Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, o portal com as resenhas mais completas da Internet. Se você precisa compartilhar informações de imagens em locais variados, ter um mini projetor pode ser um recurso útil para facilitar sua rotina.

Seja como ferramenta educacional, para trabalho ou mesmo como uma forma de compartilhar seus filmes e imagens favoritos onde estiver, um mini projetor, por ser compacto, demanda menos espaço para ser transportado.

Por isso, antes de efetuar sua compra, confira a análise completa do ReviewBox Brasil e descubra quais são os mais bem avaliados modelos de mini projetores do mercado. Aqui você vai descobrir os valores, onde encontrar e os critérios essenciais para escolher o seu!

Primeiro, o mais importante

  • Aparelhos mini projetores portáteis são, em sua maioria, delicados. Por isso, é importante tomar certos cuidados no transporte para garantir sua vida útil.
  • Apesar de pequenos, alguns modelos possuem uma taxa de lúmens consideravelmente alta, garantindo uma boa performance em ambientes pequenos e médios.
  • O preço médio deste tipo de aparelho é de R$350, porém há modelos com compatibilidade para celular que chegam a custar até R$1.600. Existem opções para todos os bolsos.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 4 melhores modelos de mini projetor

Já pensou poder contar com um aparelho pequeno para projetar as imagens do seu computador ou celular? O mini projetor pode fazer isso e transformar a forma como você vê filmes em casa ou apresenta planilhas durante uma reunião. Confira os melhores modelos:

1º – Mini projetor BT260 – Betec

O modelo da Betec conta com um tripé, que auxilia no ajuste do aparelho em superfícies planas. Os 800 lúmens disponíveis para projeção são o suficiente para um resultado de qualidade em ambientes pequenos e com iluminação controlada. Nestas condições, pode chegar a projeções de 100 polegadas em Full HD.

A lâmpada de 30W do projetor, responsável pelos 800 lúmens de brilho, tem durabilidade de 30.000 até 50.000 horas de uso, equivalente a 5 anos de uso. Com ele, é possível realizar a projeção via conexão HDMI, VGA e AV e também diretamente do aparelho, fornecendo os dados através de cartão de memória ou pen drives.

2º – Mini projetor portátil tomate

Apesar de pequeno, o Tomate Uc40 garante a projeção de vídeos em Full HD. Além de suportar a transmissão de vídeos e imagens nos formatos mais populares, este projetor também reconhece áudios, projetando a capa do álbum enquanto reproduz o som.

É possível ainda, caso você deseje, transferir o áudio para um dispositivo externo, como caixas de som, para tornar a experiência de uso ainda mais rica. Com ele não existe uma restrição quanto ao tipo de conexão, já que é possível utilizar entradas HDMI, USB, AV e P2.

3º – Mini projetor sem fios Uc46

Compacto e potente, o Uc46 permite a projeção de imagens em qualidade Full HD em uma tela virtual de até 2 metros. Com 1.200 lúmens, o projetor apresenta um melhor desempenho em ambientes fechados e com iluminação controlada.

A conexão com o Uc46 pode ser feita através de porta HDMI, recurso útil para quem deseja utilizar um computador para o controle do projetor. Ainda é possível utilizar a conexão Wi-Fi. Outra possibilidade é compartilhar informações disponíveis em dispositivos móveis, como pen drives e cartões de memória.

4º – Mini projetor BT 830 – Betec

O BT 830 se destaca pela intensidade de brilho de 1.600 lúmens. A taxa de lúmens mais elevada garante um desempenho melhor em ambientes maiores ou onde o controle da iluminação não é uma possibilidade.

Ele possui uma lâmpada de LED, que confere uma vida útil de 30.000 até 50.000 horas de uso. O BT 830 possui portas de conexão HDMI, VGA e AV, que permitem a conexão do projetor com outros dispositivos, além de possuir porta USB, para a conexão de pen drive.

Guia de compra

Quando pensamos em projetor, logo imaginamos uma apresentação de slide. O que muita gente não sabe é que, algumas pessoas utilizam o mini projetor até mesmo em casa – ou no carro -, para assistir filmes, bastando apenas conectar o pequeno aparelho no celular.

As vantagens de ter um desses são muitas. Confira todas as informações sobre esse pequeno – e poderoso aparelho – ao longo desse guia completo.

Imagem que mostra um mini projetor na mão de uma pessoa.

Um mini projetor é excelente para quem precisa transportar com frequência. (Fonte: fifoprod / 123RF)

O que é um mini projetor e quais suas vantagens?

Um mini projetor, como o nome sugere, é uma versão menor de um projetor. Esse pequeno aparelho é capaz de produzir o que você desejar, sejam fotos, vídeos, slides, documentos, entre outros.

Ele utilizada uma lente objetiva, também chamada de convergente, para projetar essas imagens.

Essas imagens podem ser reproduzidas através de um computador, smartphone, pen drive, tablet, e outros mecanismos. Tudo dependendo, é claro, das funções que o modelo oferece.

Você pode projetar essas imagens em uma parede, ou ainda uma tela própria para isso, que deixa a qualidade da imagem ainda melhor. Se você prioriza a praticidade e precisa levar seus equipamentos para qualquer lugar, um mini projetor portátil pode ser a solução ideal para os seus problemas.

Pequenos e leves, eles podem ser facilmente transportados. Por isso, se você precisa levar o aparelho para a escola ou trabalho, vale a pena considerar a compra de um mini projetor portátil.

Sua desvantagem fica em relação a taxa de lúmen – unidade de medida utilizada para se mensurar a luminosidade -, que é menor do que nos convencionais.

Vantagens
  • Capaz de reproduzir imagens em alta qualidade (vídeos, fotos, documentos, etc.)
  • Pequenos, leves e fáceis de transportar
  • Podem projetar de computadores, smartphones, cartão de memória e outros
  • Preço acessível
Desvantagens
  • Taxa de lúmen menor que nos convencionais

Qual a diferença entre um projetor ou mini projetor?

Em essência, a diferença entre eles está no tamanho, já que os mini projetores são consideravelmente menores e mais leves que os tradicionais, como vimos acima.

A taxa de lúmen de um mini projetor é um tanto menor do que dos projetores convencionais porque os modelos mini possuem lâmpadas com potência reduzida.

É importante destacar que a taxa de lúmens reduzida não significa que esses projetores possuam uma qualidade inferior, mas essencialmente, que apresentarão melhores resultados em ambientes menores ou com iluminação controlada.

Para ambos os modelos, é sempre recomendado o uso de projetores em locais com luminosidade controlada, pois desta forma será possível otimizar a qualidade das imagens.

Projetor Mini Projetor
Tamanho e peso Maiores de mais pesados Leves e compactos
Preço Mais caros Mais baratos
Indicado para Ideais para permanecer no estabelecimento, como empresas e escolas Ideais para quem usa em diferentes ambientes, facilitando o transporte
Taxa de lúmens Maior Menor – 800 a 1.600

Quanto custa?

Um mini projetor costuma ser um aparelho bastante acessível, com R$400 é possível comprar um ótimo modelo.

O preço médio deste tipo de aparelho é de R$350. Porém, há modelos com compatibilidade para celular que chegam a custar até R$1.600. Existem opções para todos os bolsos.

Onde comprar?

De forma geral, projetores e mini projetores não são facilmente encontrados no mercado, e geralmente estão restritos a lojas especializadas em itens de informática.

Por isso, recomendamos a pesquisa em portais eletrônicos, como Amazon e Mercado Livre. Eles funcionam em um sistema de marketplace, então, possuem várias lojas e produtos disponíveis.

Comprando online você tem mais chances de achar o modelo que queria e geralmente por um preço melhor. Americanas, Magazine Luiza e Submarino também são opções.

Critérios para compra: Fatores para comparar os diferentes modelos de mini projetor

Antes de escolher o modelo perfeito para você, é importante ponderar onde e quando você deseja utilizar o aparelho, já que esta informação irá definir quais características irão demandar mais atenção.

Por exemplo, se você deseja utilizar seu mini projetor em ambientes externos, é importante procurar aparelhos com uma taxa de lúmens mais elevada; enquanto se o local sofrer com oscilação de energia, vale procurar um projetor com bateria, para garantir a autonomia do aparelho.

De forma geral, destacamos os seguintes pontos para serem comparados:

  • Tamanho
  • Tipos de conexão disponíveis
  • Transmissão de áudio
  • Tamanho e resolução
  • Taxa de lúmens
  • Recursos adicionais

Abaixo, vamos entender a importância de cada um em detalhes.

Tamanho

Quando se trata de mini projetores, tamanho é documento. Neste caso, a sua necessidade determina o tamanho ideal do aparelho.

Se você precisa levar seu projetor para vários locais no mesmo dia, os modelos pocket podem ser mais úteis. Porém, vale destacar que por tendência, quanto menor o aparelho, menor será a capacidade do mesmo.

Então, reflita sobre essa questão e veja o espaço que você tem para transportá-lo em seus pertences. Alguns cabem na palma da mão.

Tipos de conexão disponíveis

Por ser a forma como você vai fornecer as informações ao projetor, é importante considerar quais os tipos de porta estão disponíveis no aparelho.

A maioria dos aparelhos projetores conta com portas SVGA e HDMI, mas também é possível encontrar conexões tipo USB, SD e Wi-fi, que ampliam as possibilidades de uso do aparelho.

Você pode querer projetar imagens através do seu computador, celular, tablet, pen drive ou cartão de memória, e isso pode excluir alguns modelos da sua lista.

Quanto mais portas de entrada um mini projetor tiver, mais versátil será o equipamento. Isso também encarece o produto, então analise se todas essas funções serão realmente úteis para você.

Transmissão de áudio

Quando se realiza a transmissão de informações diretamente de um pen drive ou cartão de memória, é essencial que seu aparelho possua a capacidade de transmissão de áudios, afinal, essa capacidade de celulares ou computadores tende a ser bem limitada.

Em caso de ambientes maiores, a possibilidade de integração entre o projetor e um sistema de som externo se torna um recurso essencial para garantir que os espectadores consigam compreender o áudio projetado.

Para quantas pessoas você pretende projetar essas imagens (e áudio)? Todos poderão ouvir com facilidade? É um detalhe que deve ser pensando antes de comprar o seu.

Tamanho e resolução

Primeiramente, é importante considerar o espaço que você utilizará para as projeções, já que é preciso uma certa medida para que se consiga realizar uma boa projeção.

O tamanho e a resolução da tela projetada dependem diretamente do espaço entre a parede e o projetor e a condição de luminosidade do local, fatores que também devem ser considerados antes da compra.

É difícil analisar isso, sem que a pessoa sempre saiba onde irá usar o aparelho. Mas de qualquer modo, serve o alerta. Vale citar ainda que, via de regra, os projetores com melhor capacidade de resolução são os de tamanho médio, pois têm uma estrutura mais complexa.

View this post on Instagram

#miniprojector

A post shared by Angel Zhou (@angelzhou1992) on

Taxa de lúmens

A taxa de lúmens nada mais é do que uma análise da intensidade de brilho. Em resumo, quanto maior for essa taxa, maior será o contraste entre a imagem projetada e a superfície, independentemente da iluminação do local.

De forma geral, recomenda-se que o projetor tenha a maior taxa de lúmens possível, pois, assim apresentará melhores resultados, independentemente do local que for utilizado.

Quanto mais claro for o ambiente, maior deverá ser taxa de lúmens do aparelho. Então, investir em um mini projetor que possua essa taxa maior, será uma escolha mais certeira para quem sempre usa o equipamento em lugares diferentes.

Recursos adicionais

Neste ponto se destacam recursos extras como a capacidade de reprodução automática de mídias, já que assim não é preciso utilizar dispositivos externos para a reprodução de mídias.

O tripé é um acessório que pode vir ou não com o modelo, verifique esse detalhe lendo a descrição do produto.

Outro recurso que tem ganhado destaque entre os usuários é a possibilidade de conectar celulares e tablets ao projetor, evitando assim a necessidade do uso de computadores, além de aumentar as possibilidades do uso do aparelho.

Vale ainda citar que alguns projetores contam com um controle remoto, recurso útil para quem não deseja comandar o aparelho diretamente do painel, ou mesmo para quem deseja deixá-lo fixo em um ponto do ambiente.

Como os recursos são variados, vale conferir as características e recursos extras do aparelho que você deseja e comparar, para que se adeque perfeitamente ao seu perfil de uso.

(Fonte da imagem destacada: fifoprod / 123RF)

Avalie este artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
42 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...
Avatar

Publicado por REVIEWBOX