Na foto é possível ver uma médica examinando uma senhora com um otoscópio.
Ultima atualização: 25 de fevereiro de 2020

Como escolhemos

9Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

47Comentários coletados

Quem trabalha na área da medicina sabe a importância de instrumentos que fazem a diferença no dia a dia dos atendimentos. Um deles é o otoscópio, produto que falaremos hoje no ReviewBox Brasil, seja bem-vindo!

O otoscópio é essencial para diagnosticar doenças que acometem o ouvido externo e interno. É um instrumento simples, mas muito funcional e amplamente utilizado.

E se você está interessado nele veio ao lugar certo. Nesse artigo trazemos todas as informações sobre o produto e te ajudaremos a escolher o melhor para você, para isso, basta continuar lendo.




Primeiro, o mais importante

  • O otoscópio é o equipamento ideal para médicos e enfermeiros realizarem exames de orelha interna e externa tanto de crianças quanto adultos e animais.
  • É essencial que o modelo que você for comprar tenha aprovação da Anvisa.
  • Há uma grande variação de preço dos otoscópios, porém existem boas opções por valores em conta.

Você também pode gostar:

Melhores modelos de otoscópio: Nossas recomendações

Basta uma rápida pesquisa para descobrir que existem muitos modelos de otoscópio para venda e escolher qual produto levar pode ser uma tarefa complicada. Por isso, separamos nesse Ranking as opções mais bem avaliadas pelos usuários para que você já possa começar e pensar em qual levar, confira:

Otoscópio MD Omni 3000 Xenon

Esse modelo de Otoscópio possui iluminação branca de alto brilho através de uma lâmpada Xenon, cabeça feita em ABS e aço inox e cabo produzido em metal com revestimento termoplástico que comporta duas pilhas.

O produto é leve, compacto e ergonômico e conta com conexão para pêra de insuflação. Ele acompanha 7 espéculos auriculares de 2.5 milímetros, 7 espéculos auriculares de 4 milímetros e um estojo acolchoado para guardá-lo com seus acessórios.

Otoscópio Pocket Junior 22840 Welch Allyn

No products found.

Contendo 5 espéculos sendo um jogo com 4 reutilizáveis nos tamanhos 2,5, 3, 4 e 5 milímetros e 1 espéculo standard de 4 milímetros, esse modelo de otoscópio possui fibra óptica para transmissão de luz fria garantindo um campo de trabalho livre de sombra, reflexo e aquecimento.

O produto tem também lâmpada halógena, sistema de vedação para realização de otoscopia pneumática com entrada para pêra de insuflação e janela em acrílico deslizante e removível. Ele conta com lente removível para instrumentação e tem cabo metálico.

Otoscópio Pocket Led 22870 Ônix Welch Allyn

Essa opção possui uma lâmpada de LED com duração de até 20 mil horas e tecnologia SureCor, que não altera a tonalidade do tecido durante o exame. Ele tem também iluminação em fibra óptica que emite luz fria, sem reflexos nem obstruções.

A cabeça do produto é produzida em plástico ABS e o cabo é feito em metal com grampo. Ele está disponível em 4 cores e acompanha 4 espéculos reutilizáveis, 1 espéculo standard, 1 amortecedor de cabo na cor do aparelho e 1 protetor de lente.

Guia de Compra

O otoscópio é um equipamento relativamente simples na sua composição, mas que possui importante função para a realização de exames de orelha. Ele é essencial tanto para clínicos gerais quanto para otorrinos e médicos veterinários.

Se você se encaixa em uma dessas classificações e está precisando escolher um modelo para você, mas ainda tem dúvidas sobre o produto não se preocupe. Nesse Guia de Compra você encontrará todas as informações sobre ele e ao final da leitura estará craque no assunto. Vamos lá?

Na foto está uma médica analisando a orelha de um bebê no colo de sua mãe.

O otoscópio um instrumento usado por médicos,enfermeiros e veterinários. (Fonte: Katarzyna BiaÅ‚asiewicz / 123rf)

O que é um otoscópio e para que ele serve?

O otoscópio é um equipamento médico que surgiu na França em 1363. Na época ele era utilizado tanto para exames de ouvido quanto para o nariz. Foi somente por volta de 1838, que o italiano Ignaz Gruber criou um modelo de instrumento mais parecido com o que existe atualmente no mercado.

Porém, nessa época Ignaz não divulgou suas pesquisas e seu projeto foi descoberto somente em 1864 na Alemanha.

Com o passar dos anos o produto foi recebendo melhorias e atualmente é amplamente utilizado por médicos e enfermeiros para exames de orelha externa e interna.

O otoscópio lembra uma lanterna no seu design, sendo composto por um cabo, uma cabeça, que possui ponta com formato cônico afunilado, lente de aumento e lâmpada. Ele conta com uma área na ponta onde são conectados os espéculos que possuem tamanhos diferentes para adentrar na orelha do paciente.

A alimentação do otoscópio é normalmente realizada através de pilhas que são colocadas dentro do cabo do instrumento.

Mesmo sendo relativamente simples, esse produto é essencial para uma análise mais profunda do ouvido, que é uma área muito suscetível a doenças e que normalmente gera grande desconforto aos pacientes.

A otite é um dos problemas mais comuns de ouvido, podendo acometer tanto o ouvido externo quanto o interno de pessoas e animais.

Quais as vantagens e desvantagens do otoscópio?

O otoscópio é um equipamento muito utilizado na rotina de atendimento médicos. Há diversas afecções que acometem os ouvidos e com isso a demanda por esse produto é alta.

Médico analisando o ouvido de uma senhora.

O otoscópio é um instrumento que facilita o diagnóstico. (Fonte: Wavebreak Media Ltd / 123rf)

Isso ocorre devido a sua alta eficácia. Esse instrumento possibilita principalmente visualizar a área interna da orelha graças aos seus espéculos, que se adaptam a conformação do ouvido do paciente, podendo assim ser utilizado em adultos e crianças.

Além disso, os modelos atuais possuem lâmpadas com controle de brilho e tecnologias que permitem realizar um exame detalhado.

Por mais que o investimento no produto seja alto, é importante saber que atualmente os espéculos já podem ser reutilizáveis e muitas vezes o que se gasta no aparelho é um valor único, já que não há a necessidade de comprar adicionais para ele.

Vantagens
  • Permite avaliar a orelha interna e externa
  • Facilita o diagnóstico
  • É fácil de utilizar
  • Pode ser usado em pessoas e animais
Desvantagens
  • Preço alto

Como utilizar um otoscópio corretamente?

Mesmo sendo de simples utilização é necessário fazer o uso correto do otoscópio para conseguir ter um exame eficaz. Dessa maneira, criamos um passo a passo para que você que está começando a ter contato com esse produto já saiba qual é a melhor maneira de utilizá-lo.

  • Primeiramente faça uma análise da parte externa da orelha do paciente para verificar o tamanho e conseguir escolher o espéculo adequado para ele.
  • Sempre segure o otoscópio com a mão do mesmo lado que você irá avaliar. Ou seja, orelha direita, mão direita, se fizer do contrário sua mão ficará na testa do paciente.
  • Em seguida analise a orelha saudável primeiro. Com isso você evita que uma infecção possa ser transmitida do ouvido doente para o que não tem nenhum problema.
  • Coloque o otoscópio no lado de fora do canal auditivo e em seguida vá em direção a membrana timpânica para examiná-la.
  • Para facilitar a observação, caso seu aparelho possua essa função, regule a intensidade de luz.
  • Ao finalizar o exame, se você usou um espéculo reutilizável leve-o para a autoclave ou, caso seja um descartável, jogue-o fora.

Quanto custa?

O valor de um otoscópio é bem variável e depende do número de espéculos e da qualidade dos materiais utilizados na sua composição.

É possível encontrar opções mais em conta que custam por volta de R$ 60, sendo que os mais caros chegam a custar mais de R$ 6 mil.

Onde comprar?

Você pode encontrar otoscópios para comprar em lojas especializadas na venda de produtos médicos e, principalmente no que diz respeito a lojas físicas, elas são a melhor opção.

Já em sites é bem mais simples de ver otoscópios à venda, sendo que alguns que indicamos são o Amazon, Americanas, Mercado Livre, Center Medical, Fibra Cirúrgica e Maconequi. Todas elas possuem diversas opções do produto.

Além disso, caso tenha se interessado pelos modelos que elencamos em nosso Ranking saiba que é possível adquiri-los apenas clicando no produto.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de otoscópio

Até aqui você já pôde conhecer mais sobre os otoscópios e a partir de agora te apresentaremos todos os principais pontos que deve levar em consideração para escolher o melhor modelo para você.

Seguindo eles, será possível se aproximar de forma certeira do modelo que irá atender perfeitamente a sua necessidade. Confira:

  • Tipo e tamanho dos espéculos
  • Preço
  • Tipo de lâmpada
  • Diferenciais do produto

Confira em detalhes cada critério mencionado:

Tipo e tamanho dos espéculos

Você pode comprar o melhor otoscópio do mercado, porém, se ele não possuir os espéculos adequados de nada servirá o produto para você.

Ao adquirir o instrumento verifique se ele acompanha modelos de espéculos descartáveis ou reutilizáveis. Caso sejam os descartáveis saiba que a cada paciente que você atender e utilizar a ferramenta deverá jogar fora o cone plástico.

Já os que são reutilizáveis previnem que você tenha gastos adicionais, visto que basta serem colocados na autoclave para poderem ser utilizados em outros pacientes.

Mão segurando um otoscópio.

Os espéculos podem ser descartáveis ou reutilizáveis. (Fonte: Antonio Li Piani / 123rf)

Os tamanhos dos espéculos que acompanham o produto são outra coisa essencial e que você deve levar em consideração de acordo com a faixa etária que mais irá atender.

Um guia básico de tamanhos você encontra abaixo:

  • Espéculo 2,5 milímetros: deve ser usado em crianças de até 3 anos de idade
  • Espéculo 3,0 milímetros: de 3 anos de idade até cerca de 12 anos de idade.
  • Espéculo 4,0 milímetros: ideal para crianças com mais de 12 anos de idade e adultos.

Preço

Sim, esse também é um fator que deve ser levado em consideração ao comparar os modelos de otoscópio.

Te dissemos mais acima que existem opções por menos de R$ 100 e por mais de R$ 6 mil. Independentemente do valor que você está disposto a pagar analise o que cada modelo inclui.

Normalmente as opções mais baratas tem uma iluminação ruim e são feitas de materiais pouco resistentes. As mais caras têm um potencial de visualização altíssimo, porém podem ser substituídas por modelos mais em conta que também são bons.

Não é necessário gastar todo o dinheiro que tem no aparelho, mas às vezes a economia pode sair caro.

Tipo de lâmpada

O tipo de lâmpada também pode fazer diferença. Existem modelos que são feitos com lâmpadas xênon, outros com alógena e os de última geração que possuem lâmpada LED.

A lâmpada alógena costuma emitir uma luz que se assemelha à iluminação natural e com isso proporciona uma maior fidelidade das cores. A Xenon é uma lâmpada extremamente potente, tendo grande potencial de iluminação e alta durabilidade.

Já a LED emite luz branca e com isso proporciona uma visão mais clara. Além disso, consome menos energia e são mais duráveis que as alógenas, por exemplo.

Na foto está um médico examinando a orelha de uma senhora.

Quanto melhor for a lâmpada mais fácil será a visualização de problemas nos ouvidos. (Fonte: Anna Kovalchuk / 123RF)

Diferenciais do produto

Há também outros diferenciais que podem fazer a diferença no otoscópio. Existem opções que possuem regulagem de iluminação, outras que contam com entrada para pêra de insuflação e há modelos que possuem variadas cores.

Vale analisar se esses fatores são importantes para você e escolher o modelo que mais se adapta a eles.

(Fonte da imagem destacada: Igor Daniel / 123rf)

Por que você pode confiar em mim?

Danielle Assis Jornalista
Dedica-se a produzir conteúdos interessantes e informativos. Apaixonada por viagens, moda, animais e adora dar presentes. A curiosidade é uma de suas características mais marcantes e está sempre em busca de produtos que tornam o dia a dia das pessoas mais prático e interessante.