Bancada com frutas e copos com mixer para o preparo de bebidas
Ultima atualização: 9 de abril de 2021

Como escolhemos

14Produtos analisados

27Horas investidas

4Estudos avaliados

76Comentários coletados

Um bom dia começa com um belo suco nutritivo no café da manhã... Mas só de lembrar o trabalho que dá para preparar tudo no liquidificador, já bate um desânimo, não é? Não se você tiver em casa o melhor mixer do mercado!

Este pequeno eletrodoméstico vai transformar a sua rotina na cozinha. Quer saber mais sobre ele e ainda ter algumas dicas para escolher o melhor modelo? Siga com a gente!




Primeiro, o mais importante

  • O mixer é um eletrodoméstico pequeno e funcional, que substitui o liquidificador no preparo de sucos, vitaminas e massas leves.
  • O melhor mixer é aquele que supre as suas necessidades. Ele pode ser simples, multifuncional ou um blender, dependendo do uso que você pretende dar ao aparelho.
  • As principais vantagens do mixer são a versatilidade e a facilidade de manutenção, além do custo mais acessível em comparação a um liquidificador ou processador de alimentos.

Melhores mixers: nossas recomendações

A oferta de mixers é gigantesca! Cores, modelos e funcionalidades não faltam no mercado. Então, para facilitar a sua busca, fizemos uma seleção com os produtos mais vendidos on-line. Confira.

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre o mixer

A praticidade que o mixer pode trazer para a sua rotina é surpreendente! E quanto mais conhecer o aparelho, mais utilidades vai encontrar para ele. Por isso, fizemos questão de trazer mais informações sobre o seu novo aliado na cozinha.

Homem jovem preparando suco de frutas com um mixer

É mais prático substituir o liquidificador pelo mixer na hora de preparar o suco de frutas. (Fonte: Dolgachov/ 123rf.com)

O que é o mixer e qual sua função?

O mixer é um eletrodoméstico desenvolvido para trazer mais agilidade e praticidade em tarefas simples na cozinha. Ele é composto, basicamente, por uma haste longa com um pequeno conjunto de lâminas na extremidade.

Assim, é capaz de liquidificar e emulsionar alimentos como frutas e outros vegetais para o preparo de sucos, vitaminas, shakes proteicos, cremes, caldos e sopas. Alguns modelos, com potência mais alta, podem preparar massas leves para panquecas e bolos.

Quais as vantagens e desvantagens de um mixer?

A praticidade no uso do mixer é a principal vantagem deste aparelho. Mas não é só isso! Ele reúne uma série de qualidades que tem feito deste utensílio o queridinho das cozinhas.

Porém, junto com os benefícios podem vir alguns inconvenientes. Por isso, preparamos um quadro com os prós e contras deste equipamento:

Vantagens
  • Fácil de utilizar
  • Ocupa pouco espaço
  • Preparo de porções individuais
  • Permite preparar o alimento diretamente onde ele será consumido
  • Fácil manutenção
  • Pode acompanhar acessórios que o tornam mais versátil
  • Custo acessível, em comparação com o liquidificador ou o processador de alimentos
Desvantagens
  • Só permite processar pequenas quantidade de alimentos
  • Não processa bem alimentos crus ou de consistência mais dura
  • Pode ser frágil

Qual a diferença entre mixer e liquidificador?

Ainda que aparentemente todos eles tenham a mesma função, existem diferenças entre o mixer e o liquidificador. De maneira geral, eles se distinguem pelo tipo de alimentos que processam e pela textura que fornecem à mistura. Veja a comparação:

Mixer Liquidificador
Alimentos quentes Sim Não
Alimentos sólidos Não Sim
Textura final Aerada, cremosa Líquida, pastosa

Existe um mixer multifuncional?

Sim, existem modelos de mixer que reúnem as características de outros utensílios, como o liquidificador e o processador de alimentos. Essa configuração consegue, em certa medida, superar algumas das desvantagens que citamos há pouco.

De modo geral, os aparelhos multifunção contam com um motor mais potente e acessório como lâmina extra, batedor de massa e até tigela para mistura. Nestes casos, o kit supre algumas necessidades no preparo de alimentos sem a necessidade de usar batedeira ou outros eletrodomésticos.

Mulher usando mixer para fazer patê

O mixer multifuncional ajuda a preparar receitas mais consistentes como purês e patês. (Fonte: Volodymyr Shcherbak / 123rf.com)

Quais os tipos de mixer no mercado?

Apesar de ser um produto relativamente simples do ponto de vista estrutural e ergonômico, os fabricantes têm buscado cada vez mais inovar em design e versatilidade. Por isso, já é possível encontrar novos tipos de mixer no mercado. Os mais difundidos são:

  • Mixer comum: formado por haste com lâminas na extremidade. Ideal para bater, misturar bebidas, caldos e molhos, triturando alimentos leves como frutas macias ou temperos;
  • Mixer multifuncional: acompanha outros componentes como lâminas e batedores que podem ser trocados de acordo com a necessidade de uso. Permite liquidificar, triturar e preparar massas leves, cremes e purês;
  • Mixer mini-liquidificador: conhecido como blender, ele tem uma base fixa e copo com lâminas. Apesar de semelhante ao liquidificador convencional, ele tem menor capacidade e potência. Ideal para sucos e shakes em porções individuais.

Quais os cuidados no uso do mixer?

Como dissemos ali em cima, o mixer tradicional tem uma estrutura simples, o que faz dele um equipamento relativamente frágil. Por essa razão, é fundamental ter atenção a alguns cuidados na hora de usar o aparelho.

Antes de tudo, lembre-se que ele é um utensílio movido a eletricidade. Assim, é preciso estar atento à voltagem correta antes de iniciar o uso. Outros cuidados indispensáveis são:

  1. Não deixe colher ou espátula dentro do recipiente em que o mixer será usado;
  2. Evite triturar vegetais duros e crus para preservar a lâmina;
  3. Fique atento para não mergulhar a haste no recipiente além do nível máximo permitido;
  4. Separe os componentes laváveis dos não laváveis na hora da limpeza;
  5. Limpe a parte do motor com um pano úmido após cada uso.

Critérios de compra: O que levar em conta ao comprar um mixer

Temos certeza de que você já tem seus modelos favoritos em mente. Isso é uma ótima notícia! Mas, antes de clicar para concluir sua compra, que tal conferir alguns pontos que podem fazer diferença no dia a dia?

Uso

Este é sempre um critério que gostamos de destacar aqui no ReviewBox. Isso porque ele é o ponto de partida para qualquer escolha. Antes de tudo, é bom ter em mente para qual finalidade você deseja ter o mixer.

Se pensa na praticidade ao preparar o café da manhã ou a vitamina da tarde, um modelo simples pode atender bem suas necessidades. Quer um apoio na hora de preparar os temperos e massas leves? Então, um mixer multifuncional será a melhor escolha.

Na dúvida, a melhor decisão pode ser o aparelho mais completo. Assim, terá um aliado para qualquer nova receita que quiser experimentar!

Potência

A maioria dos modelos de mixer disponíveis no mercado têm potência de 100 Watts. Essa medida é suficiente para preparos leves, como bater as frutas do suco ou triturar os vegetais cozidos para um caldo.

Alguns aparelhos contam com potência mais alta e, inclusive, ajuste de velocidade. Nossa recomendação é para que, se possível, você opte por estes modelos. Já que a palavra aqui é versatilidade, ele estará pronto para qualquer tarefa!

Pessoa cortando bananas com copo de mixer ao fundo

O mixer tipo blender é ideal para preparar pequenas porções de vitaminas ou sucos. (Fonte: Lisa Fotios/ 123rf.com)

Limpeza

Como você já sabe, a hora de limpar os utensílios pode se tornar um pesadelo! Por isso, é crucial ficar atento a este fator quando for escolher o mixer ideal para você. Os modelos convencionais geralmente se separam em duas peças, que tem limpeza simples e prática.

Já os aparelhos multifuncionais, com lâminas e batedores intercambiáveis, merecem cuidado redobrado. Assim, verifique se são de fácil montagem e desmontagem e se tendem a acumular resíduos em locais de difícil acesso. Lembre-se que a intenção é facilitar a sua vida!

Acessórios

Se optar por um mixer multifuncional, lembre-se que nem todos são iguais. Alguns modelos vêm acompanhados por um kit de acessórios mais completo. Essa pode ser a melhor escolha.

Adquirir os acessórios em conjunto é mais econômico.

Ainda que alguns fabricantes comercializem os itens separadamente, é sempre melhor que eles já venham de fábrica com o eletrodoméstico. Neste sentido, é bom certificar-se sobre a facilidade de reposição das peças, caso necessário.

Custo benefício

Nem sempre o produto mais barato vai oferecer tudo o que você espera. E o mesmo vale para o mais caro: pode ser que ele traga funções que nunca serão usadas. Então, o ideal é ter em mente a finalidade do aparelho e, sobretudo, a frequência de uso.

Se for utilizar todos os dias, vale investir em um modelo mais resistente, com mais potência e acessórios adequados. Vai usar para um suco eventual? Neste caso, um mixer simples e acessível pode ser uma decisão de sucesso.

Ainda com relação ao investimento, prefira as marcas que já tem experiência na fabricação deste tipo de eletrodoméstico. Se ficar em dúvida sobre a reputação do fabricante, pesquise as opiniões dos compradores. Na dúvida, é melhor escolher outra marca.

Resumo

Quem não deseja mais praticidade na hora de preparar pratos saudáveis no meio da rotina corrida entre casa, estudos e trabalho? E um aparelho tão simples e pequeno como o mixer pode ser o seu braço direito nessa tarefa.

Nesse artigo, mostramos as principais características desse produto e de que forma ele pode trazer mais funcionalidades para sua cozinha. Com nossas dicas sobre os critérios de atenção, temos certeza de que você já sabe tudo o que precisa para a compra.

Se gostou deste guia, compartilhe em suas redes sociais e deixe-nos um comentário. É sempre bom ouvir você!

(Fonte da imagem destacada: Auremar / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas