Imagem mostra uma pessoa desenhando com um pirógrafo.
Ultima atualização: 26 de maio de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

16Horas investidas

4Estudos avaliados

75Comentários coletados

Bem-vindo ao ReviewBox Brasil! Você está interessado em comprar um pirógrafo? Então chegou ao lugar certo! Nesse artigo, te ensinaremos todas as questões importantes para adquirir esse pequeno aparelho que pode te ajudar, entre outras coisas, com a maravilhosa arte da pirografia!

Ideal para artistas, artesãos, marceneiros, trabalhadores autônomos em couro ou até para quem tem a pirografia como hobby, o pirógrafo permite a execução de uma arte muito bonita, mas não tão conhecida. É hora de conhecermos mais detalhes sobre o aparelho e explicarmos o que ele é capaz de fazer e como diferenciar modelos.




Primeiro, o mais importante

  • Com o pirógrafo você poderá praticar a arte da pirografia, que consiste no desenho em superfícies como madeira e vidro a partir de temperaturas muito elevadas.
  • Existem vários tipos de ponteiras diferentes para pirógrafos e você precisará ter um kit com as mais importantes. Elas se desgastam com o tempo e precisam ser renovadas.
  • A prática da pirografia requer experiência e treino, mas com um bom pirógrafo você pode dominá-la e tê-la como arte, hobby ou complemento de seu serviço.

Você também pode gostar:

Os melhores modelos de pirógrafo: A opinião da redação

Se você deseja praticar a pirografia, precisa escolher com cuidado o seu pirógrafo. Nós testamos alguns modelos disponíveis no mercado e fizemos uma seleção com aqueles que com certeza irão te satisfazer!

O pirógrafo para iniciantes

Se você está começando agora na pirografia, pode adquirir um modelo simples para entender os princípios básicos da arte. Esse modelo da Western vem com cinco ponteiras e suporta temperatura máxima de 400º C. Ele não esquenta com rapidez, o que pode ser um incômodo, mas te ajuda a fazer belos trabalhos.

Um ótimo modelo para profissionais

Quem já tem experiência ou deseja começar com um modelo mais completo tem como opção esse incrível modelo. Ele é indicado para os mais diversos materiais, da madeira ao PVC, tem uma caneta resistente e ergonômica e pode ser usado na temperatura máxima por duas horas consecutivas. Conta com garantia de um ano.

Um pirógrafo com armazenamento

A Center-TI também oferece esse ótimo e completo modelo de pirógrafo que vem com muitos acessórios: Quatro ponteiras de reposição e duas para sombreamento, 45 centímetros de fio de níquel e uma chave de fenda. Melhor ainda, tem uma linda maleta para armazenamento, aumentando a sua durabilidade.

Guia de compra

Você sabe exatamente tudo o que um pirógrafo te permite fazer? E por que você deveria ter um para a sua oficina ou ateliê?

Chegamos ao nosso guia de compra, o setor no qual as dúvidas mais frequentes sobre pirógrafos serão respondidas!

Imagem mostra uma mulher fazendo desenho em madeira com um pirógrafo.

A pirografia pode ser uma arte muito bonita. (Fonte: Dmitrii Shironosov/ 123rf.com)

O que é um pirógrafo e para que ele serve?

A pirografia é uma arte com séculos de existência que consiste na decoração de madeira e de outros materiais como couro, plástico ou vidro com marcas de queimadura. Ela pode gerar resultados muito bonitos e agradáveis aos olhos.

Essas queimaduras são feitas através de um material extremamente aquecido que entra em contato com a superfície. Depois de várias técnicas serem tentadas para alcançar resultados bonitos e seguros, foi inventado o pirógrafo.

Um pirógrafo é um instrumento em formato de caneta que usa diferentes ponteiras que, superaquecidas, são usadas na superfície que será queimada para efeitos artísticos. Ele permite a perfeita execução da pirografia.

Você pode trabalhar com um pirógrafo em várias superfícies. Destacamos madeira, couro, veludo, acrilico, isopor, plástico, vidro e PVC.

foco

Você sabia que, antes da invenção do pirógrafo em 1916, a pirografia era feita com pedaços incandescentes de carvão envolvidos em panos ou papéis? A partir do século XIX, mangueiras de borracha preenchidas com benzeno também foram opção.

Quais profissionais usam um pirógrafo?

Apesar de não muito conhecidos do público em geral, os pirógrafos são usados por vários tipos de profissionais. Citaremos agora os principais:

  • Artistas e artesãos: A pirografia por si só é uma arte. Com muito talento e trabalho, ela pode ser exibida em galerias ou vendida a altos preços. Existem muitos artistas e artesãos que se dedicam exclusivamente a ela.
  • Fabricantes de objetos em madeira: Pessoas que trabalham com objetos de madeira podem usar pirógrafos. Entre eles, podemos citar brinquedos, móveis, bibelôs, imãs de geladeira, peças para decoração e utensílios de cozinha.
  • Fabricantes de eletrônicos: Por escrever também em vários tipos de plástico, o pirógrafo permite que sejam feitos trabalhos personalizados na carcaça de vários eletrônicos. Ele é usado em computadores, notebooks, aparelhos de rádio, de telefonia e outros.

Além desses, profissionais como marceneiros, vidraceiros, sapateiros e trabalhadores em couro também fazem ótimo uso do pirógrafo!

Quais as vantagens de um pirógrafo?

O pirógrafo é um instrumento que ajuda na execução de uma arte única e belíssima. Por mais que seja necessário tempo e prática para dominá-la totalmente, só a sua prática já pode trazer muitos benefícios para a vida de uma pessoa.

Ter uma arte como hobby faz com que haja calma e paz de espírito em muitos momentos. Também melhora a concentração e preenche o tempo de forma útil.

Se você exerce alguma atividade remunerada com o pirógrafo, tem um grande diferencial para seus negócios. Não é todo mundo que conhece a pirografia e, por isso, você poderá inserir uma marca única e capaz de agradar a muitos clientes em cada trabalho que executar.

Confira na tabela abaixo as principais vantagens e desvantagens de um pirógrafo:

Vantagens
  • Permite a execução de uma linda arte
  • Pode ter efeito relaxante como hobby
  • É um grande diferencial para seus trabalhos
  • Faz com que você se destaque no mercado
Desvantagens
  • Pode levar tempo até ser totalmente dominado
  • Requer experiência com desenho

Quais são as ponteiras essenciais para um pirógrafo?

Ao comprar um pirógrafo, você perceberá que um conjunto de ponteiras acompanhará o aparelho. Cada uma delas tem uma função específica e que pode te ajudar a executar diferentes tipos de arte pirográfica.

Vale mencionar que as ponteiras se desgastam com o tempo e precisam ser trocadas. Quando perceber que elas não produzem mais bons resultados, será necessário adquirir um novo kit. Caso tenha fio de níquel e experiência no assunto, pode fabricar as suas.

Pelo menos seis ponteiras são comuns e precisam ser mencionadas: Fina, grossa, formão, faca, de solda e de transferência.

As duas primeiras servem para desenho e deixam o formato desejado na superfície, como se fossem pincéis. As seguintes são para talhamento, muito usadas em isopor ou similares. Por fim, as duas últimas possuem funções bem mais específicas.

Na tabela a seguir, citamos as ponteiras mais comuns no Brasil e quais suas funções principais:

Ponteira Função principal
Fina Desenhos com traços mais suaves
Grossa Desenhos com traços mais longos
Formão Entalhe em madeira, isopor e outros materiais, sombreados
Faca Entalhe em madeira, isopor e outros materiais
Solda Solda de materiais metálicos
Transferência Transferência de desenhos em papel para a superfície desejada

Como usar um pirógrafo?

O uso básico de um pirógafo não é complicado: Você deve colocar a ponteira que desejar antes de iniciar o processo, depois conectar a caneta ao transformador e ligá-lo na tomada. Em seguida, espere o aquecimento apropriado para começar o serviço.

Sempre que for fazer a troca da ponteira, desligue o pirógrafo.

Sempre que for fazer a troca da ponteira, desligue o pirógrafo. Há um alicate especial que te ajuda com isso. Note que há sempre algumas especificações técnicas que precisam ser seguidas, como o tempo máximo que o aparelho pode permanecer ligado e a temperatura máxima que ele suporta.

Sabendo fazer o uso básico, você terá tempo para aprender a dominar a arte da pirografia. Alguns cursos podem te ajudar a ficar craque no manuseio da caneta. Se já for um bom desenhista, o caminho rumo à excelência será ainda mais curto!

Quanto custa e onde comprar um pirógrafo?

Você irá encontrar pirógrafos a venda por preços que variam entre R$ 40 e R$ 250. Os mais baratos são bastante simples, usados principalmente por iniciantes. Profissionais devem buscar as faixas mais elevadas.

Você entrará pirógrafos em lojas especializadas em produtos para artesanato e em alguns comércios de presentes e artigos em geral. Nós recomendamos a compra pela internet: A Amazon brasileira tem alguns ótimos modelos, enquanto Amazon internacional e Mercado Livre também são opções.

Critérios de compra: Fatores importantes para a escolha de um pirógrafo

Agora falta apenas conhecer critérios técnicos importantes para escolher o melhor pirógrafo para você! Selecionamos quatro quesitos que podem te ajudar bastante:

Nos próximos parágrafos, falamos um pouco mais sobre cada um deles!

Tempo máximo de uso

Profissionais com uma larga demanda podem precisar usar um pirógrafo por um longo tempo. Porém, é preciso prestar atenção nas especificações técnicas, uma vez que sempre há um limite sobre o quanto é possível manter o aparelho ligado.

Ao comprar um pirógrafo, leia qual é o tempo máximo que ele pode ser usado sem descanso. Caso você acredite que não é o suficiente para a sua demanda, precisará optar por um outro modelo mais avançado.

Para quem está começando agora ou pretende fazer a pirografia apenas por hobby, essa provavelmente não será uma questão importante.

Imagem mostra várias peças de madeira feitas com pirógrafo com a inscrição "homemade".

Os pirógrafos ajudam artesãos a produzirem belíssimas peças. (Fonte: GlamourGirl/ Pixabay.com)

Itens extras

O pirógrafo não depende apenas de si mesmo para funcionar. Há vários acessórios que são importantes para isso, principalmente o transformador ao qual ele se conecta e as ponteiras que fazem o serviço na superfície desejada.

Escolha um pirógrafo que tenha muitos acessórios a oferecer.

Quanto mais desses acessórios o modelo escolhido oferecer, melhor será a aquisição. Você pode exigir pelo menos o transformador, um bom número de ponteiras, um alicate para a troca e uma chave de fenda.

É comum até mesmo que alguns modelos ofereçam fios de níquel, usados por profissionais para fazerem as suas próprias ponteiras. Caso você pretenda realmente se especializar na pirografia, procure também por essa opção, mas lembre que arames comuns podem queimar o seu aparelho.

Por fim, alguns pirógrafos vêm com maletas que ajudam a armazenar e transportar o aparelho. É uma ótima opção para quem busca maior durabilidade!

Ergonomia

O processo de trabalho com um pirógrafo é demorado. Você precisará prestar atenção em vários detalhes para executar traços precisos e bonitos enquanto segura a caneta. Com isso, torna-se importante que o modelo escolhido seja bastante ergonômico!

Alguns pirógrafos tem o corpo mais acolchoado, outros têm um formato anatômico para a pegada. Eles fazem com que o trabalho por longas horas seja confortável. Se a sua ideia for usar o aparelho por um grande período de tempo, não deixe de observar tais características!

Temperatura suportada

Dentre as habilidades que você precisará desenvolver para mexer com o pirógrafo está a de controlar as temperaturas e entender os efeitos que elas causam em cada um dos possíveis materiais de trabalho.

Uma especificação técnica relaciona a isso é a temperatura máxima suportada, que pode ser de 400 graus celsius ou até mais. Quando mais elevado for esse número, maior será a sua liberdade para trabalhar. Esse também é um fator importante para quem deseja usar o pirógrafo de maneira profissional.

(Fonte da imagem destacada: Kristina Kokhanova/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Samuel Chagas Profissional em Consertos
A vivência de Samuel com consertos em casas e estabelecimentos comerciais vem de décadas, desde quando ajudava seu pai, pedreiro, há mais de 30 anos. Seu gosto pelo assunto fez dele um profissional em consertos, e é assim que Samuel ganha a vida há 15 anos. Na internet, ele compartilha seu conhecimento sobre ferramentas e itens de segurança para casas e prédios.