Bem-vindo ao ReviewBox Brasil. Hoje vamos falar sobre os óleos essenciais, substâncias vegetais concentradas, extraídas a partir de flores, frutos, sementes, folhas e raízes de plantas.

Os óleos essenciais são usados na aromaterapia, uma terapia alternativa que busca a melhora na qualidade de vida, bem-estar, equilíbrio emocional e psicológico, cura de doenças e melhora na aparência da pele e cabelo.

Mas utilizar óleos essenciais exige conhecimento e cuidado. Pensando nisso, preparamos um guia com todas as informações que você precisa saber antes de começar a usar esses produtos.

Primeiro, o mais importante

  • Os óleos essenciais nunca vão custar o mesmo preço, pois necessitam de proporções diferentes de matéria-prima para produzir o óleo.
  • O produto pode ser usado de diferentes formas: ingerido, inalado, aplicado diretamente sobre a pele, dissolvido em óleo vegetal, usado para aromatizar e limpar a casa.
  • Para quem deseja incluir a aromaterapia na rotina de cuidados no dia a dia, vale a pena apostar nos óleos essenciais multifuncionais e em um difusor de aromas.

Você também pode gostar:

Ranking: Os 3 melhores óleos essenciais

Existe uma grande variedade de óleos essenciais no mercado. A escolha está relacionada aos benefícios que você procura. Se você está começando essa terapia alternativa, aposte nos óleos multifuncionais.

Exploramos alguns dos óleos essenciais mais populares e descrevemos os benefícios associados a cada princípio-ativo para você começar a testá-los.

1º – Óleo Essencial de Alecrim RHR

O óleo essencial de alecrim tem ação estimulante, auxilia no processo de emagrecimento, reduz os sintomas da ansiedade e depressão, ajuda a desintoxicar o organismo e a controlar a oleosidade da pele.

O produto é natural, 100% puro, vegano e que não possui corantes, conservantes, sulfatos, parabenos, silicones e essências artificiais. O frasco de vidro na cor âmbar é em estilo gotejador, que evita o desperdício.

2º – Óleo Essencial de Tea Tree Melaleuca WNF

O óleo essencial de tea tree e melaleuca tem propriedades antifúngicas, antibacterianas e antissépticas. Ele é 100% orgânico e entre os benefícios estão o alívio dos sintomas de ansiedade e depressão.

Você pode colocar de três a cinco gotas do óleo essencial em um difusor de aromas ou diluir o produto em óleo vegetal, mas não pode ingeri-lo. O frasco dosador vem com 10 ml de óleo.

3º – Óleo essencial de Cravo Via Aroma

O óleo essencial de cravo da Via Aroma é 100% natural. Os benefícios são: fortalecimento do sistema imunológico e respiratório, efeito estimulante e revigorante e alívio nos sintomas de ansiedade e depressão.

O produto pode ser usado de diferentes formas, mas recomenda-se não o utilizar junto ao óleo de massagem, para não irritar a pele. O frasco é em estilo gotejador, na cor âmbar e tem 10 ml.

Guia de Compra

A aromaterapia é uma terapia alternativa que envolve o uso de óleos essenciais para promover certos benefícios para o corpo, como mais energia durante o dia e tranquilidade a noite.

Os óleos essenciais também são aromáticos e vão deixar a sua casa cheirosa como um campo de flores. Esses extratos naturais têm diferentes finalidades e formas de usar, para conhecê-las, leia este Guia de Compra.

 Imagem de uma mulher em um campo de flores.

Os óleos essenciais vão deixar a sua casa perfumada. (Fonte: JillWellington / Pixabay)

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais são substâncias vegetais concentradas extraídas a partir de flores, frutos, sementes, raízes, folhas e outras partes das plantas em diferentes métodos de extração.

Os óleos essenciais possuem propriedades terapêuticas.

Além de aromatizar o ambiente, os óleos essenciais possuem propriedades terapêuticas que promovem o fortalecimento e equilíbrio da saúde física, mental, emocional e energética.

Cada óleo tem suas propriedades e finalidades. Eles podem ser usados de maneira isolada ou em sinergia com até três ativos. Ao usá-los em conjunto, você observará resultados mais eficazes.

Por serem concentrados, os óleos essenciais devem ser diluídos e administrados com cuidado. Podem ser absorvidos de diferentes maneiras, sendo a difusão uma das mais eficazes.

Os óleos essenciais podem ser usados na cura de doenças?

Os óleos essenciais podem ser usados como tratamento alternativo na cura de diversas doenças. O óleo de eucalipto, por exemplo, tem propriedades expectorantes, enquanto os óleos de menta e verbena atuam como sedativos.

Imagem de uma mulher dormindo.

Os óleos essenciais ajudam a dormir melhor. (Fonte: xiangying_xu / Pixabay)

Doenças causadas por fungos e bactérias, podem ser tratadas pelos óleos essenciais de eucalipto, lavanda, canela, tomilho e melaleuca, que possuem propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas, antivirais e antissépticas.

Mas, embora sejam naturais, os óleos essenciais não devem ser usados com a finalidade de curar doenças sem a orientação de um médico, pois podem provocar alguns efeitos colaterais.

Vantagens
  • Precisa ser diluído para usar, por isso apresenta alto rendimento
  • Pode ser usado de diferentes formas
  • Traz disposição durante o dia e tranquilidade a noite
  • Substitui cosméticos convencionais
Desvantagens
  • Deve ser administrado com cuidado
  • É um produto relativamente caro
  • É vendido em frascos pequenos

Como devo usar os óleos essenciais?

Você pode usar os óleos essenciais de diferentes formas. Uma das mais utilizadas é a inalação, basta adicionar algumas gotas do(s) óleo(s) no difusor. Você perceberá melhora na qualidade da respiração e sensação de relaxamento.

Alguns óleos essenciais também podem ser ingeridos. Porém, é importante verificar qual óleo é ideal para as suas necessidades e a dose recomendada. Dissolva o óleo em água, suco ou chá.

Como usar óleo essencial no alívio de dores?

Alguns óleos essenciais possuem propriedades analgésicas, por isso podem ser usados em compressas para aliviar dores, inchaço e vermelhidão causados por impactos e lesões. Basta adicionar três gotas de óleo essencial na compressa.

Além das propriedades analgésicas, os óleos essenciais também contribuem para o relaxamento e estímulo da circulação periférica, por isso são muito utilizados em massagens.

Para usar o produto, basta diluir 35 gotas de óleo essencial em 100 ml de óleo vegetal ou creme de massagem.

 Imagem de uma mulher sendo massageada.

Os óleos essenciais também podem ser usados em massagens. (Fonte: rhythmuswege / Pixabay)

Como usar os óleos essenciais na rotina de beleza?

Os óleos essenciais fazem parte da rotina de beleza de homens e mulheres que buscam alternativas naturais aos cosméticos convencionais.

Esses compostos podem ser usados em diversos tratamentos capilares, basta adicional 10 gotas em 100 ml de shampoo ou óleo vegetal de sua preferência e aplicar no couro cabeludo.

  • Fios ressecados: Óleos essenciais de sálvia e cedro.
  • Fios oleosos: Cedro e limão.
  • Cabelo com caspa: Alecrim e melaleuca.
  • Cabelo com queda: Alecrim e cedro.

No banho, os óleos essenciais são eficazes para acalmar a mente e melhorar o sistema respiratório, através da inalação dos ativos, dissolvidos no vapor da água quente.

Na ducha, aplique três gotas do óleo essencial de sua preferência em um canto do box. Se for tomar um banho de banheira, dissolva 10 gotas na água e aproveite o banho.

Imagem de uma mulher tomando um banho de banheira.

Os óleos essenciais podem ser usados na hora do banho. (Fonte: Roberto Nickson / Unsplash)

Como usar óleos essenciais na limpeza e aromatização de ambientes?

Você também pode usar óleos essenciais na limpeza da casa, pois esses compostos possuem ação antisséptica e matam diversos micro-organismos como bactérias, fungos e vírus.

Para aproveitar este benefício, basta aplicar algumas gotas do óleo essencial desejado diretamente no pano de chão ou de poeira e proceder com a limpeza.

Os óleos essenciais também poder ser utilizados na aromatização de ambientes, pois, por serem concentrados, possuem um aroma forte quando puros. Para aromatizar o ambiente, você tem algumas alternativas:

  • Aplicar uma gota a cada metro quadrado.
  • Diluir 10 ml de óleo essencial em 1 litro de água, umedecer um pano com essa solução e aplicar no ambiente desejado.
  • Aplicar algumas gotas em um difusor.
Imagem de um difusor de óleos essenciais.

Você pode usar um difusor para aromatizar o ambiente com óleos essenciais. (Fonte: asundermeier / Pixabay)

Qual óleo essencial devo escolher?

Você encontra uma grande variedade de óleos essenciais. Para escolher o óleo ideal, você precisa saber qual é a finalidade de cada produto. É sobre isso que vamos falar nesta seção.

O óleo essencial de menta serve para aliviar problemas digestivos como náuseas e mal hálito. Ele também alivia os sintomas da tensão pré-menstrual, dores de cabeça, de garganta e musculares.

O óleo essencial de alecrim possui propriedades antioxidantes, antissépticas e cicatrizantes que ajudam a tratar doenças no couro cabeludo, como queda e oleosidade excessiva. O óleo também estimula o crescimento dos fios.

Imagem de uma mulher ao lado de um arranjo de flores.

O óleo essencial de alecrim estimula o crescimento do cabelo. (Fonte: nastya_gepp / Pixabay)

O óleo essencial de gergelim é hidratante e tem fator de proteção solar (FPS), ideal para o uso na pele e cabelo. Esse óleo também possui ácidos graxos, que diminuem a pressão sanguínea e o estresse.

O óleo essencial de gerânio possui efeito adstringente, que controla a oleosidade e diminui a acne, e propriedade cicatrizante que suaviza cicatrizes, linhas de expressão e rugas. Este óleo também ajuda a aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual.

Outro óleo essencial versátil é o de lavanda. O aroma suave ajuda a acalmar o sistema nervoso, diminuir dores de cabeça e melhorar a qualidade do sono de crianças e adultos. Pode ser aplicado diretamente na pele.

O óleo de rosa é perfeito para mulheres, pois ajuda a equilibrar os hormônios, diminuir os sintomas da TPM e da menopausa. Esse óleo também ajuda a melhorar a aparência da pele.

O óleo essencial de pinho tem propriedades antissépticas, bactericidas e analgésicas. Podemos destacar o tratamento de inflamações na pele, dores nas articulações e doenças do sistema respiratório.

O óleo de cravo é ideal para tratar problemas dentários como mau hálito e inflamação nas gengivas. Quando diluído, pode ser usado na cura de cortes, arranhões e picadas de insetos, pois tem propriedades antissépticas.

Também serve para tratar dores em geral: no ouvido, cabeça e estômago. Se você estiver com o nariz congestionado, o óleo de cravo também vai ajudá-lo bastante. Esse composto também é afrodisíaco.

 Imagem de vários frascos de óleos essenciais.

Você encontra diversas opções de óleos essenciais. (Fonte: Jaron Whelan / Unsplash)

O óleo de pimenta do reino tem um aroma um pouco mais forte do que os demais, entretanto tem inúmeros benefícios para a saúde digestiva. Esse óleo também é bom para dores musculares e nas articulações.

O óleo de erva-cidreira tem propriedades relacionadas ao sistema nervoso como efeito antidepressivo, ansiolítico e combate à insônia. Esse óleo também cura úlceras no estômago, inflamações e infecções bacterianas.

Quanto custa?

Três fatores influenciam no preço de um óleo essencial: princípio-ativo, tamanho do frasco e marca. Os produtos mais acessíveis custam em torno de R$ 20, você encontra opções por cerca de R$ 45 e produtos mais caros entre R$ 75 e R$ 95.

Onde comprar?

Você encontra os óleos essenciais em lojas de produtos naturais como Mundo Verde, Casa das Essências, By Samia Aromaterapia e Phytoterápica. Se preferir dá para comprar pela internet, em lojas virtuais como Amazon, Natue e Bela Vida Natural.

Critérios de Compra: Fatores para comparar os tipos de óleos essenciais

Ficou interessado em iniciar a terapia alternativa com óleos essenciais? Se a resposta for sim, você vai precisar comprar alguns óleos essenciais e um difusor de aromas. No momento da compra, observe os seguintes critérios:

  • Grau de pureza
  • Indicação de uso
  • Embalagem
  • Difusor

Vamos explicar cada um dos tópicos ao longo da seção.

Grau de pureza

Quando for comprar um óleo essencial, verifique se o produto é 100% puro, de origem natural e não possui componentes nocivos na fórmula, como parabenos, sulfatos, corantes, conservantes e essências artificiais.

Analise se no rótulo há o nome popular e científico da planta, país de origem, método de extração e registro no Ministério da Saúde. Também procure por um selo de certificação de que o produto é orgânico.

foco

Se na embalagem estiver escrito “essência”, devolva o produto para a prateleira, pois não é um óleo essencial. A essência atua apenas no campo sensorial, ou seja, exala um aroma agradável, mas o produto não possui nenhuma propriedade terapêutica.

Indicação de uso

Como já mencionamos anteriormente, existem centenas de óleos essenciais e você não precisa ter todos. É importante comprar um produto que atenda às suas necessidades e optar pelos mais versáteis.

  • Analgésicos: Camomila, lavanda e louro.
  • Antidepressivos: Jasmin, sálvia, gerânio, vertiver e breu branco.
  • Animadores: Alecrim, noz-moscada, tomilho e café torrado.
  • Afrodisíacos: Ylang-ylang, gengibre, gerânio, patchouli e sândalo.
  • Digestivos: Anis-estrelado, funcho-doce, hortelã-pimenta, menta, laranja-doce, limão-siciliano.
  • Estimulantes: Alecrim, cardamomo, canela e hortelã-pimenta.
  • Melhorar a qualidade do sono: Laranja-doce, lavanda, olíbano e manjerona.
  • Rejuvenescedores: Gerânio, copaíba, mirra, lavanda e palmarosa.
  • Respiratórios: Alecrim, lavanda, melaleuca, junípero e eucalipto glóbulos.

Embalagem

Os óleos essenciais são fotossensíveis, ou seja, degradam quando são expostos à luz. Por isso, quando for comprar o produto, analise a embalagem e compre um que seja armazenado em um recipiente escuro.

Imagem de frascos de óleos essenciais.

O recipiente escuro protege o óleo essencial do contato com a luz. (Fonte: monicore / Pixabay)

O produto pode vir em um frasco conta-gotas ou em um recipiente com tampa conta-gotas. Ambos auxiliam na preservação das propriedades do óleo e na administração do conteúdo na dosagem correta, mas o frasco conta-gotas é melhor, pois não há o risco de derramar.

Os óleos essenciais são vendidos em frascos com 5, 10, 15 e 30 ml. Embora sejam frascos pequenos, os óleos devem ser diluídos antes do uso, então o produto dura bastante.

Difusor

O difusor de óleos essenciais é um aparelho que dispersa o aroma terapêutico dos óleos no ambiente. A compra do aparelho certo influencia diretamente em sua experiência com a aromaterapia, por isso observe se o aparelho possui as seguintes características:

  • Atua como purificador de ar.
  • Tem iluminação colorida (cromoterapia).
  • É silencioso.
  • Possui temporizador.
Imagem de um difusor de óleos essenciais.

O difusor de óleos essenciais é fundamental na aromaterapia. (Fonte: asundermeier / Pixabay)

(Fonte da imagem destacada: JillWellington / Pixabay)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
48 Voto(s), Média: 4,04 de 5
Loading...