A imagem mostra close no tronco e braços de um homem. Em seu braço, há um manguito de medidor de pressão.
Ultima atualização: 2 de setembro de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

19Horas investidas

5Estudos avaliados

72Comentários coletados

Olá! Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil. As alterações na pressão arterial sanguínea estão entre as principais causas de doenças cardiovasculares. Quem tem tendência a possuir problemas no coração precisa se cuidar, e uma das formas de fazer isso é utilizando um medidor de pressão.

Controlando as alterações da sua pressão em casa é possível saber com antecedência se você precisa ir ao médico para verificar o coração. Isso trouxe mais praticidade e até mesmo uma vida mais tranquila e saudável para muitas pessoas.

Hoje em dia existe uma diversidade muito grande de modelos de medidor de pressão. Para garantir que você vai escolher o melhor para suas necessidades, vamos falar mais sobre os melhores modelos e o que você deve avaliar antes da compra. Vem com a gente!




Primeiro, o mais importante

  • Existem dois tipos principais de medidor de pressão: o manual e o digital. Antes de adquirir o seu, é necessário saber para qual tipo de uso eles são indicados. Ah, e é preciso considerar também se é utilizado no braço ou no pulso.
  • Medir a pressão em casa não é tão simples quanto parece, porém, quando você aprende a fazer do jeito correto, pode te dar mais autonomia e segurança para lidar com problemas cardiovasculares.
  • O medidor de pressão serve apenas como um complemento às suas consultas médicas periódicas. Um não substitui o outro, o ideal é que sejam feitos em conjunto.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores medidores de pressão

O que antes só podia ser feito no hospital, hoje é facilmente realizado em casa. Com opções para pulso ou braço, digital ou manual, ficou ainda mais simples de medir a pressão e cuidar da sua saúde. Veja quais são os melhores e mais populares modelos de medidor de pressão.

1º - Medidor de Pressão Digital Automático de Pulso G-Tech - BP3AF1

O aparelho mais popular entre os consumidores é o G-Tech BP3AF1, que é digital e automático. Sua memória é capaz de gravar 99 resultados com hora e data, o que facilita muito para os que esquecem de anotar.

Esse modelo, como todos de qualidade, possui aprovação do INMETRO e selo da sociedade brasileira de Cardiologia para uso profissional. Ele vem em um estojo prático de transportar e desliga sozinho após 1 minuto sem uso. Funciona com 2 pilhas do tipo AAA de 1,5 V, que já vem inclusas, e possui indicador de carga de bateria.

2º - Medidor de Pressão Digital de Braço G-Tech - Master BP3AA1

Apesar de ser um pouco mais caro, o modelo Master BP3AA1 da G-Tech vale a pena por sua qualidade. Esse medidor de pressão é digital e automático, funcionando no braço.

Com memória para 30 resultados com hora e data e aprovação da Sociedade Brasileira de Cardiologia para uso profissional, é ideal tanto para médicos quanto para utilizar domesticamente. Possui 5 anos de garantia, por isso, pode valer mais a pena a longo prazo. Sua operação é simples, podendo ser feita com apenas um botão, e o aparelho é compacto.

3º - Medidor de Pressão Digital Automático de Pulso Premium - LP200

O medidor de pressão digital automático de pulso LP200 Premium possui mais funções além de medir a pressão. Ele é um indicador de arritmia cardíaca, proporcionando média automática das três últimas medições e fornecendo gráfico indicador de nível de hipertensão.

Além disso, se destaca por gravar até 120 posições de até 3 usuários, permitindo que você e outras duas pessoas da sua família possam utilizar sem confundir. Com 3 anos de garantia, o modelo possui custo acessível e é um dos preferidos entre os consumidores, que elogiam seu tamanho compacto e excelente custo-benefício.

4º - Aparelho de Pressão Digital Automático de Braço, G-Tech

O medidor de pressão MA100 Linha Master da G-Tech é simples e prático, oferecendo conforto para quem precisa medir a pressão com frequência. Funciona com 4 pilhas AA e é super compacto, possuindo medidas de 13,5 cm x 21,5 cm x 5 cm. Ideal para levar na bolsa ou mochila e utilizar quando precisar.

Ele possui memória para 99 resultados com data e hora. Seus consumidores elogiam muito a qualidade e a facilidade de manusear o aparelho.

5º - Aparelho de Pressão Digital Automático de Braço BSP11 G-Tech

O medidor de pressão digital de braço BSP11 da G-Tech oferece, além dos benefícios comuns de medir pressão arterial e frequência cardíaca, funções como indicador de arritmia cardíaca, indicador gráfico de nível de hipertensão e cálculo da média automática das três últimas medições.

Além disso, possui uma grande memória, sendo capaz de armazenar até 120 resultados. Esse modelo vem, ainda, com bolsa para facilitar o transporte e pilhas inclusas. Os consumidores desse aparelho elogiam sua excelente qualidade, fácil manuseio e bom custo-benefício.

Guia de Compra

Com tantas opções de medidor de pressão, é fácil ficar na dúvida sobre qual comprar. Por isso, vamos te dar algumas dicas sobre como escolher seu aparelho, entre elas o tamanho ideal, escolher um modelo digital ou manual, entre outros. Siga com a gente e descubra tudo para manter sua saúde monitorada!

A foto mostra visão de cima de uma mesa. Uma pessoa está com o braço esticado com um manguito em volta dele e outra, aparentemente um profissional da saúde, está medindo sua pressão.

Medir a pressão no médico periodicamente é essencial, mas hoje em dia é possível fazer o processo em casa também. (Fonte: rawpixel / Pixabay)

Quais são as vantagens e desvantagens do medidor de pressão?

As doenças cardiovasculares são muito comuns no Brasil e no mundo e muitas pessoas acabam sendo vítimas de ataques cardíacos e derrames. Porém, de acordo com especialistas, 80% das ocorrências poderia ser evitadas.

Além dos métodos conhecidos de prevenção, como hábitos mais saudáveis, prática de exercícios físicos e dieta balanceada, medir a pressão com frequência é essencial para quem possui problemas no coração ou tem histórico genético.

Segundo estudo feito com pesquisadores, pessoas que medem a pressão em casa conseguem melhorar seus hábitos de forma que não altere mais a pressão.

A imagem mostra um braço e uma mão com um medidor de pressão digital no pulso.

Pacientes que medem a pressão em casa sentem-se mais confiante e conseguem observar a eficácia dos remédios. (Fonte: Gadini / Pixabay)

Porém, nem sempre é tudo tão simples e fácil. Outras pessoas que medem em casa apresentaram resultados diferentes, como interpretação errada dos valores de pressão. Além disso, o aparelho precisa ter a calibração verificar com certa frequência e não é tão simples de ser utilizado.

Para obter os benefícios que o medidor de pressão pode oferecer para sua saúde, é essencial pedir orientação direta para seu médico cardiologista. Assim, você saberá exatamente como aproveitar o aparelho da melhor forma.

Vantagens
  • Auxilia na melhora da qualidade de vida
  • Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares
  • Traz mais tranquilidade e confiança para pessoas com problemas cardiovasculares
  • Permite que o paciente participe mais ativamente da consulta médica
  • O paciente consegue observar melhor a efetividade de medicamentos
  • Proporciona ótimo custo-benefício
Desvantagens
  • Não é tão simples de usar
  • Caso não esteja bem informado, o paciente pode interpretar de maneira errada
  • É necessário consultar-se com um médico antes de começar a usar

Medir a pressão no médico não é suficiente?

Claro que a visita ao médico é importante e essencial, tanto para descobrir como medir a pressão em casa como para se meditar da forma correta.

Porém, não é sempre que vamos ao médico. No dia a dia, é importante observar seu corpo fora de situações que podem ser estressantes. A locomoção até o consultório do seu médico, por exemplo, pode afetar a sua pressão arterial. Fatores como trânsito, poluição e atrasos podem gerar estresse no paciente.

Além disso, medindo a pressão em casa você consegue se tornar mais ativo nas suas consultas. É possível observar diariamente se sua medicação está funcionando ou se a anterior era melhor, por exemplo.

Mão e braço com um medidor de pressão no pulso.

Medir a pressão em casa ajuda a evitar doenças cardiovasculares e complementa as idas ao médico. (Fonte: McRonny / Pixabay)

O processo de medir em casa também ajuda muito a evitar ataques cardíacos e derrames. Com o medidor de pressão, você consegue avaliar todo dia se está havendo queda ou aumento na média da sua pressão.

Como medir a pressão em casa?

Como já falamos, o primeiro passo para começar a utilizar o medidor de pressão em casa é visitar o seu médico. Porém, é necessário tomar alguns cuidados antes de realizar esse processo para garantir que o resultado será correto:

  1. Prefira medir a pressão ao acordar, antes de tomar o café da manhã;
  2. Mantenha a coluna reta ao medir a pressão;
  3. Use o medidor antes de tomar seus remédios;
  4. Deixe o braço levemente flexionado com a palma da mão para cima, deixando sempre o antebraço apoiado;
  5. Meça a pressão quando estiver relaxado. Urine antes e repouse por 5 minutos;
  6. Deixe as pernas esticadas para garantir um bom fluxo do sangue;
  7. Dê preferência ao braço esquerdo;
  8. Prefira medir a pressão sem blusas de frio ou cobertores;
  9. Não tente medir a pressão apenas utilizando os dedos e um relógio, pois as chances de dar errado são grandes.

Tomando essas medidas antes de medir sua pressão, você tem mais chance de garantir resultados corretos e exatos.

Quais os diferentes tipos de medidor de pressão?

Existem dois tipos principais de medidor de pressão: o digital e o manual. O manual é o mais conhecido, pois foi o único disponível por muitos anos e só era possível encontrá-lo em hospitais.

O modelo digital veio para facilitar a vida de quem não sabe muito bem como mexer nesse aparelho, mas gosta de medir a pressão em casa. Veja as principais diferenças entre eles:

Medidor de pressão manual

Também conhecidos como esfigmomanômetros, o medidor de pressão manual possui um manguito inflável e dois tubos.

Por serem um pouco mais complicados de manusear, esse tipo é mais indicado para médicos e profissionais da saúde. Eles possuem bulbo de borracha, estetoscópio e visor analógico. Porém, apesar de serem difíceis de usar, costumam ser mais precisos e confiáveis. Por isso, a ida ao médico periodicamente é indispensável.

Imagem foca em um medidor de pressão manual com manguito azul escuro.

O medidor de pressão manual precisa ser usado em conjunto com o estetoscópio e é indicado para uso profissional. (Fonte: soc7 / Pixabay)

Medidor de pressão digital

Os modelos digitais são os mais comuns para uso doméstico, pois são mais simples de entender e não necessitam de um ouvido especialista para checar os batimentos cardíacos pelo estetoscópio.

Seu visor digital indica a pressão e eles costumam ter até uma memória que guarda os últimos resultados. Isso facilita muito na hora de fazer comparativos. Esses aparelhos costumam ter um preço bem acessível e compensam muito para quem possui histórico de problemas cardiovasculares.

Medidor de Pressão Manual Medidor de Pressão Digital
Vantagens Costuma ser mais preciso e confiável Mais fácil de usar e intuitivo. Não é necessário utilizar estetoscópio. Além disso, possuem funcionalidades como memória de pressões anteriores
Desvantagens Seu uso é muito mais complexo, pois necessita de alguém com ouvido médico para usar o estetoscópio Não são tão precisos quanto o medidor manual
Indicação Médicos e profissionais da saúde Uso doméstico por pacientes com histórico de problemas cardiovasculares
Preço Médio R$ 300 R$ 100

Como utilizar o manguito?

Alguns medidores de pressão vêm com o manguito, que nada mais é do que a "faixa" que será colocada em volta do pulso ou braço para fazer a medição.

Quando for utilizado no braço, deve ser posicionado 2 cm acima da dobra do braço. No caso dos medidores manuais, para medir, é necessário pressionar a bomba manual para que ele se encha.

Já nos modelos de medidor de pressão digital, mais comuns para uso doméstico, a utilização do manguito é mais simples. Ao apertar um botão, ele vai inflar e desinflar sozinho, enquanto você vê a pressão no visor.

Ou seja, se você pretende medir a pressão sozinho em casa, prefira o modelo digital. Além de não precisar inflar o manguito, ele é muito mais simples de usar.

Quanto custa?

O preço de um medidor de pressão pode variar bastante. Aparelhos mais precisos, indicados para uso médico ou profissional, podem chegar a mais de R$ 2 mil.

Já os mais baratos, que costumam ser modelos manuais, podem ser encontrados a partir de R$ 60. Os digitais também custam a partir desse valor, mas os modelos de melhor qualidade costumam variar entre R$ 90 e R$ 160.

Prefira sempre um aparelho de boa qualidade, mesmo que seja um pouco mais caro, pois eles duram mais e proporcionam melhor custo-benefício.

Medidor de pressão manual com manguito preto e estetoscópio.

O medidor de pressão manual de uso profissional costuma ser um pouco mais caro. (Fonte: Bru-nO / Pixabay)

Onde comprar?

É possível encontrar seu medidor de pressão em farmácias ou supermercados grandes. Se você prefere adquirir um modelo nas lojas físicas, procure boas farmácias do seu bairro ou cidade.

Já para aqueles que preferem a compra online, no conforto do lar, há uma vasta gama de opções em sites como Amazon, Lojas Americanas, Drogaria São Paulo, Carrefour, Extra, Submarino, entre outros. Você pode comprar os produtos desse ranking clicando no link disponível.

Critérios de compra: Fatores para avaliar um medidor de pressão

Há uma variedade bem grande de medidores de pressão disponíveis nas grandes lojas e farmácias. Para não ficar na dúvida, essas são algumas das coisas que você precisa avaliar antes de fazer sua compra:

  • Local de medida
  • Tamanho do manguito
  • Memória
  • Recursos
  • Usabilidade
  • Garantia
  • Tempo de calibração

Vamos explicar cada um dos itens para você poder medir a pressão em casa com segurança!

Local de medida

Os principais modelos de medidor de pressão podem ser utilizados em dois lugares diferentes: no braço ou no pulso.

O que é colocado em volta do braço possui um manguito, enquanto o outro é envolvido no pulso. Apesar de ser mais prático, os medidores utilizados no pulso podem não ser tão efetivos.

A pressão é medida mais efetivamente com o braço na horizontal, no nível do coração. Por isso, o ideal é preferir os modelos de medidor de pressão que podem ser utilizados no braço.

Tamanho do manguito

Como apenas os medidores de pressão de braço possuem manguitos, esse quesito só é importante para quem procura esse tipo de modelo.

Apesar de poderem ser ajustados de acordo com as suas necessidades, nem todos os aparelhos possuem o manguito do tamanho ideal para cada pessoa. Como o tamanho do braço muda, é necessário adquirir o medidor correto.

Eles costumam ser divididos em tamanhos e é preciso medir o braço de quem vai utilizar o medidor antes de realizar a compra. Para escolher com mais segurança, veja a tabela de tamanhos e medidas:

Tamanho Medida
P 18 a 22 cm
M 22 a 32 cm
G 32 a 45 cm

Memória

Manter um diário com suas medidas é essencial. Porém, nem sempre lembramos de anotar ou estamos perto do caderninho. Por isso, a função de memória, presente na maioria dos medidores de pressão digitais, é essencial para você conseguir acompanhar seu histórico e até mesmo mostrar para o médico.

Alguns aparelhos possuem memória para até 120 históricos, podendo ser utilizado por mais de uma pessoa. Se você às vezes esquece de anotar, esse quesito é essencial na hora da compra.

Recursos

Além da capacidade de alguns medidores de guardarem até 120 resultados de pressão arterial em sua memória, alguns aparelhos ainda oferecem outros recursos.

Há aqueles que possuem indicador de arritmia cardíaca, indicador gráfico de nível de hipertensão e até cálculo da média automática das últimas medições.

Claro que ter bastante recursos costuma significar aparelhos mais caros, mas caso eles sejam úteis para suas necessidades, vale a pena investir.

Medidor de pressão digital com alguns números na tela.

Vale a pena investir em um modelo de medidor de pressão digital com recursos úteis para você. (Fonte: tbit / Pixabay)

Usabilidade

Alguns medidores de pressão são um pouco mais complexos que outros. O manual, por exemplo, exige muito conhecimento e experiência, até porque é necessário utilizar o estetoscópio para avaliar com precisão.

Porém, mesmo entre os medidores de pressão digital há aqueles mais simples de ser utilizados e os mais complexos. Os que possuem diversas funções e recursos costumam ser um pouco mais difíceis de utilizar.

Há os modelos mais simples e intuitivos. Prefira aqueles que possuem uma usabilidade mais simples. Porém, se estiver com dificuldades, leia o manual de instruções e pergunte para seu cardiologista.

Garantia

Nem sempre os medidores mais baratos saem mais em conta. Os modelos mais acessíveis geralmente oferecem uma garantia menor, o que significa que, se quebrar, você terá que comprar outro.

É possível achar alguns aparelhos que possuem até 5 anos de garantia. Se você utiliza o medidor de pressão com bastante frequência, pense a longo prazo. Uma garantia estendida garante maior conforto para você e melhor custo-benefício para seu bolso.

Tempo de calibração

Todos os monitores de pressão precisam ser calibrados com certa frequência. Ela deve ser facilitada e feita pelo fabricante. A maioria dos modelos precisam ser calibrados de 2 em 2 anos. Verifique isso antes de adquirir o seu.

Além disso, é importante levar em conta se a calibração precisa ser paga ou é gratuita e se há um local perto da sua casa onde você possa fazer isso.

(Fonte da imagem destacada: geraldoswald62 / Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Joana Dias Graduada em Estética
Para Joana, cuidar da saúde é cuidar da aparência, e vice-versa. É por isso que ela utiliza seu conhecimento em estética e suas horas de pesquisa online e offline para compartilhar seu conhecimento sobre cuidados pessoais e saúde.