mesa com pantógrafo
Ultima atualização: 18 de junho de 2021

Como escolhemos

11Produtos analisados

15Horas investidas

5Estudos avaliados

65Comentários coletados

Apesar dos avanços da tecnologia, muitos profissionais de desenho, arquitetura e engenharia ainda preferem criar seus projetos à mão. Para eles, existem alguns instrumentos de trabalho que são imprescindíveis, como o pantógrafo.

Se você está começando neste segmento e não sabe bem para que serve essa ferramenta, este artigo vai ajudar a entender como funciona o pantógrafo e qual sua real utilidade para a elaboração dos seus desenhos. Siga com a gente para conhecer os melhores pantógrafos do mercado e receber dicas de como escolher o seu.




Primeiro, o mais importante

  • O pantógrafo é uma ferramenta crucial para o trabalho de desenhistas, arquitetos e projetistas para a reprodução, ampliação ou redução de desenhos.
  • Contar com um pantógrafo, seja ele de madeira ou em metal, é ideal para quem precisa de mais firmeza e precisão na reprodução de um projeto.
  • Muitos profissionais ainda preferem desenvolver seus projetos manualmente. Nestes casos o uso do pantógrafo é indispensável.

Melhores pantógrafos: nossas recomendações

Escolher ferramentas de trabalho nem sempre é fácil. São muitas características específicas que costumam confundir na hora da compra. Conhecer as opções disponíveis no mercado é uma boa forma de começar a escolha. Veja o que encontramos na Amazon:

Guia de compra: tudo o que você precisa saber sobre o pantógrafo

Se você já tem um pantógrafo mas está precisando substituí-lo ou está começando um curso profissionalizante que utiliza essa ferramenta, esta seção vai tirar todas as suas dúvidas sobre este instrumento de trabalho. Siga por aqui.

pantógrafo

O pantógrafo é uma ferramenta crucial para o trabalho de desenhistas, arquitetos e projetistas para a reprodução, ampliação ou redução de desenhos. (Fonte: Olga Yastremska / 123rf.com)

O que é um pantógrafo e para que ele serve?

Este instrumento está presente na prancheta de todo projetista, ilustrador e arquiteto. O pantógrafo é um aparelho utilizado para reproduzir desenhos, redimensionar ou transferir imagens de um projeto para outro.

No ramo da arquitetura, ele é usado para transformar a escala do desenho sem a necessidade de refazer todos os cálculos de proporção. Para quem está fazendo um curso de desenho, por exemplo, o pantógrafo pode ser útil para ampliar ou reduzir imagens.

Existem modelos de pantógrafo para crianças. Com ele, os pequenos conseguem copiar desenhos de livros e revistas para o papel.

Quais as partes de um pantógrafo?

O pantógrafo é composto por um conjunto de réguas, normalmente em madeira. Os modelos tradicionais têm articulações que permitem a redução, aproximação e angulação correta das imagens.

Em uma das extremidades, ele conta com um orifício ou suporte onde são colocados o lápis ou a caneta. Do outro lado, além de um mecanismo de ajuste das medidas e abertura das réguas, existe uma espécie de lápis-guia, que passa por cima do desenho original.

Como o pantógrafo funciona?

Esse conjunto de réguas, que podem ser perpendiculares em alguns modelos, é o que permite que o pantógrafo reproduza as imagens em outro local além de onde o projeto já está desenhado.

Preso à mesa geralmente por uma morsa, o desenhista posiciona o desenho original e a folha que vai receber o novo desenho lado a lado. Depois passa o lápis-guia sobre o desenho, que é reproduzido no papel, de acordo com a escala configurada.

pantógrafo

Contar com um pantógrafo é ideal para quem precisa de mais firmeza e precisão na reprodução de um projeto. (Fonte: Olga Yastremska / 123rf.com)

Quais as aplicações mais comuns do pantógrafo?

Falamos agora mesmo sobre a forma de utilização do pantógrafo e descrevemos como ele permite reproduzir imagens, ampliando ou reduzindo o seu tamanho. Desta forma, ele pode ser um grande aliado de diversos profissionais, como detalhamos na sequência:

Profissional Atividade
Desenhistas Ampliação de imagens impressas
Treino de contorno
Reprodução de ilustrações
Projetistas de móveis Adequação de escalas
Duplicação de projetos
Arquitetos Replicação de plantas
Adaptação de projetos
Simulação de mudanças no projeto original

Vale a pena comprar um pantógrafo?

O pantógrafo é altamente indicado para os profissionais que preferem fazer os projetos à mão. No entanto, diante das inúmeras possibilidades oferecidas pelas ferramentas digitais de design, investir em um pantógrafo pode ter pontos positivos e negativos.

A seguir, elencamos os prós e contras envolvidos na compra deste instrumento, para ajudar na sua decisão sobre o uso desse aparelho:

Vantagens
  • Indispensável para quem está aprendendo a profissão
  • Pode ser uma forma econômica de começar a carreira, sem a necessidade de investir em softwares de design
  • Tem alta durabilidade
  • Pode ser usado em conjunto com outros instrumentos, como a régua T, escalímetro e transferidor
  • Pode ser usado por crianças para aprender a desenhar
  • Reproduz os traços com fidelidade e precisão
Desvantagens
  • Exige algum tempo de adaptação para o uso correto
  • Pode ficar subutilizado por pessoa que já utilizam recursos digitais de desenho como o tablet ou a mesa digitalizadora
  • Necessita de uma mesa de trabalho ou prancheta espaçosas

Quais os cuidados no uso e na conservação do pantógrafo?

O pantógrafo é um instrumento, em geral, muito resistente. No entanto, para que ele se conserve por mais tempo, é importante que seu uso seja feito da maneira correta, sobretudo nos modelos articulados.

Assim, o primeiro passo é seguir as orientações de uso do fabricante. Além disso, você pode observar estas dicas:

  • Prepare uma mesa com espaço adequado para o uso do pantógrafo;
  • Mantenha o aparelho sempre firme na mesa ou prancheta durante o uso;
  • Não force as articulações do aparelho;
  • Passe o lápis-guia com cuidado pelo desenho original, sem forçar o traço;
  • Se não for usar o pantógrafo por muito tempo, é melhor desmontar o aparelho e mantê-lo guardado.

Critérios de compra: O que levar em conta ao escolher o melhor pantógrafo

É bem provável que, com todas essas informações — e diante da nossa lista com os melhores pantógrafos do mercado — você já esteja com o seu carrinho de compras pronto para clicar em “finalizar”! Mas antes gostaríamos de destacar alguns pontos que merecem atenção na hora da escolha.

Tipo de pantógrafo

Os modelos tradicionais de pantógrafo, em madeira, são os mais acessíveis e podem ser encontrados em diversos tamanhos. Há aqueles confeccionados em plástico resistente ou metal, que combinam outras funções, como guias verticais e horizontais.

Quando for comprar, avalie para que o instrumento vai ser usado e escolha o tipo mais adequado para esse objetivo. Em alguns casos, pode ser mais interessante investir em um modelo mais completo do que comprar várias ferramentas separadamente.

Frequência de uso

Se você está aprendendo a desenhar e prefere desenvolver a técnica manualmente, vale a pena investir em um modelo mais resistente e durável, já que ele será seu companheiro de trabalho por bastante tempo.

Mas, se a ideia é ter o pantógrafo apenas como uma reserva de segurança, pode contar com um aparelho mais simples e acessível, apenas para uso esporádico, em casos de uma necessidade eventual.

pantógrafo

Muitos profissionais ainda preferem desenvolver seus projetos manualmente. Nestes casos o uso do pantógrafo é indispensável. (Fonte: Olga Yastremska / 123rf.com)

Ajustes

O pantógrafo pode permitir um ou mais ajustes de ampliação e redução das imagens reproduzidas. Por essa razão, é importante ter em mente o tipo de trabalho que você vai desenvolver para ter certeza de escolher o modelo ideal.

Se possível, opte por um modelo que tenha mais possibilidades de ajustes. Desta forma, você terá como ampliar seus projetos na escala que desejar, sem se preocupar com isso a cada novo uso.

Material

Falamos aqui que a maioria dos modelos de pantógrafo são confeccionados em madeira. Mas há também aparelhos de outros materiais no mercado. Assim, antes de comprar, é bom conhecer um pouco mais sobre cada um deles:

Pantógrafo de madeira Pantógrafo de metal ou acrílico
Durabilidade Alta, mas não pode ficar em locais úmidos ou ter contato com líquidos Resistente, dura vários anos, se bem conservado
Vantagens A transferência é mais eficiente Permite mais regulagens e tem articulações mais resistentes
Desvantagens Requer mais cuidado ao manusear:Não é tão firme quanto os de madeira

Acessórios

Na hora de comprar um equipamento de trabalho, tenha em mente quais outros itens são necessários para tirar o melhor proveito dessa ferramenta. Para isso, pesquise sobre tudo o que você precisa para utilizar o aparelho e, se possível, comprar um kit completo.

Alguns modelos vêm acoplados em uma maleta que se transforma em prancheta portátil. Essa aquisição pode ajudar a quem trabalho muito fora do escritório para fazer rascunhos de projetos já no local da obra.

Resumo

O pantógrafo é um instrumento utilizado há séculos nos projetos de desenho e, mesmo com a chegada dos recursos digitais, não perdeu seu espaço nos escritórios de desenho e arquitetura.

Por isso, dedicamos esse espaço para mostrar qual a finalidade, as vantagens e formas de uso desse instrumento fundamental para muitos profissionais. Fizemos uma seleção com os mais vendidos da Amazon e esperamos que o seu preferido esteja nessa lista.

Se este conteúdo foi útil para você, aproveite para compartilhar com seus colegas de trabalho. Muito obrigado, até logo!

(Fonte da imagem destacada: Andrey Kekyalyaynen / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas