Imagem mostra um violão junto a uma bolsa com uma partitura.
Ultima atualização: 21 de agosto de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

21Horas investidas

5Estudos avaliados

73Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! No artigo de hoje, te ensinaremos como escolher o melhor violão para iniciantes. Se você deseja aprender a tocar esse instrumento ou que alguém próximo dê seus primeiros passos na música, fique conosco e leia atentamente as próximas linhas!

Tocar violão pode ser um ótimo hobby, ajudando a desestressar e a passar o tempo, ou até mesmo se tornar uma atividade profissional. Para ter um início adequado com o instrumento, é preciso escolher o modelo correto. O aprendizado tende a ser muito divertido tanto para adultos, como para crianças!




Primeiro, o mais importante

  • Tocar violão é uma atividade que pode ser muito divertida e ainda ajuda a aliviar o estresse e melhorar a auto-confiança. O aprendizado é divertido, mas requer dedicação.
  • Crianças também podem tocar violão e existem modelos de excepcional qualidade desenhados exclusivamente para elas.
  • Os violões acústicos costumam ser mais indicados para iniciantes, uma vez que são mais baratos e que possuem cordas mais fáceis de serem tocadas.

Você também pode gostar:

Os melhores violões para iniciantes: Nossas recomendações

Para que a sua escolha seja mais fácil, conversamos com profissionais e com fabricantes e selecionamos alguns violões especiais para quem está começando. Com eles, a satisfação é garantida!

Um modelo excelente e acessível

O violão acústico Tagima Memphis MD20 é considerado um dos melhores para quem dá seus primeiros passos com esse instrumento. Isso porque apesar do preço baixo, ele pode te acompanhar por muitos anos. Do tipo acústico, é todo fabricado em linden e tem escala com marcações laterais para facilitar os estudos.

Para quem deseja fazer um investimento maior

Violões do tipo folk são especiais por terem um corpo maior e um formato mais acinturado, sendo ideais para quem procura sons mais encorpados como o rock 'n roll. O Strinberg SD220C requer um investimento inicial maior, mas permite que você já aprenda a tocar em um modelo que pode até ser usado em apresentações no futuro.

Um ótimo violão para crianças

Se você deseja que uma criança desenvolva seu senso musical desde cedo, esse violão infantil totalmente artesanal é uma excelente pedida! Com quatro cordas, ele ajuda na percepção de sons e de notas. É indicado para quem tem a partir de cinco anos e serve principalmente para peças eruditas.

Guia de compra

O que não pode faltar em um violão para iniciantes? Quais as diferenças entre modelos? Será que vale mesmo a pena aprender a tocar violão?

Nas próximas linhas, você encontrará respostas para todas essas perguntas!

Imagem mostra uma criança tocando um pequeno violão.

Crianças também podem se beneficiar muito com a prática do violão. (Fonte: Pezibear/ Pixabay.com)

É fácil aprender a tocar violão?

Muitas pessoas dizem que o aprendizado do violão é difícil ou que ele pode levar vários meses. Existe até um medo comum de não conseguir lidar com o instrumento. Saiba, porém, que nada disso é verdade.

Apesar de ter técnicas complexas e pedir pelo domínio de ritmos, coordenação de dedos e memória muscular, o aprendizado do violão pode ser alcançado rapidamente com dedicação e estudo.

Como memória muscular é algo que se adquire com prática, quem deseja aprender a tocar violão precisa treinar com frequência. Nós recomendamos que alguns minutos por dia sejam reservados para isso. Não precisa ser um grande período de tempo, mas apenas algo que crie hábito.

A dedicação deve fazer com que em no máximo um mês algumas músicas mais fáceis já sejam tocadas com tranquilidade, e que com em até seis meses as técnicas mais complexas sejam aprendidas.

foco

Você sabia que o violão não tem o formato em oito por acaso? A ideia é justamente ter uma entrada para que ele possa se encaixar no corpo, facilitando muito o ato de tocar.

Quais as vantagens de aprender a tocar violão?

Você tem dúvidas sobre se deveria aprender a tocar violão ou começar a ensinar a atividade para seus filhos? Então saiba que são muitas as vantagens de ter esse instrumento como hobby.

O violão tem uma grande capacidade de desestressar as pessoas. Para quem gosta da atividade, o momento diário de fazê-la representa calma e de tranquilidade. Além disso, ela melhora a concentração, as atividades cerebrais e a auto-estima.

A auto-estima, aliás, é um ponto importante: Pessoas com baixa confiança ou com dificuldades sociais tendem a se sentirem mais seguras quando dominam o instrumento. Ele pode ajudar até mesmo na hora de fazer amigos.

Até benefícios físicos, como melhora na saúde do coração, já foram ligados ao violão. E, claro, caso você seja realmente bom é possível até começar a ganhar dinheiro tocando o instrumento!

Confira na tabela a seguir as principais vantagens e desvantagens de aprender a tocar violão:

Vantagens
  • É excelente para combater o estresse
  • Ajuda a melhorar a concentração e as atividades cerebrais
  • Ótimo para ajudar quem tem dificuldades sociais e melhorar a auto-estima
  • É benéfico para a saúde do coração
  • Pode ser até fonte de renda para algumas pessoas
Desvantagens
  • Requer investimentos iniciais
  • Requer uma dedicação diária

O que um violão para iniciantes deve oferecer?

É difícil encontrar características especiais que são colocadas para marcas apenas em modelos para iniciantes. Existem algumas que podem te ajudar, como a escala com marcações laterais, o que facilita o momento do aprendizado, mas isso não é uma regra.

Porém, você pode prestar atenção em algumas características ao escolher o seu primeiro violão. Nós listamos algumas a seguir:

  • Preço: É comum que um iniciante, por não ter a técnica necessária, desgaste ou danifique o violão enquanto aprende. Não vale a pena comprar um modelo muito caro para começar.
  • Estilo musical: A madeira, o corpo e a composição do violão fazem com que ele seja indicado para sons mais leves ou pesados. Se você sabe que estilo deseja tocar, compre um modelo adequado para ele.
  • Separação entre cordas e braço: Quanto mais separadas são as cordas do braço de um violão, mais difícil ele é de ser tocado. Opte por um modelo que as tenha mais juntas para começar.
  • Tamanho: Violões menores também são mais fáceis para aprendizado, principalmente para crianças

Começar com violão elétrico ou acústico?

Ao procurar por um violão para comprar, você irá se deparar com modelos elétricos e acústicos. Afinal, qual desses é o melhor para um iniciante?

A diferença principal entre os dois tipos é que violões elétricos podem ser amplificados e ligados em sistemas de som, sendo ideais para apresentações, enquanto os acústicos não oferecem essa possibilidade.

Mas o fator mais importante aqui é que violões elétricos têm cordas de aço, que produzem um som mais bonito mas são muito mais difíceis de serem tocadas. Enquanto isso, modelos acústicos têm cordas de nylon, que não dão tantos calos e são ótimas para aprendizado.

Considerando a maior dificuldade e o maior preço dos violões elétricos, nós recomendamos que você comece por um modelo acústico.

Veja a tabela que preparamos comparando os dois tipos:

Violão elétrico Violão acústico
Característica principal Pode ser ligado a amplificadores e sistemas de som Não pode ser ligado a amplificadores e sistemas de som
Cordas Feitas em aço Feitas em nylon
Vantagens Produz um som muito mais bonito, pode te acompanhar em apresentações futuras Permite um aprendizado melhor, tem o preço mais baixo
Desvantagens Pode machucar os dedos e causar calos no início, preços elevados Dificilmente pode ser usado em apresentações e shows

Existem bons violões para crianças?

Crianças também podem tocar violão. A atividade é muito boa para o desenvolvimento infantil e ajuda com habilidades cerebrais e sociais. Aprender o amor pela música desde cedo pode transformar totalmente a trajetória de uma pessoa!

Existem vários modelos de qualidade feitos para as crianças.

Para que uma criança aprenda a tocar violão, precisa do instrumento adequado. Existem vários modelos feitos para os pequenos e eles possuem qualidade. Adaptações no tamanho, no material e na dureza das cortas, na madeira e no corpo tornam tudo mais fácil.

O mais importante é acertar no tamanho: Violões para crianças entre dois e cinco anos têm um quarto do tamanho normal, para aquelas entre cinco e oito, metade, e para as que possuem idades entre oito e doze anos, três quartos. Assim, a adequação entre corpo humano e instrumento é perfeita.

Se você conhece uma criança que se interessa por violão, o instrumento pode ser um belíssimo presente!

Quanto custa e onde comprar um violão para iniciantes?

Violões para iniciantes podem ter variações consideráveis no preço. Modelos infantis costumam custar entre R$ 100 e R$ 300. Para adultos, a marca e os materiais fazem com que as diferenças aconteçam. Você pode encontrar instrumentos desde R$ 400 até R$ 1.000.

Lojas especializadas em instrumentos musicais são os melhores lugares para comprar um violão para iniciante. Também é possível fazer a sua compra pela internet, principalmente na Amazon brasileira, Amazon internacional e Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de um violão para iniciantes

Se você já decidiu comprar um violão para alguém que está aprendendo, precisa ainda considerar alguns critérios técnicos. Nós selecionamos quatro:

A seguir, falamos mais sobre cada um deles!

Madeira

Não existe apenas um tipo de madeira com que se faz violões. Na verdade, a variação é bastante razoável e tem implicações diretas no som produzido.

A madeira mais comum é a spruce, que tem um tom mais brilhante e alcança altos volumes. O tipo cedar é capaz de entregar tons mais fortes e mais vivos. Mogno é recomendado para quem gosta de blues e jazz pelo som mais agressivo. Maple, por sua vez, é o tom mais transparente.

É possível estudar o que cada madeira te oferece e optar pela que produz sons mais próximos ao que você deseja!

Imagem mostra uma mulher tocando violão junto com um livro.

Aprender a tocar violão ajuda com a confiança e a auto-estima. (Fonte: walbergcarvalho/ Pixabay.com)

Corpo

O mesmo que vale para a madeira, vale para o corpo: Há três variações que servem para estilos diferentes e que entregam sons diversos entre si.

O violão de corpo clássico é ótimo para iniciantes.

Chamamos de corpo clássico aquele que se aproxima mais do formato em oito, sempre ligado aos violões. Ele produz um som muito claro e consegue entregar ótimo balanço entre altos e baixos e agudos e graves. É muito recomendado para iniciantes.

O segundo tipo é chamado de dreadnaught, mas também conhecido como violão folk. Com adaptações na parte superior, ele é ótimo para rock 'n roll. Por fim, o jumbo faz uma junção dos dois, trazendo o que cada tipo tem de melhor e um design muito elegante.

Dimensões

Para adultos, existe um tamanho padronizado de violão, mas para crianças é possível encontrar muitas variações. Nós já falamos sobre as recomendações por idade, mas é importante pensar no conforto do instrumento quando junto ao corpo.

Mesmo que você já seja adulto mas não tenha crescido tanto, contar com um violão menor é uma boa ideia. Durante o aprendizado é preciso conseguir o máximo possível de conforto no momento de tocar o instrumento.

Destro ou canhoto

Você não precisa se preocupar caso tenha predominância do lado esquerdo de seu corpo: Saiba que existem violões totalmente desenhados para canhotos!

Se a compra for para você mesmo, opte por um modelo que se adeque à sua mão dominante. Caso esteja dando um presente, não o compre sem saber se o receptor é destro ou canhoto! Essa informação é fundamental para um aprendizado bem sucedido.

(Fonte da imagem destacada: congerdesign / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.