Todo início de ano, os pais precisam passar na papelaria para comprar o material escolar dos filhos. A lista de materiais que serão utilizados durante o ano letivo muda de acordo com a fase escolar do estudante.

Geralmente, a lista de materiais escolares é fornecida apenas por escolas particulares, pois em escolas públicas – municipais ou estaduais – os materiais, apostilas, livros didáticos, dicionários e outros são fornecido pelo governo.

Abrir artigo
26 de outubro de 2020
Estojo escolar
Izabel Toscano em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar de um item essencial na hora de estudar: o estojo escolar. Item obrigatório na hora de montar o material escolar, o estojo se transformou ao longo do tempo e hoje é encontrado […]

Abrir artigo
26 de outubro de 2020
Cola bastão
Natália Nunes em Material escolar

Boas-vindas ao ReviewBox Brasil. Aprenda a comprar cola bastão, um produto famoso no mundo inteiro por estar presente nas mãos das crianças enquanto realizam trabalhos escolares. As melhores produções são ecológicas, compostas por matéria-prima que não denigrem o meio-ambiente, seja […]

Abrir artigo
10 de outubro de 2020
Apontador
Natália Nunes em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Hoje, nós vamos falar de um produto que nos ajuda a deixar a vida mais artística e colorida: o apontador. Se você é um artista ou escreve com lápis frequentemente, saberá quão valioso é um […]

Abrir artigo
2 de outubro de 2020
Lápis de cor
Rebecca Assis em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, seu site de resenhas na internet. Para conseguir um bom desempenho artístico em seus desenhos, é importante escolher uma marca confiável de lápis de cor de qualidade. Para quem acha que lápis de cor é […]

Abrir artigo
18 de setembro de 2020
Transferidor
Natália Nunes em Material escolar

Que prazer e honra ter você aqui conosco, na ReviewBox Brasil. Hoje queremos lhe oferece um bom ângulo de decisão, já que nosso assunto é: transferidor de ângulos. Quem nunca teve aulas de geometria? Formas geométricas estão ao nosso redor, […]

Abrir artigo
8 de agosto de 2020
Caneta hidrográfica
Rebecca Assis em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, seu site de resenhas na internet. Tanto no ambiente escolar ou de trabalho, a caneta hidrográfica é de grande ajuda para uma variedade de tarefas. Com pontas de tamanhos variados e uma porção de cores […]

Abrir artigo
29 de julho de 2020
Tangram
Izabel Toscano em Material escolar

Você conhece o tangram? Jogo de quebra-cabeça milenar, o tangram se tornou um brinquedo educativo que ajuda crianças, adultos e idosos, tanto no desenvolvimento da criatividade e raciocínio lógico quanto na aprendizagem. Mas você sabe quais são os tipos de […]

Abrir artigo
12 de maio de 2020
Lapiseira
Natália Nunes em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, onde você encontra os melhores artigos sobre uma infinidade de produtos. Hoje vamos falar das lapiseiras e de todos os seus benefícios, seja para estudantes ou no local de trabalho. Desenvolvidas como uma opção aos […]

Abrir artigo
8 de maio de 2020
Apontador elétrico
Natália Nunes em Material escolar

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, seu site de resenhas na internet. Se você procura mais praticidade, um apontador elétrico ajuda a manter o padrão e diminuir o risco da ponta do lápis se quebrar. Os apontadores elétricos possuem um toque […]

Página 1

Mas itens como caderno, mochila, estojo, canetas, lápis, borracha, apontador, entre outros, estão presentes durante toda a vida escolar, não importa se o estudante está no ensino fundamental, médio, cursinho pré-vestibular ou faculdade.

Pensando nisso, preparamos um artigo com as informações mais relevantes sobre o assunto. Discutiremos quais itens não podem faltar na mochila da criança, adolescente ou jovem, como economizar nas compras e muito mais.

Primeiro, o mais importante

  • O material escolar do ensino fundamental pode ser reutilizado da 1ª à 8ª série, portanto, vale a pena encapar e etiquetar os materiais para melhor preservação e aproveitamento. Você deve incluir o nome completo da criança na etiqueta.
  • Os pais devem comprar apenas os materiais escolares de uso individual. Os itens de uso coletivo, como material de limpeza, itens de higiene e medicamentos devem ser fornecidos pela própria escola.
  • O preço médio do material escolar usado durante o ano letivo  varia de acordo com o local em que o estudante reside, a papelaria escolhida e os itens que serão comprados, mas varia de R$200 a R$450.

O que você precisa saber sobre material escolar?

Com o fim das férias escolares, o entusiasmo para a volta às aulas aumenta. A criança deseja rever os amigos, professores e funcionários e voltar a estudar. Outra situação que costuma empolgar os estudantes é a compra do material escolar.

Você sabe quais itens não podem faltar na lista de material escolar da criança, adolescente ou jovem? Como o material escolar pode influenciar no aprendizado do estudante? Saiba as respostas para essas e outras perguntas ao longo do texto.

Imagem de uma jovem estudante.

O material escolar influencia no processo de aprendizagem do estudante. (Fonte: Anastasiya Gepp/ Pexels.com)

Quais itens compõem a lista de material escolar do ensino fundamental?

No ensino fundamental – da 1ª a 8ª série – a lista de material escolar é bem longa, pois nessa fase escolar, as atividades práticas são muito variadas. Não deixe de comprar os seguintes itens:

  • Apontador
  • Borracha
  • Lápis de escrever
  • Canetas esferográficas
  • Caneta marca-texto
  • Corretivo
  • Cola líquida e cola bastão
  • Giz de cera
  • Lápis de cor
  • Tinta guache
  • Tesoura sem ponta
  • Estojo
  • Mochila – pode ser comum ou de carrinho
  • Um pacote de papel sulfite em tamanho A3 e A4
  • Cadernos comuns
  • Caderno de desenho
  • Canetinhas
  • Pasta organizadora
  • Massa de modelar
  • Régua, transferidor, esquadro e compasso para as aulas de geometria.
  • Caderno de caligrafia
  • Grampeador
  • Dicionário de língua portuguesa e idioma estrangeiro.

A lista de material escolar acima contém os itens mais pedidos pela maioria das escolas. Para saber quais itens comprar e em qual quantidade, busque a lista oficial fornecida pela escola.

Imagem de crianças estudando.

A lista de materiais escolares é fornecida antes do início do ano letivo. (Fonte: National Cancer Institute/ Unsplash.com.com)

Quais itens não podem faltar no material escolar do ensino médio?

A entrada no ensino médio é uma importante fase de transição para os estudantes, pois representa a passagem da infância para a adolescência. A lista de materiais escolares do ensino médio é bem diferente.

Os principais itens que compõem o material escolar do primeiro ao terceiro ano do ensino médio são uma mochila de alças, caderno ou fichário, estojo para armazenar itens básicos como lápis, canetas, borracha e apontador, estojo com 24 cores de lápis de cor, estojo com canetas coloridas, pasta catálogo, régua e compasso.

Imagem de uma estudante carregando o material escolar.

No ensino médio, os estudantes utilizam muitas apostilas e livros. (Fonte: Element5 Digital/ Unsplash.com)

No ensino médio, o estudante começa a se preparar para prestar vestibular, então é comum que o aluno carregue uma quantidade maior de livros didáticos, apostilas e livros de literatura e um volume menor de material escolar.

Como escolher o material escolar da faculdade?

Enquanto no ensino fundamental e médio é comum carregar uma mochila com inúmeros itens de material escolar, na faculdade isso não é necessário. No entanto, é importante que o estudante esteja atento aos materiais exigidos pelo curso.

Alguns cursos de graduação como design de moda, arquitetura e urbanismo, design de interiores, entre outros, exigem materiais escolares diferenciados, utilizados durante as atividades práticas.

Os itens básicos são quase os mesmos do ensino médio, ou seja, uma mochila, caderno ou fichário, estojo com canetas, lápis, borracha, apontador, corretivo, caneta marca-texto, pendrive, bloco autoadesivo e pasta organizadora.

Imagem de material escolar.

Na faculdade, a lista de material escolar diminui bastante. (Fonte: Pixabay/ Pexels.com.com)

É melhor utilizar caderno ou fichário?

O caderno universitário de uma matéria contém 96 folhas. Se você optar pelo caderno, saiba que será necessário comprar um para cada matéria – apenas no ensino fundamental, são ministradas cerca de 10 disciplinas.

O estudante poderá escrever mais em um caderno .

Um ponto positivo do caderno de 96 folhas é que o estudante poderá escrever bem mais. É possível manter o mesmo caderno do início ao final do ano letivo.

Entre os pontos negativos dessa escolha, devemos mencionar que o estudante deverá organizar o material escolar diariamente, correrá o risco de esquecer o caderno de determinada disciplina em dia de aula e a mochila ficará pesada.

Uma alternativa é utilizar um caderno universitário com 10 ou 20 matérias – 200 ou 400 folhas, respectivamente. Com o caderno de 10 ou 20 matérias você economiza dinheiro, espaço na mochila e tempo para organizar o material escolar.

O caderno universitário de 10 matérias é suficiente para estudantes universitários, pois na faculdade, os professores passam pouco conteúdo em lousa, portanto o estudante usará o caderno apenas para anotar tópicos, resumos, exercícios e datas de trabalhos e provas.

Em relação às desvantagens de utilizar o caderno de 10 ou 20 matérias, podemos mencionar que a quantidade de folhas pode ser insuficiente para algumas matérias, sendo necessário utilizar outra repartição do caderno, e isso pode atrapalhar os estudos. Outro ponto negativo é que esse caderno é muito pesado.

Imagem de material escolar.

Ao optar pelo caderno de uma matéria, você deve reservar um tempo para organizar o material escolar diariamente. (Fonte: DS 30/ Pixabay.com)

Outra opção interessante é o fichário. A principal vantagem desse item, é que você pode carregar apenas a quantidade de folhas que usará para anotar as lições daquele dia. Não é necessário carregar as folhas respectivas a cada matéria diariamente, basta organizar as matérias em uma pasta, para não perder nenhuma atividade.

As matérias podem ser organizadas e reorganizadas do modo que você desejar e quando você quiser. E é possível passar a matéria a limpo sem precisar arrancar as folhas, como aconteceria em um caderno.

Você precisa ser organizado para usar fichário.

Mas você precisa ser bastante organizado para usar fichário, caso contrário, essa história de organizar e reorganizar as folhas vai atrapalhar na hora de estudar.

Uma dica é numerar as folhas de cada matéria para não as perdê-las ou desorganizá-las.
Também é importante comprar folhas grossas e de qualidade, pois ao longo do tempo, o atrito entre as argolas de metal e os orifícios da folha podem fazer com que esses orifícios aumentem ou rasguem.

Também é importante mencionar que ao abrir e fechar as argolas do fichário várias vezes ao longo do dia, pode ocorrer de os dentes se separarem e não encaixarem adequadamente até o final do ano letivo.

Geralmente, o fichário universitário não cabe na mochila, portanto você deve carregá-lo nas mãos ou utilizar a alça que acompanha o produto. No entanto, você pode utilizar os compartimentos para carregar lápis, caneta, borracha e apontador, podendo deixar a bolsa em casa.

Ainda está em dúvida se deve comprar um caderno ou fichário para seus estudos? Confira a tabela comparativa abaixo:

Caderno Fichário
Vantagens Mantém a matéria reunida e organizada É possível carregar apenas a quantidade de folhas necessária para anotar a matéria do dia. Você pode organizar e reorganizar a matéria sempre que precisar
Desvantagens O espiral pode atrapalhar para escrever. Não é possível reorganizar as matérias. É preciso soltar a folha para escrever. É comum que o orifício da folha rasgue com o tempo
Tamanho Universitário com uma, dez ou vinte matérias Pequeno ou grande

Qual mochila escolher para carregar o material escolar?

A mochila é um dos itens mais importantes na lista de compras de material escolar, independente se o estudante está no ensino fundamental, médio, cursinho ou faculdade.

As crianças pequenas, em fase pré-escolar, devem levar apenas a lancheira, que é mais leve. Outra opção para as crianças de três a sete anos de idade é utilizar uma mochila de carrinho.
A mochila de carrinho ajuda a distribuir melhor o peso do material escolar, não sobrecarrega a coluna da criança e pode ser utilizada na escola, em passeios ou viagens escolares.

Uma desvantagem da mochila de carrinho, é que quando a criança precisa subir os descer as escadas da escola ou os degraus do ônibus escolar, ela deverá segurar a mochila peça alça lateral, portanto nada de deixar a mochila pesada.

Para crianças a partir de oito anos de idade, recomendamos o uso da mochila com alças. As alças devem ser largas, acolchoadas e ajustáveis – é importante deixar a mochila rente às costas para evitar dores nos ombros ou na coluna.

Também é fundamental que a mochila possua dimensões compatíveis com o corpo da criança. A bolsa deve ser ajustada para ficar na altura do bumbum da criança.

Mas independentemente do tipo de mochila escolhido, é importante respeitar a recomendação de não ultrapassar 10% do peso corporal.

Imagem de uma mochila escolar.

Crianças a partir de oito anos de idade, devem utilizar a mochila de alças. (Fonte: Oleg Dudko/ 123RF.com)

Algumas características mudam de uma mochila infantil para a outra, como material, acabamento, capacidade, design e preço. É importante escolher uma mochila de qualidade e que expresse a personalidade da menina ou do menino.

Quer saber mais sobre este assunto? Leia os conteúdos especiais que preparamos sobre cada tipo de mochila escolar:

Qual a importância da lancheira escolar?

A alimentação exerce um papel muito importante na infância e adolescência: Ajuda no desenvolvimento físico e mental. Por essa razão, é importante que a criança ou adolescente vá para a escola com a lancheira cheia.

Você pode colocar os seguintes alimentos: Sanduíche natural, suco de caixinha, frutas, barra de
cereal e iogurte. É importante variar para a criança não enjoar do lanche.

Você encontra lancheiras em diferentes materiais, formatos, tamanhos e estilos. Da lancheira de plástico à bolsa térmica.

Fique atento, o tipo de lancheira escolhida influencia nos alimentos que você poderá enviar para o lanche da criança – a lancheira de plástico não conserva alimentos frescos, enquanto a bolsa térmica mantém alimentos refrigerados por até oito horas. Pense nisso no momento da compra.

Imagem de uma mulher preparando a lancheira do filho.

Prepare alimentos saudáveis e saborosos para a lancheira do seu filho. (Fonte: Jovan Mandic/ 123RF.com)

Quais tipos de canetas devo acrescentar à lista de material escolar?

Você conhece os diferentes tipos de canetas e suas respectivas funções no processo de aprendizagem? Conheça abaixo:

  • Caneta esferográfica é usada para fazer anotações. Você encontra modelos com ponta fina, média e grossa nas cores azul, preta, verde, vermelha e coloridas – perfeitas para destacar informações.
  • Caneta hidrográfica possui ponta de feltro e tubo de tinta interno. É usada para destacar palavras, frases ou trechos importantes em suas anotações.
  • Caneta marca-texto serve para grifar as informações mais importantes em textos ou anotações, simplificando o processo de revisão do conteúdo. Você encontra opções em diferentes tonalidades.

Quer saber mais sobre os diferentes tipos de canetas de uso escolar? Confira os conteúdos a seguir:

Como identificar o material escolar do seu filho?

Identificar o material escolar da criança é uma orientação da escola para facilitar a rotina diária em sala de aula. Outra vantagem de etiquetar o material escolar é que se a criança emprestar ou esquecer, alguém devolverá o objeto.

Você pode identificar o material escolar da criança com etiquetas feitas em casa. Basta criar um arquivo com o nome completo da criança e imprimi-lo em uma folha adesivada. Você também pode comprar etiquetas simples e anotar o nome da criança com uma caneta esferográfica.

Outra opção é encomendar etiquetas customizadas em diferentes tamanhos, formatos e cores. A vantagem da etiqueta customizável é que o adesivo é resistente à água e calor, portanto você pode adesivas os potes de plástico, as peças do uniforme, a lancheira e mais.

Independente do tipo de etiqueta escolhida, nunca deixe de incluir nome e sobrenome, série e algum número de telefone. Se a criança possui alguma condição especial, como uma doença ou alergia severa, é possível fazer etiquetas maiores e incluir essas informações e possíveis orientações.

Imagem de duas crianças estudando.

Ao etiquetar o material escolar, dificilmente a criança irá perdê-lo. (Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

O que não pode constar na lista de material escolar?

Se você não sabe quais itens não podem ser incluídos na lista de materiais escolares, está no lugar certo. Segundo a Lei 9.870/99 e o Código de Defesa do Consumidor, os seguintes itens devem ser riscados da lista de materiais:

  • Itens de uso coletivo como cartucho de tinta para impressora, giz para quadro negro, fita adesiva, lâmpadas, envelopes, copos, pratos e talheres descartáveis, entre outros.
  • Grande quantidade de um mesmo item. A quantidade nunca pode extrapolar a necessidade de uso do estudante durante o ano letivo. Além disso, a escola nunca deve determinar a marca ou local de compra.
  • Produtos de limpeza como desinfetante, saco de lixo, balde e outros, também devem ser mantidos fora da lista de material escolar. Isso vale para itens de higiene como papel higiênico e sabonete.
  • Medicamentos também devem ser desconsiderados. Afinal, nenhum remédio pode ser comprado e administrado sem receita e orientação médica. Caso a escola possua ambulatório, a própria instituição deve providenciar os medicamentos.

Ao descumprir essas normas, os pais podem denunciar a instituição de ensino, que pode ser notificada e multada pelo Procon.

Onde comprar o material escolar?

Você deve comprar o material escolar em uma papelaria como Kalunga e Lepok. Outra opção é fazer as compras pela internet… além de evitar as longas filas, você pode economizar bastante. Pesquise os preços em lojas virtuais como Kalunga, Amazon, Lojas Americanas e outras.

O orçamento está apertado e você não pode comprar itens novos? Considere comprar materiais escolares seminovos em lojas como OLX e Mercado Livre. Outra opção é reunir os pais dos coleguinhas do seu filho e comprar itens por atacado.

Imagem de um estojo escolar.

Alguns itens do material escolar podem ser reutilizados. (Fonte: Bru-No/ Pixabay.com)

Resumo

Como você deve ter notado ao longo do texto, o material escolar exerce um papel relevante no aprendizado do estudante durante todas as fases escolares, seja ensino fundamental, médio, cursinho pré-vestibular ou faculdade.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo exclusivo sobre o assunto. Abordamos temas importantes como os materiais escolares adequados para cada fase, como preservá-los e aproveitá-los, quais itens não podem constar na lista de materiais e como aproveitar as melhores condições de compra.