Imagem mostra uma multiferramentas sendo usada para remover azulejos.
Ultima atualização: 3 de abril de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

18Horas investidas

3Estudos avaliados

53Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Você já imaginou como seria sua vida se pudesse ter uma ferramenta que fizesse o trabalho de várias? Se precisasse apenas trocar uma peça para passar da lixa ao corte, do desbaste ao polimento, do trabalho em madeira ao em metal? É tudo isso que uma multiferramentas te oferece!

Também conhecidas como multiferramentas oscilantes, as multiferramentas já são fabricadas por muitas das principais empresas do ramo. Mas o que elas podem te oferecer? Quais são suas vantagens e benefícios? Por que comprar a sua? E como escolher a melhor? Discutiremos tudo isso a seguir!




Primeiro, o mais importante

  • Multiferramentas são muito úteis e versáteis por condensarem o trabalho de diversas ferramentas, como lixadeiras e politrizes, em uma só.
  • Profissionais como artesãos, especialistas em reparos domésticos múltiplos e donos de oficinas simples são os que mais se beneficiam com multiferramentas.
  • Como a produção de multiferramentas ainda é recente, as marcas oferecem modelos bastante diferentes entre si, o que abre um leque maior de escolhas.

Você também pode gostar:

As melhores multiferramentas: A opinião da redação

Multiferramentas ainda não são tão conhecidas do grande público, mas as empresas fazem bons investimentos para gerar os melhores produtos. Vamos te apresentar agora algumas da mais alta qualidade:

A multiferramentas mais famosa

A Makita é uma das fabricantes mais famosas de multiferramentas. Esse modelo traz inovações ergonômicas e tecnológicas que ajudam bastante a vida do usuário: 12 ângulos de ajustes dos acessórios, iluminação de trabalho, corpo emborrachado e mais. A potência é de 12 V e ela chega a 20 mil oscilações por minuto.

O modelo mais completo

O kit multiferramentas da Black + Decker chega a impressionar: Em uma belíssima maleta, você recebe uma ferramenta inicial que, conforme tem o cabeçote trocado, pode se transformar em furadeira, parafusadeira, serra elétrica, serra tico-tico, tupia ou lixadeira. Tudo isso com o ótimo sistema quick connect!

Uma multiferramentas de alta potência

Vem da Makita uma das multiferramentas mais potentes disponíveis no mercado brasileiro: A bateria, ela possui ótimos 18 V. Consegue cortar, lixar, desbastar e muito mais, tem ajustes de velocidade, é adaptável a coletor de pó e possui sistema de iluminação. Seu único senão é que não acompanha uma bateria.

Guia de compra

Curioso com o que um equipamento que promete ser muitas ferramentas em uma pode oferecer? Então chegou a hora de ter todas as suas dúvidas respondidas!

Em nosso guia de compra, trazemos as respostas que você espera sobre as multiferramentas!

Imagem mostra um homem usando uma furadeira no teto.

Algumas multiferramentas podem exercer até mesmo função de furadeira. (Fonte: bilanol/ 123rf.com)

O que é uma multiferramentas e para que ela serve?

Multiferramentas, como o próprio nome explica, podem executar a função de várias ferramentas em apenas uma. Na maioria das vezes, elas fazem isso através da troca de peças em sua cabeça que variam em formato e, portanto, são capazes de executar diferentes tarefas.

Algumas marcas as chamam de “multiferramentas oscilantes”, primeiro pela característica de que elas realizam principalmente trabalhos ligados a ferramentas de oscilação ou giro, segundo para evitar confusões com os também comuns alicates multiferramentas.

Na maioria das vezes, multiferramentas podem tomar o lugar de ferramentas como lixadeiras, serras circulares, politrizes e esmerilhadeiras, permitindo trabalhos em madeira, metal ou plástico. Essa versatilidade é justamente o que tem feito delas cada vez mais procuradas.

foco

Você sabia que as multiferramentas são invenções alemãs? Duas empresas, a conhecidíssima Bosch e a Fein, juntaram-se para desenhar o modelo de uma ferramenta que conseguiria fazer a função de várias ao mesmo tempo com apenas a troca de uma peça.

Com o tempo, várias outras empresas passaram a ter suas próprias multiferramentas, algumas delas muito famosas e de incrível reputação, como é o caso da Makita.

Quais as funções que uma multiferramentas pode executar?

As funções principais de uma multiferramentas variam de marca para marca, porém, existem algumas que estão sempre presentes. Vamos listá-las a seguir:

  • Lixa e polimento: Quase todas as multiferramentas têm na lixa e no polimento suas funções primordiais. Elas servem muito bem para lugares como oficinas automotivas e outras que executam esses tipos de serviços.
  • Corte de materiais: É muito comum encontrar em multiferramentas a função de corte. Há pontas indicadas para madeira, outras para metal, imitando as funções de várias ferramentas diferentes.
  • Chaves múltiplas: Algumas multiferramentas oscilantes aproveitam o movimento giratório para servirem como parafusadeiras de entradas múltiplas, contando até com pontas para parafusos mais raros, como os Allen ou Torx.
  • Parafusadeira e furadeira: Mais rara, porém ainda comum em alguns modelos, é a possibilidade de uma adaptação completa para parafusadeira e furadeira, executando assim esses serviços com boa qualidade.

Eventualmente, você ainda encontrará outros tipos de serviços feitos por alguns modelos de multiferramentas, mas esses são os que você terá à disposição de forma mais comum.

Quais as vantagens de ter uma multiferramentas?

A multiferramentas tem na versatilidade o seu carro-chefe. Se você executa serviços como lixa, polimento e corte com uma frequência intermediária, que não justifique ter cada ferramenta única para cada um deles, ela é uma tremenda mão na roda.

Poder realizar todos os trabalhos apenas com uma rápida troca de peça é o sonho de muitos trabalhadores de oficinas e de indústrias. Mesmo sem ter a mesma eficiência que ferramentas específicas, a multiferramentas é um passo importante paa que ele se torne realidade.

Alguns modelos mais modernos já propiciam a ergonomia e a adaptabilidade para que o trabalho com cada peça se pareça com o manuseio da ferramenta original, o que resolve uma das principais desvantagens que a multiferramentas tinha.

O preço é um pouco elevado, mas ainda menor do que a compra de todas as ferramentas em separado. Portanto, repetimos, o uso é ideal para quem precisa de várias funções das multiferramentas, mas não com frequência muito alta.

Confira na tabela a seguir as principais vantagens e desvantagens da multiferramentas:

Vantagens
  • Grande versatilidade ao executar os serviços de várias ferramentas
  • Pode ser muito útil para profissionais do tipo “faz tudo”
  • Já há modelos que dão ergonomia a todos os seus usos
  • Mais barata que comprar todas as ferramentas em separado
Desvantagens
  • Preço pode ser salgado para quem não usa todas as funções com certa frequência
  • Maior parte dos modelos ainda não oferecem boa experiência de uso em todas as funções
  • Não há a mesma eficiência que em ferramentas para cada trabalho

Para quem é recomendado ter uma multiferramentas?

Nós dissemos que o multiferramentas é ideal para grupos de pessoas que fazem uso de todas as ferramentas que eles possuem, porém, de forma moderada, sem sobrecarregar nenhuma. Quais seriam, então, os principais casos?

Multiferramentas são ótimas para artesãos ou pessoas que fazem reparos simples por hobby.

O principal é para trabalhadores artesanais ou de reparos simples por hobby. Para eles, muitas vezes é necessário efetuar algum serviço que envolva uma lixadeira, politriz ou serra, mas não é o dia todo, nem com frequência absurda. A multiferramentas pode ajudar bastante nesses casos.

Os profissionais do tipo “faz tudo”, que vão em residências efetuar todos os tipos de reparos domésticos para as pessoas, também estão entre os maiores beneficiados pelas multiferramentas, já que podem ter tudo o que precisam à mão, sem carregar várias bugigangas.

Algumas oficinas, principalmente relacionadas a automóvel ou móveis, podem optar pelas multiferramentas se têm demandas consideráveis de trabalhos com lixadeiras, esmerilhadeiras e afins, mas que não sejam tão altas. Elas ajudarão bastante no cotidiano de reparos.

Pense se você precisa de tudo o que a multiferramentas oferece. Se a resposta for sim, e se nenhuma das ferramentas individuais for usada à exaustão, provavelmente é uma boa ideia adquirir uma.

Quais as diferenças entre os modelos de multiferramentas?

Multiferramentas ainda não têm conceitos totalmente definidos de o que são e podem executar. Cada marca aposta um pouco em características diferentes e, por isso, precisamos fazer uma lista sobre o que oferecem as principais fabricantes desse nicho.

  • Makita: A Makita se tornou a mais famosa fabricante de multiferramentas por investir em um sistema ergonômico que simula o uso de cada ferramenta individual. Porém, não são tantas as funções, com uma certa restrição à família de lixa, polimento, desbaste e similares.
  • Bosch: Inventora das multiferramentas, a Bosch também tem uma certa restrição de funções. Oferece acessórios para limpar, polir, remover azulejos, pisos e afins, cortar e desbastar. A potência é excelente e a durabilidade também.
  • Black + Decker: A Black + Decker aposta em um formato diferente de multiferramentas, com cabeças maiores e um corpo menor, permitindo uma maior quantidade de funções, como parafusadeira e furadeira. O preço é um pouco acima da média.
  • Worx: Anunciando há tempos a sua “multiferramenta oscilante”, a Worx tem uma estrutura bastante completa que chega a oferecer até mesmo entradas para chaves Allen e Torx. É mais compacta e menos potente, porém muito versátil.

Comparamos os modelos das fabricantes na tabela a seguir:

Makita Bosch Black + Decker Worx
Funções principais Corte, lixa, desbaste, polimento Corte, lixa, desbaste, polimento Perfuração, parafusamento, corte, entre outros Parafusamento, lixa, desbaste, entre outros
Vantagens Ergonomia que simula o uso de cada ferramenta, tornando o manuseio superior Potência, durabilidade, benefícios ligados ao nome da marca Alto número de funções, sistema único de uso Alto número de funções, preço acessível
Desvantagens Restrição de funções Restrição de funções, ergonomia Preço alto, algumas funções são bastante específicas Potência baixa, algumas funções são bastante específicas

Quanto custa e onde comprar uma multiferramentas?

Os preços de multiferramentas variam de acordo com o que elas são capazes de executar e com as marcas. Os modelos mais em conta ficam um pouco abaixo de R$ 300, enquanto os mais modernos e cheios de recursos se aproximam da casa dos R$ 1.200.

Lojas especializadas em ferramentas e em casa e construção são os melhores lugares para comprar uma multiferramentas. Pela internet, você pode efetuar sua aquisição na Amazon brasileira, na Amazon internacional ou no Mercado Livre.

Critérios de compra: No que prestar atenção ao escolher uma multiferramentas

Se você está decidido a comprar uma multiferramentas, ainda precisa ter a certeza sobre qual é o modelo ideal. Por isso, selecionamos alguns critérios importantes que podem te ajudar.

Abaixo, falamos mais sobre cada um deles!

Quantidade de funções

O principal motivo para alguém comprar uma multiferramentas é aproveitar a quantidade de funções que ela tem a oferecer. Por isso, essa quantidade de funções e quais elas são em específico são fatores importantes na escolha de um modelo.

Você pode optar pela ferramenta que conte com as funções que você sabe que precisará com mais frequência, ou pela que tem tudo o que você usa em um preço mais em conta. O fundamental aqui é observar quais modelos oferecem de fato o que mais se encaixa nas suas necessidades.

Imagem mostra uma multiferramentas sendo usada no corte de madeira.

Quanto mais funções uma multiferramentas tem, mais útil ela pode ser. (Fonte: Thomas Lukassek/ 123rf.com)

Ergonomia

Um dos motivos pelos quais multiferramentas ainda não são ultra populares é a dificuldade do uso de algumas funções. Não se lixa no mesmo posicionamento corporal que se parafusa, por exemplo, e quando o formato da ferramenta faz com que essas atividades sejam executadas na mesma posição, há perda em conforto.

Alguns modelos de multiferramentas já oferecem ótima ergonomia.

Por isso, você pode optar por uma ferramenta que se preocupe com maior ergonomia, e que use de tecnologias especiais para que todas as funções sejam executadas em posicionamentos ideais. Já há alguns modelos que são bastante avançados no que diz respeito a isso.

Conforto é fundamental no manuseio de ferramentas, e isso não deixa de ser verdade quando falamos em muitas ferramentas em uma.

Potência

Quanto maior a potência de uma ferramenta, mais trabalhos pesados ela tem a capacidade de executar. Multiferramentas são, na maioria dos casos, desenvolvidas para serviços mais simples e em materiais comuns, e por isso as marcas não investem tanto em potência.

A potência é medida em W (watts) nos modelos elétricos e V (volts) nos modelos a bateria. Existem algumas ferramentas que já chegam a ter números compatíveis com bons exemplares solo e, caso você queira executar serviços mais pesados, pode optar por eles.

Caso contrário, mesmo os de potência mais baixa já são ótimas soluções.

Recursos e itens extras

Há alguns recursos extras em certas multiferramentas que podem ajudar muito o seu trabalho: O quick connect faz com que a troca de ponta seja muito veloz e eficaz, a iluminação ajuda no acabamento e na precisão, as manoplas facilitam quanto ao conforto.

Itens extras também tornam uma multiferramentas mais atraente, principalmente se relacionados às funções, como cabeças e pontas numerosas e de qualidade, ou armazenamento, com boas maletas que aumentam a durabilidade e facilitam o transporte.

(Fonte da imagem destacada: Dmitriy Melnikov/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em nós?

Samuel Chagas Profissional em Consertos
A vivência de Samuel com consertos em casas e estabelecimentos comerciais vem de décadas, desde quando ajudava seu pai, pedreiro, há mais de 30 anos. Seu gosto pelo assunto fez dele um profissional em consertos, e é assim que Samuel ganha a vida há 15 anos. Na internet, ele compartilha seu conhecimento sobre ferramentas e itens de segurança para casas e prédios.
Carlos Massari Jornalista
Jornalista especializado em esportes e podcaster. Apaixonado por cinema, literatura e artes em geral. Curioso nato, pesquisa e escreve sobre diversas áreas, principalmente tecnologia, ferramentas, artigos esportivos e objetos que tornam a vida e o cotidiano mais fáceis.