Ultima atualização: 9 de maio de 2020

Como escolhemos

15Produtos analisados

21Horas investidas

5Estudos avaliados

75Comentários coletados

Seja bem-vindo ao ReviewBox Brasil, seu portal de resenhas, que conta com as mais completas avaliações da internet. Se você é adepto de tratamentos naturais, certamente já ouviu falar do óleo de prímula, um composto com múltiplas funções, que tem atraído a atenção dos nutricionistas.

Extraído das sementes da Oenothera biennis, o óleo de prímula é riquíssimo em ácidos graxos e gorduras boas, que podem auxiliar no controle dos índices de colesterol e aliviar os sintomas da TPM.

Recomendado por nutricionistas e fitoterapeutas, o consumo de óleo de prímula vem se tornando cada vez mais popular, e se você está procurando suplementos na internet, confira o nosso artigo completo e descubra quais são as melhores opções do mercado.




Primeiro, o mais importante

  • Antes de incluir qualquer tipo de suplemento em sua dieta ou rotina, consulte um profissional especializado para indicar a posologia ideal para você.
  • Apesar de ser um produto natural, é preciso estar atento aos possíveis efeitos colaterais ou contraindicações de uso.
  • Antes da compra, verifique fatores como a concentração dos componentes. Assim, você terá a segurança de que consumirá a quantidade ideal para a sua demanda.

Você também pode gostar:

Melhores suplementos de óleo de prímula: Nossos favoritos

Com tantas ofertas disponíveis no mercado, você certamente deve ficar um pouco confuso sobre qual o óleo de prímula é o ideal para você, afinal, trata-se de sua saúde e qualidade de vida.

Para auxiliar você nesse processo de escolha, selecionamos os melhores e mais bem recomendados óleos de prímula do mercado, todos desenvolvidos por empresas idôneas.

Produto multiuso e puro

Composto apenas por óleo de prímula e um antioxidante, que garante a conservação do produto, o suplemento da Duon pode ser considerado como um produto puro, recomendado para múltiplos usos.

O kit é composto por dois frascos com 120 comprimidos cada, o suficiente para que você experimente e comece a usufruir de de todos os benefícios do produto.

Suplemento de óleo de prímula sem açúcar e glúten

Enriquecido com gorduras poli-insaturadas, que não são produzidas pelo corpo humano, o suplemento da VitGold não possui açúcar, glúten, lactose e sódio, podendo ser consumido com tranquilidade, mesmo se você estiver em dietas.

O produto é importado, registrado no Ministério da Saúde e indicado pelo fabricante para aliviar os sintomas da TPM, desequilíbrios hormonais femininos, além de complemento para os tratamentos de controle de diabetes e colesterol.

Óleo de prímula puro em cápsulas de gelatina

No products found.

Composto apenas por óleo de prímula envolto em cápsulas de gelatina, o suplemento da Lauton Naturals é indicado pelo fabricante como um auxiliar no controle de peso e para a melhorar a saúde do cabelo, pele e unhas.

Apresentado em um kit de seis frascos, com 120 comprimidos cada, o combo é recomendado para quem deseja realizar um tratamento mais longo e mais econômico.

Óleo de prímula para controle de inflamações

Recomendado como um auxílio à saúde da pele e para o controle de processos inflamatórios, o óleo de prímula da Maxinutri é vendido em frascos com 60 comprimidos, já que após aberto, é recomendado que seu conteúdo seja consumido em até 30 dias.

Apresentado em cápsulas gelatinosas, o fabricante indica que o consumo do suplemento seja feito durante as refeições para facilitar a sua absorção pelo organismo.

Guia de compra

Apesar de ainda haverem poucos estudos que comprovem a eficiência do óleo de prímula, muitos nutricionistas, ginecologistas e fitoterapêutas têm recomendado o consumo desse suplemento como um auxiliar em tratamentos diversos.

ntão, para conhecer um pouco melhor esse suplemento que vem se tornando um queridinho de inúmeros profissionais da saúde, acompanhe o nosso guia de compra e descubra tudo o que você precisa saber sobre o óleo de prímula.

 Imagem de pessoa com inúmeras cápsulas e comprimidos na palma da mão.

Para saber se o óleo de prímula pode ser utilizado em conjunto com outros medicamentos, consulte o seu médico (Fonte: Dids/ Pexels)

O que é o óleo de prímula?

O óleo de prímula é extraído da semente da prímula, uma planta originária da América do Norte, que só abre suas folhas ao entardecer, conhecida como “evening primrose”, que inspira o seu nome em português.

Rico em ácidos graxos poli-insaturados, a planta era utilizada por nativos americanos para o tratamento de diversas doenças, como problemas de pele e hemorróidas.

Diferente de outros compostos, como a Vitamina C, o óleo de prímula possui uma ação muito mais associada aos hormônios. Por isso, tem se mostrado eficiente no controle de inúmeras doenças.

Para que serve o óleo de prímula?

Por ser composto por inúmeras gorduras boas, que não são produzidas naturalmente pelo corpo humano, o consumo do óleo de prímula vem sendo indicado para o controle dos níveis de colesterol e glicose, além de auxiliar na saúde da pele, cabelos e unhas.

Há ainda estudos que apontam a eficiência desse óleo no controle de oscilações hormonais, tal como ocorre na TPM e menopausa. Por isso, muitos ginecologistas vêm recomendado o uso desse suplemento como um complemento aos tratamentos hormonais tradicionais.

Existe ainda a indicação do uso do óleo de prímula durante dietas de emagrecimento, já que por ser rico em óleos, tende a oferecer uma maior sensação de saciedade, auxiliando na manutenção de dietas.

Quais as vantagens de desvantagens de consumir o óleo de prímula regularmente?

Assim como inúmeros suplementos naturais, o óleo de prímula ainda está em fase de estudo. Por isso, são poucas as desvantagens listadas conforme o seu uso. As principais estão associadas aos efeitos colaterais, que serão descritas em detalhes a seguir.

Porém, os estudos dos benefícios do consumo de óleo de prímula são inúmeros, e tratam principalmente de sua eficiência no controle de inúmeras doenças, como a diabetes e colesterol alto.

Vantagens
  • Auxilia no controle dos sintomas da TPM e menopausa
  • Pode ser eficiente em casos de artrites e problemas nas articulações
  • Possui função anti-inflamatória
Desvantagens
  • Por ser rico em óleos, pode prejudicar o apetite
  • É preciso estar atento a quantidade de calorias por cápsula
  • Existem relatos de efeitos colaterais pelo consumo do suplemento

Existem contraindicações de uso do óleo de prímula?

Sim, existem. O consumo de suplemento de óleo de prímula não é indicado para gestantes, já que atua na regulação hormonal e pode ser prejudicial ao desenvolvimento do bebê.

O cuidado também é válido para quem possui distúrbios hormonais, problemas neurológicos ou esquizofrenia, já que sua influência da produção de hormônios pode prejudicar os tratamentos específicos.

Quais os possíveis efeitos colaterais do consumo de óleo de prímula?

Apesar de ser um produto natural e de ser considerado bastante seguro, existem alguns estudos que citam alguns efeitos colaterais associados ao consumo de óleo de prímula. Os principais são:

  • Diarreia;
  • Dores abdominais;
  • Náuseas;
  • Dores de cabeça;
  • Aumento do risco de hemorragia.

Esses efeitos são comuns em suplementos ricos em ômega 6, tal como o óleo de prímula, e geralmente estão associados ao consumo excessivo do produto. Por isso, é importante seguir as recomendações de seu médico e/ou as instruções do fabricante.

É importante destacar que por ser um produto rico em gorduras, o óleo de prímula é consideravelmente calórico quando comparado com outras formas de suplementação. Então, é preciso estar atento a quantidade ingerida por dia, para evitar o ganho de peso.

Quanto custam as cápsulas de óleo de prímula?

O preço do óleo de prímula varia bastante conforme a pureza do material utilizado em sua fabricação e a quantidade de cápsulas disponível por frasco. Por isso, antes da compra, vale calcular o valor por comprimido, para poder comparar o preço por unidade.

A maior parte dos suplementos custa entre R$20 e R$35. Porém, kits com mais frascos podem ser encontrados de R$60 até R$120, sendo recomendados para quem deseja realizar um tratamento a longo prazo.

Onde posso comprar óleo de prímula?

Os suplementos de óleo de prímula podem ser facilmente encontrados à venda em farmácias, lojas de produtos naturais, em casas especializadas em produtos fitness e até mesmo em farmácias de manipulação.

Porém, se você não encontrar em sua cidade ou ser for um adepto das compras digitais, pode encontrar com facilidade em lojas como Submarino ou Centauro. Você também pode procurar grandes nomes, como a Amazon, que reúne inúmeros vendedores em um só portal.

Critérios de compra: O que considerar ao escolher suplementos de óleo de prímula

Útil para complementar o tratamento de inúmeros problemas de saúde, o óleo de prímula pode ser um verdadeiro aliado do seu bem-estar.

Seja para auxiliar no controle dos efeitos da TPM ou da menopausa, ele é uma opção natural, saudável e com poucos efeitos colaterais, oferecendo inúmeros benefícios para você.

Então, para escolher o suplemento ideal para você, é preciso considerar alguns critérios para ter a certeza de que fez uma escolha acertada, como:

Então, confira abaixo os tópicos supracitados e selecione o complemento que mais irá se adequar a sua dieta e rotina.

Formulação

Assim como inúmeros outros suplementos, é possível encontrar versões de cápsulas de óleo de prímula puras ou combinadas com outros suplementos naturais. Uma das combinações mais comuns é a com o ômega 3, que também é um composto oleaginoso.

Por isso, vale conferir o rótulo ou descrição do suplemento que você for escolher, para que você não compre um produto combinado por engano. Além disso, é preciso estar atento aos possíveis efeitos colaterais da combinação entre dois tipos de suplemento.

Concentração

A concentração de óleo de prímula por comprimido é um dos fatores determinantes para o cálculo correto da dosagem diária, que varia conforme o seu objetivo.

A maior parte dos suplementos disponíveis no mercado possui 500mg de óleo de prímula por capsula. Porém, em suplementos que combinam outros compostos, é preciso estar atento a concentração, para que você consuma a quantidade correta.

Imagem de capsulas gelatinosas em uma colher de madeira.

Antes de comprar, verifique se o seu suplemento possui apenas óleo de prímula ou comnina outros ingredientes (Fonte: Monicore/ Pixabay)

Quantidade de cápsulas

Um importante fator para a eficiência de seu tratamento é que ele seja seguido integralmente. Por isso, é preciso estar atento a quantidade de cápsulas disponíveis por embalagem ou kit, para que você não precise interromper o consumo por estar sem comprimidos.

Existem embalagens que possuem de 60 a 120 comprimidos e kits com até seis frascos de produto, para que você não precise se preocupar em comprar novamente até o término do ciclo de uso.

Embalagem

Um detalhe importante para garantir a qualidade de seu suplemento é a embalagem, já que ela é a responsável por proteger a integridade das cápsulas, que por serem gelatinosas, são transparentes e expõem o óleo de prímula à ação da luz.

Por isso, seja para um ciclo curto ou para uso de longo prazo, é importante dar preferência a embalagens em que as cápsulas não estejam expostas a luz. Assim, o óleo durará muito mais.

Durabilidade

Conforme mencionado anteriormente, o óleo de prímula é um produto sensível a luz, mas que também pode ter sua durabilidade comprometida pela exposição ao meio ambiente.
Para evitar que você consuma um produto fora da validade, confira o tempo de duração do produto após a abertura; algo que o fabricante costuma indicar na embalagem ou bula do produto.

(Fonte da imagem destacada: StevePB/ Pixabay)

Por que você pode confiar em mim?

Gustavo Conceição Nutricionista
Na escola, Gustavo participava de todas as modalidades. Ele acabou não se tornando atleta profissional, mas manteve-se próximo do universo esportivo cursando nutrição e, depois de graduado, prestando consultoria a atletas de várias modalidades e clubes de futsal e vôlei pelo país. Pós-graduado em suplementação, compartilha online seu conhecimento sobre o que há de melhor em complementos alimentares.