Sejam bem-vindos ao ReviewBox Brasil! Hoje vamos falar sobre um daqueles utensílios de cozinha que muita gente tem medo de usar em casa: a panela de pressão. Esta panela, um pouquinho assustadora para alguns, tem como finalidade acelerar o processo de cozimento dos alimentos.

Isso acontece por meio do aumento de sua pressão interna. Sendo assim, a comida fica pronta rapidinho. E o nosso objetivo aqui é mostrar que esse utensílio doméstico não é nenhum bicho de sete cabeças, e que, na verdade, trata-se de uma ferramenta muito útil na cozinha.

Abaixo, vamos dar todas as dicas sobre como usar essas panelas e quais são as melhores opções no mercado atualmente. Você também saberá avaliar o melhor modelo ao fim desse artigo. Fique com a gente!

Primeiro, o mais importante

  • As panelas de pressão são a melhor forma de acelerar o cozimento de um alimento. Nelas, muitas receitas podem ser feitas, como carnes, massas, legumes e até mesmo arroz.
  • Deve-se observar muito bem e tomar bastante cuidado com os sistemas de segurança de uma panela de pressão, uma vez que caso seja mal utilizada, ela pode correr risco de explosão.
  • Atualmente, existem dois tipos de panela de pressão: as tradicionais que são aquecidas no fogão, e as elétricas, que são uma versão mais atualizada e completa.

Você também pode gostar:

Ranking: As melhores 7 panelas de pressão

Uma verdadeira mão na roda na correria do dia a dia, a panela de pressão permite que você cozinhe tudo com mais rapidez. Confira os melhores modelos do mercado no ranking abaixo:

1º – Panela de Pressão Elétrica – Philips Walita

A Panela de Pressão Viva Digital da Philipas Walita é sem dúvidas uma das maiores tecnologias da cozinha moderna. Este modelo elétrico tem como principal vantagem um timer com programação de 24 horas, o qual permite que você agende o horário que ela deve começar a trabalhar.

Uma vez agendado, a panela funciona totalmente sozinha e cozinha até mesmo quando você não estiver em casa. Assim que o cozimento for finalizado, a panela também desliga sozinha, evitando gastos desnecessários de energia.

Além disso, o modelo possui 8 níveis de segurança, dispensa o uso do fogão e tem capacidade para 5 litros.

2º – Panela de Pressão Elétrica – Eletrolux

Esta é outra opção de panela de pressão é bastante moderna e prática. A PCC20 da Eletrolux também é elétrica, e possui em seu sistema 15 receitas para preparo pré-programado.

Ela ainda conta com um tecnológico display digital em LED, 10 dispositivos de segurança e 3 tipos de nível de pressão. A sua capacidade é de 6 litros, ideal para grandes famílias.

3º – Panela de Pressão Elétrica Daily – Walita

A Panela de Pressão Elétrica Daily, da Philips Walita oferece muita facilidade na hora de cozinhar. Com um timer que vai de 0 a 60 minutos, você pode ajustar o tempo de cozimento, e quando terminar, ela desligará sozinha.

Outra vantagem desse produto é que ele contém 10 receitas já ajustadas em seu sistema, que facilitam sua rotina na cozinha. Além de tudo, ela é feita de aço inox antiaderente.

4º – Panela de Pressão – Tramontina

Esta panela de pressão da Tramontina não é elétrica, mas não tem nada de convencional. Ela é ideal para quem busca tecnologia e tradição na medida certa. Ela conta com 5 dispositivos de segurança e tem capacidade para até 4,5 litros.

A grande vantagem deste produto é que seu fundo é composto por 3 diferentes camadas, sendo elas 2 de inox e 1 de alumínio, o que garante uma distribuição do calor de forma mais uniforme.

Review em Vídeo

5º – Panela Eletrônica de Pressão Pratic Cook – Mondial

Se você busca um modelo de panela elétrica por um bom custo benefício, essa opção da marca Mondial deve te atender muito bem. Com design super moderno, esta panela de pressão em aço inoxidável possui seis opções de receitas programáveis, válvula de segurança e capacidade para 4 litros.

6º – Panela Pressão Vancouver – Tramontina

Este modelo convencional da Tramontina é uma boa escolha para sua cozinha especialmente se você mora sozinho, pois ela tem suporta apenas 3 litros. A panela também possui fundo triplo (2 camadas de inox e 1 de alumínio), é bastante segura, e suas alças, cabos e pegadores são de baquelite antitérmico.

7º – Panela de Pressão Eterna – Nigro

Na sétima posição temos essa panela de pressão da marca Nigro, que também oferece ótimo custo benefício e muita eficiência.

Ela possui 6 dispositivos de segurança e tem capacidade para 6 litros. Seu design é moderno e ela não deixa a desejar no quesito praticidade.

Guia de Compra

A panela de pressão evolui muito nos últimos anos, chegando nas opções digitais para aqueles que tinham muito medo do utensílio. Seja qual for o modelo de sua preferência, não dá para ficar sem uma panela dessas em casa.

Se você ainda não sabe qual escolher, siga com a gente e decida ao fim desse guia de compra.

Mulher ao fundo da imagem, em segundo plano, cozinhando vegetais em panela de pressão.

A panela de pressão é um item essencial em qualquer cozinha, já que acelera o cozimento dos alimentos. (Fonte: baloon111 / 123RF)

O que é uma panela de pressão e como funciona?

Saber administrar bem o tempo é uma das partes principais desse processo que é cozinhar. Atualmente, temos várias tecnologias que aceleram os preparos e acabam facilitando a nossa vida na cozinha. A panela de pressão com certeza é uma delas.

Em primeiro lugar, é interessante que você entenda como funciona uma panela de pressão antes de decidir qual modelo vai comprar. Na verdade, o processo é bem simples.

Por serem completamente seladas, uma vez que aquecidas, aumenta-se a pressão no interior das panelas, o que faz com que o ponto de ebulição da água ultrapasse sua temperatura padrão.

A partir daí o vapor de água super quente não evapora, e fica preso dentro da própria panela, auxiliando e acelerando o cozimento. Essa questão de acelerar o cozimento da comida é a maior vantagem e o grande objetivo de uma boa panela de pressão.

Algumas receitas mais complexas exigem o uso de um equipamento desses, pois, caso contrário, elas demorariam muitas horas para ficarem prontas.

Quais suas vantagens e desvantagens?

A maior vantagem das panelas de pressão atuais é que elas são modernas o suficiente para nos ajudar ainda mais. Se rapidez era seu ponto forte, com certeza as digitais vieram para revolucionar.

A grande maioria possui timer, displays e outros dispositivos que determinam com antecedência por quanto tempo a panela deverá cozinhar, além de avisarem quando o cozimento for concluído.

De maneira geral, uma panela de pressão é de grande vantagem em uma cozinha moderna, e dificilmente você conseguirá fazer todas as receitas que deseja sem uma.

Com os modelos convencionais, cuidados ainda são exigidos, já que nem todas possuem dispositivos de segurança.

Vantagens
  • Cozimento mais rápido
  • Prática e fácil de usar
  • Está cada dia mais moderna
Desvantagens
  • Requer mais cuidados
  • Nem todas possuem bons dispositivos de segurança

A panela de pressão é segura?

Muito se fala sobre os riscos desse utensílio doméstico, mas a boa notícia é que o mundo moderno atualizou muito as versões das panelas de pressão e hoje em dia dificilmente se vê casos de explosões.

Atualmente, mesmo os modelos mais simples possuem dispositivos de segurança e travas que só permitem que a panela seja aberta depois que toda a pressão for eliminada. Toda essa preocupação dos fabricantes traz mais tranquilidade para quem cozinha.

O que são as panelas de pressão elétricas?

Além das panelas de pressão convencionais, dessas que nós já conhecemos há muitos e muitos anos, hoje o mercado oferece uma variação mais moderna e independente deste produto, as chamadas panelas de pressão elétricas.

Esses modelos funcionam sem o uso do fogão. Elas são ligadas diretamente na tomada, como qualquer outro eletrodoméstico, e costumam ser muito mais seguras e tecnológicas, além de cozinharem ainda mais rápido.

Logo abaixo iremos dar todos os detalhes sobre esse tipo de panela e compará-la com a versão tradicional.

View this post on Instagram

Bom dia amores… Hoje o mimo da minha cozinha vai ter que dar conta de cozinhar carne seca e mandioca para o escondidinho e também feijão bolinha pras crianças! Se vc ainda não tem, recomendo MUITO essa panela de pressão elétrica. Essa já é a segunda e não consigo ficar sem. A anterior durou 4 anos! Acho muito tempo, pelo tanto que uso 🙊 Até a minha antiga está abandonada. Só coloquei ela na foto para vcs verem o modelo. Era ótima, até conhecer a elétrica 🤔 Ela é rápida, silenciosa e não dá medo de mexer! Acho super em conta levando em consideração o tanto que nos ajuda. Se vc ficar de olho tem ótimas promoções na internet. Foi essa panela que me inspirou a fazer um Instagram de Dicas! Sempre fiz um risoto na pressão que fica muito bom (receita da minha amiga #RitaLobo 😊) e até levava a panela na casa das amigas. Uma delas comprou e amou, depois minha sogra comprou e também usa muito… Fiquei tão feliz por ter ajudado alguém na praticidade do dia a dia! Por isso estou aqui com vocês, quem sabe consigo ajudar de alguma forma 😉

A post shared by Alessandra Dariva (@acervodecasa) on

 

Panela de pressão tradicional ou elétrica?

Como já falamos por aqui, o mercado atual conta com duas variações de panelas de pressão: o modelo convencional e o modelo elétrico.

Alguns anos atrás existia apenas a panela de pressão tradicional, usada direto no fogão, mas com a evolução da tecnologia, as suas funções foram sendo atualizadas ao mesmo passo que o seu design foi evoluindo. Daí nasceu a panela de pressão elétrica.

A versão mais antiga ainda é muito vendida no mercado e não deixa de ser uma boa opção, além de ser bem mais barata.

O sistema de segurança de uma panela de pressão convencional funciona através de uma válvula que ajuda na liberação da pressão enquanto a panela trabalha.

Além disso, essas panelas também possuem um pino que levanta quando a pressão toda já estiver sido liberada, de forma a avisar que a tampa está pronta para ser aberta. Apesar de não parecer, ela é muito segura se você a utilizar corretamente.

Outra vantagem interessante das panelas de pressão convencionais, é que elas podem ser usadas até mesmo como panelas comuns, sem a necessidade de cozinhar na pressão. Essa versatilidade pode ser útil em alguns momentos na cozinha.

A maioria dessas panelas são feitas de aço inoxidável, o que é uma boa opção, visto que ele é bastante duradouro.

Em resumo, ela ainda é uma boa ferramenta na cozinha, mas devemos admitir que este tipo de panela tem perdido um pouco de espaço para o modelo elétrico, que além de ser mais moderno, é mais seguro.

As panelas de pressão elétricas são mesmo uma agradável novidade. Elas são bem independentes e economizam muito tempo na hora de cozinhar, o que é sempre uma coisa boa.

Os modelos elétricos dispensam o uso do fogão e são ligados diretamente na tomada, como qualquer outro eletrodoméstico. Normalmente, você consegue programar e ajustar o timer com base nas suas necessidades, tornando todo o processo mais simples.

A principal vantagem desses modelos é que você pode controlar tanto o nível da pressão, quanto a temperatura e o tempo de cozimento pelo display.

Em alguns casos, é possível inclusive programar um cozimento para um período de até 24 horas, e nessa situação a panela trabalha totalmente sozinha, e só para quando o alimento já estiver cozido. Prático, né?

Veja como funciona no vídeo do canal Maurício Rodrigues:

Outra questão muito importante é que a maioria das panelas elétricas possuem no mínimo 6 dispositivos de segurança. Algumas delas chegam a até 12.

A desvantagem é que esse modelo ocupa mais espaço e é mais caro, mas como sempre falamos por aqui, cabe a você analisar sua situação pessoal e decidir qual panela de pressão é a ideal para sua cozinha.

Panela de pressão convencional Panela de pressão elétrica
Controle de temperatura Não possui controle de temperatura Possui controle de temperatura
Controle de pressão Não possui controle de pressão Possui controle de pressão
Funcionamento Usada com aquecimento do fogão Liga na tomada
Custo Mais barata Mais cara
Função timer Nunca tem funcionamento agendado Pode ter funcionamento agendado
Design Menos moderna Mais moderna
Versatilidade Pode ser usada como panela normal Não pode ser usada como panela normal
Tamanho Ocupa menos espaço na cozinha ocupa mais espaço na cozinha

Quanto custa?

O preço das panelas de pressão varia muito, principalmente porque elas possuem diferentes tamanhos, modelos e marcas. É sempre bom manter em mente que cada uma delas foi projetada para atender um público específico.

De maneira geral, as mais baratas são as panelas tradicionais, porém isso não é uma regra. O preço médio dessas panelas está entre R$150 e R$400.

Já as panelas de pressão elétricas costumam ter valor um pouquinho mais salgado, principalmente por serem mais tecnológicas. Em média, esse utensílio tem preço variando entre R$300 e R$600, mas algumas poucas podem chegar a custar até R$800.

Onde comprar?

Encontrar boas panelas de pressão para compra é uma tarefa muito fácil. Como esse é um utensílio doméstico muito presente na cozinha dos brasileiros, toda loja de eletrodomésticos e até mesmo supermercados vendem este produto.

Dentre as várias lojas de eletrodomésticos que vendem panelas de pressão, podemos destacar Magazine Luiza, Casas Bahia, Fast Shop, Ricardo Eletro e Ponto Frio.

Algumas lojas de departamento e redes de supermercado também oferecer o produto aos seus clientes, são eles: Lojas Americanas, Supermercados Extra, Carrefour e Grupo Pão de Açúcar.

Na internet, é claro, também existem boas lojas para compra. Além das versões online de algumas lojas que já citamos, você poderá contar também com a Amazon, o Shoptime e o Mercado Livre.

Critérios de compra: Fatores para comparar os modelos de panela de pressão

Como sempre gostamos de pontuar, alguns detalhes fazem toda a diferença na hora de escolher o seu produto, no caso das panelas de pressão, você deve prestar atenção nos seguintes pontos:

  • Segurança
  • Material
  • Capacidade
  • Display

Abaixo, vamos dar todas as informações necessárias sobre essas questões para que não te reste dúvidas na hora de comprar a sua própria panela de pressão.

Segurança

Esta é uma das características mais importantes de uma boa panela de pressão. Ao escolher a sua, recomendamos que você observe muito bem qual o sistema de segurança ela lhe oferece e nunca o ignore durante seu funcionamento.

Normalmente, as panelas mais modernas são as mais seguras. Em média, uma panela de pressão tradicional possui de quatro a cinco dispositivos de segurança.

Em panelas de pressão elétricas, os sistemas de segurança podem chegar em até 12, dependendo do modelo. Algumas panelas desse tipo só funcionam se todas as travas de segurança estiverem bem fechadas.

Alguns dos dispositivos de segurança mais comuns são as travas propriamente ditas, os indicadores de pressão, as válvulas liberadoras de pressão e os fixadores de tampa.

Material

É sempre muito importante notar de qual material um utensílio de cozinha é feito, isso porque a maioria deles estará em contato direto com altas temperaturas, o que é o caso das panelas de pressão.

Nós recomendamos que você priorize panelas feitas de aço inoxidável, pois este material é bem resistente, e não reage a compostos alimentares.

Algumas panelas são fabricadas somente de alumínio, o que apesar de ser uma opção mais barata, não é o mais aconselhável, uma vez que o alumínio é um metal mais maleável e suscetível à possíveis deformações.

As panelas que possuem fundo triplo – 2 camadas de inox e 1 de alumínio – são ótimas e devem ser consideradas. Esse fundo garante uma distribuição mais uniforme do calor.

Capacidade

A capacidade das panelas de pressão varia muito e por isso é importante que você escolha uma que vá atender bem a sua demanda pessoal.

A maioria das panelas de pressão domésticas tem capacidades variando de 4 litros à 8 litros, porém, é muito importante lembrar que é indicado utilizar apenas dois terços da panela para colocar os alimentos.

Um terço da panela deve ficar livre para o vapor. Então, recomendamos que você compre uma panela um pouco mais espaçosa para cozinhar com tranquilidade.

Se você mora sozinho ou apenas com uma pessoa, não é necessário mais que uma panela de 4,5 litros. Mas se sua família é grande ou você divide moradia com muita gente, recomendamos uma panela de pressão com capacidade para no mínimo 6 litros.

Display

Esta é uma característica que diz respeito somente às panelas de pressão elétricas. Nelas, existe um pequeno display com alguns botões controladores, e é muito bom ficar atento a isso.

Normalmente, nessas panelas você pode controlar a pressão em 3 níveis (alto, médio e baixo), e também a temperatura. Além disso, você também programará o tempo de cozimento.

Tudo isso ficará disponível no display, e você deve organizá-lo e programá-lo antes de dar início ao processo de cozimento.

Algumas dessas telas são bem modernas e podem ser um pouquinho complicadas de usar, mas basta ler o manual de instruções com atenção e você não deverá ter problemas.

(Fonte da imagem destacada: baloon111 / 123RF)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
46 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...