Na foto uma pilha de roupas brancas de bebê com um par de meias em cima com estampa de ovelha.
Ultima atualização: 25 de julho de 2019

Como escolhemos

15Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

72Comentários coletados

A meia de bebê é um item sempre presente no enxoval e no guarda-roupa de qualquer criança, seja ela recém-nascida ou um pouco mais velha. Logo imagina-se o quanto essa peça é importante e, por isso, ela será o tema desse review, seja bem-vindo!

Nas primeiras fases da vida do bebê as meias são essenciais para protegê-los do frio e graças a isso elas existem nos mais diversos tamanhos e modelos, havendo uma vasta gama de estampas e opções com sola e antiderrapante que podem até substituir os calçados.

Porém, muitos pais ainda possuem algumas dúvidas sobre essa peça e se você está entre essas pessoas não precisa se preocupar porque nesse texto todas elas serão respondidas. Vamos lá?




Primeiro, o mais importante

  • As meias podem ser utilizadas em todas as idades do bebê e são essenciais para épocas com temperatura mais baixa.
  • Existem diversos modelos de meia de bebê, sendo que para os que estão começando a andar as com antiderrapante na sola são ótimas opções.
  • A meia de bebê deve ser macia e confortável e há modelos que custam por volta de R$ 5.

Você também pode gostar:

Ranking: As 3 melhores meias de bebê

Ser confortável e vestir bem são as características mais importantes que uma meia de bebê deve ter e para te mostrar quais são as melhores nesses quesitos preparamos o Ranking abaixo com algumas opções, confira quais são elas:

1º – Kit Meia de Bebê com Três Pares Mash

Disponível no tamanho 16-21, esse kit com três pares de meia de bebê da Mash é confeccionado com punho especial para não apertar e produzido em algodão tendo grande conforto e maciez.

O kit está disponível em seis estampas no qual os pares são diferentes, mas combinam entre si e cada trio tem um tema e cor predominante. Existem opções em azul, verde, lilás, pink e cinza.

2º – Kit com Três Pares de Meia de Bebê Cano Médio

Essa outra opção de kit da Mash é ideal para o dia a dia e composta por três pares de meias de cano médio, ideal para temperaturas mais baixas, confeccionadas em algodão.

Os pares estão disponíveis no tamanho 16-21 e na opção com listras ou poás. As meias têm tons entre o azul, laranja, verde, cinza, rosa, pink e roxo.

3º – Meia Sapatilha Lupo Baby

Disponível nas cores índigo, caqui, azul, branco e rosa, essa meia estilo sapatilha da Lupo possui cano bem baixo, como se fosse um calçado.

Ela é produzida numa mescla de algodão, poliamida e outras fibras, o que confere conforto e maciez à peça. É lisa, sendo básica e ideal para variadas ocasiões. O tamanho é 16-19.

Guia de Compra

As meias de bebê são peças fundamentais e que irão acompanhar a criança nas mais diversas fases. A função principal dessa peça é esquentar os pés com conforto e garantindo que não atrapalhe o desenvolvimento do pequeno.

Mas como todos os outros itens para crianças existem diversos modelos de meias que podem confundir a cabeça até dos pais mais experientes. E é para te explicar sobre cada característica desse produto que preparamos esse Guia de Compra. Basta continuar lendo que ao final da leitura garantimos que você estará craque!

Na foto uma mulher com uma bebê sentadas em frente a uma janela.

A principal função das meias é proteger os pés dos bebês em dias frios. (Fonte: Daria Shevtsova / Pexels)

O que é uma meia de bebê e quais as suas vantagens?

A meia de bebê é uma peça que está sempre presente no enxoval de qualquer criança e que é basicamente uma meia comum, porém em tamanhos menores para se adequar às diversas fases do pequeno.

Disponível em diversos modelos e cores, esse item é indispensável em temperaturas mais baixas, pois promove o aquecimento dos pés da criança a deixando mais confortável.

Outra vantagem das meias de bebês é que elas podem servir como um complemento para a roupa, evitando assim a necessidade de colocar sapatos na criança e incomodá-la. Inclusive, existem modelos que imitam sapatilhas e sapatos.

Além disso, elas também são uma boa ferramenta para proteger os pés da criança quando ela começar a andar, sendo que há opções com antiderrapante na sola para evitar escorregões.

Deve-se somente tomar cuidado com as meias que não tem esse dispositivo, pois essas podem sim facilitar a ocorrência de escorregões.

Vantagens
  • Esquentam os pés no frio
  • Complementam o visual
  • Tem modelos com antiderrapante e sola embaixo que dão mais segurança e sujam menos
Desvantagens
  • Podem facilitar a ocorrência de escorregões

Quais os tipos de meia de bebê que existem?

Se você pensa que as meias de bebês são simples e padronizadas está muito enganado. Existem diversos modelos desse produto que se adaptam a diferentes situações.

Falando em cano, que é a parte que fica no tornozelo, existem opções com ele médio, alto e também as soquetes, no qual ele é bem baixo.

Outra opção são as meias sapatilhas, essas não apresentam cano e possuem uma faixa que fica no peito do pé, lembrando muito um calçado. Elas são boas porque dificilmente saem do pé e existem várias opções decoradas.

Há também as meias que possuem antiderrapante como citamos mais acima. Independente do modelo, essas possuem na sola um acabamento que previne escorregões sendo boas para bebês que estão começando a andar.

Ainda pensando na proteção, outro modelo que pode ser encontrado é o de meias com solado. Parecendo um sapato, essas contam com uma estrutura emborrachada na sola e com isso, além de evitar que essa parte fique encardida, dão mais firmeza na caminhada.

Meia de bebê com ou sem punho?

Há também outra diferença que pode ser encontrada nas meias de bebês, o punho. O punho é aquela parte um pouco mais grossa que fica localizada no final do cano e existem opções com e sem esse acabamento.

Não há nenhum tipo de recomendação com relação a isso e vai um pouco do gosto na hora de escolher, porém o essencial é sempre notar se essa região não está apertando o tornozelo do bebê.

Se estiver pode não só machucá-lo como também prejudicar a circulação, por isso, sempre opte por opções macias e com elástico na medida.

Principalmente para bebês recém-nascidos as meias devem ser de um material muito macio e as mais indicadas são as de algodão, que não agridem ou irritam a pele.

Qual o tamanho correto de meia de bebê para cada fase da criança?

Assim como os sapatos, as meias de bebê também possuem tamanhos e às vezes pode ser difícil de saber qual é o certo para a idade da criança. Para esclarecer essa dúvida abaixo você encontra uma tabela com todas as medidas e idades.

Idade do bebê Tamanho da meia
Recém-nascido 14
0 a 3 meses 15
3 a 6 meses 16
6 a 9 meses 17
9 a 12 meses 18
12 a 18 meses 19/20
18 a 24 meses 21/22

Quanto custa?

As meias de bebê não são itens caros e podem ser encontradas por R$ 5, em média. Existe a opção de comprá-las individualmente ou também em kits e esses normalmente possuem três ou cinco pares e tem o valor inicial de R$8.

As meias sapatilhas decoradas e as com sola ou antiderrapante costumam ser um pouco mais caras custando a partir de R$ 15.

Na foto uma bebê sentada em um gramado com um gato de pelúcia e uma plaquinha ao lado.

As meias antiderrapantes possuem marquinhas nas solas que impedem que o bebê escorregue e são um pouco mais caras que as comuns. (Fonte: Hasan Albari / Pexels)

Onde comprar?

Em lojas de artigos para bebês, como Alô bebê e Puket, e de roupas com seção infantil, como C&A, Riachuelo e Renner, as meias de bebê são facilmente encontradas.

Na internet existe também a possibilidade de adquirir esse produto e muitos sites contam com várias opções, sendo que alguns que podemos citar são Amazon, Mercado Livre, Americanas e Tricae.

Os itens que elencamos em nosso Ranking também estão à venda e basta clicar no que mais gostou para ser direcionado ao local onde pode-se comprá-lo.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de meia de bebê

Após conhecer tudo relacionado as meias de bebê chegou a hora de escolher um par e para te ajudar a tomar a melhor decisão separamos abaixo todos os pontos que você deve levar em consideração na hora de comparar as opções disponíveis, são eles:

  • Idade do bebê
  • Temperatura
  • Ocasião
  • Quantidade

Veja agora cada um desses critérios em detalhes.

Idade do bebê

É importante levar em consideração a idade do bebê quando se está pensando em adquirir uma meia porque existem modelos que são mais adequados para uma determinada fase.

Para bebês que ainda não andam, todos os modelos são eficazes, porém se ele já está engatinhando ou começando a dar seus primeiros passinhos vale escolher as meias com antiderrapante. Já no caso dos que já andam as com sola são uma ótima opção.

Temperatura

Outro fator é a intensidade do frio. Quando ele estiver mais ameno pode-se optar tranquilamente por meias soquete ou as sapatilhas, mas se o frio for mais intenso vale a pena adquirir as mais fechadas que protegem melhor o bebê como as de cano médio ou longo.

Na foto os pés de um bebê em pé usando meias listradas e calça cor vinho.

Para temperaturas mais baixas deve-se optar por meias com cano mais alto que fiquem bem para dentro da calça. (Fonte: Sven Brandsma / Unsplash)

Inclusive, dependendo da temperatura, as meias de cano longo podem até evitar a necessidade de usar uma meia-calça por baixo da roupinha do bebê.

Ocasião

O local onde a meia será utilizada pelo bebê também deve ser pensando. Se você procura por algo para ficar em casa pode tranquilamente adquirir os modelos lisos ou estampados, de acordo com o gosto, já que existem infinitas opções.

Porém, se você deseja usar a meia combinando com a roupinha para sair com a criança existem as sapatilhas cheias de detalhes e outros modelos que imitam sapatos e complementam o visual do bebê, podendo ser utilizados em todo tipo de passeio.

Quantidade

Uma dúvida muito frequente de quem está montando um enxoval é a quantidade de meias que se deve comprar para o bebê.

Na foto três pares de meias pendurados no varal.

Para bebês que nascem no inverno o ideal é investir em diversos pares de meias. (Fonte: cokolatetnica / Pixabay)

Não há um consenso sobre isso, mas há diversos especialistas que recomendam adquirir por volta de seis pares para os primeiros meses de vida da criança.

Independente disso, deve-se levar em consideração a estação do ano, já que se for inverno, com certeza a criança irá utilizar mais meias, enquanto que no verão há uma menor necessidade delas.

(Fonte da imagem destacada: Lisa Fotios / Pexels)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.