem o uso da máscara respiratória:

  • Bombeiros: A máscara de proteção é essencial por conta da fumaça e dos elementos químicos liberados durante incêndios;
  • Padeiros e Cozinheiros: O contato com a farinha pode causar alergia respiratória, daí a necessidade de usar máscara respiratória;
  • Mineradores: Poeira e pó de carvão podem desencadear doenças respiratórias graves;
  • Profissionais da saúde e pacientes: O uso da máscara respiratória serve para evitar a contaminação e até prevenir um tipo de asma causado pelo látex, o material de fabricação de luvas;
  • Caminhoneiros: Quem fica em contato direto com o óleo diesel está mais propensos a desenvolver a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Por isso, o uso da máscara também é essencial.

Quanto custa e onde comprar a máscara respiratória?

O preço da máscara respiratória vai variar bastante dependendo do tipo, modelo e indicação de uso. Mas, de modo geral, você vai encontrar esse tipo de máscara custando entre R$ 6 e R$ 100.

Para comprar a máscara respiratória você poderá optar por farmácias, lojas de produtos hospitalares e de segurança do trabalho, além das de departamento, como Lojas Americanas, e até mesmo hipermercados como o Extra.

No entanto, se você quiser mais opções de marcas e modelos de máscara respiratória para escolher, o ideal é comprar pela internet em lojas como a Amazon Brasil. Sem contar que, dessa forma, você ainda compra a máscara sem sair de casa.

Critérios de Compra: Como escolher a máscara respiratória

Para escolher e comprar a melhor máscara respiratória, e que seja, de fato, eficiente, é preciso que você saiba como diferenciar um modelo de outro.

Para ajudar você nesse processo, nós listamos a seguir os principais aspectos que você deve levar em consideração na hora de comprar a sua máscara de proteção respiratória. Confira:

A partir daqui, você confere como analisar cada um desses critérios e comprar a melhor máscara respiratória.

Objetivo e formato

O primeiro fator que você deve considerar na hora de comprar a máscara respiratória é com relação ao objetivo de uso, que também está relacionado ao formato do acessório de proteção.

Nesse quesito, existem as máscaras tradicionais, que cobrem apenas a boca e o nariz. Além desse tipo, também existe o modelo semi-facial e facial.

A máscara respiratória simples é a mais utilizada em hospitais e consultórios de dentistas. Também é mais recomendada em casos de virus e gripes.

Médica com máscara de proteção respiratória.

Você deve escolher o tipo de máscara respiratória de acordo com o seu objetivo de uso e necessidade de proteção. (Fonte: DarkoStojanovic/ Pixabay.com)

No entanto, a máscara respiratória do tipo tradicional somente será eficiente se ficar bem ajustada no seu rosto. Caso contrário, a máscara semi-facial poderá ser a mais eficiente.

Em geral, a semi-facial conta com um filtro, que é responsável por impedir que gases passem pela máscara.

Já a máscara de respiração facial protege todo o rosto. Esse tipo de máscara de proteção é indicada apenas para ambientes com alto índice de contaminantes como, por exemplo, no caso de incêndios e radiação.

PFF

Como vimos, as máscaras respiratórias podem possuir uma classificação que mostra a eficiência da máscara para reter determinados tamanhos de partículas que estão no ar. Essa classificação é determinada assim: PFF1, PFF2, PFF3.

Com isso é possível saber qual o grau de eficiência de determinada máscara respiratória para combater certos tipos de partículas que possam estar presente na atmosfera.

Em geral as máscaras com essa classificação são as descartáveis. A sigla PFF significa Peças Faciais Filtrantes. Mas para você entender o significado de cada classificação, confira as características de cada um:

Certificado Protege contra
PFF1 Partículas provenientes de poeira, neblinas ou névoas
PFF2 Agentes biológicos
PFF3 Partículas altamente tóxicas

Descartável ou reutilizável

Leve em conta também que você vai encontrar máscaras respiratórias descartáveis e reutilizáveis. A escolha, mais uma vez, dependerá do seu objetivo ao utilizar esse equipamento de segurança.

As máscaras descartáveis são as mais simples e protegem apenas a boca e o nariz.

De modo geral, as máscaras descartáveis são as mais simples e protegem apenas a boca e o nariz.

Esse tipo de máscara é voltada para a proteção do médico e do trabalhador, já que protege contra odores fortes, gases que podem fazer mal e até vapores orgânicos.

Já as máscaras que permitem uma nova utilização, demandam um maior cuidado ao guardar  e reutilizar justamente para evitar contaminação.

Com ou sem válvula

Os respiradores descartáveis podem possuir ou não uma válvula de exalação. A válvula de exalação serve para facilitar a retirada de ar quente de dentro da máscara que é proveniente da exalação.

A válvula não influencia de fato na questão da proteção. No entanto, a presença da válvula pode afetar o conforto do usuário, principalmente quando a máscara respiratória é necessária em casos em que os usuários precisam realizar atividades de grande esforço físico.

(Fonte da imagem destacada: Anna Shvets/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.