Imagem mostra uma motobomba expelindo água.
Ultima atualização: 10 de agosto de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

17Horas investidas

4Estudos avaliados

47Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Você precisa transferir ou bombear água de uma área a outra em um lugar isolado e sem acesso a eletricidade? Então uma motobomba a gasolina é a solução! Esse é o artigo ideal para aprender tudo o que é necessário sobre esse importante equipamento!

Em chácaras, sítios ou fazendas, é comum precisar fazer a transferência de água em lugares que a rede elétrica não chega. Além de ser muito útil nessa situação, a motobomba também pode ter uso industrial. Para dominá-lo, é preciso entender como escolher o modelo ideal e como usá-lo corretamente, coisas que explicaremos a seguir.




Primeiro, o mais importante

  • Motobombas são excelentes equipamentos para a transferência de água de um lugar para outro e têm muitas funções tanto urbanas, quanto rurais.
  • As motobombas a gasolina têm a grande vantagem de poderem ser usadas mesmo longe da rede elétrica, o que dá a elas muita mobilidade.
  • Existem três tipos diferentes de motobombas a gasolina: Centrífuga, auto escorvante e de engrenagem. Cada uma é mais indicada para situações diferentes.

Você também pode gostar:

As melhores motobombas a gasolina: Nossas recomendações

É bastante satisfatório o número de boas motobombas a gasolina à venda no Brasil. Nós fizemos uma seleção das melhores para que você tenha mais facilidade no momento da escolha:

Uma motobomba a gasolina completa

Essa motobomba de entrada da Vonder é extremamente útil e eficiente. Ela funciona com um motor de dois tempos que pede abastecimento de gasolina e óleo na proporção de 25 para 1. A capacidade de sucção é de até 4 metros e a potência é de 1 HP. Ideal para poços rasos, piscinas, áreas alagadas e obras.

O melhor custo-benefício

Quem deseja ter uma motobomba de qualidade sem pagar tanto pode optar pela VB-10B da Vulcan. Ela tem potência de 1,5 HP e é do tipo auto escorvante. Muito boa para ser usada em obras urbanas, dá velocidade a qualquer serviço com a sua vazão de 7 mil litros por hora.

Para quem deseja uma motobomba a gasolina profissional

Serviços em lugares mais fundos ou com quantidades maiores de água pedem por uma motobomba do mais alto nível. A Vonder também tem a solução: Esse modelo com incríveis 7 HP de potência e com motor de 212 cilindradas que funciona em quatro tempos e garante um trabalho sempre eficiente.

Guia de compra

Mas, afinal, para que serve uma motobomba a gasolina? Quais trabalhos ela pode realmente tornar mais fáceis?

Chegamos ao guia de compra, setor responsável por tirar as suas dúvidas sobre motobombas a gasolina!

Imagem mostra um homem mexendo em uma motobomba em uma caixa d'água.

Motobombas também podem ser instaladas em ambiente doméstico. (Fonte: Aleksandr Rado/ 123rf.com)

O que é uma motobomba e para que ela serve?

Você já precisou transferir água de um lugar para outro? Essa é uma tarefa normalmente árdua e que pode parecer infinita sem o equipamento correto.

A motobomba é uma máquina motorizada com tubos capazes de retirar a água de um local e levar a outro. É muito útil tanto para casas que dependem de poços e cisternas, para irrigação em chácaras, sítios e fazendas, e até mesmo para algumas tarefas industriais.

A motobomba é capaz de fazer em um curto período de tempo as tarefas de bombeamento de água ou de outros líquidos e de agilizar muito situações que poderiam ser complicadíssimas sem ela.

É possível comprar motobombas elétricas ou a gasolina. Nesse texto, daremos destaque para as segundas, que são ideais principalmente para locais afastados e sem acesso à eletricidade.

foco

Você sabia que as bombas de água são uma invenção dos egípcios? Na época, cerca de 2000 A.C, elas ainda eram manuais, mas foram fundamentais para o desenvolvimento da agricultura!

Quais os usos mais comuns de uma motobomba?

A utilidade de uma motobomba para quem lida com água ou outros líquidos é inestimável. Listamos abaixo alguns de seus usos mais comuns:

  • Agricultura: Em pequenas propriedades rurais ou plantações de porte médio, a motobomba pode ser uma boa alternativa a sistemas mais caros e complexos de irrigação. Modelos a gasolina são ótimos nessas circunstâncias.
  • Abastecimento de água: Casas sem abastecimento de água costumam depender de poços ou cisternas e, por isso, motobombas são fundamentais. Quando muito afastadas, os modelos a gasolina também são ótimos.
  • Piscinas: Para quem tem uma piscina em casa, o esvaziamento ou preenchimento é uma tarefa especial. Motobombas também são bastante utilizadas com esse fim.
  • Uso industrial: Na indústria, é comum aplicar motobombas na transferência de água ou de demais fluidos de um lugar para outro. Dependendo da área, o equipamento é indispensável.
  • Contenção de alagamentos: Motobombas de grande porte podem ser usadas quando há alagamentos ou excesso de água em determinados locais. Em situações de emergência, também há utilidade para o equipamento!

Quais as vantagens de uma motobomba a gasolina?

Por que você deveria escolher uma motobomba a gasolina em vez de uma elétrica? Quais são as reais diferenças entre os dois tipos?

A principal vantagem da motobomba a gasolina é não depender de eletricidade.

A principal vantagem da motobomba a gasolina é que ela não depende de eletricidade e, portanto, não tem restrições geográficas de funcionamento. Pode ser usada em qualquer lugar, o que é ótimo principalmente para a área rural.

Também podemos destacar a portabilidade, uma vez que não há fios para atrapalhar e o tanque pode estar vazio no momento de levá-la de um lado a outro, e a durabilidade, que é bastante superior à de modelos elétricos.

Por outro lado, motobombas a gasolina geram a queima de combustíveis, o que não é bom para o meio ambiente. Elas também costumam ser mais caras e possuem um custo de uso maior, já que há sempre a necessidade de abastecimento com combustível.

Nós preparamos uma tabela de vantagens e desvantagens de uma motobomba a gasolina:

Vantagens
  • Não depende da rede elétrica
  • Pode ser usada em qualquer lugar com facilidade
  • Tem ótima portabilidade
  • É mais durável do que modelos elétricos
  • Perfeita para áreas rurais
Desvantagens
  • Polui o meio ambiente
  • Mais cara do que um modelo elétrico
  • Tem grande consumo de gasolina

Motobomba centrífuga, auto escorvante ou de engrenagem?

Além da divisão entre motobomba elétrica ou a combustível, também há uma outra categorização em tipos: Centrífuga, auto escorvante e de engrenagem são comuns no mercado e têm pequenas diferenças entre si.

Motobomba centrífuga, como o nome diz, usa um processo de centrifugação para conseguir maior potência na água e assim lançá-la a maiores distâncias. Ela costuma ser usada em ambiente doméstico ou para agricultura.

É mais comum que a motobomba auto escorvante seja usada em ambientes de tratamento de água, ou em poços e cisternas. Ela não tem a capacidade de levar o líquido bombeado tão longe, mas pode fazer a coleta submersa, ao contrário do que acontece com a centrífuga.

Por fim, uma motobomba de engrenagem alcança índice de vazão mais alto do que as demais, o que também aumenta seu preço. Ela é muito usada em contextos industriais ou em situações drásticas.

Comparamos em uma tabela os três tipos de motobombas:

Motobomba centrífuga Motobomba auto escorvante Motobomba de engrenagem
Vantagens Consegue distribuir a água a distâncias e alturas maiores A linha de sucção pode ficar submersa para a retirada da água Possui vazão e pressão superiores
Recomendações de uso Uso doméstico e para agricultura Poços, cisternas, tratamento de água Uso industrial ou para auxílio em alagamentos

Como usar uma motobomba a gasolina?

Uma motobomba a gasolina funciona através de duas mangueiras, uma de sucção e uma de recalque. A primeira é responsável por retirar a água de um determinado local, e levá-la para a parte interna, onde o sistema irá gerar a pressão necessária para que ela seja distribuida pela segunda.

É importante fazer uso de equipamentos de proteção individual ao usar uma motobomba.

Para fazer o uso de uma motobomba a gasolina, não se esqueça do uso dos equipamentos de proteção individual, nem de tomar precauções de segurança como fechar bem o tanque, mantê-la longe do alcance de crianças e checar se as mangueiras estão na direção correta antes de ligá-la.

Você deve ler atentamente o manual de instruções para saber quando pode ligar a sua motobomba e como fazer ajustes específicos em questões como vazão, pressão e sucção.

Além disso, sempre faça a manutenção da sua motobomba. É importante drenar o combustível para que ele não fique inativo no tanque, trocar as velas de ignição, sempre verificar se as emendas estão firmes e se não há nenhum vazamento.

Quanto custa e onde comprar uma motobomba a gasolina?

O preço de motobombas a gasolina varia de acordo com o tipo, a marca e as capacidades de sucção e vazão. É possível encontrar modelos muito bons por aproximadamente R$ 700, enquanto os mais indicados para serviços pesados podem chegar a R$ 2.000.

Lojas especializadas em materiais de construção, em artigos para agricultura e para piscinas vendem bons exemplares de motobombas. Você também pode fazer a sua aquisição pela internet, principalmente na Amazon brasileira, Amazon internacional ou Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de uma motobomba a gasolina

Quem está decidido a comprar uma motobomba a gasolina precisa ainda de auxílio na escolha de um modelo. Há alguns critérios técnicos que podem ajudar bastante e selecionamos quatro deles para maior discussão:

Abaixo, mais detalhes sobre cada um!

Potência

A potência das motobombas a gasolina é medida em cavalos, ou HP. Para fazer um trabalho de bombeamento a longas distâncias ou de águas que estão relativamente profundas, é ideal que o número seja relativamente alto.

Você precisa pensar no quanto vai exigir da sua bomba em quantidade de líquido transferido e em distância para saber se precisa de um modelo mais potente ou não. Para atividades simples, como as domésticas ou em chácaras e sítios pequenos, 1 HP deve ser mais que suficiente.

Imagem mostra uma motobomba sobre um gramado.

O uso de motobombas na agricultura de pequeno porte é fundamental. (Legenda: distelAPPArath/ Pixabay.com

Sucção e vazão

A capacidade de sucção e a vazão são as duas especificações técnicas mais importantes de uma motobomba. A primeira indica a distância na qual ela consegue pegar líquido, e a segunda, quantos litros de água por hora consegue redistribuir.

Há motobombas disponíveis com enormes capacidades de vazão.

Você encontrará motobombas disponíveis com enormes capacidades de vazão, como por exemplo 40 mil litros por hora. Elas servem para situações nas quais é preciso realmente preencher espaços grandes com velocidade e são muito eficientes nisso.

Para pegar água de poços e cisternas, encher piscinas ou irrigar hortas pequenas, a vazão pode ser mais baixa, afinal, não há necessidade de mover altíssimas quantidades de água em curtos espaços de tempo, mas talvez seja necessário mais sucção.

Abastecimento e autonomia

Existem motobombas totalmente a gasolina ou que pedem por uma mistura com diesel. Isso normalmente está relacionado com o motor ser de dois tempos ou quatro tempos, característica ligada à potência e a capacidade de vazão.

Você deve sempre prestar atenção em qual é a proporção entre gasolina e diesel do modelo escolhido para que ele possa funcionar corretamente.

Também observe a autonomia, que indica quanto tempo a motobomba leva para consumir um tanque cheio funcionando em potência máxima. Se você a usará por longos períodos, um bom número aqui é fundamental!

Dimensões e peso

Muitas vezes, a motobomba será usada em lugares afastados, que pedem por um longo transporte. Para que não haja desconforto no momento de levá-la até o seu destino, é ideal que ela tenha dimensões e pesos não exageradas.

Se a sua motobomba vai ficar sempre no mesmo lugar, sofrendo apenas deslocamentos pequenos para uso, essa não é uma categoria importante, mas se vai ser levada sempre para longe, preste atenção se essas especificações são apropriadas.

(Fonte da imagem destacada: Zhang Yongxin/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.