Mouse vertical.
Ultima atualização: 26 de março de 2020

Como escolhemos

17Produtos analisados

18Horas investidas

3Estudos avaliados

81Comentários coletados

Se você fica muito tempo em frente ao computador e precisa utilizar o mouse o tempo todo, certamente já sentiu dores e incômodos por conta dos movimentos repetitivos. Mas não é mais preciso passar por esse desconforto. Hoje em dia existe o mouse vertical.

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil! No artigo de hoje, nós vamos explicar o que é, como funciona e porque você deve investir em um mouse vertical. Além disso, a seguir você descobre quais são os melhores tipos de mouse vertical à venda.




Primeiro, o mais importante

  • O mouse vertical não é uma novidade, mas ainda é pouco utilizado por quem trabalha ou passa longas horas usando o computador.
  • Mas o fato é que o mouse vertical é um acessório ergonômico e, portanto, ideal para evitar dores e problemas graves nos músculos e articulações.
  • Para escolher o melhor modelo de mouse vertical, você vai precisar comparar alguns critérios que diferenciam um tipo de outro, como número de DPIs, tecnologia e conexão.

Você também pode gostar:

Melhores opções de mouse vertical: Nossas recomendações

O mouse vertical mais completo

O MX Vertical é um mouse vertical e ergonômico da Logitech. Com o exclusivo ângulo vertical de 57 graus, ele reduz a pressão no seu pulso. Além disso, esse modelo possui um sensor de alta precisão de 4000 dpi. Esse mouse vertical pode se manter ligado por até quatro meses com carga total da bateria.

O mouse vertical mais versátil

O mouse vertical sem fio da J-tech tem sensibilidade ajustável (600/1000/1600 DPI) e descanso para palma removível. Além disso, esse modelo conta com dois botões de polegar que podem ser usados para trás e para frente. Esse mouse vertical funciona com duas pilhas AA.

A opção com melhor custo benefício

O M618GX da Deluz é um mouse vertical que possui seis botões: esquerdo, direito, de rolagem, frente, trás e de mudança de DPI. Ergonômico e sem fio, esse modelo conta com sensibilidade de até 1600 DPI e funciona com duas pilhas AA não incluídas.

Guia de Compra

O mouse vertical é um acessório mais conhecido por quem joga videogames ou trabalha de forma intensa com o auxílio do mouse. Mas o fato é que esse tipo de aparelho pode oferecer benefícios a todos.

Nesse Guia de Compra, nós vamos explicar tudo sobre o mouse vertical e quais os seus benefícios para preservar a saúde das mãos, articulações e pulsos.

Mulher usando computador com mouse.

O mouse vertical traz mais conforto para quem fica longas horas no computador. (Fonte: Divulgação Logitech / Amazon.com.br)

O que é um mouse vertical?

Se você trabalha no computador e passa muitas horas sentado, utilizando o teclado e o mouse, sabe dos problemas causados por isso como, por exemplo, dores e desconfortos nas costas, nas pernas, mãos e pulsos.

No caso do mouse, o uso em excesso pode causar problemas sérios como LER (Lesão por esforço repetitivo), que afeta músculos, nervos, ligamentos e tendões, e também a tendinite, que é uma inflamação ou lesão do tendão.

Para evitar esses problemas, e proporcionar mais conforto, foram criados os modelos de mouse vertical.

Com um formato diferenciado, o mouse vertical ajuda a diminuir as tensões no pulso causadas pelo uso constante do acessório.

Além disso, o mouse vertical conta com botões diferenciados e uma forma ergonômica que permite uma pegada sem esforço.

Alguns modelos contam até com uma base para garantir ainda mais sustentação ao braço do usuário.

Como veremos logo mais nesse artigo, existem vários tipos de mouse vertical com recursos e tecnologias diferentes.

Por exemplo, você vai encontrar o mouse vertical com ou sem fio, com vários tios de botões e funções.

Qual a diferença entre o mouse vertical e horizontal?

O mouse serve para auxiliar o teclado na hora de realizar ações e comandos. E ainda que seja possível utilizar um computador sem o mouse, o fato é que ele acaba sendo uma opção mais prática para realizar grande parte das tarefas.

O mouse como conhecemos é fabricado no formato horizontal. Mas é justamente esse formato o responsável por causar dores e problemas no pulso e tendões dos usuários.

Daí o grande destaque do mouse vertical que, ainda que não seja tão difundido, traz inúmeros benefícios contra as lesões.

A principal diferença entre o mouse vertical e o horizontal é o formato. O mouse vertical é mais ergonômico e, por isso, permite a elevação e o descanso dos dedos sobre o acessório.

O objetivo de um mouse vertical é reduzir o desgaste no punho e no antebraço, por conta do posicionamento das mãos sobre ele.

Pelo seu formato, o mouse vertical é segurado da mesma forma como, por exemplo, damos um aperto de mão.

E ainda que existam diferenças entre os vários modelos de mouse vertical, de modo geral, esse aparelho costuma ter mais botões de comando do que o mouse tradicional.

Para quem é recomendado o mouse vertical?

A má postura e o uso contínuo do computador acabam gerando lesões que podem, inclusive, levar a afastamentos do trabalho.

É por isso que é preciso utilizar acessórios e técnicas para evitar problemas mais graves de saúde.

Exemplos de acessório que ajudam a evitar lesões são: Suporte para monitor, apoio para os pés, descansos para os punhos e o mouse vertical.

Por isso, o mouse vertical é recomendado para que trabalha com o mouse ou mesmo para quem jogar videogame por longas horas.

foco

Você sabia que existem técnicas para evitar dores e problemas graves ao usar o mouse?

Você pode, por exemplo, fazer pausas ao longo do dia, de 1 em 1 hora.

De acordo com especialistas, pausas de 5 minutos já são suficientes para evitar a fadiga dos músculos.

Quais as vantagens e desvantagens do mouse vertical?

Como vimos, a principal vantagem do mouse vertical é que o seu formato, além de ergonômico, ajuda a deixar a pegada mais confortável.

Com isso, o mouse vertical contribuiu para reduzir os problemas causados pela repetição de movimentos que podem levar à tendinite e LER.

Outra vantagem é que existem diversos modelos diferentes de mouse vertical. Ainda que você possa encontrar as opções mais simples, são os modelos modernos e completos que são mais populares.

Além disso, a maior parte dos modelos de mouse vertical oferece uma maior quantidade de opções de botões e, com isso, você pode realizar mais tarefas com um simples clique, sem precisar do teclado.

Computador com mouse e jogo na tela.

O mouse vertical é especialmente funcional para quem joga videogame no PC por longas horas. (Fonte: jusuf111/ Pixabay.com )

Por outro lado, também é preciso mencionar que a grande desvantagem de um mouse vertical é o seu preço.

Ainda que seja possível encontrar opções mais baratas, o fato é que se você procura um mouse vertical completo, com todos os recursos e tecnologias que o tornam tão especial, será preciso desembolsar uma boa quantia.

Para você ter uma noção mais ampla sobre os principais pontos positivos e negativos do mouse vertical, confira a tabela a seguir:

Vantagens
  • Mais confortável e ergonômico
  • Diminui a tensão sobre os pulsos
  • Evita tendinite e LER
  • Várias opções de modelos, recursos e tecnologias
Desvantagens
  • Os mais completos são muito caros

Quanto custa o mouse vertical e onde comprar?

Você vai encontrar o mouse vertical custando, em média, entre R$ 45 e R$ 500. O preço desse tipo de mouse varia por conta do modelo, dos recursos e tecnologias envolvidos em sua fabricação.

Nem sempre o mouse vertical mais caro é o que você precisa.

É claro que você não precisa necessariamente comprar o mais caro de todos. Nem sempre o mouse vertical mais caro é o que você precisa. Tudo vai depender do seu objetivo e da sua rotina ao utilizar o mouse.

Já para adquirir esse tipo de mouse, você pode optar por comprá-lo em lojas especializadas de produtos eletrônicos e de computação, ou em lojas de departamento e até em grandes redes de supermercados como, por exemplo, Ponto Frio e supermercado Estra.

Ainda assim, recomendamos que você compre o mouse vertical pela internet, em lojas online como a Amazon Brasil. Ali você encontra mais modelos para escolher e ainda compra do conforto de casa.

Critérios de Compra: Como comparar os mouses verticais

Para acertar na escolha e comprar o melhor mouse vertical é preciso saber o que diferencia um modelo de outro.

Para lhe ajudar nessa etapa, listamos a seguir os principais aspectos que interferem no tipo de mouse vertical. São eles:

A partir daqui, você vai entender como analisar cada um desses fatores para que possa comprar o mouse vertical ideal para suas necessidades e expectativas.

Canhoto ou destro

O primeiro critério que você deve considerar na hora de comparar os vários modelos de mouse vertical é a usabilidade de acordo com a mão que você utiliza.

Isso porque alguns tipos de mouses são elaborados pensando apenas em usuários destros, por exemplo.

DPI

O DPI (dots per inch ou pontos por polegada) determina o nível de eficiência do mouse vertical em reconhecer os movimentos.

Por exemplo, modelos de mouse com um alto DPI reconhecem movimentos levíssimos, o que é ideal para games de tiros.

Alguns modelos possuem sensor de 4.000 DPI, proporcionando um movimento quatro vezes mais rápido do que um mouse tradicional com a mesma quantidade de movimentos da mão.

Outros tipos de mouse vertical também permitem que o DPI seja alterado. Para isso, basta pressionar um botão. Alguns, por exemplo, podem trabalhar com DPI de 800, 1600, 2400 e 3600.

Já outro modelos vêm com DPI padrão de 2400. Mas o mouse vertical com alto DPI não é indispensável para todos. Veja a seguir a indicação de mouse vertical de acordo com o grau do DPI:

Descrição DPI
Uso comum Para tarefas diárias e navegações na web de 800 a 3.000
Uso profissional Para jogos e ações que exigem mais precisão De 2.000 a 4.000
Uso específico Para atividades que exigem uma enorme precisão Mais de 8.000 DPI

Vale lembrar que, independentemente da quantidade de DPI, o mouse pad pode facilitar muito o movimento e a precisão do mouse vertical.

Botões extras

Os mouses mais recentes incluem os botões esquerdo e direito, além de um terceiro que fica entre eles, conhecido como scroll ou botão de rolamento.

Mas, como vimos, uma das características do mouse vertical é que, em geral, ele conta com mais opções de botões.

Computador na mesa de trabalho com fone de ouvido e mouse.

A quantidade de botões no mouse pode ajudar a tornar suas tarefas mais simples e ágeis. (Fonte: Picography/ Pixabay.com )

Por isso, não raro, você vai encontrar o mouse vertical com mais de um botão de rolagem, sendo um horizontal e outro vertical, além de botões de clicar adicionais para auxiliar nos comandos e navegações.

Uma opção de mouse vertical com seis botões, por exemplo, conta com os botões esquerdo, direito, de rolamento, para frente, para trás, além do botão para alterar o DPI.

Tecnologia e conexão

Outro fator que você deve considerar é o tipo de tecnologia e conexão do mouse vertical. Você vai encontrar modelos com tecnologia Wireless, sem fio e tecnologia Plug and Play.

Mas também existem opções de mouse vertical que tem conectividade via Bluetooth e USB. Quanto mais diversificadas as tecnologias e os tipos de conexão melhor será o mouse vertical, já que você poderá usá-lo em vários contextos.

Pilha ou bateria

Leve em conta também que o mouse vertical pode funcionar de duas formas: Por meio de pilhas AA ou por meio de bateria.

É claro que o uso de pilhas é menos eficiente já que, nesse caso, as trocas acabam sendo mais frequentes. Além disso, dependendo do modelo, o mouse pode precisar de duas ou até quatro pilhas AA para funcionar.

Os tipos de mouse vertical mais modernos funcionam com baterias de íon-lítio. Dessa forma, quando a carga estiver baixa basta carregar a bateria.

Nos modelos mais modernos uma bateria de 240 mAh garante até quatro meses de uso com apenas uma carga.

(Fonte da imagem destacada: Rafael Tenorio Aranguren/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Luiza Ferreira Engenheira de Computação
Ter crescido justamente em meio ao grande boom da internet fez com que Luiza se tornasse fã de carteirinha do mundo da informática desde pequena. Estudar engenharia da computação pareceu um caminho natural, e hoje ela tem prazer ao compartilhar seu conhecimento com o público online.
Izabel Toscano Jornalista
Nômade digital, jornalista, leitora e questionadora compulsiva. Já trabalhou em jornais diários e sites de notícias no Brasil, e em plataformas online na Irlanda e na França. Hoje, roda o mundo escrevendo sobre temas variados, sempre atenta às novas tecnologias e a tudo que surge para trazer leveza à vida.