Imagem de homem caminhando pela cidade com auxílio de uma muleta
Ultima atualização: 21 de junho de 2020

Como escolhemos

19Produtos analisados

21Horas investidas

6Estudos avaliados

69Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil, onde você encontra as análises mais completas para utensílios de saúde e bem-estar. Nesse artigo vamos falar da muleta e de todos os seus benefícios para pessoas que sofreram traumas.

Desenvolvida para ajudar pessoas com limitações de movimentação, a muleta existe desde a antiguidade é uma ótima ajuda para pacientes em tratamentos pós cirúrgicos ou para idosos, que tem mais problemas de locomoção.

Obviamente, ninguém espera precisar utilizar uma muleta, mas acidentes acontecem. Então, é melhor estar preparado. Por isso, não deixe de conferir nossa resenha para saber tudo o que é preciso sobre elas.




Primeiro, o mais importante

  • A maioria das muletas possuem um tamanho padrão, mas muitos modelos possuem opções de regulagem.
  • Opte sempre por muletas com suportes acolchoados e ponteiras de borracha para que elas sejam mais confortáveis e para evitar escorregões.
  • Existem diferentes tipos de muleta, então é muito importante escolher uma de acordo com seu trauma e do tipo de apoio necessário durante a recuperação.

Você também pode gostar:

Melhores muletas: Nossas recomendações

Ninguém gosta da ideia de ter que depender das muletas, mas quando isso acontece, é importante estar preparado e saber como escolher o modelo ideal para cada indicação clínica.

Pensando nisso, preparamos essa lista com algumas das melhores muletas do mercado, em diferentes tamanhos e modelos para todo tipo de limitação que exige o uso desse utensílio.

Guia de compra

As muletas são um ótimo utensílio para ajudar pacientes em recuperação, mas, infelizmente, para muitas pessoas ela se torna uma companheira permanente e indispensável.

Por isso, tanto em um caso quanto no outro, é muito importante escolher a muleta certa desde o começo, evitando assim ter que realizar trocas futuras. Então, não deixe de conferir nosso guia de compra para entender mais sobre os diferentes tipos de muleta e os benefícios que cada uma tem a oferecer.

Imagem de deficientes físicos jogando futebol com o auxílio de muletas

As muletas não apenas ajudam na recuperação de pacientes, mas oferecem mais qualidade de vida a pessoas com deficiências físicas. (Fonte: ErikSmit/ Pixabay)

O que é uma muleta?

A muleta é um utensílio médico utilizado para apoiar e dar sustentação ao corpo humano e é projetada para auxiliar pessoas com limitações de movimentação.

Utilizadas desde a antiguidade, as muletas continuam avançando, ganhando novos modelos e funcionalidades para atender a todo tipo de limitações motoras dos membros inferiores, garantindo mais segurança e qualidade de vida para inúmeras pessoas.

Ela pode ser usada individualmente ou em par, pode ser encontrada em três tamanhos e muitos modelos já possuem articulações e regulagens de altura que ajudam a tornar a utilização mais agradável, permitindo maior liberdade de movimentação.

Imagem de homem passeando com os cachorros com auxílio de uma muleta

As muletas permitem que muitas pessoas continuem vivendo sua vida de uma forma mais plena. (Fonte: Kaz/ Pixabay)

Quais as vantagens e desvantagens da muleta?

As muletas oferecem inúmeras vantagens do ponto de vista médico. Elas ajudam na recuperação de pacientes em pós-operatório. Oferece sustentação e mobilidade para pessoas com limitações físicas e é possível encontrar diferentes modelos para casos e debilidades específicas.

Porém, também existem algumas desvantagens. Muitos modelos não possuem regulagem de altura. As muletas podem ser desconfortáveis e os modelos mais confortáveis e completas, com articulações e regulagens, infelizmente custam caro.

Vantagens
  • Elas ajudam na recuperação de pacientes em pós-operatório
  • Oferece sustentação e mobilidade para pessoas com limitações
  • É possível encontrar diferentes modelos para casos específicos
Desvantagens
  • Muitos modelos não possuem regulagem de altura
  • As muletas podem ser desconfortáveis
  • Muletas mais confortáveis e completas custam caro

Quais são os diferentes tipos muleta?

Atualmente existem três tipos principais de muletas: axilares, de antebraço e os modelos infantis. Cada uma delas possui suas próprias particularidades que devem ser levadas em consideração durante a escolha.

Abaixo vamos explicar um pouco mais sobre cada uma delas e a melhor indicação de uso.

  • Muleta axilar: Ela permite que o usuário ande sem precisar apoiar o pé no chão. Ela fica apoiada e foi desenvolvida para que a axila de estabilidade enquanto o peso do corpo é suportado pelos braços durante a movimentação.
  • Muleta de antebraço (canadense): Esse modelo é mais indicado para os usuários que podem apoiar os pés no chão, distribuindo o peso entre a muleta e os membros inferiores. Elas são mais confortáveis dos as muletas axilares e oferecem mais liberdade para as mãos, já que possuem suportes localizados no antebraço.
  • Muleta infantil: É possível encontrar muletas infantis em ambos os modelos. A grande diferença fica por conta do tamanho e de cores e estampas mais vibrantes que ajudam a criança a se adaptar melhor ao uso da muleta.
Imagem de idoso passeando com sacolas de compra e com auxílio de uma muleta

Quando a idade chega, não é preciso ter vergonha e as muletas permitem que você continue a ter uma rotina normal. (Fonte: Vnukko / Pixabay)

Quanto custa uma boa muleta?

O preço das muletas pode depender muito do modelo, das opções de regulagem, do material e do conforto oferecido. Modelos mais simples, como as muletas axilares, podem ser encontrados de R$ 30 a R$ 100.

As muletas canadenses e modelos articulados custam um pouco mais caro, e podem variar de R$ 50 a R$ 300. Vale lembrar que você pode encontrar as muletas sendo vendidas individualmente ou em pares.

Para que você tenha uma melhor ideia de preço, os modelos exibidos em nosso ranking podem ser encontrados no mercado custando uma faixa de R$ 100 a R$ 160. Vale a pena investir um pouquinho de tempo para encontrar os melhores preços e promoções.

 Imagem de pessoa passeando com auxílio de uma muleta

As muletas não são exatamente baratas, mas os benefícios valem o investimento para cuidar melhor de sua saúde. (Fonte: kaboompics/ Pixabay)

Onde eu posso comprar uma muleta?

Você pode encontrar as muletas em farmácias e drogarias, especialmente naquelas especializadas em materiais cirúrgicos ou para cuidados de pós-operatório. Muitos hospitais também oferecem a venda, empréstimo ou aluguel de muletas e aparelhos similares.

Mas, se você não conseguiu encontrar o modelo ideal em sua cidade, a internet também é uma ótima opção para sua pesquisa. É possível encontrar uma infinidade de modelos online, seja em drogarias virtuais ou em grandes distribuidores como a Amazon, que entrega o produto em sua casa com toda praticidade e segurança que você merece.

foco

Você sabia que o primeiro registro das muletas que nós temos vem do Antigo Egito?

Critérios de compra: O que considerar ao escolher uma muleta

As muletas são um item indispensável para muitas pessoas com limitações de movimentação, deficientes físicos e pacientes em tratamentos ortopédicos ou pós cirúrgicos.

Por se tratar de um item de saúde, é fundamental ter uma atenção redobrada quando estiver escolhendo o modelo ideal, assim você pode garantir maior conforto e segurança.

Verifique com atenção cada um dos tópicos abaixo para entender melhor sobre as especificações do produto e encontrar a muleta ideal para suas necessidades.

Material

O material da muleta é muito importante, afinal ela deve ser capaz de suportar o peso do usuário e oferecer uma boa base de sustentação. Antigamente a maioria das muletas eram feitas de madeira, e embora ainda seja possível encontrar esses modelos, atualmente a grande maioria já é produzida em alumínio.

E existe uma boa razão para isso. O alumínio é resistente, não enferruja e é muito leve, oferecendo mais conforto ao usuário. Muitas muletas também possuem suportes acolchoados e ponteiras emborrachadas que garantem mais firmeza e evitam escorregões.

Imagem de homem andando de cadeira de rodas com muleta apoiada entre as pernas

Em casos em que é necessário o uso de cadeira de rodas, as muletas tornam o ato de se levantar muito mais fácil. (Fonte: klimkin/ Pixabay)

Tamanho

Para atender a pessoas de diferentes alturas, as muletas possuem três tamanhos padrões: pequena, média e grande. Veja nossa tabela abaixo para mais informações.

Tamanho Altura Média
Pequena (P) Usuários com altura entre 1,37m a 1,57m
Média (M) Usuários com altura entre 1,57m a 1,78m
Grande (G) Usuários com altura entre 1,78m a 1,98m

Articulações e suportes

Utilizar as muletas por longos períodos pode ser muito desconfortável. Mesmo que o modelo conte com regulagem de altura e suportes acolchoados, a posição em que ela se encaixa no braço acaba se tornando incômoda com o tempo.

Por isso, alguns modelos oferecem mais opções de suporte para as mãos e articulações que se encaixam melhor ao braço. Além de deixar a movimentação muito mais agradável, elas também oferecem muito mais estabilidade quando o usuário precisa sentar ou se levantar.

Imagem de pessoa utilizando muletas articuladas e bota ortopédica

Modelos com articulação se ajustam melhor a altura de cada pessoa, tornando-as uma opção muito mais funcional. (Fonte: falco / Pixabay)

Regulagem de altura

Seja nos modelos axilares ou nos canadenses, muitas muletas possuem regulagem de altura. Como você pôde ver, é possível encontrar muletas de três tamanhos padrões, mas é muito importante que ela se adapte bem a sua altura.

Por isso, considere os modelos com regulagens. Eles possuem furos ao longo de seu corpo e parafusos que permitem maiores opções de ajuste, deixando a utilização da muleta mais confortável e garantindo uma locomoção mais segura.

(Fonte da imagem principal: Daniel_Nebreda/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Joana Dias Graduada em Estética
Para Joana, cuidar da saúde é cuidar da aparência, e vice-versa. É por isso que ela utiliza seu conhecimento em estética e suas horas de pesquisa online e offline para compartilhar seu conhecimento sobre cuidados pessoais e saúde.