Na foto vê-se um bebê deitado segurando um mordedor colorido.
Ultima atualização: 28 de outubro de 2019

Como escolhemos

15Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

78Comentários coletados

Quem tem bebê em casa ou já conviveu com um sabe que a fase de crescimento dos dentes pode ser extremamente desconfortável. Um grande aliado para amenizar esse processo é o mordedor, produto que falaremos hoje no ReviewBox Brasil, seja bem-vindo!

Trazendo texturas, sensações e até barulhos, o mordedor é um produto que além de distrair a criança atua como um alívio no momento em que a gengiva está dolorida e os dentinhos começam a apontar.

No artigo de hoje você aprenderá tudo sobre esse produto, como utilizá-lo, quais são as opções disponíveis no mercado e como escolher o melhor para o seu bebê, vamos lá?




Primeiro, o mais importante

  • Antes de escolher qualquer mordedor deve-se analisar se ele é apropriado para a faixa etária da criança que irá utilizá-lo e se possui o selo do INMETRO.
  • Quanto mais texturas e cores melhor é o mordedor, pois além de ajudar com as gengivas ele ainda desenvolverá outros sentidos do bebê.
  • Esse é um produto que pode ser bem em conta, mas também custar valores que passam dos R$ 100, deve-se avaliar quanto você está disposto a gastar com ele.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de mordedor: Nossas escolhas

No que diz respeito a mordedor os fabricantes não estão para brincadeira e o que mais existe é opção. E é para te dar uma mãozinha que separamos abaixo uma lista com os melhores.

Uma opção muito bem avaliada

Esse mordedor da Buba é muito bem avaliado na internet. Em formato de centopeia, é macio e por isso não machuca a gengiva do bebê. Livre de BPA e ftalatos, não tem riscos para a saúde dos pequenos. O preço também chama a atenção pelo custo-benefício.

O mais famoso do mercado

No products found.

Um dos mordedores mais famosos de todos os tempos, essa girafinha é produzida em borracha 100% natural com pintura do tipo alimentar e pode ser utilizada por crianças a partir dos três meses.

Ela possui um design que estimula os cinco sentidos do bebê, tem um tamanho que se adapta perfeitamente às mãos, sendo flexível e macia. Quando apertada ela emite um som que atua no desenvolvimento da audição.

Uma opção muito fofa

Esse mordedor em formato de borboleta possui diversas texturas e água, ideal para refrescar e aliviar as gengivas. Ele é produzido em TPE, um tipo de borracha, resina e borracha EVA, não possui BPA e pode ser utilizado por crianças de três meses a dois anos. Além disso, pode ser levado no refrigerador para se tornar ainda mais útil.

Guia de Compra

Se você está na busca por um mordedor é porque quer dar uma ajudinha para o seu bebê passar pela fase do crescimento dos dentes com mais tranquilidade certo?

Porém esse produto é muito variado e você acaba perdido sem saber qual o melhor. Caso esteja passando por essa situação continue lendo esse Guia de Compra e descubra tudo de mais importante sobre esse item.

Bebê com mordedor amarelo.

A fase de crescimento dos dentes pode ser dolorida, mas é de extrema importância para os bebês. (Fonte: Oksana Kuzmina / 123RF)

O que é um mordedor?

Chegou a tão temida fase do nascimento dos dentes que além de dor, também é uma sensação desconhecida que pode deixar os bebês nervosos e inquietos.

É nesse momento que a criança começa a procurar qualquer coisa para colocar na boca e que o mordedor entra em ação.

Um produto, geralmente feito de borracha ou plástico que serve para a criança morder e aliviar a coceira, proporcionando mais conforto para essa fase tão chatinha na vida dos bebês.

foco

Você sabia que surgimento dos primeiros dentes do bebê ocorre por volta dos seis meses de vida, porém é possível que isso aconteça a partir dos três meses e até cerca dos doze meses?

O processo todo deve ser finalizado até os três anos de idade quando toda a dentição estiver completa.

Quais as vantagens do mordedor?

Esse produto possui diversos formatos e texturas que agem massageando e coçando a gengivas, aliviando a dor, além de servirem como uma distração para os pequenos, graças as suas cores e algumas vezes sons.

Além disso, os mordedores também atuam no desenvolvimento da musculatura utilizada para a mastigação. De acordo com especialistas o ato de morder faz com que o bebê treine e fortaleça todos os músculos que serão utilizados mais tarde durante a alimentação.

São muitas as vantagens para apenas uma preocupação: a limpeza do mordedor. Por estar sempre em contato com a boca do bebê, e ele ter mais sensibilidade por ainda não ter o sistema imunológico bastante resistente, é necessário higienizar o brinquedo com bastante frequência.

Vantagens
  • Coça a gengiva
  • Alivia a dor
  • Acalma
  • Estimula o desenvolvimento dos sentidos do bebê
  • Atua como brinquedo e distrai a criança
  • Existe em diversos modelos e texturas diferentes
Desvantagens
  • Precisa de higienização constante

Quais os diferentes tipos de mordedor?

Há uma imensidão de mordedores disponíveis para compra e o mais importante é que isso torna mais fácil o processo de adaptação e aceitação da criança com eles.

A maioria dos modelos é produzida em plástico, borracha ou silicone, que são materiais maleáveis e macios, ideais para essa fase do bebê.

Quando colocado na geladeira, o mordedor vira tipo um anestésico para a criança.

No que diz respeito ao formato, é importante que a criança consiga segurar bem o produto. Existem alguns tipos que lembram chupetas e são muito bons para bebês mais novos, além deles, para essa faixa etária são recomendados os mais longos e também os que possuem a forma de uma mão ou pé.

Há mordedores que acumulam também outras funções, existem modelos que funcionam como chocalho, tem os que produzem sons conforme são manuseados e outros que possuem um design que auxilia no desenvolvimento da coordenação motora.

Outra opção são os que possuem partes em tecidos como ursinhos ou as famosas naninhas.

Existem no mercado também as opções com água ou gel dentro. Esses são ótimos principalmente para serem deixados por um tempo na geladeira, pois ficam mais frios e tem uma textura macia e interessante para o bebê.

A principal vantagem de colocar o mordedor na geladeira está no fato de que ela baixa a sua temperatura, funcionando como um anestésico para a gengiva.

Já com relação as cores, existe uma infinidade e quanto mais melhor. Além de chamarem atenção da criança, elas estimulam o desenvolvimento da visão, que dependendo da fase da criança ainda está se aperfeiçoando.

Bebê com mordedor de estrela.

Existem mordedores de diferentes tipos e formatos. (Fonte: Oksana Kuzmina / 123RF)

Mordedor colar é bom para o bebê?

Recente, surgiram os mordedores em formato de colar. Esse tipo é colocado no pescoço da mãe e atua como uma distração durante a amamentação e alivia a coceira que ocorre com o nascimento dos dentes.

Esses modelos são produzidos em silicone e possuem diversos tipos de formato e cores, sendo uma peça que combina com a roupa da mãe e é útil para o bebê.

Porém, há algumas recomendações feitas por profissionais da área sobre o colar mordedor, são elas:

  • O colar deve sempre ter contas grandes;
  • Ele precisa resistir ao ato de morder e não quebrar em pedaços;
  • Deve ser facilmente lavável;
  • Nunca podem ser utilizados sozinhos pelos bebês;
  • As mamães não devem passar perfume quando estão com o mordedor colar.

Quanto custa um mordedor?

Os mordedores mais simples custam por volta de R$ 2 e conforme vão tendo mais peças o preço começa a subir. Um dos modelos mais caros que encontramos é importado e tem um preço médio de R$ 150.

Os fatores que mais alteram o valor são a marca e o material em que são produzidos, vale prestar atenção nisso.

Onde comprar um mordedor?

Esse produto é facilmente encontrado em lojas de brinquedos, de produtos para bebê, de departamento, supermercados e farmácias.

Na internet eles também são bem fáceis de comprar e sites que possuem esse item são: Amazon, Alô bebê ou Mercado Livre.

Caso você tenha se interessado por algum modelo que está no Ranking basta clicar no link que ele irá te direcionar para o local onde é possível comprar o mordedor.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os tipos de mordedor para o seu bebê

Você já conheceu tudo sobre os mordedores mais ainda está em dúvida sobre qual modelo escolher. Esse é o momento de tomar uma decisão e para te ajudar separamos os principais fatores que você deve levar em conta para comprar o mais adequado.

  • Segurança
  • Idade
  • Material
  • Design

Confira abaixo a importância de refletir sobre cada um desses pontos.

Segurança

Independente do produto que você for escolher é de extrema importância que ele seja seguro para a criança.

Com relação a isso, a primeira medida que você deve tomar é verificar se o mordedor possui selo do INMETRO, que o principal órgão de análise de produtos e que determina se ele é ou não seguro.

Também é necessário se precaver e comprar apenas os que são livres de BPA, que é uma substância química que pode ser tóxica.

Outra questão que é importante ser levada em consideração está relacionada aos modelos que possuem gel ou água dentro.

O mais indicado é que eles só sejam utilizados por crianças que ainda não possuem dentes, porque dependendo do uso é possível que o produto fure e o líquido vá para a boca do pequeno.

Na imagem está um mordedor em formato de chaveiro.

O mordedor não deve nunca ter peças soltas que possam ser engolidas pela criança. (Fonte: Ulicol / Pixabay)

Outro fator para você analisar é que alguns mordedores possuem aromas naturais ou artificiais. Isso nem sempre pode ser positivo e é capaz de causar irritações ou alergias no bebê.

Pensando em limpeza, é de extrema importância escolher um modelo que seja lavável e de simples higienização para evitar o acumulo de bactérias e outros microrganismos prejudiciais. Para fazer esse processo corretamente sempre leia as instruções do fabricante.

Mas podemos te adiantar que a limpeza com água e sabão é excelente para modelos que não são ocos, os que possuem partes em pano devem ser lavados e os de borracha limpos apenas com pano úmido.

Idade

Sempre que for adquirir qualquer item para uma criança deve-se prestar atenção na faixa etária para o qual aquele produto é indicado.

Com os mordedores isso não é diferente. Existem modelos que são para bebês a partir dos três meses, outros somente para depois de seis meses e assim por diante.

Essa recomendação está sempre especificada na embalagem e é importante para garantir que o produto não seja muito grande ou muito pequeno para a criança, visando precaver acidentes e para que ele não atrapalhe o desenvolvimento.

Design

Todo o design do produto é pensado para essa etapa da vida do bebê, tornando ele ainda mais positivo para ela. É importante que você aposte nas cores, algo que chama a atenção da criança.

O formato - e como o bebê pode segurar o mordedor - é igualmente importante nesse critério. Analise a idade do seu filho, como dissemos, para essa escolha.

Além disso, você conhece seu bebê melhor do que ninguém. Aposta em coisas que você sabe que vai despertar sua atenção.

Bebê com mordedor em formato de donut.

É importante escolher um mordedor que chame a atenção do bebê. (Fonte: Olesia Bilkei / 123RF)

Material

Os mordedores são produzidos basicamente em três tipos de materiais: plástico, borracha e silicone.

Com relação ao plástico deve-se analisar a maciez e flexibilidade do produto. Um mordedor não pode ser muito duro para não machucar a criança, sem falar que especialmente aqui entra a questão do BPA que falamos no tópico segurança.

Aquela imagem fofa do patinho de borracha na banheira com o bebê foi desmascarada e nos últimos anos descobriu-se que os itens ocos de borracha merecem uma atenção especial quando são colocados em contato com a água.

O interior desses produtos pode se tornar um espaço de acúmulo de fungos e bactérias prejudiciais à criança. Por isso, se for escolher um mordedor desse modelo atente-se as recomendações do fabricante sobre a limpeza do produto.

Já os de silicone não possuem muitos sinais de alerta e contanto que sejam macios podem ser comprados com tranquilidade.

(Fonte da imagem destacada: oksix / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.