Imagem de um absorvente pós-parto.
Ultima atualização: 15 de outubro de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

59Comentários coletados

A expectativa de segurar o bebê no colo pela primeira vez faz com que muitas mulheres não consigam lembrar de todos os itens que vão precisar no pós-parto como cinta modeladora, absorvente para os seios e absorvente pós-parto.

Depois do nascimento do bebê, é normal que a mulher tenha um sangramento constante por cerca de quarenta dias, por esse motivo, é importante utilizar o absorvente pós-parto, tema deste artigo.




Primeiro, o mais importante

  • Depois do parto, o útero começa a voltar ao tamanho normal, o que provoca um sangramento (lóquios). O absorvente pós-parto absorve esse sangramento e impede o vazamento, facilitando os movimentos da mamãe.
  • Geralmente, o absorvente pós-parto é utilizado por seis a oito semanas ou enquanto o corpo ainda estiver eliminando lóquio. Com o decorrer dos dias, o sangramento diminui e muda de tonalidade.
  • Além do absorvente pós-parto, a mulher pode optar por uma calcinha descartável, fralda geriátrica ou absorvente noturno. O uso de absorvente comum ou absorvente interno é desaconselhado.

Você também pode gostar:

Os melhores absorventes pós-parto: Nossas recomendações

Tão importante quanto entender as diferentes características do absorvente pós-parto é conhecer as melhores opções disponíveis à venda. Sendo assim, preparamos uma lista com os melhores produtos:

O absorvente indicado para uma semana após o parto

Este absorvente pós-parto é ideal para fluxo sanguíneo moderado, portanto, deve ser utilizado depois do sétimo dia após o parto. Com áreas de absorção estrategicamente posicionadas, o absorvente possui tecnologia que elimina o odor e é hipoalergênico. O pacote contém 20 unidades.

O absorvente pós-parto mais completo

Esse absorvente pós-parto hipoalergênico possui uma camada impermeável que impede vazamentos, camada de gel superabsorvente que potencializa o poder de absorção, permitindo que o absorvente permaneça sempre seco e adição de Aloe Vera, um ingrediente calmante e cicatrizante.

O absorvente pós-parto com design anatômico

Esse absorvente pós-parto tem como diferencial o formato anatômico que garante bom ajuste ao corpo. O absorvente possui capacidade de absorção moderada, toque ultraseco (conta com gel superabsorvente) e sistema de controle de odor. O pacote vem com 10 unidades.

O melhor absorvente pós-parto para uso noturno

Para quem está com fluxo sanguíneo moderado ou intenso, recomendamos a compra deste absorvente pós-parto. Apesar de ser indicado para uso noturno, o absorvente oferece conforto e discrição. Cada pacote contém oito unidades.

Guia de Compra

A gestação promove incontáveis mudanças no corpo da mulher. Essas mudanças ocorrem antes, durante e depois do nascimento da criança. Embora pouco falado, o sangramento pós-parto é normal é ocorre depois do parto natural ou cesárea.

Para conter o sangramento após o parto, a mulher pode utilizar uma fralda geriátrica, calcinha descartável própria para gestante ou absorvente pós-parto, tema deste Guia de Compra!

Imagem de uma mulher gestante.

O absorvente pós-parto é utilizado por cerca de quarenta dias. (Fonte: Arren Mills/ Unsplash.com)

O que é um absorvente pós-parto e por que usá-lo?

Durante o parto, seja natural ou cesárea, ocorre a separação entre o útero e a placenta, que provoca um sangramento que dura cerca de 40 dias.

Também chamado de lóquios, esse sangramento é bastante diferente, portanto, o absorvente tradicional não comporta o fluxo sanguíneo. Nesse sentido, é fundamental utilizar um absorvente pós-parto, também conhecido como absorvente geriátrico.

Nos primeiros sete dias após o parto, o sangramento possui coloração vermelho vivo, presença de coágulos e o fluxo é intenso – geralmente, é necessário trocar o absorvente pós-parto a cada duas horas.

Com o decorrer dos dias, o sangramento fica mais claro e menos espesso, portanto, é possível substituir o absorvente pós-parto por uma calcinha descartável, fralda geriátrica ou absorvente noturno. Você também pode comprar um absorvente pós-parto adequado para fluxo baixo, moderado ou intenso.

Ana Paula AquinoGinecologista e obstetra

"Como o útero está voltando ao seu tamanho anterior à gravidez, a quantidade de sangue e coágulos é maior nos primeiros dias. Esse sangramento chama-se lóquios e é constituído de secreções da ferida placentária, do colo uterino e da vagina."

Quem fez parto cesárea também precisa de absorvente pós-parto?

O absorvente pós-parto deve ser utilizado após parto normal ou cesárea. Geralmente, o volume do sangramento é menor após o parto cesárea, pois grande parte do sangue é retirado junto com a placenta, diferente do parto normal, em que o útero expele o resto do sangue naturalmente através da vagina.

Como escolher um absorvente pós-parto?

É difícil escolher o absorvente pós-parto ideal para usar após o nascimento do primeiro filho, porque você não sabe qual será o fluxo sanguíneo, ou seja, não sabe se vai precisar de um absorvente menor ou maior.

Além disso, conforme mencionamos anteriormente, o fluxo sanguíneo após o parto normal é maior do que após o parto cesárea, desse modo, a gestante que tiver um parto natural, precisará de um absorvente pós-parto mais grosso.

Nesse sentido, recomendamos que você compre absorvente pós-parto para fluxo suave, moderado e intenso – o absorvente pós-parto para fluxo intenso é ideal para quando você precisar sair de casa.

Imagem de uma mulher segurando um bebê

O absorvente pós-parto oferece mais segurança para a mulher realizar suas tarefas cotidianas. (Fonte: Wesley Tingey/ Unsplash.com)

De quantos absorventes pós-parto vou precisar?

A quantidade de absorventes utilizados nos quarenta dias decorrentes do parto varia de uma mulher para outra, mas a recomendação geral é que você troque sempre que considerar necessário.

A princípio, a troca do absorvente pós-parto deve ser realizada a cada duas horas para evitar eventuais infecções. Depois da primeira semana, você pode trocar o absorvente a cada três ou quatro horas.

Geralmente, a maternidade costuma oferecer absorventes pós-parto, mas recomendamos que você leve um pacote dentro de sua mala da maternidade e compre mais pacotes para deixar em casa.

Qual a diferença entre absorvente pós-parto e calcinha pós-parto?

Além do absorvente pós-parto, você pode optar por utilizar uma calcinha descartável que já vem com o absorvente acoplado. Embora seja bastante parecida com uma fralda adulta, a calcinha pós-parto possui design mais enxuto.

O tecido é bastante fino, a calcinha veste muito bem e não machuca a cicatriz da cesárea, pois a peça possui um cós-alto. E enquanto contém o fluxo sanguíneo, a calcinha ajuda a conter a barriga.

A calcinha descartável também pode ser utilizada assim que ocorrer o rompimento da bolsa amniótica e utilizada no caminho de casa até a maternidade. Também pode ser utilizada nas primeiras horas após o parto, para absorver o líquido amniótico.

Imagem de uma mulher segurando uma rosa nas mãos.

A calcinha pós-parto é de uso descartável. (Fonte: Cottonbro.com)

O tamanho deve ser escolhido de acordo com o peso – lembre-se que você ainda estará com o corpo bastante inchado, portanto, vale comprar um número maior. A calcinha descartável pode ser adquirida em pacotes com uma ou oito unidades.

Outra opção é a fralda adulta, que é bastante confortável, fácil de vestir e está disponível em diferentes tamanhos – P, M, G e GG.

Quando o fluxo sanguíneo regredir bastante e assemelhar-se a um fluxo menstrual normal - após o décimo dia após o parto, aproximadamente – o absorvente noturno pode ser utilizado.

Quando devo trocar o absorvente pós-parto pelo absorvente comum?

Geralmente, o absorvente pós-parto é utilizado por cerca de quarenta dias após o parto. Enquanto isso, a menstruação pode levar de dois ou oito meses para voltar, estando diretamente ligada à amamentação.

Quando a mãe amamenta o bebê pelos primeiros seis meses de vida, a mulher pode passar todo esse período sem menstruar. No entanto, a mulher que introduz a mamadeira rapidamente pode voltar a menstruar no mês seguinte.

Não podemos deixar de mencionar que assim que a menstruação voltar, você notará um aumento de fluxo.

O aumento de fluxo menstrual ocorre, porque depois da gestação, o útero tende a ficar maior, fazendo com que o volume menstrual aumente. Pode ser necessário que você utilize um absorvente diferente nessa fase.

Critérios de compra: Como escolher o melhor absorvente pós-parto

Listamos quais aspectos devem ser analisados em um absorvente pós-parto para descobrir qual é o melhor modelo para você. Adiantamos que com essas dicas você conseguirá escolher uma opção com muito mais segurança.

Vamos detalhar cada um dos critérios de compra no decorrer desta seção. Não esqueça de deixar um comentário, caso surja alguma dúvida.

Fluxo sanguíneo

O fluxo sanguíneo pode variar um pouco de mulher para mulher, devido às características fisiológicas e tipo de parto. Algumas podem experimentar perdas moderadas, enquanto outras possuem perdas intensas de sangue.

Mas geralmente, o fluxo inicial é mais intenso, se torna moderado até ficar leve. Portanto, recomendamos que quando você estiver montando a mala da maternidade, coloque um pacote de absorvente pós-parto para fluxo intenso, que é maior e mais volumoso.

Impermeabilidade

Geralmente, o absorvente pós-parto é bastante resistente e preparado para conter o fluxo sanguíneo intenso. No entanto, para quem deseja uma segurança adicional, recomendamos a compra de um absorvente pós-parto com camada impermeável.

Barreira de proteção impede vazamentos.

Essa barreira de proteção impede a passagem de líquidos, evitando que haja qualquer vazamento. Desse modo, a mulher se sente mais segura e não precisa se preocupar com surpresas desagradáveis.

Absorvente hipoalergênico

A região íntima feminina é bastante sensível, ainda mais no pós-parto, quando pode ocorrer inchaço, coceira ou vermelhidão na área externa do órgão genital, sintomas comuns em reações alérgicas.

Desse modo, recomendamos que você compre um absorvente pós-parto hipoalergênico, formulado para reduzir os riscos de reações alérgicas. Essa informação está disponibilizada na embalagem do produto.

Absorvente com toque suave ou toque seco

Para escolher o absorvente adequado, é necessário avaliar se o produto possui toque suave ou seco. No entanto, essa diferença é um pouco mais sutil quando o assunto é absorvente pós-parto.

Enquanto o absorvente pós-parto com toque suave, evita qualquer sensação de desconforto na pele, se você quiser evitar a sensação de calcinha molhada, é importante que o absorvente possua toque seco.

Para resolver esse impasse, recomendamos que você compre um absorvente pós-parto com cobertura suave que contenha gel superabsorvente.

Imagem de um absorvente.

O absorvente pós-parto pode ter cobertura seca ou suave. (Fonte: Polina Zimmerman/ Pexels.com)

Adição de Aloe Vera

Após o parto normal, é comum que a área íntima feminina fique dolorida, inchada e até com dormência – principalmente se o trabalho de parto durar muita horas. Nesse sentido, é importante escolher o absorvente pós-parto mais suave possível.

O principal ativo utilizado para aumentar a maciez e suavidade do absorvente é a Aloe Vera, um planta que possui ação calmante, cicatrizante e suavizante. Vale a pena procurar um modelo com esse aditivo.

(Fonte da imagem destacada: Andriy Popov/ 123RF.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.