Muito bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre o monitor cardíaco, um acessório essencial para monitorar os batimentos do seu coração durante a prática de exercícios físicos.

O monitor cardíaco tem o formato de um relógio, mas é muito mais do que um mostrador de horas, com ele você pode fazer medições importantes como quantidade de calorias gasta, distância percorrida e registro de frequência cardíaca.

Desta forma, além de estar movimentando o corpo, você está cuidando da saúde do seu coração, de uma forma consciente e livre de riscos.

Primeiro, o mais importante

  • O monitor cardíaco pode ter o sensor de medição na parte interna do relógio ou vir com uma cinta toráxica, que deve ser usada durante a prática de esporte.
  • Alguns modelos são tão modernos que chegam a ser equipados com cronômetro, GPS, timer, alarmes, têm conexão com computadores e smartphones via wireless ou bluetooth, são à prova d’água e por ai vai.
  • E o monitor cardíaco não serve apenas para a prática de atividades físicas. Ele pode ser usado por qualquer pessoa que queira coletar informações sobre seu estado de saúde, principalmente para quem tem histórico de problemas cardiovasculares na família.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 5 melhores modelos de monitor cardíaco

Agora, vamos apresentar os melhores modelos de monitor cardíaco. Para este Ranking, consideramos os aparelhos com melhor custo-benefício e os que se destacam em funcionalidades.

1º – Relógio com Monitor Cardíaco Embutido Forerunner 235 Garmin

O monitor cardíaco Forerunner 235 da Garmin é um aparelho bem completo, isso porque tem vários recursos importantes além da medição da frequência cardíaca, como medidor de gasto calórico, cronômetro, GPS, luz noturna e resistência à água.

Com ele, você vai poder medir sua frequência cardíaca 24 horas por dia e 07 dias por semana e poder enviar essas informações ao computador ou celular via bluetooth ou cabo USB.

Outro recurso interessante é que você consegue receber as notificações do seu celular através do visor do relógio, sem precisar pegar o celular do bolso ou braçadeira. Esse monitor está disponível nas cores azul, vermelho e preto.

2º – Relógio com medidor de frequência cardíaca M430 Polar

O monitor cardíaco M430 da Polar tem vários recursos interessantes para a prática de exercícios físicos e corrida, sem a necessidade de usar cinta de medição. Ele mede os passos dados, a distância percorrida, altitude e tem GPS integrado.

Este modelo conta com funções exclusivas como a Sleep Plus, que analisa informações referentes à qualidade do seu sono e o serviço Polar Flow que te ajuda a planejar seu treino e sincronizar os dados com o app.

Você também recebe gratuitamente um programa de corrida e pode selecionar perfis de esporte mais adequados ao seu estilo de treino. Enquanto está utilizando esse aparelho, ele te notifica das notificações que chegam no celular diretamente na tela do relógio.

3º – Pulseira smartband com Monitor Frequência Cardíaca M2

O monitor cardíaco da M2 é um modelo slim e discreto, mas completo em funções. Disponível em várias cores de pulseiras, ele tem monitor com qualidade de definição Oled e sensibilidade touchscreen, conta também com conexão bluetooth.

Com ele você pode medir a frequência cardíaca, contar os passos, a quantidade de calorias perdidas, monitorar a qualidade do seu sono, ver as horas (e configurar alarme) e a data. Ele também é impermeável, mas suporta até um metro de submersão por tempo limitado.

4º – Pulseira Active Plus Preto ES103 Atrio Multilaser

O monitor cardíaco ES103 Atrio da Multilaser tem um design moderno e sofisticado e mede a frequência de batidas do coração através de uma cinta peitoral já inclusa com o produto.

Como recursos extras, ele conta a quantidade de calorias gastas, os passos dados, mostra as horas e tem função alarme. Também tem display com luz noturna. Esse modelo conta com conexão bluetooth, que o interliga com seu celular ou computador.

5º – Monitor Cardíaco Atrio Fortius ES049 Multilaser

O monitor cardíaco Atrio Fortius da Multilaser faz a medição da frequência cardíaca de três formas distintas: média, máxima e porcentagem de frequência máxima, através de uma cinta peitoral.

Este modelo possui três zonas alvo: treino leve, moderado ou intenso, faz a contagem das calorias queimadas e é resistente à água. A Multilaser dá 12 meses de garantia para este produto.

Guia de Compra

Fazer exercícios é fundamental para manter o corpo e o coração saudáveis. Mas, é preciso estar atento à frequência cardíaca, pois ela não pode ultrapassar os limites máximos recomendados para a sua faixa etária e sexo, pois isso faz mal ao coração.

Para controlar esse e outros índices, vale a pena comprar um monitor cardíaco, que se assemelha a um relógio no design, mas tem muito mais recursos e funcionalidades.

Imagem de maratonistas correndo usando monitores cardíacos em estilo relógio.

A prática de exercícios físicos é essencial para a saúde. (Fonte: RUN 4 FFWPU/ Pexels)

O que é um monitor cardíaco e onde utilizá-lo?

A frequência cardíaca está ligada à força que o coração faz para bombear sangue por todo o corpo. Para cada faixa etária e gênero, há uma frequência mínima e máxima adequada.

Este índice muda se você está descansando, ou se exercitando, e a atividade física é muito importante para fazer seu coração ficar mais forte e manter um ritmo adequado.

A frequência de batimentos cardíacos por minuto (bpm) vai ficando mais lenta no decorrer da vida, e isso significa que o coração vai ganhando mais facilidade de bombear o sangue pelo corpo.

Em adolescentes (de 12 a 18 anos) ela deve ficar entre 70 e 100 bpm, nos adultos deve variar entre 60 e 100 e para os idosos deve ser de 50 a 60 batimentos por minuto.

Como durante o treino a frequência cardíaca muda, é preciso ter o acompanhamento de um médico e praticar uma atividade adequada ao seu nível de experiência e objetivos (emagrecer, ganhar massa muscular, tonificar, entre outras). Sempre que for se exercitar use o monitor cardíaco:

A frequência cardíaca pode ser medida pelo pulso ou pelo pescoço. Se você apertar os dedos médio e indicador em cima de uma dessas áreas e contar quantas vezes o coração bate em um minuto, você já pode ter uma noção da sua frequência cardíaca.

Quais as vantagens e desvantagens de um monitor cardíaco?

Para ter o controle dos batimentos cardíacos durante a atividade física, você pode usar um monitor cardíaco. Ele pode vir em formato de pulseira ou relógio, ou mesmo como uma faixa para ser usada no peitoral.

Esse modelo de faixa, também chamado de cinta, pode ser usado sozinho ou pode ser uma peça que acompanha o modelo em estilo relógio. Os aparelhos mais modernos dispensam o uso da cinta e têm sensores na parte interna da pulseira.

Imagem de uma mulher mexendo em seu relógio com monitor cardíaco.

Alguns modelos possuem sensor na parte interna da pulseira. (Fonte: yellowcat / Pixabay)

E esses aparelhos não medem apenas a frequência cardíaca não, eles fazem outras medições como passos dados, calorias gastas, distância percorrida e até controlam a qualidade do seu sono.

Alguns modelos são tão modernos que vêm até com GPS, fora a conexão com o smartphone e computador, para enviar todas as informações do seu treino para um algum software de treino ou aplicativo.

Se você praticar esportes aquáticos, há opção de monitor cardíaco para você também, mas você precisa estar atento se o aparelho é resistente à água (não estraga se molhar na chuva, por exemplo) ou se ele é à prova d’água.

Além de todas essas vantagens, o monitor cardíaco tem algumas funções básicas como mostrador de data, alarme e calendário, mas sua principal função é observar como o seu coração se comporta enquanto você se movimenta.

Listamos as principais vantagens e desvantagens do monitor cardíaco, confira:

Vantagens
  • Acompanha a frequência cardíaca 24 horas por dia e 7 dias por semana
  • Serve para indicar se a sua saúde cardíaca está em dia
  • Indica se você está se esforçando muito ou se pode aumentar a frequência do treino
  • Alguns modelos vêm várias funções extras
Desvantagens
  • Alguns modelos têm funções limitadas
  • Aparelhos com mais funcionalidades são mais caros

Qual o melhor: Monitor cardíaco relógio ou cinta?

O monitor cardíaco pode ser de relógio ou de cinta, eles possuem características distintas. O monitor de relógio é mais prático, moderno e mede vários índices de desempenho relacionados às atividades físicas.

O monitor em formato de cinta precisa ser colocado em torno do tórax e apenas mede a frequência cardíaca.

Um aparelho similar ao monitor cardíaco de relógio (hoje em dia este é o tipo mais usado) é o Smartwatch, um wearable (tecnologia para vestir) que dá acesso a algumas funções do celular no relógio.

O Smartwatch pode, entre outras coisas, medir a função cardíaca, cronometrar o tempo gasto na prática de esportes e indicar a velocidade da caminhada ou corrida.

E você pode trocar o tipo e a cor de pulseira ou proteção da tela para deixar o acessório adequado ao ambiente em que você está, seja na academia ou no trabalho.

Imagem de uma pessoa usando um Smartwatch.

O Smartwatch é um modelo de relógio inteligente que tem, em outras funções o monitoramento dos batimentos cardíacos. (Fonte: Tim Foster / Unsplash)

O mais interessante é que assim como o monitor cardíaco, os dados gerados pelo smartwatch vão para o seu smartphone, e podem ficar armazenados ou serem tabulados em softwares ou aplicativos próprios para o planejamento da prática de exercícios.

Quanto custa?

Alguns fatores influenciam no preço de um monitor cardíaco, o principal é a quantidade de funções que o relógio tem, quanto mais recursos, mais caro ele custa.

O valor mínimo que você vai pagar por um equipamento deste é R$ 85. Há modelos de excelente qualidade entre R$ 100 e R$ 200, os mais sofisticados ultrapassam R$1000 e o modelo mais caro custa um pouco acima dos R$ 4.000.

Onde comprar?

Você pode comprar um monitor cardíaco em lojas de artigos esportivos como Centauro (física) e Netshoes (virtual), em lojas de departamento como Casas Bahia, Ponto Frio e Magazine Luiza.

Mas com este Guia de Compra, você nem vai precisar sair de casa para comprar um monitor cardíaco. Você pode comprar esse acessório em lojas virtuais como Amazon, Mercado Livre e Submarino.

Na Amazon, por exemplo, você encontra uma grande variedade de modelos, dos mais diferentes estilos, preços e marcas e o melhor é que o produto chega rapidinho em casa.

foco

Antes de iniciar o uso do monitor cardíaco, você precisa descobrir sua frequência cardíaca máxima.

Há vários modos de fazer isso, uma delas é usando o próprio monitor cardíaco: em uma subida moderada, faça uma corrida forte três vezes, aumentando a intensidade a cada repetição. Na última repetição você deve estar correndo como se estivesse em uma competição, sempre observando o bpm.

Ao final dessa última rodada a frequência mostrada no monitor será o número aproximado da sua FCM.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de monitor cardíaco

Como você pôde perceber, independentemente de ser ou não um atleta, o monitor cardíaco é um acessório fundamental na prática de esportes. Isso porque ele é um equipamento de prevenção e acompanhamento da saúde cardíaca.

Mas existe uma grande variedade de modelos, então você precisa considerar as suas necessidades em primeiro lugar. Depois, observe as seguintes características:

  • Tipo de monitor cardíaco
  • Funções
  • Conexões
  • Design

Vamos explicar cada um desses itens acima, que são critérios essenciais para acertar na escolha do seu monitor cardíaco.

Tipos de monitor cardíaco

É possível fazer esse monitoramento 24 horas por dia e sete dias por semana usando um aparelhinho medidor de batimentos, o monitor cardíaco, que pode ser encontrado nos modelos cinta e relógio.

Monitor cardíaco de cinta

O monitor cardíaco em formato de cinta vem com um sensor de frequência cardíaca sem fio que detecta as batidas do coração através de eletrodos em sua extensão e os envia para um receptor similar a um relógio de pulso.

Para usá-lo você deve umedecer os eletrodos com um pano úmido, posicionar a cinta em torno do tórax (alguns modelos são de usar no braço) e ajustar a faixa ao seu corpo. O uso é prático e ele pode ser colocado em atividades físicas diversas como musculação, caminhada e corrida.

Para alguns corredores, a cinta peitoral do monitor cardíaco atrapalha nos treinos e provas. Veja como deve ser usado o monitor cardíaco de cinta:

Monitor cardíaco de relógio

Embora alguns modelos de monitor cardíaco de relógio utilizem a cinta para fazer a medição dos batimentos, há modelos muito mais modernos que fazem esse monitoramento pelo pulso.

A leitura dos batimentos é feita por meio de LEDs na parte interna do relógio. Esses sensores ficam em contato direto com a parte do pulso onde é medido o índice de batimentos por minuto, então não há nenhuma interferência na captação (diferente da cinta).

A maioria dos monitores em formato de relógio ou pulseira têm vários recursos extras além da contagem dos batimentos e há modelos específicos para cada modalidade de esporte, como ciclismo e natação.

Independentemente do tipo que você escolher, ambos os modelos emitem avisos sonoros e visuais, anunciando o Bpm do seu coração.

Funções

A principal diferença entre os monitores cardíacos é a quantidade de funções que esse aparelho possui. Então o primeiro passo para escolher o modelo certo é identificar a sua necessidade.

Os modelos mais básicos apenas medem a frequência cardíaca. Um aparelho desses pode ser uma forma de você experimentar essa maneira de medir seu desempenho esportivo.

Imagem de um monitor cardíaco em estilo relógio configurado para bike.

O monitor cardíaco para ciclista deve ter um contador de voltas. (Fonte: Oleg Breslavtsev / 123RF)

Se você for ciclista, procure por um monitor cardíaco que tenha contador de voltas, GPS integrado e até uma bússola digital (esses recursos também são recomendados para quem faz trilha).

Para àqueles que levam à atividade física muito à sério, ou estão tentando perder peso, um aparelho com medidor de gasto calórico é importante. Alguns vêm com timer e alarme, para você programar quanto tempo quer realizar determinada atividade.

Conexões

Para os atletas, o monitor cardíaco com conexão USB ou Bluetooth é ainda mais importante, pois os dados coletados podem ser passados para o computador ou celular e gerar estatísticas de treino, para medir o desempenho.

Alguns já vem com softwares que podem ser usados para monitorar o progresso ou mesmo montar planos e metas. Você pode escolher fazer esse acompanhamento também pelo celular, usando aplicativos com os mesmos objetivos.

Design

Existem modelos de monitor cardíaco para todos os gostos. Seja para quem gosta de um acessório mais discreto, com mais cara de relógio comum ou para aqueles que querem modelos com cara de esportivos, coloridos ou com várias opções de pulseiras para trocar.

(Fonte da imagem destacada: pearlsband / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
48 Voto(s), Média: 4,96 de 5
Loading...